Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 treino 9 - Raiva (1/4)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Dorou

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Belem/ Pa - Brasil
Número de Mensagens : 2883

Registo Ninja
Nome: Azura Inugami
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 16915
Total de Habilitações: 349,5

MensagemAssunto: treino 9 - Raiva (1/4)   Seg 21 Mar 2011 - 12:17

Ele girava a foice nas mãos, o saco de areia a muito já havia sido cortado e seu conteúdo estava espalhado no chão.
- Droga! Droga droga droga! – Datte continuava golpeando o saco pela metade, queria extravasar aquela fúria, mas era grande demais para que apenas um simples saco de areia conseguisse fazê-lo.
Ele viu que aquilo já estava totalmente destruído, então ainda com a arma em mãos saiu pela porta e foi rumo a rua movimentada daquela cidade em Oto. Antes de sair esbarrou com Juugo que acabara de acordar, ele estava com os cabelos embaraçados e vestindo um robe branco.
- Bom dia Datte-kun, porque esta acordado tão cedo? – ele disse bocejando.
- Cala a boca. – Disse um Datte mal-humorado, ele apenas olhou de esguelha para o sempai e saiu pela porta com a cara fechada.
Andou alguns minutos, estava em uma floresta não muito longe daquela cidade e envolto por árvores. Vestia um yukata branco com alguns detalhes negros e a hitayate em volta do pescoço.
- Aquele idiota! Quem ele pensa que é?! Idiota! – Datte trincava os dentes ao lembrar-se do homem que o atacara noite passada.
Ele ergueu a foice e frente a uma arvore ali perto começou os exercícios, primeiro correu com toda a velocidade rumo a arvore e girando o corpo acertou um corte o qual não fora profundo demais, logo depois girou a foice por volta do próprio corpo e voltou a atacar a arvore, a arma ficou presa no tronco, Datte aplicou um pouco de força a fim de retirar a arma de lá, mas sem sucesso voltava a tentar.
- Merda! – Estava estressado e irritado.
Ele voltou a puxar e desta vez a arma soltou-se da arvore.
Novamente voltou a fazer os exercícios, mas agora visando os galhos mais altos. Olhou para cima e marcou seus objetivos com a kunai usando o braço marionete que estava enfaixado.
Apertou a mão sobre a foice a começou a correr, logo que entrou em contato com a arvore mais próxima e ativou seu chakra para mantar uma relação de contato com a superfície e poder correr sobre. Acelerou o passo e quando chegou a certa altura pulou jogando seu corpo para trás, estava a metros de altura e o impulso obtido com o pulo fora o bastante para se aproximar do primeiro galho, ele girou no ar sobre o próprio eixo e usou a lâmina como hélices para cortar o galho. Enquanto caia guardava a senjuu gai nas costas e efetuava selos e quando chegou ao solo falou baixo quase em um sussurro.
- Iwabunshin no jutsu! – E quando os pés de Datte tocaram o chão em sua volta três mini-montanhas de pedra emergiam, as pedrinhas iam se alinhando até formarem uma cópia completa de Datte inclusive com as armas iguais. Eles formaram-se em segundos o que fora tempo o suficiente para Datte se restabelecer firmando o aperto em sua senjuu gai.
Eram três iwa bunshins, e foi em um lance veloz que o da direita (o que estava mais próximo) ergueu a foice e em um mortal golpe tentou partir o gennin ao meio, Datte em resposta agilmente abaixou-se e respondeu com um perfeito golpe vertical, o clone partiu-se em dois enquanto transformava-se em pedras e caia ao chão, outro mais distante tomava partido e investia contra o original com sua foice. Datte virou-se, girou a lâmina e parou o ataque antes que cortassem-no.
- Doton! Dorotama no jutsu! – Ouviu-se vindo de trás do clone que havia atacado Datte.
