Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 [2ª Ronda] Team 7 vs Team 12

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Kadmos

Membro | Suna
Membro | Suna
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 28
Localização : Queluz
Número de Mensagens : 2853

Registo Ninja
Nome: Maketoshi Ingo
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 450
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: [2ª Ronda] Team 7 vs Team 12   Dom 1 Jan 2012 - 21:01

[2ª Ronda] Team 7 vs Team 12


O Público estava ao rubro, pela primeira vez na história do Mundo Shinobi todos os ninjas ir-se-iam reunir na mesma vila para os WarGames.

O estado de emoção era notável no público, estavam presentes Lordes Feudais, Kages, Equipas Especializadas de Ninjas a verem a decisão do futuro deste mundo. Nas mãos daqueles que concorriam estava o final da Quinta Grande Guerra Ninja. Iwagakure tinha-se oferecido para ter estes duelos amigáveis sobre a sua tutela e o povo aceitara-o de braços abertos.

Mudada de propósito para esta ronda de combates, a arena de duelos mostra agora uma paisagem retirada de uma floresta do País do Fogo. Repleta de árvores por quase toda a sua extensão, a arena tem apenas algumas clareiras onde a luz solar consegue penetrar a copa das árvores. O chão é todo ele uma mistura de terra e relva, recheado de pequenos insectos. O único local com água é no lado mais Este da arena, onde se encontra uma pequena lagoa de água limpa e cristalina. Mantêm-se as enormes paredes de pedra branca esculpida a limitarem o campo de batalha e os cinco Kages continuam a observar os duelos dos seus shinobis a partir de uma pequena varanda, um pouco à frente do restante público.


Duelos a serem enviados para o Luffy

(A luta deverá ser feita num só post e deverá ser enviada por mensagem privada. Não se esqueçam que cada equipa deve fazer o duelo a dois e enviá-lo já junto para o Administrador correspondente. Os vencedores são determinado pelas mesmas regras dos duelos. Boa sorte!!)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luffy

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Planeta Agostini
Número de Mensagens : 2510

Registo Ninja
Nome: Karui
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 29,25

MensagemAssunto: Re: [2ª Ronda] Team 7 vs Team 12   Dom 8 Jan 2012 - 18:12

Duelo Team 7


O Sol pairava bem alto com toda a sua elegância e esplendor, abraçando toda a gente com o seu poder em forma de calor. Como que não gostando desta forma de expressão, a Mãe Natureza respondia com um regular vento forte que arrepiava qualquer um.
Ambas as equipas, como nesse processo costumeiro, alinhavam-se frente a frente no campo de batalha, todo ele verde e estival, irradiando vida.
Hitotutsu, mais uma vez no centro da equipa 7, olhava curioso para.. Aruko.
- Parece que te encantei rapaz. - Disse a rapariga piscando-lhe o olho e colocando uma mão na cintura.
À provocação, apenas retribuiu um olhar furioso, um punho fechado e uma promessa silenciosa de ajuste de contas.
"Não gostava de estar no lugar dela" - Pensava Sam.
- Hitotutsu, ignora e concentra-te por favor. - Disse Selim retirando calmamente a venda que lhe tapava os olhos – fitando os adversário atentamente, com a marca vermelha a brilhar sobre a sua íris de um verde venenoso – eles já decidiram quem vão enfrentar, há não mais do que dez minutos – sussurrou – o rapaz de Iwa vai-te puxar para o lago, Sam, cuidado com ele.
Sam fitou-o com um ar curioso. Havia imensas coisas que lhe queria perguntar, nomeadamente como sabia aquilo, mas o que saiu foi:
- Vais lutar desvendado?
- O ninja com quem vou lutar usa vento, estou em desvantagem de elementos e estes parecem-me mais fortes que os anteriores, tenho um certo receio, confesso – respondeu desinteressado – Hitotutsu, a tua…
- Não quero saber. – replicou ele secamente.
- Como desejar, Madame – troçou com um sorriso.

- QUE COMEÇE A BATALHA ENTRE A EQUIPA 7 E A EQUIPA 12! - Gritou o árbitro quase abafado por um súbito uivo de vento.

Hitotutsu, sem perder tempo, precipitou-se em direcção a Aruko que parecia já o ter previsto e não tinha avançado muito quando se viu obrigado a recuar com o Mizurappa da ninja de Kiri voltando à posição original. Ninguém se mexeu por uns momentos. A tensão pareceu faiscar entre eles durante segundos e o vento soprou forte, empurrando as árvores ao seu sabor.
Quebrando a tensão, Watanuki desatou a correr pelo flanco esquerdo enquanto Aruko já se dirigia rumo a Hitotutsu. No preciso momento que Kaguya avança de punho erguido para a adversária adversária
Watanuki expeliu uma bala de àgua da sua boca, que pareceu viajar a alta velocidade em direcção a Selim e, contudo, o rapaz não se moveu. Samidare surgiu atrás dele e disparou um Renkudan, que desfez a bala de água e provocou uma espécie de aguaceiro curto sobre a arena.



Geryato pareceu olhar Selim com interesse acrescido. Parecia decidido a não começar o combate, apesar do adversário não se mover.
- Não te mexes? Tudo bem, não me podes tocar de qualquer forma – provocou. Lançou uma kunai na direcção do adversário e deixou cair outras três. A electricidade nas facas propulsionou-o como um míssil contra o oponente. Como se o tivesse previsto, Geryato desviou-se de um salto brusco, rodopiando no ar com uma leveza incrível, sorrindo. Contudo, Aruko estava atrás de si e Selim continuava a voar na sua direcção, empunhando a kunai invertida. Furioso por ter sido enganado, disparou uma bala de ar contra o adversário, momentos antes do choque. Ele pareceu sorrir, mas por pouco tempo. Selim foi brutalmente empurrado e cortado contra um tronco próximo. Quando se levantou o sorriso pareceu desaparecer da sua cara e os seus olhos brilharam apaixonadamente.
- A arena está demasiado cheia para mim – informou com os olhos a reluzir – talvez devêssemos limpá-la um pouco.
E com isto baixou-se, roçando o queixo no chão. Não havia Geryato avançado dois passos e já uma serpente emergia da boca do rapaz. Depois dessa seguiu-se uma outra.. e outra.. e as outras dez mil. O tsunami de cobras pareceu envolver a arena como fogo, desbravando o mato à sua passagem e nem os troncos das árvores resistiram a este devaneio louco e um tão quanto megalómano do rapaz. Geryato disparou um autêntico tufão, mas não conseguiu parar a onda, em vez disso, impulsionou-se a si próprio para cima. Aruko e Hitotutsu afastaram-se a tempo e Samidare já estaria perto do lago, como previsto.

