Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

  "Ventos de Bonança" Chapter V - Percepção e Conhecimento [2/2]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
L Mars

Membro | Iwa
Membro | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 25
Número de Mensagens : 9656

Registo Ninja
Nome: Arice Tsukihoshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 875
Total de Habilitações: 56,5

MensagemAssunto: "Ventos de Bonança" Chapter V - Percepção e Conhecimento [2/2]    Qua 1 Dez 2010 - 2:07


https://www.youtube.com/watch?v=Phzx8tdWgZ0

O som da uma cascata a embater nas águas inquietas do pequeno riacho ouvia-se a alguma distância. Tinha andado durante algum tempo, meio perdido, á procura daquela localização e por fim conseguia avista-la. A ajuda dos monges tinha sido pouca, ou quase nula. Parecia que todos os que olhavam para mim olhavam-me de maneira diferente, mostrando especial atenção para a minha bandanda, símbolo da minha nacionalidade. Após várias tentativas e de convencer alguns monges que era de confiança lá me indicaram o caminho para aqui… Bem… de certa forma.
O nevoeiro da manha tinha desaparecido há algum tempo, mas quanto mais entrava naquele local mais húmido e frio o ar ia ficando. Gradualmente o leve fumo de vapor de água ia cerrando-se, crescendo, domando e cobrindo o meu corpo. A grande humidade dificultava a minha respiração que cada vez mais ficava ofegante. Finalmente, encoberta pela água em suspensão, o vulto de Masa tornava-se cada vez mais nítido. O ar, gelado e irrespirável, prendia a minha voz de dizer fosse o que fosse. Limitei-me a fazer mais barulho a cada passada até me aproximar de Masa. Estranhamente esta já sabia de onde eu ia aparecer e como estava.
-- Larga a garganta. – Disse ela num tom ríspido mas de certa forma reconfortante.
-- Bom dia outra vez. – Disse retirando a mão da minha garganta que até àquela altura servia de cachecol. Esta estranha e ligeiramente afónico devido ao frio e á humidade.
-- Bem… - começou Masa no seu tom habitual. – De manhã treinaste o corpo. Cansaste o corpo e percebeste que tens de te focar nas coisas necessárias. Agora… vais treinar a mente. – Concluiu ela dando um pequeno passo atrás revelando a cascata. Notavam-se pequenas estalactites de gelo no topo da mesma, pingando de um azul- esbranquiçado aquela tela gelada. Apesar de toda a paisagem possuir um exuberante verde-negro, aquela cascata com os seus brancos e laivos de azul faziam-na destacar. O som, da água livre e selvagem a cair sobre algumas pedras era melodioso e ensurdecedor num murmúrio mudo. Ficava de pé atrás com o que Masa iria sugerir a seguir. Apesar de supor o mais provável seria mergulhar naquelas águas geladas. Como eu odeio o frio…
-- Vais te colocar debaixo da cascata e só vais sair de lá de duas maneiras… ou quando estiveres em sintonia com a tua mente… ou quando caíres para o rio com uma hipotermia. – Masa dizia aquilo com um imenso á vontade.
-- Sabes que eu… A minha mente… o meu corpo… - cada pausa que dava era seguida por um breve hmmm. Entrecortava as minhas explicações uma a seguir á outra. Dizer a alguém que a minha mente era habitada por outros ou que o meu corpo necessitava de mais calor que o normal seria arriscado, principalmente devido naquele clima de tamanha desconfiança no Templo. Mas o pior era mesmo falar da minha mente. Se alguém soubesse… se mais alguém soubesse.
