Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Missão de Rank B - Rapto Importante

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Sennin

Administrador | Suna
Administrador | Suna
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Your mom's rear
Número de Mensagens : 7042

Registo Ninja
Nome: Kaito
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 500
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Missão de Rank B - Rapto Importante   Qua 30 Dez 2009 - 2:06

Descrição: Dois criminosos raptaram o filho de um senhor feudal e querem a sua recompensa. O local está marcado e a hora também, precisamos que tu estejas lá na hora da entrega e que sigas os criminosos para os prender.

Recompensa: 1200 Ryos + 1 scroll + 1 ponto de cumprimento
Número de Ninjas: 2 a 3 Chuunin(High Gennins Acompanhados)

Pessoas Inscritas:

  • Fukkatsu Kamui(Luffy)
  • Uusaki Datte(drowelf)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luffy

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Planeta Agostini
Número de Mensagens : 2510

Registo Ninja
Nome: Karui
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 29,25

MensagemAssunto: Re: Missão de Rank B - Rapto Importante   Ter 20 Set 2011 - 0:05

Inscrevo-me. Convido algum High Gennin a vir comigo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/user/rfsnts
Dorou

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Belem/ Pa - Brasil
Número de Mensagens : 2883

Registo Ninja
Nome: Azura Inugami
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 16915
Total de Habilitações: 349,5

MensagemAssunto: Re: Missão de Rank B - Rapto Importante   Ter 20 Set 2011 - 0:06

eu eu! escolhe eu! _o/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luffy

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Planeta Agostini
Número de Mensagens : 2510

Registo Ninja
Nome: Karui
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 29,25

MensagemAssunto: Re: Missão de Rank B - Rapto Importante   Ter 20 Set 2011 - 0:12

Como os Chuunins e High Gennins de Kiri estão ausentes do fórum acho que podemos começar. Força Loan.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/user/rfsnts
Dorou

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Belem/ Pa - Brasil
Número de Mensagens : 2883

Registo Ninja
Nome: Azura Inugami
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 16915
Total de Habilitações: 349,5

MensagemAssunto: Re: Missão de Rank B - Rapto Importante   Qui 22 Set 2011 - 0:33

perdao o tamanho, nao consegui escrever mais xd

Um silencio mortal se fez, a floresta pareceu ter calado-se apenas para observar aquele momento, o jovem loiro olhou à sua volta e sacou uma kunai do bolso assim que percebeu o que estava por vir. Kamui abriu bem os olhos tentando costumar-se com a escuridão e praguejou baixinho, não estava assim tão à vontade sem o seu Akagan que o permitia ver tudo ao seu redor.
- Raaaaargh! – Uma lâmina surgiu de uma árvore não muito longe, um homem vestido de uma jaqueta com capuz segurava o punho da katana e avançava decididamente em direção do chuunin de Taki que logo preparava um plano para abater o misterioso inimigo.
O encapuzado girou o corpo e seguindo o golpe apenas se ouvia o zunido da lâmina, Kamui enrijeceu os músculos e com extrema perícia conseguira paralisar a lâmina.
Os dois se olharam por alguns segundos, a luz da lua ultrapassava as folhas e agora iluminava o local. O homem de capuz estava escondido pelo escuridão e o chuunin loiro resplandecia sob a luz do luar.
- Espere... Kamui-sempai?! – O encapuzado disse ao saltar para trás e guardar a lâmina num scroll. – Não pode ser... Então era você! – Ele com calma então retirou o capuz.
- Datte-san! – Kamui sorriu. – Me disseram que iria ser companheiro de um ninja habilidoso de Kiri, mas não pensei que seria logo você. – Guardou a kunai.
- Então, capitão kamui, o que faremos agora? – Datte disse com um sorriso casual
- sim... Vamos colher informações, ainda temos um dia de viagem até os aposentos do Senhor Feudal, alem de que não podemos perder muito tempo. – Ele relatou sério. – Vamos descansar por hoje, amanha partiremos ao nascer do sol.
-x-
Ambos os ninjas caminhavam por uma estreita estrada de pedras brancas, o cenário à sua volta era amplo, uma imensa plantação de arroz em seus grandes vãos lotados de lama. Chovia muito gentilmente molhando os rapazes, o céu nublado e levemente corado em tons cinzas hora ou outra e os remanescentes raios de sol que transpassavam as nuvens iluminavam o cenário.
- Olá, senhores. – Uma mulher parou com sua carroça, ela tinha cabelos negros e vestia uma yukata verde. – Vejo que são ninjas, estão indo de encontro ao Daiymiou? – Ela sorriu.
- Não não, estamos apenas de passagem. – Kamui se antecipou. – Porque o inresse?
- Ah... Bem... Tomem cuidado pelo caminho, há situações em que é mais seguro estar de fora. – Ela sorriu novamente, desta vez mostrando os dentes, um sorriso sínico, malicioso.
- Ela me dá arrepios... – Datte comentou depois que a mulher não estava mais à vista. – Com certeza é suspeita. – Ele disse ao arrumar o capuz na cabeça.
- sim sim... Vamos investigá-la qualquer dia desses. – Ele olhou para trás então e fechou os olhos pensativo.
-x-
As portas gigantescas abriram-se revelando uma sala escura, uma enorme mesa estava ali, nas suas frentes, Datte soltou um assovio de admiração e soltou a voz.
- Nossa, que paraíso. – Ele passou os olhos pelas mulheres sentadas na mesa, todas muito lindas e jovens trajando longos kimonos de várias cores.
- Hrum hrum... Aproximem-se, por favor. – O senhor feudal que estava sentado no extremo da mesa. – Vamos ao que interessa, senhores shinobis, preciso que façam um grande favor a mim e minha familia...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Luffy

