Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 [Missão Particular de Rank C] Resgate de Amatsu

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Madeira

Membro | Kumo
Membro | Kumo
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 20
Localização : My World
Número de Mensagens : 4667

Registo Ninja
Nome: Seyur & Suiho
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 2235
Total de Habilitações: 265,75

MensagemAssunto: [Missão Particular de Rank C] Resgate de Amatsu   Dom 4 Out 2009 - 19:36

Missão: Resgate de Amatsu
Rank: C
Ninjas envolventes: Konihamaru (personagem principal, gennin), Kaoto (personagem secundaria, gennin), Haruko (personagem sec. gennin), Matsuogy (personagem secundaria, jounnin)
Descrição: Atenção. Alguem raptou Amatsu enquanto ela ainda estava no hospital a recuperar. Tens que a descobrir e se possivel salva-la. Pensas que tenha sido Rurouni a rapta-la como vingança.
Locais: Toda a Sunagakure e deserto envolvente
Recompensa: 300 Ryos, 1 ponto de cumprimento e 1 scroll de novo Jutsu
Voltar ao Topo Ir em baixo
Konihamaru Rashidori

Membro | Suna
Membro | Suna
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : hmm... No pc... senão não estava aqui DAH!
Número de Mensagens : 256

Registo Ninja
Nome: Konihamaru Rashidori
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 2434
Total de Habilitações: 112,25

MensagemAssunto: Re: [Missão Particular de Rank C] Resgate de Amatsu   Dom 4 Out 2009 - 21:56

Parte 1: A descoberta assustadora...

Era de noite e Konihamaru ainda dormia no seu sono profundo. Como sempre e para não variar a criança aparecia, mas desta vez parecia estar a lutar contra algo ou alguém, o problema era que Konihamaru não conseguia perceber quem era pois apenas via um vulto. A criança tinha na sua mão uma espécie de espada especial que Konihamaru não reconhecia. A criança batia-se mas acabava por cair e por perder as suas forças. – NÃO!!!!!!!!!!! LEVANTA-TE!!!!!!! – Gritava Konihamaru no seu sonho.

Entretanto Konihamaru sentia-se abanado. – Hey o que se passa? Quem me está a abanar?! – Dizia Konihamaru no seu sonho ainda sentindo os abanões. – Pára.

???- Konihamaru! Konihamaru! Acorda Konihamaru! – Dizia uma voz escondida que Konihamaru reconhecia.

Konihamaru acabava por acordar e ainda deitado e com apenas um olho aberto Konihamaru via Haruko. – O que se passa? – Perguntava Konihamaru um pouco alarmado ao ver o estado em que Haruko estava.

Haruko- Konihamaru… O Kazekage chamou-te para uma missão. – Dizia Haruko ainda sacudindo Konihamaru.

Konihamaru- Hey! Pára. Já acordei. Então mas… - Konihamaru olha para o relógio. – São só 6h43 da manhã. Não pode ir alguém no meu lugar? – Diz Konihamaru virando-se para o lado e tapando-se até á cabeça.

Haruko- Não! Tens que ser tu! Esta missão tem a ver com a Amatsu! – Gritava Haruko ao ver a atitude de Konihamaru.

Konihamaru- O quê? Mas o que tem a Amatsu? O QUE SE PASSOU!!!! – Dizia Konihamaru dando um pulo da cama fazendo com que Haruko ao desviar-se batesse com a cabeça e com as costas na parede.

Haruko- Auch! Tem cuidado. E a Amatsu foi raptada… Num momento estava no hospital e no outro já não estava. E parece haver sinais de luta… e ao que parece foi deixado um bilhete mas ninguém percebeu o que aquilo queria dizer. – Dizia Haruko serrando os dentes e fechando os olhos em sinal de dor.

Konihamaru- Não pode ser! Não! Mas como é que soubeste? – Gritava Konihamaru para Haruko enquanto a abanava na esperança de obter mais informações e mais depressa.

Haruko- F-f-f-f-f-foi um mensageiro do k-k-k-k-kazekage que veio aqui transmitir a mensagem e dizer para te dirigires a-a-a-a-ao gabinete do Kazekage. – Tentava dizer Haruko enquanto era fortemente abanada.

Konihamaru- Porque não disseste logo? Vamos! Não temos tempo a perder! – Dizia Konihamaru parando de abanar Haruko abruptamente e descendo as escadas rapidamente e indo-se lavar e vestir rapidamente.

Haruko- Teria dito mais rapidamente se me tivesses deixado! – Dizia Haruko mas com Konihamaru já distante.