-- Do que estás á espera? – Disse Masa acordando-me dos meus pensamentos. – Vai para a cascata. Despe-te e coloca-te naquela rocha. – Masa não media as palavras e com o seu tom intimidatório meia palavra bastava. Não reclamei e comecei a tirar a minha roupa, ficando apenas com o essencial. O frio enregelou-me o corpo e o meu primeiro instinto era o de me envolver em fogo. Aproximei-me da cascata e da sua água. Pousei o meu pé na superfície da água e esta estava gelada. Cada passo que dava sob a superfície da água provocava-me dor, como se dezenas de finas mas cumpridas agulhas se espetassem nos meus pés. Comecei a lutar contra a cascata numa tentativa frustrada de me sentar naquela rocha. Debati-me e mesmo com todas as células do meu corpo a recusarem-se sentar, sentei-me. Olhei para o meu lado esquerdo á procura de Masa mas a água cortava todo o contacto com o mundo. O embater forte da água na minha cabeça, nos meus ombros, nas minhas costas provocava um misto de sensações. Gradualmente o som desaparecia, assim como a dor ou frio que aquela cascata criava em mim. Respirei fundo e vi a minha respiração a erguer-se no ar como um fumo de uma vela apagada.
Um sono pesado começava-se a abater sobre mim e os meus olhos. Gradualmente todo aquele nevoeiro ia-se tornando mais espesso, mais branco. O som da cascata desaparecera e a superfície escorregadia e fria da rocha era substituída por uma superfície aconchegante e plana. O sono erguia-se dos meus olhos e abri-os lentamente. Encontrava-me agora naquela enorme sala branca que eu tão bem conhecia. Estava sentado no chão na mesma posição que fiquei quando me sentei naquela pedra. Coloquei uma mão no chão e levantei-me. Estava agora novamente vestido. Não me admirei muito. Ino já me tinha mostrado algumas vezes que a mente humana pode ser facilmente controlada e que conseguia criar lá qualquer coisa. Inconscientemente devo ter pensado em roupas. Inconscientemente… no meu consciente, uma analogia cada vez mais frequente comigo.
-- Aoiro? Akiro? Midoro? – Exclamei. Era raro não os ver de imediato, mas desde que entrei no ressinto do Templo que tinha sido cada vez mais e mais difícil encontra-los. Chamei-os novamente até que
-- MAIKO! Maiko aqui! – A voz de Aoiro vinha detrás de mim, abafada e cansada. Virei-me rapidamente e paralisei. No fundo daquela sala completamente branca, na qual o tecto se perdia de vista encontrava-se agora uma enorme porta. Uma porta de um cinzento-velho, de rocha sem vida, com imagens e alguns símbolos que nunca tinha visto na minha vida. Aproximava-me da porta correndo na sua direcção e só aí me apercebi da sua verdadeira grandeza. Ao pé dela era insignificante. Tinha bem mais de cinquenta metros de altura e os simples desenhos que via ao fundo tornavam-se figuras complexas de corpos sobrepostos uns em cima dos outros que formavam um único e maior ser.
-- Estão ai dentro?! – exclamei batendo com a mão na rocha fria da porta. Ouvi um Sim quase sem forças, abafado e ferido. – Estão bem? – A pergunta não me fora respondida verbalmente apenas com um murro forte na porta. - Akiro! Aguentem!