Eventualmente começaram a desaparecer, umas em fumo, outras reunindo-se entre si, renascendo como clones de Selim. Os clones atacaram Geryato de três direcções. Surpreendentemente, não se intimidou. Afastou-se de um salto e lançou várias shurikens pelo ar. Todos os clones se evadiram e nenhum deles era parvo o suficiente para não prever que o rapaz as controlava. Contudo, na sua tão auto-proclamada esperteza, não viram os papéis que tinha largado no chão e que a legião de serpentes tinha estampado e camuflado na sua debandada. Não tinham ainda as serpentes desaparecido e já Geryato convocava uma enorme esfera flamejante, um autêntico apocalipse descendente que ameaçava engolir árvore e rocha.
Selim não se moveu. Hitotutsu não parou o seu ataque, nem tampouco Samidare. Geryato pareceu impressionado pela sua aparente invulnerabilidade à ilusão. E foi então que o nevoeiro pareceu envolver a arena, lenta mas certamente, mas tão rápido como surgiu, desapareceu. E foi então que Sam gritou, agarrava na mão uma kunai invertida, mas tinha pisado uma senbon, uma das muitas espalhadas por Watanuki durante o nevoeiro. Aruko aproveitou esta distracção para o atacar, empunhando uma espada de água sólida. O Kaguya, furioso por ter sido enganado disparou das mãos balas em forma de osso, mas nenhuma acertou no alvo. E foi então que quando a sua espada se aproximava da cara de Sam, foi interceptada por uma foice negra. Selim. Olhou para trás, o rapaz continuava no seu local, parado, na sua luta mental contra Geryato. Então…
- Não devias olhar na minha direcção? – inquiriu o clone divertido, soltando uma multidão de cobras do seu braço contra a rapariga. Algumas atingiram-na no braço, até as decepar desta vida com um golpe seco de espada, bem como ao seu invocador, que se desfez em água.
Os olhos de Aruko pareceram enegrecer de frustração
Aquele rapaz… Estava demasiado longe para ajudar o companheiro, demasiado longe para invocar um clone de água do lago… Então… e foi então que os seus olhos se iluminaram de compreensão o nevoeiro… ele usou a água do nosso próprio nevoeiro, a nossa armadilha contra nós. e enquanto se perdia nestas divagações, Hitotutsu lançou-se sobre ela com uma espada de osso em punho. Demasiado lentamente, para sua infelicidade. Enquanto descia como uma ave de rapina sobre ela, Watanuki afastou-o com uma onda de espuma.

Geryato olhava Selim com uma frustração crescente, embora já não o visse. Lançara contra ele o seu próprio tsunami ilusório, com toda a violência que conseguira imprimir, mas o rapaz parecera nem sentir, desfazendo-se em pétalas, que agora o comprimiam. Por muito que tentasse não se conseguiu libertar, até Aruko lhe acertar uma valente cacetada na cabeça, antes de se afastar com o Kaguya que corria na sua peugada.
- O que se passa? – perguntou o rapaz de cabelo aloirado, com o seu Geass a refulgir nos olhos verdes – pareces assustado. Talvez temas que eu seja melhor do que tu, nestas ilusões com que normalmente derrotas o adversário? – inquiriu num tom inocente. – tens medo porque nenhuma das tuas ilusões funcionou, nem neles nem em mim.
A descrição clara e concisa dos seus medos pareceu assustá-lo um pouco, mas não foi o suficiente.
- Isso poderia dever-se apenas a todos vocês serem bons com ilusões, não prova nada, nada!
- Tal como não prova nada o facto de teres pedido especificamente para ficar comigo durante a reunião de estratégia que tiveram – e aí o seu rosto iluminou-se num terror quase doce – Como sei isto? É simples, porque tudo isto é uma ilusão e tu não passas de um peão nas minhas mãos. Foste inteligente, percebeste que vendado consigo sentir a água apenas de me ver combater. És o único membro da tua equipa que não controla Suiton e achaste que isso te poderia ser uma vantagem contra mim. No entanto, no momento em que me olhaste, decidiste o teu fim! – explicou em voz reverberante e poderosa, como um trovador – Não adianta, não consegues escapar desta ilusão assim, não de todo!
Geryato pareceu, desta vez, legitimamente aterrorizado. Não contava que o seu adversário fosse um demónio daqueles. Só tinha uma hipótese, só uma. Célere como uma serpente, agarrou numa kunai e cravou-a até ao fundo, na perna esquerda e… Nada aconteceu.
- E assim se engana um idiota, sem usar nem um genjutsu! – exclamou Selim numa gargalhada vibrante, que deixou todos os combatentes especados a olhar na sua direcção. – Confuso? Porque é que os teus Genjutsus não os afectaram? Schneizel? – chamou. E a serpente que se mantivera até então enrolada no seu tronco ergueu a pequena cabeça pela sua manga, voltando rapidamente ao interior. – Schneizel está dividido em três. Está claro que as amostras de ilusões que usaste não me poderiam afectar, não a mim. Bastou-me um gesto e Schneizel quebrou as ilusões também neles. – explicou divertido . – Idiotice a tua, por excesso de confiança, nada mais!