Parte 2: O desconhecido.


Após comerem e Konihamaru se arranjar e agarrar nos seus pertences ninjas puseram-se ambos rapidamente a caminho do gabinete do Kazekage.
No gabinete já se encontrava Matsuogy também preocupado com a situação.

Konihamaru- Matsuogy-sama, Kazekage-sama… O que se passa? Onde está a Amatsu? O que faz aqui Matsuogy-sensei? – Dizia Konihamaru com o coração quase a pular e ofegante da corrida.

Kazekage- Calma Konihamaru. Já mandei alguns homens cercarem Suna. Se alguém que seja parecida com a Amatsu passar eles intercedem. Entretanto pode ela já estar fora de suna… Por isso queria que tu fosses á procura dela. E como sei que vocês eram e são muito próximos penso que será o melhor. – Dizia Kazekage enquanto tentava acalmar Konihamaru.

Matsuogy- Eu achei melhor vir ter contigo. Fui informado logo pela manhã que ela havia desaparecido por uma conhecida minha do hospital e vim o mais depressa que pude contar ao Kazekage… Penso que é melhor estar contigo nesta missão não vá o diabo tece-las. – Dizia Matsuogy tentando mostrar apoio ao jovem shinobi.

Konihamaru- Disseram-me que havia uma carta que havia sido deixada… onde está essa carta? Digam-me! – Dizia Konihamaru enquanto se aproximava da secretaria do Kazekage.

Kazekage- Sim. É verdade. Foi encontrada uma carta… E ao que parece foi-te endereçada. Mas ninguém percebeu o que significava. – Dizia Kazekage batendo com os dedos na secretaria.

Konihamaru- Então? Posso ver? – Dizia Konihamaru com o ar de quem se quer despachar.

Kazekage- Ah… Sim claro. – Dizia Kazekage enquanto abria uma gazeta da sua secretária e tirava de lá a dita carta e a passava para as mãos de Konihamaru.

Konihamaru estava muito nervoso. Tremia por todos os lados… Ao abrir a carta as letras começavam a aparecer lentamente pois Konihamaru ainda tremia. As palavras pareciam ter sido escritas com calma como que se alguém tivesse premeditado aquilo tudo.

“Ela é minha. Acabaste de a perder… Não me devias ter enfrentado… Agora nunca mais a vês! Ela nunca te quis e sempre esteve apegada a mim por isso esquece-a e não venhas á sua procura pois nunca a irás encontrar! Hahahahahaha!”

Estas foram maior parte das palavras escritas na carta e na parte debaixo da carta algo alarmou… Uma gota de sangue. Podia ser de quem escreveu a carta mas podia também ser de Amatsu.

Konihamaru- Só pode ser ele! Eu sabia que ele não ia ficar parado! Vou mata-lo. – Dizia Konihamaru furioso enquanto amarrotava a carta.

Matsuogy- Calma… Vamos primeiro ao hospital ver se encontramos alguma pista… Depois logo decidimos o que fazer. – Dizia Matsuogy tentando confortar o pequeno gennin.

Haruko- Assim furioso não vais resolver nada! Tens que te acalmar para pensares bem… Eu estou contigo. – Dizia Haruko abraçando Konihamaru.

Kazekage- Escapou-me qualquer coisa? – Dizia o Kazekage olhando para Matsuogy e apontando para Haruko e Konihamaru.

Matsuogy- Não me pergunte a mim. Bom vamos para o hospital! – Dizia Matsuogy quase que empurrando os dois gennins para fora do gabinete.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Konihamaru Rashidori

Membro | Suna
Membro | Suna
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : hmm... No pc... senão não estava aqui DAH!
Número de Mensagens : 256

Registo Ninja
Nome: Konihamaru Rashidori
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 2434
Total de Habilitações: 112,25

MensagemAssunto: Re: [Missão Particular de Rank C] Resgate de Amatsu   Qua 7 Out 2009 - 20:58

Parte 3: A chegada atribulada… O inicio dos grandes problemas.

Os ninjas e Matsuogy-sama dirigem-se então ao hospital mas antes passam por casa de Kaoto e informam a amiga de Konihamaru do sucedido. Quando todos chegam ao hospital vêm um pequeno “grande” aparato em frente ao quarto onde devia estar Amatsu. Havia algum sangue pelo chão e alguns objectos estavam caídos e parecia mesmo ter havido ali uma luta. Olhando em volta Konihamaru reparava num pequeno grupo de pessoas que tinham um habito vestido e uma mascara de urso. – Mas quem raio são estes? – Perguntava Konihamaru ao ouvido de Matsuogy apontando para o pequeno grupo.