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Planeta Agostini
Número de Mensagens : 2510

Registo Ninja
Nome: Karui
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 29,25

MensagemAssunto: Re: Missão de Rank B - Rapto Importante   Qui 22 Set 2011 - 13:53

O senhor feudal daquela vila continuou o discurso pausadamente com a voz prudente. Temia qualquer possibilidade destes ninjas serem falsos, como temia qualquer outros ninjas. Estava-lhe no sangue, e deixar o rapto nas mãos daqueles dois tinha sido em desespero, por ele nada daquilo tinha acontecido, mas os seus cofres não se recheavam de dinheiro. Deixava o seu filho morrer às mãos dos raptores, ou contratava ninjas.
– Pediram um resgate? - Quis saber Kamui es a cria daquele progenitor podia ter uma hipótese de salvamento com dinheiro falso.
– Sim claro. - Pausou demoradamente, diferente de qualquer pessoa normal como se algo estivesse preso na garganta e este tenha medo de a arrancar. - Mas não conseguirás enganar com truques baratos de ninjas. - Disse com escárnio.
– Tenha calma. - Pediu o gennin de Suna.
– Nós vamos trazer-lhe o seu filho, nada de mal vai acontecer. É uma promessa. Agora recomponha-se e se quer que isto corra bem e tente confiar em nós. - Terminou Kamui, um pouco autoritário tentando dar uma lição de moral ao homem.
– Que insolência, como me ousa tratar dessa forma. Eu sou um Senhor Feudal.
– É um título bastante interessante, mas sinceramente os títulos para mim são palavras que apenas servem para rotular pessoas rudes e convencidas. Sendo ainda mais insignificante quando precisam que lhes faça um favor. - Kamui parecia estar bastante calmo para a situação, ao contrário do Senhor Feudal.
– Peço desculpa pelo meu marido, Senhor Shinobi. - Disse uma mulher que interrompia baixando o punho do seu marido. - Tente compreender, ele foi raptado por dois ninjas. É normal todo este desprezo.
– Sem problemas. - Respondeu descontraídamente Datte. - Conte-nos tudo o que se passou, for favor minha senhora.
A mulher sentou-se numa cadeira de madeira, e com ela também o seu marido. Os shinobis permanceram imóveis a olharem para a história que viria aí.
– Kabuki-kun, o nosso filho tem apenas catorze anos. É normal os adolescentes serem complicados nesta idade e nós discutimos... - A mulher preencheu-se num leito de lágrimas. - É complicada quando se perde alguém, mas entendam que é mais complicado ainda quando perdemos alguém durante uma discussão.
– Sim, nós entendemos. - Disse Kamui. - Diga-nos, quando deram por falta dele?
– A discussão ocorreu de noite, antes de irmos dormir. De manhã quando chamei por ele, já não lá estava. Apenas estava lá um pequeno recado a dizer que queriam dinheiro para o devolverem são e salvo.
– Podemos ver esse recado, por favor minha senhora? - Pediu amavelmente o shinobi de cabelos ruivos.
– Calculavamos que pudessem perguntar isso, aqui tem.
No papel que Datte desembrulhava pudia-se ler:
”Raptamos o voso filho, se o quizerem de volta têem de dar 1500 ryo de reconpenssa. Daqui a cinco dias vamos aí buscar o dinheiro.”