Analisei a porta. Não havia ranhuras pelas quais pudesse colocar as mãos e abri-la. As maçanetas encontravam-se a metros de distância e pelo seu tamanho não seriam movíveis.
-- O que faço… O que posso fazer? – Não era difícil pensar naquela sala mas o choque e pânico começavam rapidamente a tomar conta de mim. Lembrei-me das palavras de Ino… “tens de ter o perfeito controlo sobre a tua mente.” Esta frase ficava a pairar literalmente por cima da minha cabeça. Comecei a puxar a porta, agarrando a maçanetas invisíveis. Senti a porta a mexer-se mas o seu peso era enorme. O cansaço do treino da manhã começava a afectar o meu corpo e mente, mas não tencionava desistir. Subitamente a porta abriu-se com um vento negro tão poderoso que manchou toda a aquela sala branca e pura e me empurrou alguns metros.
-- MAIKO! – Ouvia Aoiro a gritar pelo meu nome. Ela e Akiro estavam bem, embora abalados. Do outro lado daquela porta enorme encontravam-se mais portas, em diversos níveis, encobertas pela escuridão e ocasionalmente por diversos brilhos. – A Midoro… foi procurar uma maneira de sairmos. Faz dias que tentamos falar contigo mas ontem esta porta apareceu do nada e fomos todos puxados para dentro dela. – Aoiro mostrava a sua indignação num misto emotivo de lágrimas e preocupação.
-- Temos que a ir buscar! – Disse Akiro quebrando o choro de Aoiro. Abanei a cabeça com conformidade e aproximei-me de Aoiro para a ajudar a caminhar, mas esta recusara. Limpou a face e começou a correr na nossa direcção. “Ela foi nesta direcção” dizia sistematicamente. As portas iam ficando cada vez mais distorcidas, mais ocultas nas sombras até que desapareciam. Não que não existissem mais portas, mas a escuridão era tal que estas não se conseguiam ver. Olhei para o fundo daquela escuridão tremenda e vi um ponto verde a brilhar lá ao fundo. – Midoro! – gritei e a minha voz fazia eco ressaltando naquelas paredes negras. O brilho aumentou rapidamente e vi-o a crescer. Começamos todos a correr na sua direcção. Galgávamos metros a cada passo ou assim parecia. Midoro erguia-se com o que restava das suas forças. Ainda não tinha-mos chegado perto dela e já se encontrava com um joelho no chão a erguer-se sozinha. Aproximamo-nos dela rapidamente. Olhou para mim com um ar esperançoso com os seus olhos grandes e profundos. Akiro agarrava-a. O seu corpo estava bastante ferido e com as roupas rasgadas. Erguia a sua mão para me dizer algo quando me tocou na cabeça. Uma aura verde rodeou-nos e nesse momento senti uma grave dor na minha cabeça. Parecia uma faca a ser enterrada cada vez mais fundo. Em simultâneo Midoro ficava rapidamente curada ficando até com as roupas arranjadas. A ligação terminou abruptamente quando Akiro e Aoiro nos separaram.
-- Encontrei. Encontrei o que queríamos Maiko! – dizia ela com um sorriso e uma respiração ofegante.
-- Abri aquela porta. Podemos sair agora.
Midoro ria-se. Foi nesse momento que olhei em frente. Uma segunda porta igual á que tinha aberto para chegar ali. Apesar de mais pequena possuía a mesma sensação de grandiosidade que a outra e algo me atraia para a abrir. Um rápido brilho jade passou pelos meus olhos e coloquei a mão sobre a porta.