Matsuogy- Aquela é a divisão urso da ANBU. São os melhores a recolher informações. – Dizia Matsuogy deixando o jovem Konihamaru com os olhos muito abertos.

Konihamaru- Então é mesmo oficial… Ela foi mesmo raptada e se a ANBU está metida é porque é grave. – Dizia Konihamaru novamente nervoso.

???- Bom já aqui estamos todos o que sabemos? – Dizia uma voz que se aproximava por detrás de Konihamaru.

Konihamaru virava-se e vi-a que a pessoa que se aproximava era nem mais nem mesmo o Kazekage. – Kazekage-sama? O senhor aqui? Porquê? – Perguntava Konihamaru confuso com a vinda de Kazekage ao hospital.

Kazekage aproximava-se então dos homens da ANBU e fazia sinal a Konihamaru para esperar um pouco enquanto os homens saudavam o Kazekage e formavam um circulo á sua volta começando a sussurrar-lhe o que sabiam. – Então foi mesmo raptada… Mas não sabem porquê nem por quem… Então tratem de descobrir. – Dizia o Kazekage já com uma voz mais altiva.

ANBU- Hai Kazekage-sama. – E nisto o grupo de homens desaparece.

Kazekage- Konihamaru chega aqui. – Dizia Kazekage apontando para Konihamaru e olhando-o com um ar sério. – A Amatsu foi raptada mas ainda não se sabe por quem. Tu não tens alguma pista? – Perguntava Kazekage com um ar ainda mais serio a Konihamaru.

Konihamaru- Bem eu tenho uma grande suspeita… Eu suspeito que tenha sido o Rurouni senhor. – Dizia Konihamaru serrando os punhos.

Kazekage- Ruruoni? Mas quem é esse? – Perguntava Kazekage confuso.

Então Konihamaru contava tudo ao Kazekage sobre o Matsuogy.

Entretanto Matsuogy começa a dialogar com Haruko e Kaoto.

Matsuogy- A Amatsu era a namorada de Konihamaru… por isso ele está tão preocupado. – Dizia Matsuogy a olhar com um ar preocupado para Konihamaru.

Kaoto- Namorada? Então mas… O QUÊ!?!?! Haruko tu sabias disto? – Dizia Kaoto boquiaberta e olhando para Haruko.

Haruko- … Pois… Eu sabia de algo. – Dizia Haruko muito baixo com a cara para baixo.

Algo continuava sem fazer sentido na cabeça de Konihamaru… - “Porque raio iria o Rurouni raptar a Amatsu? O que pensa ele conseguir com isto?” - Pensava Konihamaru enquanto tentava ouvir o que o Kazekage tinha para lhe dizer.

Kazekage- Eu designei-te esta missão porque sei que tu e a Amatsu são muito chegados. Agora o que pensas fazer? Tens algum plano? O que sabes sobre esse Rurouni? Sabes onde o encontrar? – Kazekage-sama fazia uma data de perguntas a Konihamaru deixando este sem puder responder a nenhuma. – Fala rapaz! – Dizia o Kazekage nervoso por não obter nenhuma resposta.

Konihamaru- Senhor como já lhe contei o Rurouni… O senhor já sabe. No entanto não penso que ele seja de cá… Ele deve de viver nos arredores de Suna. Mas penso que ele ainda me vai informar do seu paradeiro. Ele quer vingança, ele não se preocupa sobre se a Amatsu está raptada ou não e se foi mesmo ele então mais cedo ou mais tarde eu vou ter noticias suas. – Dizia Konihamaru dando um soco na parede de frustração.

Kazekage- Bom se assim é então… - Kazekage faz uma pausa na fala e olha para todos os presentes. - … penso que daqui já não precisamos de mais nada. Já vimos tudo o que podíamos ver, os dados estão lançados, agora só nos resta esperar e rezar para que esteja tudo bem com a Amatsu. Retiremo-nos e deixemos os médicos trabalhar em paz. – Dizia o Kazekage fazendo sinal a todos para a porta.

Konihamaru e todos os outros saíram renitentes e muito preocupados…

Parte 4: O shinobi maldito…

???- Ahahahaha então perdeste a namoradinha foi? – Dizia uma voz por cima de uma árvore.

Konihamaru começa a descobrir de onde vem o som mas só depois se apercebe que é alguém no cimo da árvore, mas não consegue ver bem essa pessoa devido ao sol. – Oh tu! Quem és? Isso era para mim? – Dizia Konihamaru avançando para a árvore e mantendo sempre algum contacto visual com o “adversário” que balançava as pernas “inocentemente” (quase em tom de gozo).