Imediatamente o Uusaki reparava nos erros em grande parte das palavras, algo estava a ser fabricado na sua cabeça e por isso passou de imediato o recado ao seu colega mais velho. Também Kamui indiciou aqueles erros nas palavras bastante infantis e construção frásica demasiado simples. Sem saberem, ambos os ninjas estavam a pensar no mesmo mas nenhum o queria dizer enquanto estivessem na presença dos pais. A questão agora era saber quanto tempo faltava para o prazo.
– O rapto aconteceu à quantos dias? - Perguntou Datte.
– Dois dias, hoje é o terceiro. - A mulher do Senhor Feudal continuou a responder por ele.
– Portanto, depois de amanhã é o prazo final. - Deduziu Kamui fazendo contas rápidas. - Vamos aproveitar este dia que falta para arquitectar um plano e procurar pistas pela casa.
– Façam o que tenham de fazer senhores ninjas. - A mulher apesar de reparar que tanto Kamui como Datte eram jovens, insistia em chamar-lhes senhores numa forma educada. - Os vossos quartos são nuns anexos fora da casa.
Já estava de noite, e talvez o melhor fosse dormir, por isso ambos se encaminharam para a rua.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/user/rfsnts
Dorou

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Belem/ Pa - Brasil
Número de Mensagens : 2883

Registo Ninja
Nome: Azura Inugami
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 16915
Total de Habilitações: 349,5

MensagemAssunto: Re: Missão de Rank B - Rapto Importante   Ter 27 Set 2011 - 18:05



Os dois andavam por aquele longo corredor, Datte caminhava mais próximo da parede observando a estrutura dali. Kamui já andava mais ao afastado, olhava as muitas janelas que seguiam aquele trecho da casa.
- Kamui-kun... Tem alguma idéia de como contá-los os fatos? – Datte falou baixo parecendo pensativo. – Tenho certeza que não será muito bem recebida. – ele concluiu.
- Sinceramente, não me preocupo tanto com como eles vão receber isto, o que me deixa receoso é o impacto que causará nestes pais, é difícil saber que o filho esta forjando o próprio seqüestro... – O chuunin cruzou os braços.
- E agora, o que faremos? – O ruivo perguntou desinteressado.
- Bom... Nós vamos dormir... Tenho algo que preciso comprovar...
-x-
A noite passava fria como de costume no pais da água, o quarto dos ninjas ficava a alguns metros da casa principal em uma cabana, era um local feito apenas para funcionários e parecia desabitado a algum tempo.
O local estava vazio e não ser por duas entidades deitadas em diferentes futons no chão, Kamui e Datte dormia calma e profundamente, ambos trajando pijamas negros. O local continha poucos móveis, apenas uma pequena estante de madeira e um guarda-louças.
Três siluetas surgiram no quarto, silenciosas e indistintas, atravessaram a janela aberta com facilidade, observaram ao seu redor e ao localizar os dois amigos iniciou com seus comparsas uma caminhada silenciosa.
A silhueta que estava mais à frente levou o braço às costas e puxou um pedaço frio de metal, a lâmina brilhou sobre a tênue luz reluzindo a prata.
Sua mão pendeu sobre aquele Kamui adormecido e então rapidamente moveu-se.
A katana atravessou o corpo do ninja que dormia tão silenciosa quanto o vento. Um segundo de silêncio se procedeu, e então aquilo ocorreu.
Os shinobis adormecidos de repente explodiram em um flash azul e altamente luminoso expelindo raios elétricos para todos os lados afetando os intrusos daquele quarto.
A estante e a guarda-louças explodiram em fumo e de onde estavam surgiram dois novos shinobis...
Datte e kamui apareciam na cena trajando seus trajes shinobi comuns, ambos desarmados. O primeiro a atacar foi Datte que uniu as mãos e concentrou seu chakra na pele.
- Kamui-san! Feche os olhos! – Ele falou rápido. – Raiton! Hirameki no jutsu!
E um flash se fez na sala segundos depois de Kamui cerrar os olhos. A cabana pelo lado de fora parecia calma e pacífica, o silêncio imperava e a noite passava calma, até que um abafado grito se ouviu.
- Chōjū Giga Niō! – E uma mão enorme surgiu de dentro da cabana destruindo o telhado e projetando os assassinos inimigos para longe. Kamui e Datte apareceram logo depois pulando entre os escombros e equilibrando-se sobre a casa.
- Eles ainda estão vivos... – Datte apontou para dois que levantavam-se ali próximo no gramado ao lado da cabana.
Ele deu um salto lançando uma shuriken banhada com seu chakra contra os inimigos.
- Shuriken kage bunshin no jutsu! – Ele gritou ao fazer rápidos e ágeis selos, a única shuriken que voava contra os adversários multiplicou-se em dezenas.
Os projéteis de metal acertaram a ambos, um deles usou o corpo do amigo no chão já morto para se proteger, já o outro tentou se proteger com a katana, mas acabou sendo atingido por uma shuriken na perna.
Ele urrou de dor e deu um passo para trás tentando manter-se de pé, porém logo à sua frente Datte aparecia vindo de baixo do solo e saltando em sua direção.
- Raikyuu – Ele disse ao concentrar chakra raiton na mão humana até formar uma bola elétrica e com uma velocidade imensa atingiu o inimigo ferido com o jutsu matando-o imediatamente.
O outro ninja observava a tudo atônito, mas quando viu seu amigo morrer percebeu que Datte havia deixado a guarda baixa e aproveitou isto indo atacá-lo, com a mão esquerda puxou uma katana das costas e a apontou ao ruivo de kiri. Quando estava a centímetros de atingi-lo alguém o acertou com tal força que o fez voa alguns metros.
- Shōshitsu! – Kamui gritava enquanto concluía aquela joelhada.
Ele então puxou um pergaminho e um pincel e começou a rabiscar com uma velocidade incrível.
- Chōjū Giga – Ele disse fluindo o seu chakra pelo braço e fazendo materializar um tigre. O animal saiu do papel como se tivesse vida e avançou contra o oponente que tentava recuperar-se da joelhada.
- Oh! O que houve! – O senhor feudal aparecia acompanhado de sua mulher, ambos pareciam abalados e vestiam somente pijamas folgados. – Ouvi sons altos, aconteceu algo?
Kamui guardou seu material e lançou um olhar para Datte, este apenas percebeu o que o capitão queria dizer e consentiu balançando a cabeça.
- Daiymiou-san... Preciso que convoque suas filhas imediatamente, preciso fazer convosco uma reunião... – O chuunin disse seriamente observando os olhos do contratante.
- Mas... Porquê?! – Ele disse ainda assustado.
- Apenas o faça, vamos explicar tudo depois... – Datte concluiu indo até o corpo do inimigo morto no chão e puxando a shuriken que havia acertado.
-x-
Todos estavam lá sentados olhando a dupla eram no total 7 filhas , umas nervosas, outras sonolentas, outras amedrontadas...
- Bom, senhores... – Kamui iniciou o discurso aparentemente incomodado com algo. – Vou ser direto, mais cedo eu e meu subordinado fomos atacados e poucos sabiam realmente onde estávamos dormindo, apenas os que ouviram nossa conversa ontem quanto chegamos... Então, aviso-vos uma coisa, alguém nesta sala não só tentou nos matar, como provavelmente ajudou no sequestro do filho do senhor feudal...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luffy