https://www.youtube.com/watch?v=EAbzg3BeaDY (se parar coloquema meio ou assim)

Como um tremor de terra todo aquele local se movia. As portas caiam ao fundo provocando um som ensurdecedor. Aquela porta tão sólida e robusta ficava imóvel, aumentando de tamanho, engolindo-nos, puxando-nos para o seu interior sem nos dar hipóteses de fugir ou lutar.
Escuridão! Profunda e intragável escuridão! Dor… Ódio… Tanta sensação má… de inveja. O ar era pesado, rarefeito. Queria respirar e não conseguia quando todo o ar entrou nos meus pulmões naquele mesmo instante. Um enorme tronco negro, sem folhas nem sinal de vida estendia os seus ramos mortos ao céu negro. Depois algo que me congelou mente e corpo. O tronco estava vivo! Três pessoas encontravam-se presas no tronco, mas por alguma razão o meu instinto mandava-me fugir dali. Uma figura loira encontrava-se de perfil para mim, tapando a sua cara com as mãos observando-me com o seu único olho com inveja de mim. Por cima dele uma figura macabra que furava o seu pescoço com as suas unhas numa espécie de abraço como se tentasse estrangular-se. Mas o choque maior foi ao reparar na terceira figura. Conhecia-a bem. Era… Eu! Encontrava-se no topo do tronco negro, de cabelo negro. Negro de expressão e negro de emoção olhava para mim com um olhar de ódio e profundo desprezo enquanto se mantinha crucificado aquela árvore. Os seus braços bem esticados e as suas mãos comidas pela árvore, presas ao seu tronco. Nu, aquele tronco parecia estar a cuspi-lo para fora de si, metade do seu corpo inclinava-se para a frente deixando o cabelo ligeiramente pendurado e aqueles dois olhos a olhar para mim. Um sorriso macabro começava a formar-se na sua cara enquanto olhava para mim, como se me desafiasse. Depois sussurrou algo que os meus ouvidos não conseguiram ouvir. Gritos! Não só o meu grito mas também o da figura macabra que abria toda a sua boca rebentando-a emitindo o maior grito de dor que alguma vez ouvi e senti. A minha cabeça parecia ir explodir com tanta dor mas conseguia ouvir os pedidos de aflição e o que se passava á minha volta. O meu eu negro ria-se num sibilar de serpente; a figura loira gritava comigo com palavras que nunca ouvi mas que me magoavam. Caí no chão ficando de joelhos enquanto me agarrava á minha cabeça! A dor era demasiada! Akiro correu para me ajudar estendendo-me as mãos mas estas transformavam-se em chamas que dominavam-no e o queimavam; Aoiro queria ajudar mas todo o ar do seu corpo parecia ter-lhe sido roubado agarrando-se rapidamente ao seu pescoço enquanto inspirava sem sucesso. A cada inspiração o seu cabelo erguia-se tentando agarrar cada partícula de ar que encontrava como se fosse uma medusa. Midoro encontrava-se como eu a agarrar a cabeça enquanto ria-se sem conseguir parar com lágrimas nos seus olhos de pura dor! Agarrava-se á sua cabeça e eu agarrava-me á minha! Tanta informação que estava a passar pelos meus olhos a uma velocidade tal que me magoava. Tanta informação, tanta dor, TANTA DOR!
-- Mais! MAIS! MAAAAIIIISSSS NAAAAOOOOOOOO! – gritava Midoro enquanto se ria sem conseguir parar com um sorriso quase rasgado enquanto agarrava a sua cabeça e começava a puxar os seus cabelos. O estado de caos era enorme e nada parecia para com a DOR! PAREM A DOR! PAREM A DOR! PAREM A PUTA DA DOR! - gritava eu num audível grito e que quanto mais alto ficava mais dano fazia. O tronco negro explodia como se fosse um balão e tudo segui a seguir. Akiro explodiu. Aoiro explodiu. O chão que me suportava explodia… Toda aquela realidade explodia. Ficara eu e Midoro naquela escuridão e o meu grito prelongava-se até que Midoro explodiu também. Antes de o fazer sorriu com um enorme sorriso rasgado enquanto arrastava as suas mãos pelo seu rosto. A dor parecia abrandar, mas o escuro era agora tingido por vermelho. Começava a sangrar dos meus olhos, a cuspir sangue, as minhas mãos pareciam queimadas e não conseguia respirar. A dor desapareceu… assim como tudo…


__________
Filler em 1º pessoa e um filler muito importante... A cena final só na minha cabeça parece estar como deve de ser! Damn it T.T
Quero a ultima parte animada e com esta musica.

OBRIGADO KAD PELA OST!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kadmos

Membro | Suna
Membro | Suna
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 28
Localização : Queluz
Número de Mensagens : 2852

Registo Ninja
Nome: Maketoshi Ingo
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 450
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: "Ventos de Bonança" Chapter V - Percepção e Conhecimento [2/2]    Qua 1 Dez 2010 - 2:21

