Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Caçar Ursos!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Madeira

Membro | Kumo
Membro | Kumo
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 20
Localização : My World
Número de Mensagens : 4667

Registo Ninja
Nome: Seyur & Suiho
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 2235
Total de Habilitações: 265,75

MensagemAssunto: Caçar Ursos!   Sab 2 Jan 2010 - 0:35

Nome da Missão: Caçar Ursos
Descrição: Ursos têm atormentado uma aldeia no País do Vento, resultando em várias mortes. Precisamos que enviem uma equipa de ninjas rapidamente, parece que os ursos sofrem de uma doença parecida com a raíva dos cães.
Ninjas: 2/6
Recompensa: 1200 Ryos, 1 scroll, 1 cumprimento
Inscritos:
Hiro Tegiraku
Selim Puraido
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tav

Membro | Iwa
Membro | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 22
Localização : Brasil
Número de Mensagens : 941

Registo Ninja
Nome: Yoko
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 1450
Total de Habilitações: 34

MensagemAssunto: Re: Caçar Ursos!   Sab 4 Set 2010 - 3:27

I'm in! xd(de volta às missões xd)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Annatar

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Porto
Número de Mensagens : 1602

Registo Ninja
Nome: Selim Puraido
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 1505
Total de Habilitações: 262

MensagemAssunto: Re: Caçar Ursos!   Sab 4 Set 2010 - 12:12

Hiro eu disse que era a primeira que visses, mas não tinha que ser tão à letra xd

Vá inscrevo-me ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luffy

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Planeta Agostini
Número de Mensagens : 2510

Registo Ninja
Nome: Karui
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 29,25

MensagemAssunto: Re: Caçar Ursos!   Sab 4 Set 2010 - 14:47

Vocês querem fazer sozinhos, ou eu posso juntar-me?
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/user/rfsnts
Tav

Membro | Iwa
Membro | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 22
Localização : Brasil
Número de Mensagens : 941

Registo Ninja
Nome: Yoko
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 1450
Total de Habilitações: 34

MensagemAssunto: Re: Caçar Ursos!   Sab 4 Set 2010 - 15:54

Bem, se a staff permitir um gennin numa missão rank B, é claro, seria MOLTO bem-vindo xd

Porém acho difícil eles aceitarem xd Staff, deixem-no entrar plz plz se pronuncie xd
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kadmos

Membro | Suna
Membro | Suna
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 28
Localização : Queluz
Número de Mensagens : 2853

Registo Ninja
Nome: Maketoshi Ingo
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 450
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: Caçar Ursos!   Sab 4 Set 2010 - 17:52

Ele é Gennin, é claro que não pode entrar. Ainda mais quando só está acompanhado de 2 High Gennins -.-'

Tav e Annatar inscritos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luffy

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Planeta Agostini
Número de Mensagens : 2510

Registo Ninja
Nome: Karui
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 29,25

MensagemAssunto: Re: Caçar Ursos!   Sab 4 Set 2010 - 18:41

Não reparei que era rank B :S sendo, assim fica para uma próxima Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/user/rfsnts
Tav

Membro | Iwa
Membro | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 22
Localização : Brasil
Número de Mensagens : 941

Registo Ninja
Nome: Yoko
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 1450
Total de Habilitações: 34

MensagemAssunto: Re: Caçar Ursos!   Sab 4 Set 2010 - 23:45

Acho que por agora, não há ninguém em Suna que queira(ou possas) fazer esta missão rank B... Ordem de postagem? xd
Voltar ao Topo Ir em baixo
RiD3R

Administrador | Iwa
Administrador | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 25
Localização : Porto
Número de Mensagens : 2470

Registo Ninja
Nome: Kojiki Zaiko
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 200
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: Caçar Ursos!   Dom 5 Set 2010 - 10:16

1º Tav
2º Annatar

Podem começar ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tav

Membro | Iwa
Membro | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 22
Localização : Brasil
Número de Mensagens : 941

Registo Ninja
Nome: Yoko
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 1450
Total de Habilitações: 34

MensagemAssunto: Re: Caçar Ursos!   Ter 7 Set 2010 - 22:52

Acabava de chegar a Suna, quando pensava em descansar e ficar uns bons dias sem trabalhar, quando no mesmo dia já vem em sua casa um encarregado do Kage:
- Olá garoto. Primeiramente, parabéns pela sua ascensão. O Kage quer te ver em sua sala dentro de uma hora... É crucial. Até mais. – Ao dizer isto, saiu num shunshin sem que Hiro dissesse nada. O garoto ficou apenas com uma cara de bobo enquanto não acreditava que provavelmente teria trabalho ou pendências depois de uma longa viagem...

[Sala do Kage, uma hora depois...]