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Planeta Agostini
Número de Mensagens : 2510

Registo Ninja
Nome: Karui
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 29,25

MensagemAssunto: Re: Missão de Rank B - Rapto Importante   Qua 28 Set 2011 - 22:26

– Não mintam, temos a certeza que foi uma de vós. - Disse Datte enquanto Kamui observada cada sensação, cada movimento de todas as raparigas. Uma delas parecia estar extremamente calma, todas as outras estavam nervosas.
– Dizem que o ser humano tem medo de ser culpado quando não fez nada, e que se sente menos culpado quando realmente é o culpado.
Desta feita, Datte percebeu o que o seu companheiro de Taki queria dizer com isto. A culpada das raparigas era a menos nervosa. Manipulava habilidosamente o chakra de maneira a entrar passar pelo soalho e entrar dentro de terra, assim o shinobi de Kirigakure criava um tunel submarino e trocava de posição com a culpada deixando-o presa no chão, apenas com a cabeça de fora. Tudo isto acontecera num ápice que nem mesmo Kamui tinha antecipado.
– Parece-me que sim. - Corcodava o ruivo com a anterior afirmação de Kamui. - Como te chamas pequena?
– Madi-chan. E sim eu ajudei-o. - Disse ela descontraída.
– Como pode a nossa filha ter ajudado os raptores? Ela gostava tanto do irmão.
– Por eu gostar dele, é que o ajudei a fingir um rapto, e pelo dinheiro. Vamos partilhar o dinheiro.
– Então não vais. - Disse humoristicamente o rapaz. - Conta-nos tudo, já!
– Claro que conto, mas vocês shinobizecos da treta vão morrer na mesma.