???- Bom já estás a querer saber um pouco demais mas pronto… - Nisto o rapaz salta da árvore e cai sobre uma perna, ao levantar-se sacode-se… Não passava de um rapaz muito pequeno (um meia-dose)… Mas notava-se algo nos seus olhos e trazia uma bolsa shinobi o que indicava ser um ninja. – Bom o meu nome é… - Surge uma pequena pausa em que o pequeno shinobi e Konihamaru trocam olhares… - Akihiko Tsukigata, e sim era contigo que estava a falar. Eu pertenço ao grupo do Rurouni e fomos nós que planeamos raptar a tua “namoradinha”.

Konihamaru- O quê?! Seu filho da p***! Onde está a Amatsu?! – Konihamaru começa a ir em direcção do pequeno shinobi mas no seu caminho põem-se Haruko e Kaoto que não o deixam passar. – Saiam da minha frente! Eu vou-lhe partir a boca toda! – Dizia Konihamaru tentando abrir caminho por entre as duas.

Haruko- Não! Não vês que é mesmo isso que ele quer? Ele está-te a testar. Provavelmente é um mero peão comandado pelo Rurouni. Ele sim é que é o culpado. – Dizia Haruko tentando fazer Konihamaru recuar e tentando empurra-lo para trás.

Akihiko- Haha… Para além de não teres conseguido proteger a tua namoradinha ainda precisas de ser protegido por miúdas? Quando o Rurouni disse que eras um fraco não estava a brincar… Ah e para que saibas, ao levar-mos a tua namoradinha ela gritou imenso… pena que não tenhas estado lá para ver. Agora se és homem anda e enfrenta-me! Estou á tua espera á saída de Suna! Aparece se tiveres coragem. – Dizia O shinobi fazendo uma “vénia” de gozo de despedida e desaparecendo nas chamas deixando apenas um rasto de fumo e fogo.

Konihamaru- Oh… Não esperes, eu estou já atrás de ti! Vais comer tantas… Nem sabes o que te espera Akihiko Tsukigata! – Konihamaru tenta saltar mas é novamente interceptado, desta vez não pelas suas duas amigas mas pelo seu sensei. – O que foi? O sensei também não quer que eu descubra onde está a Amatsu? Sensei… Por favor… Eu preciso de ir. – Dizia Konihamaru olhando para o seu sensei e com os olhos já um pouco vermelhos de raiva e ódio.

Matsuogy- Compreendo meu jovem. Mas se tu vais todos nós vamos contigo. Pode ser uma armadilha e eu não quero que sejas apanhado desprevenido. Meninas vamos! – Dizia Matsuogy começando a caminhar para o grande portão de Suna.

Konihamaru ficava especado e com uma espécie de espasmos na mão esquerda. Ficava quase sem expressão facial.

Ao passar por ele Kaoto mete-lhe a mão no ombro e diz-lhe algumas palavras. – “Não te preocupes… Nós vamos-te ajudar. Afinal é para isso que servem os amigos”. – Kaoto segue então o seu caminho logo a seguir a Matsuogy na direcção ao grande portão.

Haruko vai logo de seguida mas esta não diz nada a Konihamaru, apenas lhe agarra na mão e puxa pois o shinobi havia ficado parado no mesmo sitio e quase incrédulo com aquilo tudo.

Parte 5: A primeira luta… Prova de sangue.

Todos chegam ao grande portão e do lado de fora lá estava… Akihiko á espera de Konihamaru tal como prometera.

Akihiko- *som de palmas* - Bravo… Tiveste coragem… Estou impressionado, mas não te vai servir de nada… Eu vou dar cabo de ti. – Dizia Akihiko sarcástico.

Konihamaru- Sim pois, vamos a ver é se lutas tão bem como falas. – Dizia Konihamaru lançando um olhar odioso na direcção de Akihiko.

Akihiko- Começamos quando quiseres e ai a tua “cavalaria” de protecção o permitir. – Dizia Akihiko ainda gozando e pondo-se em posição de ataque.

Konihamaru- Vamos lá então! – E nisto Konihamaru precipita-se sobre o ninja.

Haruko- Não! Konihamaru! – Haruko começa a correr na direcção de Konihamaru mas e parada logo no inicio por Matsuogy. – Hey! O Konihamaru pode precisar de ajuda. Você é o sensei dele, porque é que em vez de me estar a parar também não o vai ajudar? – Dizia Haruko inconformada com a atitude de Matsuogy.