Estava lá aquele que já o acompanhara em várias missões, e que o havia enfrentado no Exame Chunnin... Nem era surpresa...
- Pois bem... Primeiramente, como óbvio, vocês são os novos high gennins de Suna... Parabéns e obrigado por levarem a imagem de Suna para as finais do Exame Chunnin. Bem, congratulações a parte, temos uma missão para vocês... – Dizia Arashi, que neste momento firma uma expressão séria...
- E uma curiosidade... Esta missão seria rank C como as habituais ou seria nossa primeira missão de rank B?... – Dizia Hiro, um pouco ansioso...
- Acalma-te, garoto. Chegarei a este ponto. Pois sim, esta é uma missão rank B. E será preciso bastante eficiência neste trabalho, pois na verdade precisaríamos de mais ninjas, porém todos estão bem ocupados... – Ao momento que o kage disse aquilo, ambos os ninjas ficaram um pouco tensos, mas Selim, como era de costume, não o demonstrou. E o Kage continuou. – Eis que, numa vila remota à nossa, aqui mesmo no País do Vento, estão ocorrendo estranhíssimas invasões de ursos selvagens. Mas estes ursos estão mostrando estranhos sintomas, como se tivessem a raiva dos cães. Estão brutalmente destrutivos e a população da pequena aldeia já se reduziu por quase metade, muita gente já morreu e eles precisam de ajuda urgente...

Hiro estava já um pouco nervoso com aquilo... Enfrentar bandos de ursos não parecia muito animador... E Selim, mesmo como high gennin, sabia que ainda não tinha muita experiência para enfrentar uma missão daquele porte...
- Bem, partam agora e boa sorte. Tentem fazer aquilo o mais rápido possível. Aqui está o mapa e nele a vila em questão está destacada. Boa sorte! – Disse o kage, a entregar um estranho pergaminho.

E assim partiram... Ao chegar à vila, era um lugar marado! Parecia-se que outrora fora uma boa vila, mas tudo estava bem lixado por lá. Ao chegar aos portões, algumas pessoas já vieram a pedir identificações.
- Somos os shinobi enviados para acabar com as invasões dos ursos aqui... – Disse Hiro, mostrando um papel. Naquele momento, entre sussurros, muitos resmungaram pela pouca quantidade, já outros falavam para se tranqüilizarem e bla bla bla... – Alguém para ns guiar por aqui?...
- Olá, eu me apresento... Sou Giungior, e posso dizer o que se passa... Como notaram, os portões estão simplesmente dilacerados, e não adianta reconstruir... Um grupo numeroso de ursos estão nos invadindo, porém eles apresentam estranhos sintomas... Conseguiram capturar um há certo tempo e os estudiosos disseram-nos que não estavam em juízo perfeito, mas também não identificaram qualquer doença conhecida, uma vez que não havia infecção ou presença de qualquer vírus ou bactéria conhecido...
- Isto pode querer dizer que eles estão sob domínio de algum ninja... – Disse Selim, preocupado.
- Ou que alguém possa estar destruindo o habitat desses bichos... E obrigando-os a invadir a vila. Consideremos também a chance de esse mesmo alguém poder ter infectado estes bichos propositalmente com algum objeto de corte infectado por alguma espécie de vírus modificado... – Dizia Hiro, meio que tranquilamente... – É um caso a pensar.
- Bem, já temos a base, agora é só esperar a próxima invasão das criaturas. Selim, ficaremos às portas da vila.
- Hiro, achas que consegues conter os animes da primeira vez sozinho? Eu posso ir mais longe e verificar de onde eles vem durante a invasão... O que achas?
- Combinado! Até porque você não tria força bruta contra eles... Apoiado. – Disse Hiro. – Agora vamos nos colocar a postos e esperar!
- Se quiserem comer, ou até mesmo dormir, têm minha casa... É logo ali...
- Então, se não te incomodas... Podemos ficar ali mesmo e a qualquer sinal dos ursos, saímos a lutar...
- Fiquem à vontade... – Disse Giungior, abrindo as portas da casa a eles... A missão começava...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Annatar

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Porto
Número de Mensagens : 1602

Registo Ninja
Nome: Selim Puraido
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 1505
Total de Habilitações: 262

MensagemAssunto: Re: Caçar Ursos!   Qui 9 Set 2010 - 0:49

“Esta missão não podia ser mais inconveniente”, pensava Selim, “como raio posso eu treinar Genjutsus com bestas desprovidas de inteligência?!”
Hiro mexia-se ao seu lado, dormitando. Selim não conseguia. Achava que era demasiado cedo. Tinham passado apenas quatro meses depois da sua graduação como Genin e já estava em missões de rank B.

Um estalido fez-se ouvir na noite, seguido de um assobio agudo, como uma nota perdida na pauta. Duas sombras surgiram junto ao portão. Hiro já estava de pé e de katanas desembainhadas. Trocaram um olhar e saltaram.