***

A familia inteira havia ficado chocada com a história que Madi-chan, a filha mais velha, tinha contado. Ninguém tinha suspeitado que o rapaz mais novo da familia tenha cometido uma birra, tenha planeado tudo aquilo numa noite e fugido com amigos ninjas que agora pediam um exurbitante resgate.
Agora Datte e Kamui iam a caminho do esconderijo onde supostamente estariam os três, o filho raptado, e dois ninjas que o guardavam, os outros tinham morrido no ataque nocturno.
– Vamos Datte é por aqui. - Disse Kamui enquanto ambos mantinham a o seu chakra nos pés ao correr pelos troncos com rapidez e para não escorregarem.
De repente Kamui levava um soco muito forte na cara e nem com o Kinobiri se conseguiu agarrar ao tronco tal era a força do impacto. Caiu três metros no chão dando um mau geito e cuspindo uma grande quantidade de sangue.
– Kam... - Datte ia aclamar pelo seu colega mas também ele levava um valente soco na cara.
Quando o louro se levantou e se recompôs, viu à sua frente um rapaz de cabelos negros e compridos. Tinha uma hitayate sobre a testa que atada atrás fazia cair duas sobras de fita.
– Vieram morrer vocês os dois? - Perguntou esse mesmo ninja.
– Não sei o que te leva a pensar isso, mas acredita que aqui ninguém morre hoje. - Respondeu Kamui.
Nesta sucessão de palavras o ninja de Takigakure que agora realizava uma missão ao serviço de Kiri, retirou duas kunais das bolsas muito agilmente e de seguida atirou-as ao seu adversário. Os projecteis rasgavam o ar tão rápido que seria impossivel de as defender. Ouviu-se um som de ferro a chocar, o inimigo de Kamui tinha colocado no caminho das kunais uma kunai invertida que deflectira ambas. Apenas para testar, o chuunin retirou do bolso um grupo de quatro kunais que a alta velocidade viajaram pelos ares em direcção ao inimigo. Novamente com movimentos rapidissimos o rapaz desviara as armas.
– Vocês vão morrer, tanto eu e o meu amigo fomos chuunin de Kirigakure. - Disse o inimigo. - Chamo-me Omikiri e sou a pessoa que vai acabar com a tua vida.
– Boa sorte. - Desejou sinceramente Kamui apesar de estar um pouco apreensivo com a velocidade do adversário.
O seu adversário, com grande habilidade criou uma onda que lhe saiu pela mão, o ninja de Taki ainda se conseguiu desviar com um shunshin bem habilidoso. Infelizmente um Mizu Bunshin já o esperava e tentou golpea-lo com uma katana, novamente Kamui usava a sua grande agilidade para se afastar, ainda assim ganhou um grande corte no tronco que o colocou a sangrar. Na queda o jovem agarrou-se ao peito como se a dor fosse parar.
Sem que tivesse tempo para se recompor uma nova onda de água se abateu contra ele, lavando-o contra uma árvore e causando-lhe alguma dificuldade em respirar. Sem perder tempo o inimigo do chuunin de Taki fazia-se ouvir, ao gritar Suiton Daibakufu no Jutsu. A água envolveu-se em todo o corpo de Kamui e os sedimentos trazidos com ela cortaram-lhe algumas partes da roupa e mesmo a pele criando vários fios de sangue.
– Se isto fosse à algum tempo tinhas dado cabo de mim. - Respondeu Kamui, lembrando-se que o seu corpo agora aguentava mais com o Akagan selado. - Mas agora, esquece.
Irritado, Omikiri lançou alguns projecteis contra Kamui por este manter a calma quando estava a perder. Mas o rapaz tinha uma arma secreta, quando este adicionava pitadas de chakra à sua tinta esta conseguia defende-lo de armas e conseguia ainda atacar. Com essa habilidade ao manipular tinta com a concentração de chakra criou um ponta aguçada de matéria negra e esticou-a rompendo perto do ombro do adversário.
– Cabrão. - Vociferou.
– Ainda não viste nada. - Kamui desapareceu instantaneamente com um shunshin bem rápido e apareceu à frente do inimigo dando um grande Gangeki(murro) na cara do adversário, tudo parecia estar em câmera lenta, quando dois espigões de tinta do Sumi Chakra se activaram com a ajuda de chakra e espetaram o adversário, um de raspão no pescoço e outro no abdómen, mas não perfurou tanto, apenas superficial. - Percebes agora?
Kamui parecia ter acordado para a luta, mas ainda não tinha visto nada. O seu adversário desfazia-se em água, era apenas um bunshin, que merda, agora quando ele pensava estar a ganhar e gastou muitas energias para nada. Pelo menos era isto que parecia aos olhos de Omikiri, pois aos do chuunin Louro o seu plano corria como queria.
O rapaz recebia outro soco na face, mas desta vez já com menos força. O braço do inimigo estava magoado e aos poucos ia-se cansando. O primeira faze do plano de Kamui era cansar o oponente e debilita-lo, mas isso não era preciso um grande raciocinio como o dele, o seu raciocinio ia trabalhar noutra parte, a debilitação ia servir para uma coisa muito importante que Kamui sabia que se poderia tornar complicado de vencer se não o fizesse.
O rapaz agora bastante mais rápido do que à umas semanas atrás, desenhava dois tigres no pergaminho, ao concentrar chakra as duas bestas ganharam vida e atacaram o oponente que aparecia por trás pelo lado esquerdo, pois o braço direito tinha sido rompido por outra jutsu. Desta forma um dos tigres foi destruído a tempo antes do ataque, mas o outro conseguiu dar um grande corte na zona abdonimal de Omikiri e rasgando-lhe grande parte das vestes.
Foi quando dois clones do ninja adversário, enfaicharam dois murros nas costas de Kamui. O rapaz caiu pelo chão novamente mas engrupou as pernas e fez um rolamente pelo chão colocando-se de novo de pé. Uniu multiplas vezes as mãos terminando num total de 15 selos e de seguida concentrou todo o seu chakra na tinta, multiplicando-a com a humidade do ar. Uma onda enorme de tinta caía sobre o seu inimigo e este morria desfeito, mas como Kamui tinha raciocinado era mais um clone de água. Acertara em cheio.
Agora Kamui concentrava chakra nas pontas do dedo, surgindo cinco kanjis numa aura roxa. Depois golpeou o seu alvo na barriga agora descoberta pelo ataque anterior, rodando a sua mão, bloqueando o seu chakra. Omikiri desfalecia-se no chão quase gasto pelo chakra, apenas teve tempo de dizer umas ultimas palavras.
– Pensaste nisto tudo? - Disse com a voz a tremelicar e desfaleceu-se ali sem morrer, apenas desmaio.
– Pensei. - Respondeu ele depois do inimigo desmaiado. - Quando acordares vais lembrar-te do que te vou dizer. Estavas-me a ganhar e lutar muito bem, a ser um grande adversário. Mas erraste quando me deixaste atacar-te. Com o braço nesse estado meti-me a raciocinar sobre algo para te vencer. Como tu estavas a usar vários bunshins tive de te desgaster primeiro para que deixasses de fazer clones, ao mesmo tempo que te estraguei o braço direito sube que depois de um dos teus clones ser destruído ias atacar por trás e pela esquerda. Usavas apenas o esquerdo, mas eras fraco com ele e não conseguis-te defender-te do segundo tigre. O segundo deles tinha o propósito de destapar a barriga, porque com as camisolas e esse colete, o Fuuinjutsu que fiz não ia conseguir selar-te o chakra por momentos como fiz. O ultimo truque foi apenas para desfazer o teu último clone, não tinha a certeza se era, se não fosse ficavas knock out na mesma, se fosse ia ser o último porque já estavas em baixo chakra. Quando vi a água misturada com a tinta percebi que era um clone, e apenas tive de me virar para a esquerda, de onde tu ias aparecer de certeza, depois já sabes...


Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/user/rfsnts
Dorou

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Belem/ Pa - Brasil
Número de Mensagens : 2883

Registo Ninja
Nome: Azura Inugami
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 16915
Total de Habilitações: 349,5

MensagemAssunto: Re: Missão de Rank B - Rapto Importante   Sab 1 Out 2011 - 23:11

Kamui lhe ergueu a mão e ajudou-o a levantar.
- Tem certeza que está bem, Datte-kun? Foi um belo soco aquele.
- Não precisa se preocupar, estou melhor, aquele desgraçado era realmente rápido, mal consegui vê-lo. – Datte falou amargamente. – Vamos continuar nosso caminho, temos muito a percorrer ainda. –E então iniciou a corrida novamente.
Ambos correram por mais duas horas até que adentraram em uma denso floresta ao pé de uma montanha, o loiro de Taki então parou e inspecionou o solo. Datte hesitou para esperar o capitão e o observou entediado.
- Foram para norte, pelos rastros estavam bem confiantes de que não seriam seguidos. – Kamui disse passando a mão pelas folhas secas do chão. – Datte, vamos nos aproximar com cautela... Pelos meus cálculos sobrou apenas mais um ninjas escoltando a criança, caso haja confronto direto, quero que você me deixe lutando e pegue o filho do daiymiou.
- O que?! Definitivamente, não, Kamui-san! Você já está debilitado pela luta anterior, deixa que eu sirvo de isca enquanto o senhor pega o garoto. – Datte protestou confiante.
Kamui respirou fundo e consentiu com a cabeça à sugestão do amigo.
- Então que seja, mas tome cuidado, eles são realmente fortes... – Ele concluiu indo até o amigo e ponto a mão em seu ombro.
- Então... Vamos! – O ruivo disse sorrindo.
-x-
- É uma... Caverna! – Datte disse surpreso observando a imensa abertura à sua frente.
- É, e pelo visto eles estão ai dentro, ao menos é isso que os rastros dizem... – Kamui completou calmamente. – vamos devagar, não tem onde nos escondermos a partir de agora...
Kamui tomou a iniciativa caminhando serenamente rumo à escuridão da caverna seguido por um Datte apreensivo.
A caminhada durou pouco, o local era escuro e mal iluminado a não ser por diversas tochas que estavam presas na parede ao longo do percurso qu deu acesso a um salão razoavelmente grande. Em um canto lá estava o filho do senhor feudal tal como a foto dizia, ao seu lado um jovem um pouco mais velho conversava com ele em um tom sério, ao verem os amigos alarmaram-se quase que imediatamente.
- Q-quem são vocês?! – O garoto falou alto. – saiam daqui agora mesmo!
- Ouviram a criança, ambos, retirem-se... – O homem a frente do garoto sussurrou sério.
- Perdão amigo, mas parece que teremos de levar este miúdo! – Datte disse sorrindo e tirando a jaqueta. – E então, vamos começar? – Ele gargalhou baixinho.
- Eu vou atrás da criança, trate de não morrer, Datte... – Kamui foi quem disse tão baixo que apenas Datte conseguiu ouvir devido à proximidade.
- S-s-saiam daqui! Eu não vou voltar para casa! Eu sou um príncipe! Deixem-se em paz! – O garoto gritou chorando segundos antes de sair correndo em prantos pela porta atrás dele e do shinobi que o protegia.
- Daki-sama! Não vá por ai! O penhasco...! – O shinobi aliado da criança gritou sem tirar os olhos dos inimigos à sua frente.
- Kamui-san! Vá atrás dele, deixa que eu cuido da situação aqui. – Datte disse rapidamente. E em resposta sumiu em um shunshin.
- Vamos começar?! – Datte sorriu ao olhar melhor o oponente. Era um rapaz alto e magro com cabelos curtos e roupas negras, tinha nas mãos uma katana e nos pés botas de couro.
- Aaaaaargh! – O oponente gritou ao avançar contra Datte com a lâmina em mãos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luffy