- Mas que raio.. - Aruko pareceu surpreendida, algo que teve de pôr rapidamente de lado graças ao adversário que continuava a persistir sobre ela com um ímpeto desmesurado.
Parecia cansada pelo combate. Estava claro que não aguentaria muito mais tempo naquele combate armado. O Kaguya parecia ainda furioso pela sua provocação inicial, cada vez mais, aliás. Foi então que as suas costas bateram nas de Watanuki. O que lhe deu uns segundos de folga e umas quantas palavras de encorajamento. Era o suficiente.
Do outro lado da arena, Samidare era perseguido por Watanuki, correndo ambos em direcção ao rio que atravessava o campo de batalha. Quando o rapaz de Kumogakure se preparava para saltar, uma dor aguda assombrou-lhe o pé ferido anteriormente por uma Senbou. Aproveitando a situação, Watanuki acertou no lado esquerdo do tronco de Sam com um certeiro pontapé, projectando-o para a água gelada.
- Ups! – desculpou-se ele, sorrindo enquanto saltava para dentro de água.
"Tal e qual como o Selim tinha previsto" reflectiu Samidare enquanto via o seu inimigo a aproximar-se, desfocado graças ao rio, mas ainda assim visível.
Deixou que ele se aproximasse mais alguns metros. Quando Watanuki já começava a armazenar uma quantidade monstruosa de água na sua boca, Sam viu que era a altura ideal e, realizando uma curta e rápida sequência de selos, libertou uma potente explosão de vento projectando-se a si e ao adversário para fora daquele ambiente aquático, contra uma árvore.
Quando olhou para a árvore para onde lançara Watanuki, não havia sinal dele. Este já estava prestes a cair sobre ele, como um gavião a pique, de punho fechado, mas viu-se obrigado a fazer uma acrobacia brusca no ar para se desviar do Renkudan de Samidare, aterrando de lado no rochoso chão.
- Uma costela? Ou serão duas? Acho que é justo, fizeste-me grande buraco no pé. Olha - Dizia Sam enquanto apontava para o seu pé esquerdo - Raios, também me estragaste as sandálias!
- Pffft.. Achas que isto me impede de algo? - Levantou-se, tentando não mostrar dores mas era claro que lá estavam - Precisas de muito mais para me derrotar.
Dito isto, ambos desataram a correr em direcção ao outro. Tiros de ar e água chocaram numa explosão, criando um ligeiro vapor entre eles seguido de uma enorme cortina de espuma. Sam parou.
- Pelos vistos sabias da ideia do rio, mas será que te lembraste do nevoeiro?
Samidare não conseguia localizar de onde vinha a voz, estava perdido. Tudo acontecera tão depressa.
"Isto não é o nevoeiro anterior, nem é espuma, é diferente.."
Desta vez o nevoeiro era mais espesso.
- Tenho de te agradecer por teres molhado esta zona com o teu Toppa, certamente percebes que me ajudou bastante. – explicou a voz num tom brincalhão.
- Pois, parece que me estás a dever uma. - Sam queria tentar fazer o inimigo falar para o tentar localizar, mas soube que não ia resultar. A sua certeza veio sob a forma de uma joelhada brusca nas costelas.
Aruko parecia estar prestes a ceder, quando uma saraivada de fogo e fumo passou por ela, atingindo o Kaguya desprotegido.
- Finalmente! – bradou exasperada, seguindo a Fénix brilhante pelo nevoeiro.
O Kaguya positivamente irritado seguiu-os sem hesitar-
- IDIOTA! – berrou Selim – é uma arm…
Tarde demais, Watanuki usara o seu nevoeiro para esconder o fumo da invocação e só ele e o malfadado pássaro saberiam da posição das bombas. As Kibaku Fuuda rebentaram e lançaram Hitotutsu pelo ar, que caiu um tão quanto.. chamuscado e inconsciente, fora do nevoeiro.
Sam ainda estava no chão e algo enorme começou a rodeá-lo. Sentiu o terror congelar-lhe o corpo. Tinha a visão obstruída pelo nevoeiro, e aquilo..aquilo continuava à sua volta, começando a roçar-lhe ao de leve o corpo. Queria levantar-se, correr, fugir para longe...mas o medo, o medo ainda estava lá presente. Foi então que olhou em frente. Não conseguia ver fosse o que fosse, mas viu aquilo..uns olhos amarelos a escassos milimetros da sua cara. Era Schneizel, que se libertara do seu corpo e.. crescera. Subitamente, todo o seu medo desapareceu. Finalmente percebeu o que se estava a passar. Como lhe lendo a mente, a cobra saiu rapidamente do seu campo de visão...até ouvir um grito e o nevoeiro começar a desaparecer. Watanuki aparecia no seu lado esquerdo, enrolado pela enorme cobra verde, sem se conseguir mexer. Sam aproximou-se dele.
- Fim do jogo rapaz. - Disse Samidare ao mesmo tempo que dava um soco em cheio na cara do adversário, deixando-o inconsciente.
"E ainda dizem que o melhor amigo do homem é o cão. Na minha opinião são as cobras, com certeza."

Selim parecia transpirar fúria pelo que tinha acabado de acontecer. Sam saía do nevoeiro acompanhado de Schneizel, quando Aruko se preparava para o eliminar duma assentada. Com uma agilidade felina agitou o braço, carregado de chakra e o seu punho fechado brilhou, como se contivesse uma estrela.
- Cheque Mate! – exclamou Geryato, após enrolar uma fita na perna. A explosão de vento levou consigo os trovões que a mão de Selim continha. Não só isso, mas também o maldito pássaro estava pousado no seu ombro, recusando-se a desaparecer apesar do seu dono estar inconsciente.
- Boa… Barbecue – resmungou em voz baixa num tom mal-humorado. A esfera flamejante, desta vez real, foi exalada pela Fénix antes de desaparecer em fumo. Foi o suficiente, o vento multiplicou o seu poder e o inferno pareceu assolar a arena por momentos.
O corpo fulminado caiu por terra. Aruko ergueu-se no ar como uma bailarina e com um ar da sua graça cravejou-o de facas como um porco-espinho.



O árbitro interpôs-se entre eles e preparava-se para anunciar a vitória, quando o corpo chamuscado se moveu. Rodou sobre si mesmo e as feições outrora brancas e pálidas de Selim mostraram-se. Ou melhor, neste momento era apenas uma mescla de sangue e músculos, pois a pele desaparecera. O seu corpo tremeu como em convulsões sucessivas, os seus olhos reviraram e as mãos fecharam-se como grilhetas de aço. E então a sua boca moveu-se. Embora “moveu-se” seja uma descrição injusta. A sua boca abriu-se enormemente, e o cadáver ficou para trás. Um novo Selim emergiu do anterior.
- M… Mon… Monstro – murmurava Geryato visivelmente perturbado.
- Tolos. – cuspiu no seu tom mais venenoso – até agora fui complacente, deixei-vos brincar quanto vos apeteceu. Usei os meus olhos apenas para ler os vossos medos e memórias, mas nunca vos mostrei o MEU medo, nunca vos mostrei o que sou. Estou irritado e vocês estão.. –mortos. – anunciou no seu tom mais frívolo.
As facas que o rodeavam no chão levantaram voo, formando-se à sua volta como uma rosa dos ventos. E ele subiu, subiu nos céus como um anjo, como uma divindade.
- Selim Puraido ordena-vos: caiam perante mim.
O seu olhos esquerdo moveu-se, o seu Geass pareceu encolher e esticar, como as asas de uma ave. Geryato foi o primeiro a cair, seguido de Aruko após uns segundos. Gritaram de dor e desespero, enquanto os seus medos desfilavam à sua frente. Selim observou-os num tom impassível. Ergueu o braço esquerdo e um autêntico mar de serpentes emergiu, agarrando em ambos os inimigos e comprimindo-os. Ouviu uma costela a quebrar, com um crac sonoro, de Geryato e parou. Com um safanão do braço mandou-os a ambos inconscientes contra o chão da arena. Sabia que em circunstâncias normais não teria tratado dos dois tão facilmente. Mas ambos estavam feridos e cansados e ele.. O seu corpo estava regenerado e sentia-se jovem como nunca antes. Estava feito.

