Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Another Fillers 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Yanx


avatar

Sexo : Masculino
Idade : 22
Número de Mensagens : 164

Registo Ninja
Nome: Mogul Yanx
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 550
Total de Habilitações: 48,25

MensagemAssunto: Another Fillers 2   Dom 30 Jan 2011 - 2:24

02 - Until the Midnight

Eu ainda refletia sobre minha iniciação. Deitado em um tronco de árvore, olhando para o céu estrelado, deduzi que deveriam ser quase oito horas. Minazuki planava ao meu lado, enquanto perseguia um pequeno pássarinho.

Tudo foi fácil demais. O pacto, os vilões. E por quê meu avô havia se recuperado tão rápido? Muitas perguntas, mas mesmo assim me sentia feliz pela graduação.

Comecei a fazer um pequeno Origami, também feito com Kibaku Fuudas. "Sempre é melhor se prevenir" dizia meu professor. Desde aquela aula, comecei a me preparar, colocando "enfeites" por aí, para casos de emergência.

- O que faz aí tão tarde, filho? - Me perguntou meu pai, da janela do quarto.

Caí do galho com o susto, mas Minazuki conseguiu me segurar poucos centímetros do chão.

- Pensando sobre meu primeiro assassinato. - respondi - Foi um dia importante, logo irei dormir.
- Entre logo, não quero nem pensar se outro assassino tentar nos atacar.

Meu pai dizia com honestidade; para ele, foi realmente um ataque surpresa. Ele mente muito mal, e começa a morder os lábios quando faz isso. Deixei meu origami, de um cisne, na raiz da árvore onde estava, e usei Kakuremino no Jutsu para fazê-lo parecer com um origami qualquer, sem os selos de explosão. Esse ato era tão normal que nem percebia meu chakra sair quando o fazia com meus origamis.

Estava quase entrando quando Minazuki parou. Ela ficou simplesmente paralizada, como se estivesse congelada.

- Algo errado, Minazuki? - perguntei.
- *O*

Ela rapidamente abriu sua bocarra e me engoliu.
Depois de me acomodar um pouco, consegui encontrar uma abertura em sua boca, para ver onde estávamos indo. Me surpreendi ao ver que era o Dojo de meu Avô.

Chegamos na porta de entrada, onde Minazuki me "vomitou", o que foi meio nojento, mas já havia me acostumado. Era uma forma prática e eficiente de me esconder. Com um selo de mão, ela se transformou novamente no Manto, o qual vesti, e logo após bati na porta.

- Avô! - gritei - Sou eu, Yanx.

Um silêncio de apertar o coração respondeu ao meu chamado. Pulei dois metros para trás, e joguei uma Kami Shuriken (feita de Kibaku Fuudas) na porta, que com uma pequena explosão controlada, abriu um buraco na região da maçaneta, rompendo a trinca. Entrei no Dojo à força, e comecei a procurar desesperadamente pelo meu avô.

Quarto, nada. Sala, nada. Banheiro, bati na porta antes de entrar, e nada. Só restava o salão no fim do terreno.

Meu coração disparou ao ver a porta daquele aposento quebrada. Entrei e fiquei em estado de choque, quando vi meu avô, inerte no chão, com um corte gigante que se estendia da região da pelve ao pescoço. Do seu lado, estava seu manto, cortado ao meio e preso á parede por uma kunai.

Na parede, havia um bilhete. "Em nome da dívida e do shinobi morto." dizia, e em baixo havia um carimbo, no formato de um F. Aquele era um dia muito confuso, e ainda nem era meia-noite. Tentei recaptular a cena: meu avô deveria estar reparando os danos feitos por mim (trololol, detalhes, detalhes), e então foram pegos em uma emboscada. Sua arraia transmitiu uma mensagem para a minha, que rapidamente chamou reforços.

Peguei o pulso de meu avô, mas não senti nenhuma pulsação. Peguei uma Kami Shuriken do meu bolso e fiz um pequeno corte em seu dedo. Saiu um pouco de sangue, demonstrando que ainda estava vivo. Envolvi meu avô em sua manta, e Minazuki o "engoliu", para conservar os ferimentos até que chegássemos ao hospital. Montei nela, e disparamos para a saída.