Hiro fez selos enquanto saltava, concentrando chakra nos pulmões. Os ursos viram-se enrolados em cobras que os fizeram tropeçar, caindo. A bola de fogo incinerou serpentes e ursos, deixando um odor intenso a pêlo chamuscado. Dois novos ursos surgiram, enquanto os primeiros dois se levantavam, embora magoados e queimados. Os quatro dirigiram-se a Selim. Este semi-ergueu os braços e correu numa forma assaz… peculiar. Saltou velozmente, concentrando chakra e fazendo selos. Cuspiu água abundantemente para o chão, sem razão aparente. Hiro passou numa sombra, agarrando-o e afastando-o dos ursos. Quando ergueu o olhar viu como os ursos dilaceravam vários Selims, que se desfaziam em óleo, apenas para se regenerarem momentos depois.
- Isto deve mantê-los ocupados. – afirmou Selim.
- Agora só resta matá-los. – continuou Hiro – segue o plano.
- Hai. – respondeu o outro.
Ainda sobre o telhado da casa onde estavam concentrou chakra e fez alguns selos. Do chão molhado a água ergueu-se, sob forma de vapor, invadindo a área. Isto permitiu a Selim passar despercebido pelos animais. Depois desvaneceu o nevoeiro. Saltou sobre o primeiro urso e lançou uma kunai enquanto fazia selos velozmente. Esta multiplicou-se, usando os nevoeiro residual que não desapareceu, lançando o urso chamuscado por terra. Os outros três, ao perceberem que havia algo diferente com este, dirigiram-lhe garras e dentes. O rapaz limitou-se a substituir-se por um mizu bunshin que havia criado com o nevoeiro, passando depois despercebido, correndo na direcção de onde os animais tinham vindo. Hiro segui-lo-ia, depois de tratar dos três ursos restantes, ou assim o esperava.

Tinha escapado. Tinha a certeza de ter ouvido uma espécie de assobio antes do ataque. Som. O som tinha chamado os ursos. Havia algo que os controlava. Se os animais respondiam a impulsos sonoros, certamente que já alguém teria descoberto. Não podia ser uma reacção natural ao som, de outro modo os ataques teriam cessado e os ursos não teriam chacinado a vila. Ou pelo menos já alguém teria reparado no som que precedia cada ataque. Achava que não havia falhas no seu raciocínio. Estava enganado.

Avançou às cegas pela floresta. Ouviu uma espécie de assobio melódico. Um grande urso surgiu das árvores, avançando por ele como um cão em fúria. Saltou fora do caminho, agilmente, fixando-se a uma árvore empregando o seu chakra. O urso rugiu para ele a abalroou a planta. Para espanto do Genin, a árvores estava podre e oca e quebrou com a força do animal. Um ramo espetou-se no seu ombro, fazendo o sangue jorrar.
- Gaita! – praguejou em voz alta.
O urso estava prestes a pisá-lo.
- Jagei Jubaku! – exclamou, como se nomear a técnica lhe fosse dar poder.
Das suas mangas surgiu uma enorme cobra branca, travando o urso e enrolando-se à sua volta. O Geass activou-se automaticamente sentindo a ameaça. A cobra rodou depois de enrolar o urso e virou a cabeça na direcção de Selim.
- Mata. – ordenou o rapaz sem misericórdia.
Sentiu a tensão na sua manga, enquanto a cobra comprimia o animal. Ouviu todos os ossos a partir lentamente, enquanto a dor no seu ombro desaparecia lentamente. Viu como o urso sobre ele parava de se debater, sem fôlego. Levantou-se e desviou-se rapidamente, evitando ser esmagado pelo cadáver do urso. A cobra recuou para dentro da sua manga uma vez mais. Era a primeira vez que usava aquele jutsu num inimigo. Era tudo o que esperava. Não havia nada que odiasse mais do que matar desnecessariamente. Mas aquela morte tinha sido necessária. Os aldeões teriam sofrido.

Sentiu um leve sussurrar nas folhas, e desviou-se instintivamente. Uma kunai espetou-se no tronco, passando por onde antes estava a sua cabeça. Ergueu a fronte, vendo quem a lançara. Era um homem de cabelo castanho e olhos negros.

Sem lhe dar tempo para pensar, o rapaz correu para ele, agarrando um pergaminho do seu bolso. Da bolsa do homem subiram várias kunais que se alinharam no ar, disparando uma atrás da outra. Selim abriu o pergaminho, do qual surgiu a sua tripla foice. Rodou-a rapidamente, desviando as kunais. Atirou a foice, que se prendeu no pescoço do homem, que se desfez em óleo. Estava demasiado familiarizado com aquela técnica para ser apanhado nela.
- Kai!
O original revelou-se alguns metros atrás de si. Selim largou a foice e correu para ele, agarrando em duas kunais invertidas. O homem levou algo aos lábios. O som propagou-se no ar. Dois ursos surgiram dos espaços ao seu lado, acertando tal patada no Genin que este foi disparado contra uma árvore próxima, literalmente, magoando-se nos braços e nas costas.