Porra! Eu disse-te para não escreves em 1ª pessoa! Viste o que fizeste? Criaste algo awesome! owned
Agora vais ter ainda mais vergonha quando passares 3 meses sem escrever uma única linha do Maiko, seu desgraçado.
Que posso dizer do filler... A parte mais chocante já eu tinha sido spoilado à vários meses, por isso só posso dizer como o texto me prendeu durante todo o desenrolar da descoberta dos outros "eus" do Maiko. Afinal... Estava simplesmente lindo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Brufan

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Feminino
Idade : 24
Localização : Algures entre nada e coisa nenhuma
Número de Mensagens : 195

Registo Ninja
Nome: Shimizu Aruko
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 4320
Total de Habilitações: 81,25

MensagemAssunto: Re: "Ventos de Bonança" Chapter V - Percepção e Conhecimento [2/2]    Qua 1 Dez 2010 - 12:19

OMFG que luz!!!!
Amei o fim!!! Não tens noção das vezes que eu já reli a descrição da árvore *------*
Adorei adorei adorei.
Não te atrevas a demorar uma eternidade para escrever o próximo u___u
Voltar ao Topo Ir em baixo
L Mars

Membro | Iwa
Membro | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 25
Número de Mensagens : 9656

Registo Ninja
Nome: Arice Tsukihoshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 875
Total de Habilitações: 56,5

MensagemAssunto: Re: "Ventos de Bonança" Chapter V - Percepção e Conhecimento [2/2]    Qua 1 Dez 2010 - 12:45

@Kadmos escreveu:
Porra! Eu disse-te para não escreves em 1ª pessoa! Viste o que fizeste? Criaste algo awesome! owned
Agora vais ter ainda mais vergonha quando passares 3 meses sem escrever uma única linha do Maiko, seu desgraçado.
Que posso dizer do filler... A parte mais chocante já eu tinha sido spoilado à vários meses, por isso só posso dizer como o texto me prendeu durante todo o desenrolar da descoberta dos outros "eus" do Maiko. Afinal... Estava simplesmente lindo!
Escrevi 4 textos em 2 semanas... ao contrário de ti xd
Ja sabias da parte final mas quando te avisei ficaste surpreendido, por isso sabia que esta parte seria epic.
E eu ganho.te sempre, quer seja na 3º pessoa ou na 1º Cool


@Brufan escreveu:
OMFG que luz!!!!
Amei o fim!!! Não tens noção das vezes que eu já reli a descrição da árvore *------*
Adorei adorei adorei.
Não te atrevas a demorar uma eternidade para escrever o próximo u___u

Obrigado pelo comment Brufan ^^ Vindo de uma escritora como tu é um grande elogio ^^
Os proximos vao ser treinos um pouco secantes ^-^''
Só volto á acção com fillers em Janeiro... Mas aí vao ser incriveis...

Obrigado aos dois ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
itachi dattebayo

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 31
Localização : No escritório do Kishi
Número de Mensagens : 9439

Registo Ninja
Nome: Kazuki Hitsuyaga
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 12650
Total de Habilitações: 383,75

MensagemAssunto: Re: "Ventos de Bonança" Chapter V - Percepção e Conhecimento [2/2]    Qua 1 Dez 2010 - 18:06

Freaking Good, conseguiste prender-me todo o filler que nem me apercebi de quantas paginas passaram, senti que foi curto e não acreditei quando refiz o scroll up/down e vi o tamanho do texto.

Consegui perceber e imaginar as cenas facilmente, aquela do simbolo enorme de 50 metros foi awesome xd

Posta o proximo ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.myspace.com/eddywang
Luffy

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 24
Localização : Planeta Agostini
Número de Mensagens : 2510

Registo Ninja
Nome: Karui
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 29,25

MensagemAssunto: Re: "Ventos de Bonança" Chapter V - Percepção e Conhecimento [2/2]    Qua 1 Dez 2010 - 18:24

muito bom, a tua primeira pessoa agradou-me mas confesso, e isto pode parecer estranho, que gosto mais da tua narração.

gostava de ter visto o Maiko a ficar num cubo de gelo graças à cascata xd hipotermia rules xd
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/user/rfsnts
Annatar