Matsuogy- Esta é uma luta que o Konihamaru vai ter que travar sozinho… Nós não podemos ajudar. Apenas temos que ter confiança nele. – Dizia Matsuogy olhando na direcção de Konihamaru. – “Espero e tenho a certeza que vais conseguir. A tua força interior é muito forte, mas não sobrevalorizes esse pequeno ninja.” – Pensava Matsuogy mantendo o olhar em Konihamaru que se aproximava muito rapidamente do pequeno shinobi.

Konihamaru aproximava-se do ninja e tenta uma manobra um pouco arriscada. Konihamaru pára a sua corrida já muito perto do shinobi e muda de direcção e após concentrar bastante chakra e fazer os selos necessários Konihamaru faz um Goukakyuu tentando acertar no adversário. E Konihamaru consegue mesmo mas… - Já está! – Dizia Konihamaru confiante.

Akihiko- Não tão depressa. – E nisto o shinobi dava um soco monumental a Konihamaru que o deitava por terra.

Konihamaru- UGH! Mas… Mas eu acertei-te! – Dizia Konihamaru tentando levantar-se e um pouco frustrado…

Akihiko- Fraco! Aquilo em que tu acertaste foi um mero clone… Vê se aprendes… Comigo os ninjutsus não vão funcionar… E já vais perceber porquê… - Ao dizer isto o shinobi concentra um pouco de chakra e ao fazer os selos necessários este executa também um goukakyuu deixando uma pequena escapatória a Konihamaru que a aproveita e escapa ao ataque. - *som de palmas* Bravo! Conseguiste escapar. Não é qualquer um que escapa aos meus ninjutsus… Vamos a ver o que mais consegues. E nisto o shinobi concentra mais chakra e após fazer mais selos executa o housenka lançando varias bolas de fogo pela boca.

Konihamaru conseguiu com a sua agilidade fugir ás bolas de fogo lançadas pelo shinobi. – Bravo… Tens mesmo muita agilidade… Mas a luta não é só agilidade.

Nisto Konihamaru já está um pouco mais recomposto. – Ele é perito em ninjutsu… Como o venço? Vou ter que ir por outra zona. – Pensava Konihamaru. Algo o lembra de tentar um genjutsu, então Konihamaru, após concentrar algum chakra na zona cerebral e mantendo um contacto directo com o seu adversário que se ria bastante executa o Shikumi no jutsu deixando o seu adversário a ter visões sobre a sua morte e acaba paralisado. Konihamaru aproveita e aplica-lhe um Konoha sempuu que acerta mesmo em cheio no alvo fazendo este cair e ser atirado uns 5 metros para trás na areia. Konihamaru então muito lentamente dirige-se a este. O shinobi não conseguia levantar-se pois o golpe havia sido muito forte. Konihamaru desembainha da sua Katana e puxa pela t-shirt o seu adversário para cima e aponta-lhe a katana ao pescoço. – Agora… Onde está a Amatsu? Tenho a certeza que queres partilhar comigo. – Dizia Konihamaru com um ar de raiva.

Akihiko- A única coisa que tenho para ti é este p…p…papel. Disseram-mo para te dar caso me vencesses. – E dizendo isto e com algum esforço o shinobi retira um papel um pouco amachucado do bolso.

Konihamaru atira novamente o shinobi para o meio do chão e vira costas… Mas antes de partir Konihamaru faz um corte no braço do shinobi com a sua Katana e com umas gotas de sangue que estão na ponta Konihamaru abre a carta deixada por Rurouni e passa a lamina lá fazendo com que o sangue lá ficasse numa pequena ponta e de seguida Konihamaru vira as costas e dirige-se para os seus e com um olhar de ódio para o ar impávido do seu sensei e ambas as suas amigas Konihamaru simplesmente segue em frente saindo dali e dirigindo-se para o interior de Suna.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Konihamaru Rashidori

Membro | Suna
Membro | Suna
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : hmm... No pc... senão não estava aqui DAH!
Número de Mensagens : 256

Registo Ninja
Nome: Konihamaru Rashidori
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 2434
Total de Habilitações: 112,25

MensagemAssunto: Re: [Missão Particular de Rank C] Resgate de Amatsu   Qui 8 Out 2009 - 18:56

Parte 6: Uma vitoria e mais problemas.