AVALIAÇÃO

Annatar:
Ninjutsu: 36,5 + 0,75 = 37,25
Taijutsu: 4,75
Kenjutsu: 23,75 + 0,25 = 24
Genjutsu: 46,5 + 0,5 = 47
Selos: 18
Trabalho de Equipa: 6,25 + 0,25 = 6,5

Força: 6,5
Agilidade: 23,5 + 0,25 = 23,75
Controlo de Chakra: 50,25
Raciocínio: 16,5 + 0,25 = 16,75
Constituição: 18,25

Samidare:
Ninjutsu: 3,5 + 0,5 = 4
Taijutsu: 2
Kenjutsu: 2,75
Genjutsu: 1
Selos: 2,25 + 0,25 = 2,5
Trabalho de Equipa: 1,75 + 0,25 = 2

Força: 3
Agilidade: 3,25
Controlo de Chakra: 2,25
Raciocínio: 2
Constituição: 2 + 0,5 = 2,5

Comentário: Achei o duelo muito bem escrito e descrito, as cenas de luta estavam interessantes. Conseguiram focar-se no essencial mas libertarem-se um pouco também para o resto. Gostei em geral.


Última edição por Luffy em Seg 9 Jan 2012 - 13:35, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/user/rfsnts
Luffy

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Planeta Agostini
Número de Mensagens : 2510

Registo Ninja
Nome: Karui
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 29,25

MensagemAssunto: Re: [2ª Ronda] Team 7 vs Team 12   Dom 8 Jan 2012 - 18:14

Duelo Team 12
Assim que pisaram o campo de batalha, os olhos de Aruko e Geryato esbugalharam-se, enquanto Watanuki nem se esforçou para esconder o choque. A paisagem diante deles estava completamente alterada, árvores cerrando cada recanto da área delimitada pelas altas paredes de pedra.
— Como é que eles fizeram isto?! — questionou o mais novo, tocando no tronco mais próximo de si para comprovar a sua existência.
— Magia é uma coisa fantástica, não achas? — replicou a morena, revirando os olhos e caminhando em direcção ao que supostamente era o centro do estádio.
— Como é que é suposto eles conseguirem ver o combate? — Watanuki olhou para cima, as copas das árvores mal permitindo a presença dos raios de luz, quanto mais os olhares dos espectadores.
Sem arranjarem uma resposta plausível para a pergunta, mantiveram-se em silêncio até chegarem a uma pequena clareira onde quatro pessoas se mantinham à espera. Geryato ignorou por completo o árbitro, o seu olhar imediatamente focado no grupo de três shinobis à sua frente. Um deles mantinha um sorriso convencido nos lábios, o tronco desnudo, permitindo a visualização dos músculos definidos, e as calças negras contrastando com a pele clara marcada com um símbolo, no centro da testa.
O rapaz ao seu lado parecia não compartilhar do sentimento de vitória antecipada. O seu cabelo branco permanecia espetado em ângulos estranhos e o seu corpo estava muito menos trabalhado do que o do colega. Geryato fitou a rapariga ao seu lado que o desprezou por completo, o seu olhar fixo no rapaz mais baixo.
O dono dos cabelos castanho claros permanecia impassível, como se tudo aquilo fosse tão normal como ir às compras. O kimono branco aliava-se à tez pálida, evidenciando o tom verde dos olhos, que não traíam qualquer emoção. Não parece ser particularmente musculado, até mesmo menos do que o de cabelo branco. Muito fraco em Taijutsu. Aruko viu-o inspirar profundamente antes de fechar os olhos e cobri-los com uma venda. O olhar baço dele indicava na perfeição a deficiência visual que o debilitava. Ouviu o Watanuki suspirar de alívio com a inesperada vantagem. A morena franziu as sobrancelhas. Não me parece que tenhamos motivos para ficar aliviados.
— E agora, vai iniciar-se o combate entre a equipa sete e a doze. Preparados? — Watanuki colocou-se frente a frente com o Samidare, ao mesmo tempo que Geryato ocupava o lugar ao lado da colega, mão já sobre a bolsa presa a si — Comecem!
Geryato estava prestes a desembainhar uma das kunais, quando Hitotutsu se lançou sobre ele. Sem pensar duas vezes, Aruko concentrou chakra nas mãos e empurrou o colega para longe, desviando-o da trajectória do oponente.
— Era preciso fazeres-me voar?! — a voz do moreno fraquejou assim que se voltou a pôr de pé.
— Não precisas de agradecer. — retorquiu, a sua atenção focando-se de novo no rapaz à sua frente que não se movera um milímetro.
Watanuki desviou-se de um murro dirigido contra si, aproveitando a ocasião para pontapear o estômago desprotegido do adversário, fazendo-o andar para trás. Geryato desembainhou duas kunais, atirando-as de imediato na direcção do rapaz mais alto do grupo adversário, aproveitando-se de este ainda estar a redireccionar o corpo no sentido de avançar de novo sobre ele. Com um simples selo, activou as kibaku fudas que forravam o metal, criando uma explosão no local.
Mesmo antes da poeira assentar, o ar foi cortado por uma série de armas, obrigando Geryato a desviar-se o mais agilmente que conseguia. Quando olhou em frente, o rosto do inimigo apareceu tão perto de si que por pouco não chocaram. Viu-o tomar balanço com o braço antes de desferir um murro contra o seu rosto. Por reflexo, fechou os olhos à espera de uma dor que nunca apareceu.
— Importaste de pôr o teu cérebro a funcionar e ajudares-me a dar cabo deste tipo?
A voz de Aruko obrigou-o a abrir os olhos, deparando-se com o braço dela, rodeado de chakra, a interceptar o golpe. Os olhos dela desviaram-se para a árvore atrás deles, as armas que haviam sido utilizadas pelo adversário cravadas no tronco. Ossos?! Ok, isto é simplesmente repugnante. A pressão no seu braço aumentou, fazendo-a cerrar os dentes.
— Vai ter com o Watanuki e ajuda-o a pôr o gajo mais fraco fora de combate o mais depressa possível. E toma atenção ao outro.
O rapaz olhou na direcção em que o último membro da equipa contrária estivera no inicio do duelo, apenas para o encontrar exactamente no mesmo local, sem um indicio de preocupação. Com um aceno afirmativo, concentrou chakra na sola dos pés, correndo na direcção do colega mais novo.
— Eu não dou descontos a gajas. — avisou o rapaz, fitando-a perigosamente.
A morena sorriu — Qual seria a piada disso?