O homem continuou a tocar a exótica melodia na ocarina, mas era diferente agora.
Os fios desceram do tecto, prendendo-o. O seu corpo começou a derreter de repente. E os ursos aproximavam-se, pisando os ossos circundantes. Uma dor intensa brotou do seu olho esquerdo e uma figura branca materializou-se na sua mente.
“Sabes que não é verdade”, disse Shinji sorrindo.
Uma pequena cobra saiu da manga do rapaz, mordendo-o. Fez alguns selos velozmente, enquanto várias cópias se materializavam à sua volta. Um som estridente de ocarina quebrou a ilusão. Selim saltou sobre os ursos em direcção ao ninja. Com um movimento dos dedos, as linhas atadas aos seus dedos moveram-se. Trêss Kibaku Fudda explodiram. Duas por baixo dos ursos, que foram atordoados e queimados. A terceira explodiu sobre a sua tripla foice, que voou no ar. O rapaz agarrou-a e prendeu o pescoço do homem entre duas lâminas.
- Manda-os embora – ordenou.
Temendo pela vida o homem ordenou aos animais que recuassem. A enorme cobra branca surgiu uma vez mais, comprimindo desta vez o homem.
- Porque tens mandado ursos à aldeia? – perguntou Selim enquanto aumentava a pressão.
- Eu… queria vingança – disse o homem entre suspiros – Giungior.
- E porque tinhas de mandar quatro ursos para matar o homem, quando sabias que não haveria oposição dos aldeões? – inquiriu.
Um estalo indicou que o braço do homem estava partido pela pressão da cobra. Se continuasse assim morria.
- Eu só mandei dois ursos - respondeu ele com o último fôlego.
- Impossível.
Analisou-o com o Geass, não mentia. Isso queria dizer que todos os outros ursos estavam de facto infectados com alguma doença. As suspeitas de Hiro não estavam erradas como pensava. Se ele seguisse o plano, estaria a segui-lo como previsto, e já teria morto mais alguns ursos pelo caminho. Mas a aldeia estava desprotegida. Correu em direcção a esta, a sua melhor esperança era encontrar Hiro pelo caminho e encontrarem o culpado de outra forma.

Entretanto, Hiro…
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tav

Membro | Iwa
Membro | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 22
Localização : Brasil
Número de Mensagens : 941

Registo Ninja
Nome: Yoko
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 1450
Total de Habilitações: 34

MensagemAssunto: Re: Caçar Ursos!   Dom 12 Set 2010 - 22:59

Hiro se via cercado por três criaturas malucas que avançavam contra ele brutalmente! Ao primeiro movimento de um deles, Hiro se afastou com um salto, lançando logo três kunais para baixo. Ora, aquelas pequenas armas jamais feririam aqueles animais ferozes. As kunais bateram em suas cabeças como se fosse um palito jogado, sem que eles ao menos percebessem. E agora Hiro caía ao chão... No meio das criaturas. Sentiu seu corpo cair, e logo se pôs em posição defensiva. Quando já estava ao alcance dos ursos, tentou desferir golpes que passaram em vácuo para se defender, e logo depois foi atingido no peito pelas garras do animal, sofrendo três arranhões enormes e sendo lançado como uma bola de gude em direção a uma árvore. Abateu de costas contra ela! Sentiu o estalar de sua coluna e uma dor tremenda.
- “Puta que p...” – Pensava em praguejar o garoto, quando seu pensamento foi interrompido por três bichos babões a correr como malucos em sua direção fazendo barulhos estranhos com a boca. Os barulhos eram tão engraçados que davam medo. O que fez? Um rapidíssimo shunshin para se desviar, conciliando seu movimento a uma hábil sacada de espadas, enquanto a fincava na barriga do urso mais próximo. O berro foi impressionantemente esquisito e, no movimento de Hiro, as feras já o acompanhavam a correr. Eram impressionantemente rápidos!

Mas Hiro, esforçando-se, conseguia ser mais! Porém não pensava em ataques para atingir aqueles ursos... Concentrando uma enorme quantidade de chakra aos pulmões, o que fez foi desferir um enorme Gõkakyu, desprendendo uma bola de fogo que chamuscou o pêlo dos ursos enquanto durou, fazendo-os novamente grunhirem de forma bizarra parecendo porcos com coceira nos traseiros.

Logo depois, fez mais alguns selos de forma rápida e hábil, concentrando um pouco do seu chakra a fazer então clones seus surgirem do vento. Eram numerosos, algo como quinze ou dezesseis.

Escondeu-se então atrás de um murinho, enquanto seus clones tentavam combater os animais ou pelo menos feri-los. Bah! Aquilo mais se assemelhou aos espetáculos do Ano Novo que a uma luta! Durante os cinco segundos que os clones duraram, aquilo era puras bolas de fogo, cinzas, armas que cintilavam com a luz a voar de um lado pro outro e um ou outro se desfazendo em vento para cada lado. Lindo, não?

Hiro mal teve tempo para pensar em se desviar, quando daquele véu enorme de fumaça só sentiu um braço a quebrar o muro e lançá-lo como um daqueles homens-canhão dos desenhos animados ao chão, seguindo de patadas e direito a mordidas daquelas bocas cheias de baba.

Foram dez minutos no inferno! O garoto desesperou-se insanamente! Debateu-se enquanto sofria talvez as piores dores que pudesse ter em sua vida. Em poucos segundos, já tinha o rosto arranhada e abatido contra o chão umas cinco vezes, galos na cabeça e uma dor nos joelhos que o estava a matar! Levou também tantas patadas brutais à boca do estômago que já não tinha fôlego. Sua saída foi amolecer o corpo para que o próximo golpe de um dos ursos o projetasse novamente, para ele tentar se recompor. Assim fez. E uma das patadas do urso o empurrou alguns metros mesmo... Mas ele não se levantou a tempo e mais uma vez levou uma sessão de ataques bizarros dignos de pena.