~~ ~~ ~~ ~~ ~~

Em casa, meu pai se preparava para deitar. Mas então, ele teve um pressentimento ruim, como se algo fosse acontecer. Fez o selo de mão do javali, invocando assim sua arraia. Era de uma tonalidade azul, e suas asas eram curvadas e pontiagudas como uma faca. Deveria ter uns 4m de envergadura, o que quase ocupava o aposento inteiro.

- Hashi, se prepare. Acho que temos compania... - disse, em uma voz sutil.
- *O* - respondeu a arraia.

Ele pegou calmamente sua katana, que ficava debaixo de seu colchão, e com ela cortou a parede de 32cm de tijolos com um corte só. A pressão fez a parede rachar, abrindo um buraco triangular nela. Rapidamente, ele e Hashi se jogaram para fora do quarto, e começaram a lutar contra um vulto, que tentava escapar rapidamente.

~~ ~~ ~~ ~~ ~~

Sentado na sala de espera do hospital, aguardava um médico, para descrever o estado de meu avô. Peguei o bilhete, que tinha guardado no bolso, e re-li ele. Em nome da dívida e do shinobi morto. O morto deveria ser o homem que eu matei hoje mais cedo. Mas que dívida seria aquela? Eram muitas perguntas para um recém-gennin como eu.

Uma mulher loira, vestindo um uniforme verde, veio em minha direção. Aparentava ser nova, mas algo me dizia que suas aparências enganavam.

- Você é o neto de Mogul Sato? - me perguntou, com um ar de autoridade.
- S-sim! - respondi, gaguejando.
- Bem, inicialmente, devo dizer que seu avô está bem.
- Ufa...
- Ele ficou sobre efeito de um veneno raríssimo, que pode camuflar as pulsações de modo que pareça morto. Pergunto-me como você sabia que ele estava vivo, para dar o esforço de trazê-lo aqui.
- Bem... - dei uma pausa, tentando absorver o que ela perguntou para minha pequena cabecinha - "Mortos não sangram." Fiz o teste com seu dedo, mostrando que ainda não havia parado completamente a circulação.
- Típico de um neto dele...
- M-mas quanto vou ter que pagar pela consulta?
- Seu avô já fez demais pela aldeia anos atrás. Ele precisará apenas de descanso, enquanto retiram o veneno de suas veias.

Ela sorriu para mim, como se eu a lembrasse de algum antigo amigo dela, e depois se virou, para sair do hospital. Com um selo de mão, Minazuki apareceu de meu manto, e saímos do hospital, sem nem suspeitar do que nos esperava em casa.

*O* = "Sim senhor!"
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.pokemonmythology.org/u2434
L Mars

Membro | Iwa
Membro | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 25
Número de Mensagens : 9656

Registo Ninja
Nome: Arice Tsukihoshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 875
Total de Habilitações: 56,5

MensagemAssunto: Re: Another Fillers 2   Seg 7 Fev 2011 - 18:49

Citação :
"peguei uma Kami Shuriken do meu bolso e fiz um pequeno corte em seu dedo. Saiu um pouco de sangue, demonstrando que ainda estava vivo."

Isso não quer dizer nada. Se ele morrer num espaço de algumas horas o sangue ainda não coagulou. Me corrija se estiver enganado.


Vou ler o proximo o/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Yanx


avatar

Sexo : Masculino
Idade : 22
Número de Mensagens : 164

Registo Ninja
Nome: Mogul Yanx
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 550
Total de Habilitações: 48,25

MensagemAssunto: Re: Another Fillers 2   Seg 7 Fev 2011 - 19:03

a_a deve ter razão. Fui acreditar no Resident Evil, malditos filmes holywoodianos >.<

Ah, ignore a pseudo-flame do filler 3.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.pokemonmythology.org/u2434
Conteúdo patrocinado





MensagemAssunto: Re: Another Fillers 2   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Another Fillers 2
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Konohagakure :: Fillers :: Fillers Arquivados-
'); }