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 24
Localização : Porto
Número de Mensagens : 1602

Registo Ninja
Nome: Selim Puraido
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 1505
Total de Habilitações: 262

MensagemAssunto: Re: "Ventos de Bonança" Chapter V - Percepção e Conhecimento [2/2]    Qua 1 Dez 2010 - 19:19

Aquela cena final.. awesome *.*

E então, se acaba tudo, posso prever que alguém perdeu o controlo de algo? ^^

A cena da árvore morta lembra-me uma parte do Senhor dos Anéis, que para mim foi das mais bem concebidas e nunca surgiu no filme, logicamente que adorei.

Agora estou curioso no que toca ao futuro. Não nos faças esperar muito :b



Voltar ao Topo Ir em baixo
L Mars

Membro | Iwa
Membro | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 25
Número de Mensagens : 9656

Registo Ninja
Nome: Arice Tsukihoshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 875
Total de Habilitações: 56,5

MensagemAssunto: Re: "Ventos de Bonança" Chapter V - Percepção e Conhecimento [2/2]    Qua 1 Dez 2010 - 19:41

@itachi dattebayo escreveu:
Freaking Good, conseguiste prender-me todo o filler que nem me apercebi de quantas paginas passaram, senti que foi curto e não acreditei quando refiz o scroll up/down e vi o tamanho do texto.

Consegui perceber e imaginar as cenas facilmente, aquela do simbolo enorme de 50 metros foi awesome xd

Posta o proximo ^^
I Will xd

@Luffy escreveu:
muito bom, a tua primeira pessoa agradou-me mas confesso, e isto pode parecer estranho, que gosto mais da tua narração.

gostava de ter visto o Maiko a ficar num cubo de gelo graças à cascata xd hipotermia rules xd
A minha primeira pessoa ainda nao esta como eu gosto e ainda nao tenho um grande á vontade com ela xd
Vou continuar com a narração xd

@Annatar escreveu:
Aquela cena final.. awesome *.*

E então, se acaba tudo, posso prever que alguém perdeu o controlo de algo? ^^

A cena da árvore morta lembra-me uma parte do Senhor dos Anéis, que para mim foi das mais bem concebidas e nunca surgiu no filme, logicamente que adorei.

Agora estou curioso no que toca ao futuro. Não nos faças esperar muito :b
O Maiko perdeu o contro de algo?... Maybe xd Nem que seja da sua sanidade xd
A cena da arvore retirei e adptei de um jogo e achie que se enquadrava :3

Obrigado pelos comments
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kiba

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 24
Localização : Puorto
Número de Mensagens : 3441

Registo Ninja
Nome: Seizon
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 900
Total de Habilitações: 52,5

MensagemAssunto: Re: "Ventos de Bonança" Chapter V - Percepção e Conhecimento [2/2]    Qua 1 Dez 2010 - 23:09

Excelente e chocante filler Mars Very Happy
Gostei do fim mas fiquei um bocado wtf com tudo o que se estava a passar, "pessoas" a explodir e tudo o mais o.o'
Gostei, gostei. Quero o próximo em menos de dois meses ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad

Convidado



Registo Ninja
Nome:
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro):
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: "Ventos de Bonança" Chapter V - Percepção e Conhecimento [2/2]    Qua 1 Dez 2010 - 23:53

Existe alguma palavra que supere "divinal"?

Se houver, digam-me qual é essa.

AMEI O TEU FILLER * VÉNIA!!!*

Ameio-o tanto que até fiquei com vergonha da minha escrita ^^

Adorei todas as descrições, cenários

OMG

Fiquei completamente absorvido no mundo que criaste...