O joguinho continuava... Na próxima tentativa, conseguiu levantar-se e mover-se desesperadamente num shunshin plausível, a tomar desta vez uma boa distância.
- “Wooa! Não me foram dois minutos sequer de luta e já estou neste estado?! Não agüento mais dois minutos assim... Tenho de acabar com isto rápido!” – Pensava o garoto que tinha o coração a mil. Sabia que não estava numa brincadeira e que morreria com mais golpes daqueles. Ao ver as feras se aproximarem, concentrou chakra nas solas dos pés para dar um grande salto. Foi a metros de altura!

Retirou então, dois scrolls de seu bolso, abrindo-os e girando-os... Aquilo em alguns segundos tomou a forma de dois dragões de fumo, que se interlaçaram de uma forma estranhamente fofa. Hiro então começou a fazer estranhos movimentos com as mãos, como se estivesse a empurrar o vento. Mas aquela bizarrice escondia coisas piores... Ele, a cada movimento, concentrava e despendia chakra de uma forma absurdamente precisa e rápida. Resultado: os ursos foram bombardeados com tudo o que se imaginava de metal existente! Eram armas de todas as formas indo de forma tão absurda que os ursos não as puderam conter. Aquele lugar agora virava um monte de sangue e armas, e logo depois a chuva de armas cessou...

Mas os ursos não morreram...

Hiro então, fez um único selo. Aquilo lembrou, por hora, aquelas cenas de jogos de ação em que se metralha tudo. Num segundo, uma explosão absolutamente enorme tomou conta de tudo! O barulho era um misto de chamuscas, de armas a chocarem-se contra si e contra tudo e daqueles barulhos feitos pelos animais que mais pareciam zumbis de filme de terror a brigar por um cérebro!

Com o tempo o fogo foi-se cessando, os ursos parando de berrar e simplesmente caindo inconscientes, mas não mortos, e as armas caindo ao chão pouco a pouco. Parece que tudo era uma perfeita sinfonia: o corpo daquele gennin a cair acompanhava perfeitamente o desfecho de toda a técnica, a queda dos ursos e o cessar dos barulhos. Ele mal tinha forças... Nunca pensou que fosse queimar aquele tanto de chakra e chegar a um estado no mínimo deplorável em menos de três minutos de combate... Percebia então que o mundo shinobi é imprevisível... Mas isto não vem ao caso.

Bem, ele ouvia os ursos inconscientes respirarem... É claro, eles não respiravam, eles roncavam! E aquilo chegava a dar medo de tão alto! Seu corpo surrado o implorava a gritos surdos que ele simplesmente fechasse o olhos e desmaiasse após tamanho esforço. Ele não tinha forças... Podia apenas se rastejar como um mendigo a tentar alcançar os ursos. Suas feridas doíam com seu respirar...

Mas ele não obedeceu a seus limites! Fazendo um esforço inumano, com uma força hercúlea se levantava. A cada milímetro que se mexia, sentia como se alguém o pegasse e torcesse seu corpo, moendo cada osso dele... Sentia suas feridas latejarem como um coração a bater, como uma boca a engolir algo... Era uma dor simplesmente indescritível...

Sacou sua espada. Sentiu como se seu braço fosse cair podre ao solo árido e arenoso do deserto. Seu corpo não o respondia... Movendo-se a passos lentos, cada cinco minutos daquele suicídio era uma eternidade, eram dias. Sentia dor, sentia pavor, penava inexplicavelmente.

Chorou. Mas seu ato era tão heróico quanto se podia imaginar. Quase dois minutos depois, arrastando-se como uma criança desnutrida a buscar comida, aproximou-se dos ursos. Quis machucar os ursos... Mas estava matando a si...

Fez força com o braço e naquele momento sentiu como se sua roupa virasse milhares de espinhos espessos e penetrasse brutalmente Cada espaço de ferida em seu corpo. Todos os que o olhavam sentiam dó dele. Até que Giungior correu em sua direção... Viu Hiro tentar perfurar o pescoço de um deles com a katana... Mas não tinha forças. Hiro tentou forçar-se mais e todas as suas feridas se cerraram, jorrando um sangue gelado...
- Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa! – Foi o grito alto e duradouro do garoto. Sentia-se a lágrima em sua voz... O garoto simplesmente caiu sem forças para falar ao chão, transformando aquilo num poço de lágrimas de dor! Heroísmo? Não, imprudência...

Giungior pegou sua espada e, com certo peso, fincou-a em cada um dos ursos! Era estranho decapitar uma criatura, principalmente tão bizarra quanto aquela.
Pegou Hiro no colo, tinha pena até disto. O garoto gritava com o simples encostar da mãos em suas costas. Sua casa não estava a mais de dez metros dali... E para se chegar lá foram cinco segundos. Cinco segundos que quase deixaram o homem surdo com os gritos ensurdecedores de Hiro. Seus braços já estavam cheios de sangue que caiu do garoto.

Enquanto Hiro parecia uma moça a ver um rato, Selim continuava sua missão...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Annatar

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Porto
Número de Mensagens : 1602

Registo Ninja
Nome: Selim Puraido
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 1505
Total de Habilitações: 262

MensagemAssunto: Re: Caçar Ursos!   Seg 13 Set 2010 - 1:26

Selim corria na escuridão. Pusera um bocado de tecido em volta do ombro, estancando o sangue momentaneamente. Doía-lhe intensamente, ainda assim.