Assim que chegou novamente aos interior da vila de Suna, Konihamaru decidiu agarrar no dito papel e abri-lo…

Parabéns. Venceste o teu primeiro adversário… Não me surpreende… Mas muito mais te espera. Aqui está mais abaixo a localização para o teu próximo desafio… Vamos a ver se te safas deste! Calculo que te tenham já dito que sou eu o Rurouni quem tem a Amatsu. E se queres voltar a ver é bom que ás 16 horas estejas no local assinalado. Vais ter o próximo combate lá. Vamos a ver se sobrevives hahahaha. Ps: Considera isto como um jogo de vingança e o qual tu nunca vais puder vencer… Mas vamo-nos divertir. Os dados estão lançados e o relógio está a contar.

Novamente uma carta que deixava Konihamaru ainda mais intrigado. Konihamaru desdobrava-a e via novamente uma gota de sangue e uma localização. “Oásis do deserto de Suna… Aquele onde costumas ir treinar. Sim eu sei tudo sobre ti Konihamaru Rashidori!”.

Konihamaru- O quê?!?! Mas… Mas como é que ele sabe? Impossível! – Pensava Konihamaru enquanto ficava incrédulo e deixava cair a carta numa rua de Suna.

Konihamaru olhava para o relógio… era meio-dia e um quarto. Tempo suficiente para restabelecer forças. Mas não sabendo porquê Konihamaru ficava preocupado… Algo lhe dizia que Amatsu corria perigo real. - Qual era o significado das gotas de sangue? Seria um teste? – Pensava Konihamaru enquanto seguia em frente seguido dos seus companheiros.

Konihamaru- Penso que é melhor comer-mos. Vamos ter uma tarde difícil pela frente… - Dizia Konihamaru amarrotando a carta e pondo-a violentamente no bolso. Algo havia mudado, Konihamaru parecia cada vez mais furioso e começava-se-lhe a faltar bom senso e cumprimento de regras. Algo… Mudava na sua atitude. Todos caminharam até ao bar de ramen onde comeram e depois foram descansar um pouco. Todos menos Konihamaru que havia ido para um dos edifícios mais altos de Suna para pensar.

Parte 7: A criança interior.

Konihamaru- Porque é que ele a raptou? O que pensa ele ganhar com isto? Não faz sentido… Porquê o sangue? Este tipo de coisas deixa-me nervoso! Não!!!!!! Porquê!!!!!! – Konihamaru acabou por cair para o lado e ficando em estado “inconsciente”. Enquanto Konihamaru estava inconsciente a criança aparecia novamente… e desta vez ela estava triste, quase a chorar e dirigindo-se para Konihamaru. – O que se passa? O que tens? Porque não falas comigo? Quem és tu? – Perguntava Konihamaru á criança.

Criança- *sniff* *sniff* Eu… Eu sou tu… Não o deixes apanhar-me. Por favor ajuda-me! – E com isto a criança escondia-se atrás de Konihamaru.

Konihamaru via uma figura a aproximar-se… Cada vez mais… e que se tornava cada vez mais nítida… Era… RUROUNI!!!

Konihamaru- Mas que raio?!?! O que está ele aqui a fazer?!?! O que se passa aqui? – Dizia Konihamaru enquanto ia para trás e punha o braço á frente da “criança” fazendo com que esta também recuasse quando a figura de Rurouni estava suficientemente perto Konihamaru dá-lhe um soco fazendo com que esta se dissipe. – O que raio foi isto? O que se passa aqui? Como é que tu és eu? – Perguntava Konihamaru abaixando-se e agarrando na criança.

Criança- Eu sou tu. E todos os teus medos me atormentam. Aqueles que tu não queres revelar. Não adianta esconde-los porque eles só magoam mais o teu interior. Agora não te posso dizer mais nada… Adeus. – E nisto a criança começa a desaparecer na escuridão ouvindo-se apenas o seu riso inocente.

Entretanto Konihamaru é acordado por Haruko, Kaoto e Matsuogy que preocupados com ele tinham ido á sua procura.

Kaoto- Mas que raio se passou agora? Tu sonhas muito alto… - Dizia Kaoto ironicamente. – Só dizias Não… Não… NÃO!!!!!! – Mas o que se passou? – Perguntava Kaoto já preocupada.

Konihamaru- Nada nada. – Konihamaru olhava para o relógio… já eram 15 horas. – Vamos. Não podemos perder tempo. O próximo adversário espera-me.

Parte 8: A luta… O ódio começa a tomar posse.