Uma nova bola de ar comprimido foi lançada na direcção do rapaz, obrigando-o a concentrar chakra nos pés e a saltar para a esquerda, afastando-se bastante do ataque do adversário, que se limitava a perfurar mais umas árvores. Se isto continuar assim vamos mas é fazer uma nova clareira.
— Não baixes a guarda.
Watanuki pulou de susto, fazendo Geryato revirar os olhos. Os olhos pretos focaram-se no adversário que obviamente já notara a sua presença.
— Distrai-o. — ordenou, ao mesmo tempo que empurrava o colega na direcção do rapaz.
— E como é que é suposto eu fazer isso?
Um murro atingiu-o fortemente no rosto, fazendo-o cambalear para trás. O shinobi de cabelo branco balançou a mão, como se o golpe lhe tivesse sido doloroso de conceber. Geryato aproveitou a distracção para concentrar bastante chakra nos membros inferiores, dando-lhe velocidade suficiente para se colocar atrás do adversário sem que este tivesse tempo para se virar. Pregou-lhe uma rasteira, desequilibrando-o, e com o punho envolto em chakra, atingiu-o com brutidão no estômago, fazendo-o cair de joelhos.
Watanuki reapareceu ao seu lado, aproximando-se de Samidare para o pôr inconsciente, mas antes que o pudesse fazer, uma luz repentina cegou-os aos três. Assim que Geryato e Watanuki reabriram os olhos, o lugar que o rapaz ocupara estava vazio. O mais velho olhou para o chão, não se surpreendendo quando se deparou com uma kunai próxima deles que outrora trouxera consigo uma hikaridama.
— Bem, enquanto ele recupera, eu devo chegar não acham?
Os dois colegas viraram-se na direcção da voz, onde o rapaz de kimono branco se mantinha à frente do colega de equipa que estava sentado debaixo de uma das árvores, o seu rosto contorcido com a dor do nariz provavelmente partido.
Geryato fitou o novo adversário, antes de se decidir. Magen – Jigoku Kouka no Jutsu. Esperou por um grito de dor e surpresa que permaneceu longe de se fazer ouvir. Selim esboçou um pequeno sorriso, ao mesmo tempo que as suas mãos fizeram o selo necessário ao cancelamento do genjutsu.
— Vais ter que fazer bem melhor que isso.