Em pouco tempo chegou à aldeia. Foi informado da gloriosa vitória de Hiro, mas também do elevado preço que esta lhe cobrara. Aparentemente os conhecimentos dos poucos shinobis daquela aldeia resumiam-se a Jutsus médicos.
“Tanto melhor”, pensou o rapaz, “é da forma que o idiota volta à acção”.
Mas no fundo estava preocupado com o seu companheiro. As feridas no seu ombro e braço foram curadas rapidamente. Hiro já estava bastante melhor também, apenas a dormir, segundo os curandeiros, mas precisava de descanso.
- Não tenho tempo – replicou o High Genin – o Kazekage não me paga mais pelas horas extraordinárias a cuidar deste gajo.
E com isto acertou uma valente chapada num Hiro sonolento que se levantou sobressaltado, respondendo com um pontapé num ponto assaz… sensível. Enquanto Selim gemia curvado no chão, Hiro equipou-se e levantou-o e juntos saíram da aldeia.

Pelo caminho explicou a origem de alguns dos ursos a Hiro, que escutou atentamente. Aproximaram-se dos cadáveres dos ursos, analisando-os atentamente. Descobriram que havia uma pequena parte do pescoço dos animais que era desprovida de pêlos, com marcas avermelhadas. Sem meias medidas, Hiro retirou uma kunai do seu saco e cortou essa secção. O sangue escorreu manchando o chão. Era demasiado sangue para um corpo cujo coração já não batia, logo assumiram que fosse a artéria por onde passava mais sangue. Era usada para espalhar o vírus, qualquer que fosse.
- Hiro. – disse Selim calmamente – isto é trabalho de shinobi.
- Eu sei. – respondeu o outro.
Dirigiram-se à floresta de onde os outros ursos tinham saído. Viram algumas pegadas no chão. Humanas. Com sucessivos shunshins e saltos deslocaram-se pela floresta. Dois ursos passaram por eles correndo desenfreados, parando quando os viram.
- Hiro – disse Selim sobre o ramo da árvore – um para cada um.
- Seja o que for – respondeu o outro desembainhando as katanas.
Saltaram sobre os animais. Estes ergueram-se em duas patas e com um golpe atiraram-nos para longe. Hiro recuperou o equilíbrio em pleno ar, aterrando suavemente sobre uma árvore. Selim contudo não era dotado de tal agilidade e embora tivesse rodopiado velozmente no ar, isso serviu apenas para bater com força num tronco próximo. O urso rosnou e carregou para ele.

O Genin substituiu-se por um ramo próximo, enquanto dois Hiros saltavam sobre os animais. Um deles expeliu uma torrente de vento, enquanto o outro depois de alguns selos rapidamente exexutados cuspiu uma enorme bola de fogo. Os ursos tentaram fugir, mas os seus movimentos foram parados por cobras que saíam das mangas de Selim, que se retiraram no último momento. Foram completamente incinerados, mas não vencidos. Hiro saltou sobre um. Este virou-se e acertou-lhe uma patada. O High Genin desfez-se em vento, revelando ser o clone, enquanto o original lhe fincava duas katanas nas costas. O urso rosnou e virou-se, mas Hiro já tinha saltado para longe e lançado algumas facas. Demasiado fraco para resistir o urso caiu por terra.

Selim por sua vez atirou a sua foice ao urso, que a desviou, cortando-se nas patas. Depois disso uma enorme cobra branca surgiu da manga do rapaz, comprimindo o animal. Todos os ossos estalaram e partiram lentamente e, lentamente, os rosnidos que se repercutiam por toda a floresta foram cessando, à medida que o urso perdia a vontade de resistir. Era demasiada dor. Selim agarrou na foice e degolou-o. Sofreria menos assim.

Continuaram pela floresta circundante seguindo os rastos de pegadas. A floresta terminou dando lugar a umas ruínas. Assemelhava-se a uma enorme clareira.

- Selim – sussurrou Hiro – não fiques aí especado, anda!
Mas o Genin não se movia. Tinha ouvido um rugido por baixo… do chão? Hiro compreendeu e procuraram rapidamente uma passagem para baixo. Mas antes que pudessem o chão ruiu por baixo deles, esmagando os ursos. Dois shinobis esperavam-nos de espadas em punho.
- Por que é que tem de ser sempre à porrada? – protestou Selim enquanto se insurgia contra a sujidade da roupa.
Os ninjas atacaram como sombras na noite. As lâminas tiniram, enquanto Selim bloqueava as espadas com a foice e Hiro com as suas próprias katanas. Os ninjas afastaram-se com um shunshin, fazendo movimentos com as mãos. Um deles disparou uma torrente de água para Selim, enquanto o outro lançava pequenos pássaros faiscantes.