Os três gennins acompanhados por Matsuogy assim foram na direcção do pequeno oásis. Ao chegarem vêm a descansar junto de uma palmeira um outro shinobi. Konihamaru dirige-se então a ele, mas é surpreendido quando este salta e o tenta atacar com uma kunai. – Pensavas que estava a dormir? Enganaste-te. És mesmo burro! - E nisto o shinobi salta para trás. – Bom é melhor saberes o nome do grande lutador que te vai matar… o meu nome é… - Momento de suspense. – Naoki Hanamura. Espero que estejas preparado pois este é o teu final. O ninja que enfrentaste antes de mim era muito fraquinho, já eu… Vou dar cabo de ti! – Dizia o shinobi confiante enquanto avançava com a sua kunai para Konihamaru confiante de que lhe ia fazer algum dano. Konihamaru consegue-se escapar aos seus ataques insessantes com kunais e, Konihamaru, após concentrar um pouco de chakra e fazer os selos necessários, Konihamaru executa o goukakyuu acertando em cheio no shinobi deitando todas as suas esperanças de vitória no combate por terra. Este combate havia sido rápido e fácil para Konihamaru. Novamente Konihamaru aproxima-se do shinobi e pergunta-lhe o mesmo que perguntou ao anterior. – Onde está a Amatsu? O que é que o Rurouni lhe fez? Diz-me! – Gritava Konihamaru ao ninja.

Naoki- Bravo. Vem… UGH… Venceste-me. Pois mas não te posso dizer onde está a Amatsu… Só tenho um papel para te entregar. – Nisto o shinobi saca do bolso um outro papel para Konihamaru.

Konihamaru novamente agarra no papel e deita o shinobi para perto da água, é então que novamente Konihamaru se dirige ao shinobi e com a sua katana corta-o na cara e com as gotas de sangue que ficam na sua lamina, Konihamaru abre novamente a primeira carta e passa a lamina da sua Katana com o sangue de Naoki junto ao sangue do outro shinobi. Konihamaru parecia estar a gostar de causar dor aos seus inimigos. As regras não se aplicavam e cada vez mais Konihamaru parecia estar a mudar. Novamente se dirige para perto dos seus amigos e se retira, mas desta vez Konihamaru no meio de tanta indiferença da sua parte solta um esgar malvado.

Kaoto- O que acabou de acontecer? – Dizia Kaoto sem reconhecer o seu amigo.

Haruko- Não sei… Mas acho que tenho medo de descobrir. – Dizia Haruko olhando preocupada na direcção de Konihamaru.

Todos assim se retiraram novamente para suna e Matsuogy foi dar noticias sobre o caso ao Kazekage. Já era tarde e então Konihamaru decide abrir a carta para lê-la.

Bravo… Mais uma vitória? Sim senhor estás mesmo a surpreender-me! Se não estivesse contra ti até gostava de te fazer meu aliado. Mas tens que sofrer! Ninguém desafia Rurouni! Como prova da minha consideração por ti digo-te que o teu próximo combate só vai ser amanhã. Aproveita para descansares nesta tua ultima noite pois amanhã acabam-se os teus dias!

Novamente uma carta de Rurouni, algo que já começava a irritar Konihamaru. – Porque é que nunca mais encontro a Amatsu? Porque é que ele nunca mais aparece. – Konihamaru amarrotava a carta e gritava para o céu. – Estás com medo?! Aparece onde quer que estejas?! Solta a Amatsu! É a mim que tu queres!! Vem-me buscar então! – Dizia Konihamaru pondo-se de joelhos e batendo no chão.

Haruko vem buscar Konihamaru e ambos vão para casa. Mas nem um nem outro nessa noite conseguem dormir muito.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Konihamaru Rashidori

Membro | Suna
Membro | Suna
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : hmm... No pc... senão não estava aqui DAH!
Número de Mensagens : 256

Registo Ninja
Nome: Konihamaru Rashidori
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 2434
Total de Habilitações: 112,25

MensagemAssunto: Re: [Missão Particular de Rank C] Resgate de Amatsu   Sab 10 Out 2009 - 17:07

Parte 9: A manhã final…

Na manhã seguinte Konihamaru levanta-se com um barulho estranho vindo da parte de fora de sua casa. Intrigado com o que se passava Konihamaru resolve espreitar pela janela. - Outro shinobi com um habito (veste) estranho… Será que pertence ao grupo do Rurouni? – Pensava Konihamaru enquanto se vestia e descia as escadas para ir ver quem era e o que queria.
Ao chegar lá abaixo, Konihamaru abre a porta e para seu espanto o shinobi tinha já partido. Konihamaru sai de casa e procura o ninja por toda a parte mas nem sinais dele. Ao voltar para casa, Konihamaru repara numa kunai presa na sua porta e que prendia uma carta. Não havia mais duvidas que o shinobi fazia parte do grupo de Rurouni, aliás, quem mais poderia ser? Ninguém deixava assim uma carta na porta de um estranho e uma carta que contivesse a mesma prova que todas as outras. Uma prova de sangue. Konihamaru regressa a casa com a carta nas mãos e senta-se no seu sofá preparando-se para a ler.