Aruko voou uns bons metros, embatendo contra o tronco de uma das árvores. Um sibilo de dor escapou dos seus lados, o seu corpo protestando veemente com a tortura a que ela se decidira sujeitar. Hitotutsu voltou a concentrar chakra na ponta dos dedos, fazendo os ossos se alongarem e formarem umas pseudo-garras. Uma onda de nojo embrulhou-lhe o estômago perante a visão, antes mesmo dele se lançar sobre si. As garras aproximaram-se perigosamente da morena, obrigando-a a desviar-se. Concentrando uma grande quantidade de chakra na perna direita, pontapeou o adversário na boca do estômago, fazendo-o esbugalhar os olhos de dor e voar uns metros para trás. Posso não te conseguir afectar com taijutsu. Mas taijutsu com chakra… Limpou o sangue que lhe teimava em escapar do lábio, devido a um dos golpes que sofrera, com a manga da camisola, manchando o tecido.
Com os pés envoltos em chakra, correu na sua direcção, alcançando-o no instante em que ele se voltava a levantar. Mantendo o braço e o punho reforçados com chakra, desferiu um novo golpe na direcção do abdómen, mas viu o seu pulso ser agarrado.
— Gagenki! — o golpe dele atingiu-a em cheio no estômago, fazendo com que o ar escapasse dos seus pulmões.
As suas pernas desistiram da luta, fazendo o seu corpo cair em direcção ao chão, o seu pulso solto novamente. A dor parecia corroer cada célula, tanto que não se ia admirar se tivesse sofrido uma ruptura num dos órgãos. O seu cérebro parecia demasiado ocupado em tentar hibernar para escapar à dor, do que a arranjar estratégias para derrotar o tipo que agora se ria divertido. Quantos golpes já sofrera às mãos dele? Podia sentir o sentimento de superioridade emanar dele. Nem penses.
Com dificuldade, focou chakra na mão esquerda e, agarrando-lhe a perna com o braço direito, atingiu-lhe a parte de trás do joelho com o máximo de força que o seu cérebro nublado de dor conseguia fornecer. Um grito de dor fez-se ouvir e viu-o cair ao seu lado. A sua respiração ainda permanecia irregular, mas Aruko obrigou-se a aproximar-se dele. Um novo osso foi disparado na sua direcção, a que ela se desviou sem dificuldade. O seu rosto estava por cima do dele, o sangue do seu lábio pingando para a tez abaixo de si.
— Game over, sweetie.
Num movimento deliberado, golpeou a base do crânio, colocando-o imediatamente inconsciente. A morena fechou os olhos, a névoa de dor ainda lhe envolvendo os sentidos. Inspirou profundamente antes de se levantar, o seu equilíbrio ainda deficiente.i Um já foi. Abriu a bolsa do inimigo, e retirou-lhe os selos explosivos e as kemuridamas, guardando-as de imediato na sua própria bolsa que permanecia presa à sua perna direita. Desviou a sua atenção para a floresta à sua frente, onde sabia que estava a ocorrer a luta dos colegas.
Não há quase humidade nenhuma, só isso já nos deixa em desvantagem. Mas deve haver alguma coisa por aqui, não? Um lago, uma fonte, alguma porcaria que deite água. O seu fio de pensamentos foi cortado quando uma kunai lhe fez uma razia ao braço, abrindo um golpe superficial.
O rapaz de cabelo de cabelo branco permanecia protegido pelas árvores, a sua respiração ofegante e rosto marcado com sangue seco. Eles não conseguiram dar cabo deste tipo?! Uma série de armas cruzaram o ar, fazendo-a escapar agilmente com uma série de saltos. Apoiou-se numa árvore, a dor do combate anterior embirrando em dificultar-lhe os movimentos.
O seu mais recente adversário parecia tão ou mais debilitado que ela, pestanejando compulsivamente como se tentasse afastar o sentimento de dormência e dor. A custo, focou chakra nos pulmões e, realizando os selos necessários, disparou uma corrente de água na direcção dele, utilizando o Mizurappa. Samidare conseguiu utilizar o Kawarimi no Jutsu no instante em que iria ser atingido, reaparecendo em cima de uma das árvores mais próximas. Preparou-se para desembainhar uma nova kunai quando o pé da rapariga lhe atingiu de forma certeira num dos lados do rosto, fazendo-o perder o equilíbrio e cair na relva verdejante.
A respiração dele estava debilitada, a dor alastrando-se desde a face ao resto do corpo. Aruko aterrou suavemente ao lado do rapaz, apoiando-se de imediato no tronco ao seu lado. Shunshin no Jutsu seguido de uma dynamic entry. Algo tão simples deixou-me estafada. Isto não é mesmo bom sinal. Ajoelhou-se ao lado do rapaz, prendendo-lhe as mãos assim que ele tentou formar selos.
— Desculpa, mas não posso ocupar-me mais de ti. — continuando a prendê-lo com a sua mão esquerda, aplicou o mesmo golpe que usara em Hitotutsu, deixando Samidare inconsciente.
Inspirou várias vezes, a dor que a inebriava retrocedendo ligeiramente. Fogo, esta merda nunca mais acaba. Ergueu-se antes de concentrar chakra nos pés. Agilmente, alcançou a copa da árvore e o barulho do estádio ensurdeceu-a pela primeira vez. Algumas árvores tinham sido destruídas, formando padrões irregulares, quebrando a monotonia do manto verde que se estendia perante os seus olhos. Os aplausos e gritos dos espectadores atingiram-na com uma força tal que um zumbido irritante lhe trespassou os ouvidos. Mas valera a pena, porque a Este do estádio, viu o que pretendia. Com um sorriso satisfeito, voltou a mergulhar no silêncio que a floresta oferecia e, deitando um último olhar aos dois ninjas inconscientes, começou a correr em direcção à última batalha.
Assim que os seus olhos finalmente descortinaram as figuras dos restantes combatentes, um suor frio percorreu-a. Watanuki tinha um ar derrotado e mal se aguentava em pé, e Geryato parecia totalmente desorientado, ao passo de que Selim permanecia tão impecável como quando começara. A sua mão envolveu uma das kemuridamas e, aproveitando o facto de estar num ângulo morto do adversário, atirou-a para perto dos três. Assim que o fumo invadiu o terreno, a morena concentrou chakra nas perna e desferiu uma dynamic entry na direcção dele.
No entanto, no momento em que se aproximou dele, uma corrente eléctrica percorreu-lhe o corpo, impedindo-a de atacar e fazendo-a cair no chão com dores. Braços envolveram-na e sentiu-se a ser levitada, o ar passando por ela como uma bênção.
— Estás bem? — a voz de Geryato chegou-lhe aos ouvidos, ao que ela acenou afirmativamente.
— Vai para Este, há água lá.
Numa questão de segundos, sentiu o sol a bater-lhe no rosto antes de ser pousada no chão. O lago à sua frente era um espelho perfeito, rodeado por relva uniformemente verde e umas árvores discretas. Era difícil crer que aquele era um campo de batalha.
— Este tipo é ridículo! — a voz indignada de Watanuki ressoou entre os três — Nós estamos completamente fora do nível dele!
— Ele é óptimo em Genjutsu. Tudo o que eu faço não tem o menor efeito. Além de que pelos vistos também domina o Raiton. Impediu o teu ataque com um campo eléctrico. — esclareceu, Geryato, olhando na direcção de onde tinham vindo — Não importa que ele seja fraco a Taijutsu. Ele compensa em tudo o resto.
A morena encostou a cabeça para trás, normalizando a respiração. Se não fizermos isto decentemente vamos acabar electrocutados e cortados às fatias. Ele é cego, portanto o som é tudo o que o orienta…
— Consegues moldar o vento?
Geryato fitou-a, confuso — Moldar o vento?
— Sim, quando fazes o Atsugai, consegues moldá-lo além de controlares a intensidade?
— Talvez…
— Uma cúpula com ar giratório? — insistiu, fitando-o directamente nos olhos.
— Possivelmente…
Um sorriso desenhou-se-lhe nos lábios voltando a quebrar o contacto visual — Ao meu sinal, fazes isso e só paras quando eu o repetir. Watanuki, troca de sapatos comigo. Os teus têm sola de borracha. — esclareceu, perante o olhar desorientado do moreno. O rapaz estendeu-lhe os sapatos e ela calçou-os de imediato — Além disso, mantém-te longe do combate. Mais um golpe e parece que vais cair pró lado. O único problema é o genjutsu…
O som de passos interrompeu a conversa, anunciando a chegada do dono dos cabelos claros e kimono branco. Aruko levantou-se, observando o passo quase involuntário que o rapaz deu em direcção ao lago. Oh this is going to be fun.
Concentrando chakra nos pés, correu rapidamente na direcção dele. A esfera de electricidade formou-se em redor dele, o seu ar despreocupado não se alterando. Vamos ver se resulta. Alastrando chakra ao resto do corpo, formando uma fina armadura, trespassou o escudo de protecção. Nada. Sorriu. Óptimo. Desferiu um murro na direcção do rapaz que foi obrigado a desviar-se. O choque foi rapidamente substituído por uma expressão de concentração, ao mesmo tempo em que ele juntou as mãos.
Aruko acenou em direcção a Geryato e nesse mesmo instante, uma corrente de ar envolveu-os. Concentrou uma considerável quantidade de chakra nos ouvidos, enquanto via uma espécie de cúpula de vento se formava à volta deles, a velocidade do ar aumentando cada vez mais a pressão no interior.
Já que precisas de ouvir para veres, que tal eu impedir que oiças seja o que for? Selim levou as mãos aos ouvidos, a pressão cada vez maior fustigando-lhe os tímpanos. Aproveitando a oportunidade e com o braço carregado de chakra, deu-lhe um murro certeiro no rosto, fazendo-o andar para trás. Sem dar tempo para que ele recuperasse, debruçou-se e desferiu um pontapé em direcção ao estômago dele, fazendo-o cair para trás. O seu corpo lançou uma nova onda de dor como forma de protesto, fazendo-a cerrar os dentes. Não posso combater por muito mais tempo.
Viu-o levantar-se, o seu equilíbrio recuperado. Também está a utilizar chakra nos ouvidos… Bem, não interessa. Reaproximou-se dele, um novo murro direccionado ao seu rosto mas ele baixou-se com facilidade e pregou-lhe uma rasteira, fazendo-a cair para trás. Como é que ele se conseguiu desviar?!
Selim sorriu ao de leve e levou a mão à venda. Genjutsus oculares provavelmente. Merda. Saltou para trás, focando-se nos pés dele, ignorando deliberadamente o rosto pálido e os olhos verdes que, apesar de fixos nela, permaneciam alheios à sua presença. Sentiu algo rasgar-lhe a pele do braço, fazendo-a morder o lábio com a dor. Antes que pudesse repensar numa estratégia, a sua visão começou a esmorecer, até um véu negro a envolver por completo. A respiração prendeu-se-lhe nos pulmões. Um genjutsu? Mas eu nem olhei para ele! Levou a mão à ferida mais recente. Com a arma? Mas como?
Um golpe no estômago lançou-a para trás. Estamos em pé de igualdade, mas ele parece que me consegue ver. Numa tentativa vã, murmurou Kai, realizando o selo respectivo, não alterando de todo a sua situação. Um novo golpe, desta vez no rosto, fez com que o seu nariz gritasse de indignação. O Geryato não pode quebrar o jutsu, senão ficamos ainda mais em desvantagem, estou imune a qualquer ataque eléctrico, não vejo nada à frente e usar jutsus de água ia ser a coisa mais inútil de sempre nesta situação. Pensa, Aruko!
O punho do rapaz embateu de novo contra ela. Sem hesitar, agarrou-lhe no braço e colou-se praticamente a ele. A mão livre deslizou em direcção à bolsa do rapaz, agarrando de imediato nas linhas que vira no inicio do combate a tentarem sair do seu local de armazenamento. O braço dele empurrou-a para trás, fazendo-a quase chocar com a barreira de ar. Ele está menos cego que eu portanto se eu não o consigo encontrar… As suas mãos agarraram em cada uma das pontas da linha. Deixo que ele me encontre.
Um pontapé rápido atingiu-lhe o abdómen, ao que ela retaliou de imediato com um murro forte à boca do estômago. Aproveitando o efeito do ataque, puxou Selim na sua direcção e num movimento giratório envolveu com a linha fina, imobilizando-lhe o corpo. Antes que o rapaz tivesse tempo de dar a volta à situação novamente, atingiu-lhe com precisão a base do crânio. O corpo dele ficou tenso por segundos, antes do peso morto dele recair sobre si.
Deixou-se cair com ele, as suas mãos cobertas de chakra a taparem-lhe os ouvidos numa garantia que os tímpanos dele não rebentavam com a pressão. Fez um sinal rápido ao colega de equipa, e o som voltou a atingi-la assim como a aragem do dia. A sua visão começou a retornar, fazendo-a expirar de alívio. Os braços de Geryato voltaram a puxá-la, desta vez para longe de Selim, ao mesmo tempo em que se ajoelhava à frente dela, observando a gravidade dos cortes no seu braço.
— Usaste a velocidade do ar para criar vácuo onde vocês estavam. — deduziu, fazendo-a sorrir.
— E como o som não se propaga no vazio, ficava em vantagem. Mas parece que não valeu de muito, ele parece que tem uma técnica qualquer para nos localizar mesmo sem a existência de som. Mas enfim, pelo menos acabou por servir para lhe limitar o espaço de acção.
— E para o impedir de usar a água. — completou o moreno, fazendo-a erguer uma sobrancelha, confusa — Pelos vistos ele tem dois elementos.
Aruko sorriu abertamente — Bem, o meu plano resultou melhor do que pensava.
— Parece que a equipa sete não está em condições de prosseguir. — anunciou a voz do árbitro, sobrepondo-se às ovações do público — A vitória vai para a equipa doze!
Os aplausos e gritos do público uniram-se às exclamações de entusiasmo de Watanuki, fazendo Geryato revirar os olhos e Aruko começar a rir.