Sem perder tempo, o High Genin fez selos rapidamente, fazendo surgir um clone da própria torrente de água do adversário, pelo qual se fez substituir, para evitar o choque. Hiro, por seu lado, não tinha ficado ocioso. Lançara uma arma em espiral ao que lançara os raios. Quando este concentrou raios nas mãos, tentando electrocutar o rapaz, a espira da arma rodou, cortando-lhe os braços. Por sua vez, Selim correu para o outro de foice em punho. Velozmente, tentou desferir um corte vertical, mas a arma foi bloqueada pela espada do adversário, enquanto usa segunda espada se dirigia ao seu ventre. Baixou o cabo da foice, impedindo o avanço da katana e fixou o seu olhar no do shinobi à sua frente.

Uma figura humana, branca, desprovida de olhos. Um portão rodando nos gonzos. Milhentas mãos puxando-o para o interior, mãos de crianças. O som de risos maníacos e gritos de agonia. E paz. Encontrava-se ainda nas ruínas, mas o homem à sua frente não era Selim, mas Giungior.
- Chefe eu… balbuciou o homem.
- Silêncio. – ordenou o patrão enquanto o degolava.
O Genjutsu findou e o shinobi deu por si envolvido no abraço letal das lâminas de Selim. Um movimento matá-lo-ia.

Hiro trocava incessantes golpes de espada com o seu adversário. Veloz e sincronizadamente tiniam as lâminas. Embora tivesse sido atingido, Hiro já levava a melhor sobre o seu adversário e não demorou até o desarmar completamente. Depois disso pontapeou-o contra a parede das ruínas e correu atrás dele. O shinobi desfez-se em corvos que se espalharam, apenas para surgir atrás de Hiro. Lançou shurikens e fez alguns selos. As armas multiplicaram-se no ar e dirigiram-se ao rapaz de Suna.
- Daitoppa! – bradou ele convicto.
Todos os shurikens se afastaram, desfazendo-se em fumo. Depois, num tiro certeiro, Hiro atingiu o shinobi no ombro, imprimindo-lhe dor. O sangue brotou do sítio onde a faca tinha aterrado, dando uma doce satisfação ao rapaz loiro. Por sua vez, Selim sentia-se um tanto enojado com este comportamento exagerado, mas não censurava Hiro. Por causa daqueles homens, pessoas tinham morrido, provavelmente. Aquela era a justiça que o rapaz escolhera.

Ouviram palmas serem batidas atrás deles, enquanto duas facas atingiam os homens na testa, matando instantaneamente. Quem as lançara, Giungior.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Annatar

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Porto
Número de Mensagens : 1602

Registo Ninja
Nome: Selim Puraido
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 1505
Total de Habilitações: 262

MensagemAssunto: Re: Caçar Ursos!   Seg 13 Set 2010 - 19:59

Acordaram num sítio húmido, estava escuro, mas conseguiam discernir os contornos dos objectos.
- Hiro estás acordado?
- Claro que sim. – respondeu o outro ofendido – como saímos daqui?
- Aparentemente não há luz, por isso devemos estar debaixo do solo. – continuou – já inspeccionei e não acho sinal de porta.
- E agora? – perguntou o loiro enquanto ele próprio examinava as paredes.
- Fazemos o que fazemos melhor. – ao ver o silêncio de Hiro continuou – Partimos coisas.
Não demorou muito tempo até todas as kibaku fuuda estarem plantadas.Depois, afastaram-se para o outro canto da sala e lançaram uma kunai. Parecia fogo de artifício. As pedras e a areia invadiram o local, mas revelaram por fim a luz do dia pela qual tanto ansiavam.

Saltaram para fora do buraco onde tinham sido presos. Encontravam-se numa sala abobadada, em ruínas, em cujo extremo repousava um trono e, nele, Giungior.
- Não esperava ver-vos sair tão cedo. – comentou divertido.
- Por que lançaste tu ursos contra a tua aldeia?
- A aldeia repudiou-me até eu os salvar de uma invasão. – disse – mas a ameaça acabou e com ela o meu poder. Sem ameaças não há heróis.
- Então criaste uma ameaça para seres herói, e vais-nos eliminar antes que travemos a ameaça? – inquiriu Selim num tom de desafio.
- Assim é, rapaz. – respondeu o homem enquanto se levantava calmamente desembainhando uma katana de lâmina vermelha.
Avançou com um shunshin sobre Hiro, que se defendeu com as suas katanas. E ainda assim foi empurrado para trás. Se o homem era tão forte ao ponto de empurrar Hiro quando ele bloqueara o ataque, então Selim certamente levantaria voo. Avançou para ele enquanto Hiro o segurava, tentando atingi-lo com a foice. No lugar do homem surgiu um tronco próximo.

O homem surgiu atrás de Selim, tentando cortá-lo. Hiro interpôs-se entre eles, com as suas katanas. O outro, por sua vez, saltou fazendo selos e concentrando chakra. Disparou uma torrente de água em direcção ao homem. Este segurou a katana com uma só mão e pôs a outra em frente à torrente. Grande parte da água desapareceu, enquanto a outra caía no chão, sem chakra. Tinha visto um dos subordinados de Kiba fazer aquilo. Pelo ar de Hiro ele também sabia o que era. Meiton.

