Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Salva-os! [F7]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Mary

Membro | Kumo
Membro | Kumo
avatar

Sexo : Feminino
Idade : 22
Localização : Havana (a)
Número de Mensagens : 207

Registo Ninja
Nome: Ishi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 500
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Salva-os! [F7]   Dom 6 Nov 2011 - 11:26

Filler 7 - SALVA-OS!


- Esperaaaaa! – Disse Yukio quando me viu fora do quarto. Depressa, puxou-me para dentro. Comecei a gritar. Encostou-me à parede, e pôs-me a sua mão na minha boca. Olhou para mim bastante zangado. E ai começou a sussurrar.
- Como é que consegues ser tão estúpida? Eu não te disse que conhecia o hospital? Devias ter-me ouvido. – agarrou no meu braço e levou-me até a janela. – Olha aquele homem, mais aquele. E aquele e mais aquele e o outro. – Mostrou-me vários homens que se escondiam a assegurar-se que ninguém sai do prédio. – Estes são todos seguranças. ANBUs. Percebes isso? Não voltes a fazer isto. Segue as minhas ordens e sais daqui viva.
- Eu sabia que virias atrás de mim. – sorri-lhe.
- Não me provoques, Cho. – Começou a andar para a entrada do meu quarto.
- O quê? Impedes-me e tal, como um herói e agora deixas-me aqui sozinha? – Elevei o sobrolho e meti a mão na anca.
- Cho compreende. Estou aqui para te ajudar e não para ter algo contigo, como tu pensas. – Isto atacou-me tão intensamente que não fui capaz de responder. Vi-o a ir embora e ali fiquei, tipo estatua, sem saber o que fazer.
Ninguem disse que eu o queria para uma relação. Nem eu sabia. Eu só queria que ele me ajudasse a sair dali e a salvar os meus pais.
Virei-me e mandei-me para a cama. E tudo voltou. O choro. Chorei tanto que sentia os meus olhos doerem.
De repente ouvi uma leve e doce voz chamar o meu nome.
Cho… Cho… Cho…
Levantei-me e segui a voz, aquela que me chamava. Parecia uma voz feminina, e eu acho que a conhecia. Descalça caminhei pelo chão frio do hospital. A voz continuava a chamar-me como se fosse algo importante. Continuei, continuei e parecia nunca chegar perto. Foi até quando eu vi a minha irmã. No mesmo estado em que se encontrada quando morrera.
- May?!
- Cho… Cho… Cho…
- Como te posso ver? – Perguntei já chorando.
- Salva-os. Salva-os. – E a sua figura acabou por desaparecer. Fiquei assustada. E sentia bastantes calafrios.
- Onde estás?! May! – Ninguem aparecia.
Voltei a correr para o quarto, mas acabei por entrar no quarto ao lado onde estava o Yukio.
- Por favor, tira-me daqui. Eu falei com a minha irmã. Ela disse que eu preciso de os salvar!
Ele, que estava deitado. Rodou a cabeça na minha direcção e riu-se. Levantou-se e agarrou-me na cabeça com ambas as mãos e disse:
- Calma. – E voltou a deitar-se na mesma posição, em cima da cama.
Fiquei irritada, eu só queria sair dali. E, por mais que tivesse de obedecer, eu odiava regras.
- Vou ficar aqui até te decidires, Yukio. – Olhei-o. – Quando é que vamos sair daqui?
- Em breve. Está quase.
- És irritante, sabias? – Mandei-me para o sofá que estava no quarto. E acabei por adormecer.


Senti-me ser molhada com algo liquido, talvez agua, acordei assustada porque não estava a espera.
- Acorda miúda. – Disse-me Yukio sentado ao meu lado com um balde.
- És parvo ou que? Queres-me matar de susto? Onde estamos? - Perguntei repetitivamente.
- Fora do hospital. – Sorriu.
- Como? – Levantei-me.
- Tu estavas a dormir, e ainda bem que adormeceste. Assim não me causaste problemas a fugir. – Riu-se.
- Não te percebo. És bipolar ou quê? Obrigada na mesma. – Comecei a olhar em volta, esta na floresta e ao lado havia uma pequena casinha de madeira. Sorri. – Onde estamos mesmo?
- Esta é a minha casa. Encontrei por aqui à um tempo. – sorriu e abriu a porta.
A porta abriu-se e deu lugar a um sitio bastante confortável. Entrei e sentei-me no sofá castanho. Olhei em volta. Gostava mesmo daquilo.
- Vives sozinho?
- Sim… - Suspirou.
- Não tem pais? – Olhei para ele. Acho que já estava farto de me ouvir.
- Já tive.
- O que aconteceu? – Insisti.
- Não estás a querer saber demais, miúda? – sorriu ironicamente.
- Ok, já percebi. És um rapaz reservado. Agrada-me. – Ri-me, mas ele não se riu. – A sério, tu deves ter sérios problemas de bipolaridade…
Olhou-me e foi buscar qualquer coisa. Numa folha verde vinha um peixe assado. Despertou-me o apetite. Há muito que não comia peixe. Só me davam comer esquisito no hospital.
- Isso é para mim? – Sorri.
- Sim, toma. – E comecei a comer.
- Então como é? Não sei onde estou, assim também não sei onde encontrar os meus pais. A mulher vai dar pela minha falta.
- Descansa falta uma hora para ela te ir buscar, os médicos só vão aparecer no teu quarto a essa hora, e teremos tempo para ir busca-los.
- Oh, obrigado.
- Come e cala-te. E temos de nos preparar para ir.
Comi apressadamente, e fui levada para um quarto. Esse quarto continha varias armas. Peguei numa katana e em várias kunais. E ele também.
- Ora bem, ficas com a katana e eu com as kunais. O plano é este: Vamos lá, trazemos os teus pais para aqui e tratamos deles.
- Ok! – Saimos de casa. – Mas… Tu não sabes onde eles estão…
- Pois não. Por isso é que vais procurar. Mas acho que não devemos estar longe.
- Oh meu deus! A sério? Mas… - Fez um gesto com a mão e começamos a correr e a saltar de arvore em arvore, a procura da cabana onde os meus pais estariam.
Vi várias cabanas. Seria normal haver tantas por ali? Vi uma cabana que parecia aquela onde os meus pais estavam. Torci para que fosse aquela. Fiz um gesto com a mão e dirigimo-nos para ela.
- Só espero que seja esta. – disse parada em frente da cabana.
- Já somos dois.
Abri a porta devagar…


Última edição por Mary em Dom 20 Nov 2011 - 16:16, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
InKatd

Moderador | Konoha
Moderador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 28
Número de Mensagens : 619

Registo Ninja
Nome: Itari Gasaka
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5520
Total de Habilitações: 98,5

MensagemAssunto: Re: Salva-os! [F7]   Dom 6 Nov 2011 - 22:14

Gostei, diferente do que estou habituado ler teu x)

BONUS NRPG WEEEK

50 RYO
Voltar ao Topo Ir em baixo
RiD3R

Administrador | Iwa
Administrador | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : Porto
Número de Mensagens : 2470

Registo Ninja
Nome: Kojiki Zaiko
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 200
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: Salva-os! [F7]   Sex 25 Nov 2011 - 23:26

Acho que podias ter explicado um pouco melhor a fuga do hospital (mas também talvez não o tenhas feito propositadamente).
Foi um bom filler, com um ligeiro momento de "terror" e um bom cliffhanger no final ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado





MensagemAssunto: Re: Salva-os! [F7]   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Salva-os! [F7]
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Konohagakure :: Fillers :: Fillers Arquivados-
'); }