Até o frio que descreveste eu consegui sentir.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Dorou

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 22
Localização : Belem/ Pa - Brasil
Número de Mensagens : 3004

Registo Ninja
Nome: Azura Inugami
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 22490
Total de Habilitações: 458,5

MensagemAssunto: Re: "Ventos de Bonança" Chapter V - Percepção e Conhecimento [2/2]    Dom 5 Dez 2010 - 2:21

hmm, realmente bom, e termos de cronologia e narrativa ficou exepcional, so não intendi muito porque não0 venho acompanhando o0s outros capitulos, portanto não sei da historia, mas em conteudo está realmente bem estruturado sim ^^
parabens o/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Madeira

Membro | Kumo
Membro | Kumo
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : My World
Número de Mensagens : 4667

Registo Ninja
Nome: Seyur & Suiho
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 2235
Total de Habilitações: 265,75

MensagemAssunto: Re: "Ventos de Bonança" Chapter V - Percepção e Conhecimento [2/2]    Sab 11 Dez 2010 - 15:28

Gostei do último filler (também percebi aquela piada da Maiko, tempos do Ghost e em que os nomes de gajas eram utilizados para gajos, old school <3)
O que terá acontecido às personalidades do Maiko? Quando dizes explodir será que elas morreram definitivamente ou irão voltar depois do Maiko acordar (acho que no fim queres dizer que ele acorda).
Curto muito a Masa. Continua!
Voltar ao Topo Ir em baixo
L Mars

Membro | Iwa
Membro | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 25
Número de Mensagens : 9656

Registo Ninja
Nome: Arice Tsukihoshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 875
Total de Habilitações: 56,5

MensagemAssunto: Re: "Ventos de Bonança" Chapter V - Percepção e Conhecimento [2/2]    Sab 11 Dez 2010 - 15:49

@Madeira escreveu:
Gostei do último filler (também percebi aquela piada da Maiko, tempos do Ghost e em que os nomes de gajas eram utilizados para gajos, old school <3)
O que terá acontecido às personalidades do Maiko? Quando dizes explodir será que elas morreram definitivamente ou irão voltar depois do Maiko acordar (acho que no fim queres dizer que ele acorda).
Curto muito a Masa. Continua!

Finalmente alguem que percebeu a piada dos nomes xd

O que aconteceu com as personalidades... só lendo os proximos fillers :3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Horns

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 33
Localização : Num quiosque perto de sí.
Número de Mensagens : 2298

Registo Ninja
Nome: Sueji Hozuki
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 2683
Total de Habilitações: 182

MensagemAssunto: Re: "Ventos de Bonança" Chapter V - Percepção e Conhecimento [2/2]    Qua 15 Dez 2010 - 23:30

Adorei Mars, gostei muito. Apesar de não ser este tipo de escrita que associo a um fórum de Naruto, é bom ver que alguém arrisca e consegue, de facto, fazer coisas fantásticas.

Espero para ler o próximo, xd
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sennin

Administrador | Suna
Administrador | Suna
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 24
Localização : Your mom's rear
Número de Mensagens : 7042

Registo Ninja
Nome: Kaito
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 500
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: "Ventos de Bonança" Chapter V - Percepção e Conhecimento [2/2]    Ter 21 Dez 2010 - 1:05

Dude, confesso que fiquei parvo.
Posso-te garantir que, desde que cheguei ao RPG, nunca li nada assim. Para além de escreveres bem na 1ª pessoa (como seria de esperar), aliaste a isso um conteúdo extremamente misterioso e umas OST's que combinam na perfeição.
Descreveste tudo de forma tão perfeita que imaginei a cena toda na minha cabeça, sobretudo a parte final da árvore. Fiquei completamente agarrado, do início ao fim.

Numa palavra, digo que este filler é algo de sublime.

Os meus sinceros parabéns, manda mais ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado





MensagemAssunto: Re: "Ventos de Bonança" Chapter V - Percepção e Conhecimento [2/2]    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
"Ventos de Bonança" Chapter V - Percepção e Conhecimento [2/2]
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Konohagakure :: Fillers :: Fillers Arquivados-
'); }