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Planeta Agostini
Número de Mensagens : 2510

Registo Ninja
Nome: Karui
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 29,25

MensagemAssunto: Re: Missão de Rank B - Rapto Importante   Ter 4 Out 2011 - 21:30

Avançava com velocidade para o rapaz do clã Uusaki, com a katana tenta cortar Datte mas o rapaz desvia para a esquerda com a sua Senju Gai ainda o inimigo via o fumo libertado pelo makimono. Com velocidade o oponente do ninja de Kiri colocava um dos pés na aste da arma e usava para impulsionar contra a cara de Datte. O ruivo fez força colocando os braços em xis e aguentou a pressão que era feito rangendo os dentes, sinal de que estava a fazer a máxima força.
– Eu sou o Ugo-sama. O Shinobi mais forte à face da terra. - Disse o seu adversário bastante convicto.
A sua convicção exemplificou-se nas acções e Datte mesmo se esforçando foi empurrado para trás embatendo fortemente com as costas numa das paredes das cavernas. Enquanto sentia a dor a subir-lhe nas costas sentia também o seu chakra a ser concentrado à medida que realizava vários selos, de seguida as rochas da caverna abateram-se e formaram uma cúpula rápida prendendo Ugo.
Supostamente ele estaria completamente esmagado pela força das placas de terra, mas Datte apercebeu-se que isso não tinha acontecido depois de levar um forte pontapé na barriga. Cuspiu algumas quantidades de sangue e depois uma tosse mais seca. O ruivo tentou tar um soco na face do adversário, mas este defendera com a mão e desta forma iniciavam uma luta próxima. Ugo tentava atacar também com um soco potente, mas Datte colocou as duas mãos e fazendo bastante força conseguiu desviar o braço do seu alvo embatendo na pedra atrás de do hign gennin.
Enquanto isso, o rapaz de Kiri deixava-se cair e com um rolamento passava rapidamente ao lado do adversário, apanhou a Senju Gai e apenas com uma mão, muito habilidoso tentou cortar a meio o seu oponente. Mas este, defendia apenas com uma katana mostrando ser mais forte e habilidoso. As coisas tinham revertido, e o ataque de Datte passava agora para defesa, enquanto o seu inimigo o tentava cortar. Ugo fez um pouco mais de força e deitou o ruivo pelo chão com a sua foice. O shinobi da foice apenas teve tempo de apoiar as suas mãos no chão depois de largar a arma, e rodar com a ajuda destas, impulsionou-se do chão recorrendo à sua força e pela primeira vez conseguiu acertar no adversário, bem na cara.
Agora estavam ambos frente a frente, Datte analisou o meio que o rodeava. Uma carverna altissima mas muito fechada e apertada sempre com rochas nas vizinhanças e paredes rochasas bastante fortes.
– Estive a brincar contigo, agora prepara-te. - Gritava Ugo, ecoando pela caverna.
– Ai sim? Então prepare-se porque eu nunca falhei uma missão e esta não vai ser a primeira. - Mostrava também a sua garra e determinação.
Ugo começava a fazer um grupo de selos a uma velocidade estonteante enquanto Datte apenas atirava uma kunai para o adversário. Os selos realizados produziam uma massa enorme de água contra o shinobi de Kiri. Estranhamente Datte saltava colocando-se por cima da onda de água e depois agarrava-se ao chão para não ir com a corrente. Colocou-se por debaixo do inimigo e usando o Konoha Shoffu projectou o inimigo para o tecto da caverna, tamanha foi a força utilizada que o inimigo foi projectado para cima e espetou as suas costas numa estalactite morrendo ali, deixando várias gotas de sangue escorrerem pelo pico.
– Vamos lá, o Kamui disse que hoje ninguém morria. - Disse Datte sabendo perfeitaemnte que era apenas um clone. Isso provou-se quando os sangue virou água.
Datte recebeu novamente uma forte força esmagadora de água nas costas, mas sem se mexer como estivesse a prever isto deixou-se ir embatendo contra uma rocha. No último instante antes de ser esmagado contra as paredes rochosas, o rapaz ruivo concentrou chakra por todo o corpo e penetrou nas paredes evitando o ataque e ao mesmo tempo escondendo-se.
Parecia tudo planeado, e tinha sido mesmo. Viajou através das paredes com esta sua habilidade e apareceu atrás do seu adversário. Com força suficiente par matar um coelho, o rapaz deu com o cabo da Senju Gai na nuca do adversário desprevenido, desta forma ele desmaiou e Datte achou por bem explicar-se, visto que aquilo não passava de um sucesso de técnicas, mas sim de um sucesso de táticas que levavam a um sucesso de técnicas.
– Primeiro certifiquei-me de que me levavas a sério, só assim poderias fazer um Bunshin, quando realmente me temesses. Quando me temeste, criaste um clone como eu queria e depois apanhaste-me distraído porque eu quis. - Disse Datte gabando-se sem se aperceber, depois ouvir um bater de palmas.
– Bravo Datte, gostei de ver. - Disse Kamui.
– Viste tudo?
– Sim, apanhei o rapazeco logo a seguir, alguém sem conhecimentos ninja é fácil
– Fácil é a tua mãe! - Gritou o jovem preso numa rede com insultas às mães como todos os jovens fazem.
Kamui deu uma forte gargalhada e de seguida uma palmadinha de bom trabalho nas costas de Datte, a partir dali foram para a casa do Senhor Feudal onde deixaram o rapaz fugitivo. Os problemas familiares já não faziam parte do contracto ninja. Os shinobis saíram dali.
Dois dias depois estavam em Kiri onde contactaram com Okashii que conhecia bem Kamui e tinha gostado bastante do seu trabalho, era essa a razão por tê-lo chamado para a missão com Datte, umas espécie de professor para o seu ninja quando numa missão pela Kyodo o homem apercebeu-se do respeito mutuo de ambos.
– Parabens pela missão, se algum dia quiseres mudar-te para Kirigakure avisa.
– Obrigado Mizukage-sama, mas eu respeito a minha vila.
– Não esperava outra resposta de ti.