O outro clone que estava livre fazia selos e abra a boca expelindo projeteis de lama em forma de tiros afim de acertar o clone que lutava contra datte e o original.
O gennin foi um pouco mais esperto e jogou a senjuu gai para cima fazendo selos.
- Doton! Gaban kyu! – várias plavas de terra fecharam-se em volta de datte e formar uma cúpula. Os projeteis de lama nada fizeram efeito sobre as placas de terra.
A foice que fora jogada no chão caia próximo a um dos clones com a lamina enfiada nos solo e a haste para cima, eles observavam a cúpula esperando a hora em que o original sairia.
Do chão perto do clone o qual fizera os selos mais cedo saia Datte com um grito de guerra, ele surgiu do solo num salto agarrando a foice e cortando fora a cabeça do clone.
Quando virou-se teve tempo o suficiente apenas para a defesa, o outro já estava avançando e atingiu-se com a lâmina de sua foice que o cortaria se não fosse pela arma do original.
O gennin ruivo aplicou força na arma e empurrou a cópia para trás, girou o corpo para a direita e descarregou a foice sobre o adversário. O clone se desfez em pedra e Datte ajoelhou-se no chão exausto.
Ele tirava a parte de cima da yukata e desafivelava o cinto no dorso, Ele havia lutado com um peso a mais de 12 kilos o que contribuiu muito para o seu cansaço.
Do meio da relva uma kunai veio em sua direção, o gennin abriu os olhos em um impulso e girou a foice afrente de seu corpo fazendo a kunai se desviar.
- Quem está ai?! – Ele gritou irritado.
E de lá mais cinco kunais partiram em alta velocidade, Datte deu um breve pulo para trás girando a foice de forma a impedir que as kunais o alcançassem.
Desta vez uma shuriken foi jogada e antes que chegasse a Datte uma voz feminina sussurrou em meio a relva.
- Shuriken bunshin no jutsu! – E uma shuriken tornou-se dezenas em direção ao gennin.
A primeira passou próximo ao seu ombro causando um corte, foi o ponta-pé inicial para que Datte começasse a agir, ele girou novamente o corpo e impediu que cinco shurikens o cortassem, mas logo atrás mais vinham, então ele deu um salto, ab riu as pernas e girou usando a senjuu-gai como hélice novamente, vários projéteis foram impedidos, Datte estava a salvo. Quando ele estava a poucos segundos de cair do chão uma fuuma shuriken foi a quem apareceu girando com toda velocidade. Datte não podia desviar porque ainda estava no ar e nem criar um jutsu porque não estava em contato com o solo.
Ele caio no solo e logo curvou seu corpo de forma a fazer um efeito “matrix”, a shuriken passou a centímetros de sua face mas não chegou a cortá-lo.
- Nossa! essa foi boa! – Dentre a relva Juugo surgia vestindo também um yukata.
- Tenho que admitir que você nem sejas tão inútil assim. – Vinha de lá também Karin arrumando os óculos na face.
- Mas! Porra vocês poderiam ter me matado! – Datte dizia nervoso com a presença de Karin.
- Não seja chorão, o treino só ta começando...



---------------------
Treino pequeno, eu sei xd mas é apenas para iniciar uma série de treinos que vou fazer ><
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luffy

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 24
Localização : Planeta Agostini
Número de Mensagens : 2510

Registo Ninja
Nome: Karui
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 29,25

MensagemAssunto: Re: treino 9 - Raiva (1/4)   Seg 21 Mar 2011 - 17:53

Ninjutsu: 11 + 0,5 = 11,5
Taijutsu: 3,5
Kenjutsu: 11 + 1,5 = 12,5
Genjutsu: 2,5
Selos: 5,75 + 0,5 = 6,25
Trabalho de Equipa: 1,25

Força: 2,75 + 0,5 = 3,25
Agilidade: 6,75 + 0,25 = 7
Controlo de Chakra: 6,5 + 0,5 = 7
Raciocínio: 4
Constituição: 5,25 + 0,25 = 5,5

Total: 4/5
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/user/rfsnts
 
treino 9 - Raiva (1/4)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Kirigakure :: Treinos :: Treinos Arquivados-
'); }