AVALIAÇÃO

Brufan:
Ninjutsu: 10.75 + 0,25 = 11
Taijutsu: 5.5 + 0,5 = 6
Kenjutsu: 4.5 + 0,5 = 4,75
Genjutsu: 2,25
Selos: 7.75
Trabalho de Equipa: 4,75

Força: 3,5
Agilidade: 8.25
Controlo de Chakra: 16 + 1 = 17
Raciocínio: 8,5 + 0,25 = 8,75
Constituição: 6,75 + 0,75 = 7,25

DeliciouSmile:
Ninjutsu: 6.25
Taijutsu: 4 + 0,25 = 4,25
Kenjutsu: 2.75 + 0,25 = 3
Genjutsu: 0
Selos: 4.75
Trabalho de Equipa: 2,5

Força: 2,55
Agilidade: 4.5 + 0,25 = 4,75
Controlo de Chakra: 5.25
Raciocínio: 4.75
Constituição: 2,5

Comentário: Gostei deste duelo, adorei a escrita, está simples e concisa. Agrada-me o que fizeste com a tua personagem, um pouco de raciocínio e qualquer David pode derrotar o Golias.


Última edição por Luffy em Seg 9 Jan 2012 - 14:16, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/user/rfsnts
Luffy

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Planeta Agostini
Número de Mensagens : 2510

Registo Ninja
Nome: Karui
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 29,25

MensagemAssunto: Re: [2ª Ronda] Team 7 vs Team 12   Dom 8 Jan 2012 - 18:16

Reservado para Avaliação
ABERTO PARA VOTAÇÕES JUSTIFICADAS
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/user/rfsnts
Annatar

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Porto
Número de Mensagens : 1602

Registo Ninja
Nome: Selim Puraido
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 1505
Total de Habilitações: 262

MensagemAssunto: Re: [2ª Ronda] Team 7 vs Team 12   Dom 8 Jan 2012 - 18:28

Wow.. And I mean.. WOW!

Adorei o duelo, seriously..

Acho que usaste mesmo bem o Selim, desde aquela característica dele de "não querer sujar as mãos" até a uma certa arrogância que ele tem.