Hiro saltou sobre o homem distraído, tentando cortá-lo. Uma rajada de vento surgiu dele projectando o Genin para longe. Era impossível atingi-lo assim.
- Hiro – chamou o Genin preocupado.
- Hai – respondeu o outro colocando-se com um shunshin ao seu lado.
- Tens algum plano? – perguntou Selim.
- Nenhum. – respondeu ele – mas aquele braço esquerdo é um problema.
A cara de Selim alegrou-se momentaneamente. O braço esquerdo… via aí a sua possibilidade.
- Distrai-o, ataca sempre pela esquerda. – pediu.
Sem meias medidas, Hiro concentrou chakra e fez alguns selos e concentrou chakra. Três clones de vento surgiram ao seu lado. Rodearam o seu adversário de lados diversos. Arremessando duas kunais, Giungior dissipou dois em vento. Os outros dois atacaram-no, um lançando vento e o outro fogo. Neutralizou o ataque ao absorver a bola de fogo, lançando chamas azuis contra Hiro. O rapaz atingido foi queimado, mas evitou a maior parte dos danos, substituindo-se por uma rocha próxima.

O nevoeiro que já se fazia sentir nas ruínas parecia aumentar lentamente. O rapaz loiro correu para Giungior e desferiu um golpe ascendente, retesando depois o corpo do homem com o seu próprio, num supostamente letal Hayabusa Otoshi, mas nada disso aconteceu. O homem substituiu-se por uma pedra e embora tivesse sido danificado não era letal. O nevoeiro diminuiu, entretanto.

Uma cobra verde surgiu rastejante em frente ao homem, tentando mordê-lo na perna. Este afastou-se e tentou cortá-la. Num movimento rápido, a cobra, Schneizel, rodou o seu corpo, atingindo a mão do homem com os espigões nas costas.

Selim surgiu atrás de Schneizel com a sua foice tentando cortar o homem pela direita. Ele desviou-se na direcção contrária e qual não foi o seu espanto quando o seu braço caiu decepado no chão de pedra. A dor despertou-o da ilusão em que estava, e Selim surgiu ao seu lado esquerdo. Afastou-se com um salto, usando um jutsu médico para estancar os ferimentos, ou segurá-los, pelo menos. Hiro correu ao longo das ruínas, de espada em punho. Desferiu um corte vertical que o homem desviou sem grande dificuldade, mas não esperava a segunda katana do outro lado, que o cortou na barriga. Tratou de se afastar com um shunshin.

Selim surgiu à sua frente, atirando-lhe a foice. Ele desviou-se de um salto, tentando atingi-lo com a katana. Esta ficou presa no braço do rapaz, cortando-o. Mas ele não se importou. Puxou o homem para si pela katana enquanto concentrava chakra. Quando já estava próximo, projectou para ele a sua vontade de assassinar. Os gritos repercutiram-se na sua mente e cada segundo lhe parecia tão longo como os éons do mundo.
- Agora, Hiro! – bradou.
O rapaz loiro, com um clone de vento soprou uma neblina espessa de cor escura, enquanto o clone soprava um poderoso Endan, incinerando Giungior e terminando o seu plano de destruir a vila.

Informaram os aldeões, que não estranharam a ausência de Giungior desde que os ataques começaram. Segundo eles, fazia muitos “rastreios” ao terreno. E com isto, dirigiram-se a Suna, magoados e cansados, para um bem merecido descanso.


FIM

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Como o Tav só podia vir ao pc sexta, combinámos que eu postaria duas vezes seguidas por forma a despacharmos a missão. Penso que isto não causará inconvenientes mas peço desde já desculpa pela situação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kiba

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Puorto
Número de Mensagens : 3441

Registo Ninja
Nome: Seizon
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 900
Total de Habilitações: 52,5

MensagemAssunto: Re: Caçar Ursos!   Qua 15 Set 2010 - 22:15

Reservado

Selim (Annatar)

H.C.

Força: 2.25
Agilidade: 9,75 + 1 = 10,75
Controlo de Chakra: 17 + 1,25 = 18,25
Raciocínio: 10
Constituição: 9 + 0,5 = 9,5

H.N.

Ninjutsu: 12,5 + 1,5 = 14
Taijutsu: 3
Kenjutsu: 11,5 + 1 = 12,5
Genjutsu: 17,25 + 1 = 18,25
Selos: 8 + 0,75 = 8,75
Trabalho de Equipa: 3.75 = 0,5 = 4,25

Total.: 7 (+0,5 a T.E.)/7

~~~~~~~~

Hiro (Tav)

H.C.

Força: 9.25 + 0,25 = 9,5
Agilidade: 17.25 + 0,75 = 18
Controlo de Chakra: 26.75 + 1,5 = 28,25
Raciocínio: 13
Constituição: 14 + 0,75 = 14,75

H.N.

Ninjutsu: 19 + 1,5 = 20,5
Taijutsu: 14.75 + 0,25 = 15
Kenjutsu: 15.5 + 1 = 16,5
Genjutsu: 7
Selos: 10.25 + 0,75 = 11
Trabalho de Equipa: 6.75 + 0,5 = 7,25

Total: 7 (+ 0,5 a T.E.)/7


Foi uma boa missão. Muito bem desenvolvida para o tema... e vocês sabem, e muito bem, fazer pontos. Congrats!
Recompensa completa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Caçar Ursos!
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Sunagakure :: Missões :: Missões Arquivadas-
'); }