FIM
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/user/rfsnts
RiD3R

Administrador | Iwa
Administrador | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 25
Localização : Porto
Número de Mensagens : 2470

Registo Ninja
Nome: Kojiki Zaiko
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 200
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: Missão de Rank B - Rapto Importante   Qua 5 Out 2011 - 18:17

Fukkatsu Kamui

Habilitações Ninja:

Ninjutsu: 41,75 + 1 = 42,75
Genjutsu: 19,75
Taijutsu: 6,5 + 0,5 = 7
Kenjutsu: 20,75 + 0,25 = 21
Selos: 22,75 + 0,25 = 23
Trabalho de Equipa: 3 + 0,25 = 3,25

Habilitações Corporais:

Força: 5,5
Agilidade: 8,25 + 0,75 = 9
Controlo de Chakra: 47,5 + 1 = 48,5
Raciocínio: 19,5 + 0,75 = 20,25
Constituição: 9,75 + 1 = 10,75

Total: 5,75/7

Uusaki Datte

Habilitações Ninja:

Ninjutsu: 16.5 + 1 = 17,5
Taijutsu: 3.75 + 0,5 = 4,25
Kenjutsu: 15.75 + 0,75 = 16,5
Genjutsu: 2.75
Selos: 8.75 + 0,5 = 9,25
Trabalho de Equipa: 2,25 + 0,25 = 2,5

Habilitações Corporais:

Força: 5 + 0,5 = 5,5
Agilidade: 8.25 + 0,5 = 8,75
Controlo de Chakra: 11.75 + 1 = 12,75
Raciocínio: 5,25 + 0,5 = 5,75
Constituição: 9.25 + 0,5 = 9,75

Total: 6/7

Boa missão, recompensa completa para os dois ^^
Actualizado!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luffy

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Planeta Agostini
Número de Mensagens : 2510

Registo Ninja
Nome: Karui
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 29,25

MensagemAssunto: Re: Missão de Rank B - Rapto Importante   Qui 6 Out 2011 - 20:45

Obrigado Rider, Fechado
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/user/rfsnts
 
Missão de Rank B - Rapto Importante
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Kirigakure :: Missões :: Missões Arquivadas-
'); }