Além disso a estratégia final foi brilhante. Sim, tens o meu voto e muito obrigado pelo teu esforço, com adversários destes vale a pena escrever. May the audience decide now ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
moriteru

Membro | Iwa
Membro | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 22
Localização : Guimarães
Número de Mensagens : 194

Registo Ninja
Nome: Kazuhiro
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 525
Total de Habilitações: 33

MensagemAssunto: Re: [2ª Ronda] Team 7 vs Team 12   Dom 8 Jan 2012 - 19:49

Hum isto é muiiito complicado de decidir...

Bem quanto á team 7, adorei simplesmente as descrições das batalhas assim como a maneira como as estratégias foram aplicadas. (Um face punch depois de um wrap daquela snake em Watanuki and he is out of battle Razz)
Já na team 12, achei o duelo mais agradável de se ler, apesar de achar que se centra muito na personagem da Brufan (ou então não o.o'). É mais fácil imaginar o cenário com a team 12 e a escrita não é muito pesada...

Bem, voto na 12, congratz all ^_^
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://unemptywords.tumblr.com
Luffy

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Planeta Agostini
Número de Mensagens : 2510

Registo Ninja
Nome: Karui
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 29,25

MensagemAssunto: Re: [2ª Ronda] Team 7 vs Team 12   Dom 8 Jan 2012 - 19:54

moriteru escreveu:
apesar de achar que se centra muito na personagem da Brufan

Eu se escrevesse um duelo sozinho também me focava mais na minha personagem xd
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/user/rfsnts
moriteru

Membro | Iwa
Membro | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 22
Localização : Guimarães
Número de Mensagens : 194

Registo Ninja
Nome: Kazuhiro
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 525
Total de Habilitações: 33

MensagemAssunto: Re: [2ª Ronda] Team 7 vs Team 12   Dom 8 Jan 2012 - 20:01

é bom saber que confias no teu parceiro ao ponto de puderes fazer um duelo sozinho e equilibrado -.-'
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://unemptywords.tumblr.com
Luffy

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Planeta Agostini
Número de Mensagens : 2510

Registo Ninja
Nome: Karui
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 29,25

MensagemAssunto: Re: [2ª Ronda] Team 7 vs Team 12   Seg 9 Jan 2012 - 14:18

Gostei de ambos os duelos, estão ambos excelentes e perto da perfeição. Os aspectos que gostei num foram igualmente bons no outro. Por isso penso que não vale a pena estar a prejudicar alguém dando um voto.

Sendo assim voto em ambos.

Team 7 - 1
Team 12 - 2


EDIT:
O Mars armou-se em feio e obrigou-me a escolher um. Vou votar na Brufan porque acho que foi um duelo mais complicado de se fazer do que o do Annatar, ou seja acho que ela esforçou-se ao máximo e que conseguiu produzir algo muito bom.

Team 7 - 0
Team 12 - 2
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/user/rfsnts
Tixa Sandiego

Membro | Kumo
Membro | Kumo
avatar

Sexo : Feminino
Idade : 24
Localização : Lisboa
Número de Mensagens : 1489

Registo Ninja
Nome: Mo
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 2900
Total de Habilitações: 83,25

MensagemAssunto: Re: [2ª Ronda] Team 7 vs Team 12   Seg 9 Jan 2012 - 15:39

Jesus!

Ambos os textos estão brutais, muito bem escritos e até que agradáveis de ler.

Mas só se pode votar num e o meu voto vai para a team 12, a estratégia final da Bru deixou-me Wow!

Team 7 - 0
Team 12 - 3

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://theawesometixa.blogspot.pt
Brufan

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Feminino
Idade : 24
Localização : Algures entre nada e coisa nenhuma
Número de Mensagens : 195

Registo Ninja
Nome: Shimizu Aruko
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 4320
Total de Habilitações: 81,25

MensagemAssunto: Re: [2ª Ronda] Team 7 vs Team 12   Seg 9 Jan 2012 - 20:23

Finalmente tive tempo pra ler

Oh god, awesome.
Adorei as vossas estratégias, a escrita, everything. Óbvio que têm o meu voto e merecem-no a 100%

Estava com um bocado de medo de não fazer justiça às vossas personagens, ainda bem que gostaram. Again, thanks pelo desconto, não queria mesmo deixar-vos pendurados
Voltar ao Topo Ir em baixo
Soeuetu

Membro | Kumo
Membro | Kumo
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 25
Número de Mensagens : 160

Registo Ninja
Nome: Yushiko
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 6340
Total de Habilitações: 74

MensagemAssunto: Re: [2ª Ronda] Team 7 vs Team 12   Seg 9 Jan 2012 - 21:50

Adorei completamente ambos os textos! só os achei absurdamente gigantescos, mas pronto.
adorei as estratégias do team 12 e a destruição absurda e maciça do team 7.
O meu voto vai para o team 7 pois não cabe no estômago um confronto em que o selim nao use cobras... é como muletes sem farinha sinceramente .__.
de qualquer forma é de salientar a qualidade do texto do team 12 parabens!
Voltar ao Topo Ir em baixo
killer999

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : In your head
Número de Mensagens : 12265

Registo Ninja
Nome: Angelus
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 31866
Total de Habilitações: 693,75

MensagemAssunto: Re: [2ª Ronda] Team 7 vs Team 12   Qui 12 Jan 2012 - 15:43

Novamente duelos muito bons, vai ser uma decisão muito renhida. Estou a gostar de ver isto nos Wargames.

A escrita de ambos está 5 estrelas, as estratégias 5 estrelas, do que li dos personagens a representação de cada um nos duelos opostos também acho que está 5 estrelas. Existe muito pouco ou mesmo nada a melhorar nos vossos duelos.

Tá difícil de votar num, não posso dar voto nos dois, é que não me consigo decidir...??
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.dragonball-pt.info
L Mars

Membro | Iwa
Membro | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 25
Número de Mensagens : 9651

Registo Ninja
Nome: Arice Tsukihoshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 875
Total de Habilitações: 56,5

MensagemAssunto: Re: [2ª Ronda] Team 7 vs Team 12   Sab 14 Jan 2012 - 21:27


Team 7 - Total de Habs: 280.25
Team 12 - Total de Habs: 121.75

A TEAM 7 É A VENCEDORA!
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[2ª Ronda] Team 7 vs Team 12
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Mundo Ninja :: Eventos Especiais :: Quinta Grande Guerra Ninja :: War Games - Exames Chuunin :: Duelos :: Rondas Arquivadas-
'); }