Hum… Pronto. A brincadeira acaba hoje, Hoje vais ter as tuas ultimas lutas e morres. Queres jogar a um jogo? Vence todos os teus oponentes e podes conseguir ver a Amatsu novamente. Sinto-me piedoso por isso vou-te dar uma pista… A Amatsu está numa torre nas profundezas do deserto… Mas não penses que está lá sozinha. Ela está guardada pelos meus guardas de elite… Não vai ser fácil e provavelmente vais morrer… Mas isso é bom para mim. De qualquer uma das formas eu é que ganho… Vamos a ver se tens coragem para aparecer.

A carta lançava novamente um desafio… E novamente o sangue… Mas qual seria o seu significado? – Uma torre no meio do deserto? Posso levar décadas a acha-la… Mas a Amatsu não tem décadas… E isto tem que ter mais pistas… Vamos ver… O que é que todos os sítios têm em comum… Já sei! – Dizia Konihamaru confiante de ter achado a resposta… - Ambos os ninjas estavam numa linha recta a dirigir-se mais para o interior do deserto… Se for assim então a torre fica para lá. – Pensava Konihamaru na esperança de ter achado a resposta.

Entretanto Haruko acorda e vai para o pé de Konihamaru onde vê o mesmo com uma carta… Outra carta.

Haruko- Então, mais uma carta? – Perguntava Haruko um pouco preocupada.

Konihamaru- Sim e desta vez vai ser a batalha final… Eu já sei onde está a Amatsu. – Dizia Konihamaru olhando bem nos olhos de Haruko.

Haruko- Então do que estamos á espera? Vamos salva-la. – Dizia Haruko levantando-se rapidamente e indo buscar as suas coisas shinobi.

Konihamaru- Calma. Precisamos de mais tempo. Precisamos que Matsuogy-sama e a Kaoto cheguem cá. A partir daí delineamos uma estratégia e partimos para o salvamento. Mas antes disso vou ao gabinete do Kazekage. – Dizia Konihamaru caminhando para a porta. – Não me demoro. Esperem por mim aqui quando Matsuogy sensei e a Kaoto chegarem. – Dizia Konihamaru fechando a porta atrás de si.

Haruko- H…Hai. – Dizia Haruko meio preocupada com Konihamaru.

Chegando ao gabinete do Kazekage Konihamaru bate á porta.

Konihamaru- Posso entrar Kazekage-sama? – Dizia ele abrindo um pouco a porta e espreitando lá para dentro.

Parte 10: Ory Kahuru… O sensei desconhecido.

Kazekage- Ah Konihamaru, entra, entra… Ia mesmo agora mandar chamar-te. Tenho novidades. – Dizia Kazekage um pouco animado.
Konihamaru- Óptimo e eu também tenho. – Dizia Konihamaru que ia entrando no gabinete e olhando em volta vê um homem já com uma idade avançada perto do kazekage. – Ah… peço desculpa senhor. Vejo que está ocupado. Talvez seja melhor voltar mais tarde. – Dizia Konihamaru enquanto se dirigia novamente para a porta.

Kazekage- Não! Isto diz-te respeito. Volta já para aqui! – Dizia Kazekage levantando-se muito rapidamente da sua cadeira e falando com um ar um pouco chateado.

Konihamaru- Ok. Então mas quem é este senhor? – Perguntava Konihamaru olhando na direcção do homem.

Kazekage- Este é o antigo sensei do Rurouni, Ory Kahuru. Mas ele já se apresenta melhor e te explica as coisas. O que interessa é que isto foi o que o esquadrão urso conseguiu arranjar. Eu disse-lhes para agora deixarem as coisas por tua conta porque sei que tu não querias que fosse de outra forma. – Dizia Kazekage cruzando os dedos e olhando para Konihamaru que fixava o homem que era o antigo sensei de Rurouni.

Ory Kahuru- Olá meu rapaz. – Dizia o homem a Konihamaru.

Konihamaru- Onde… Está… o Rurouni? Onde está a Amatsu?! – Dizia Konihamaru serrando os punhos e meio nervoso.

Kazekage- Calma Konihamaru. Ele não é o inimigo. – Dizia Kazekage vendo a expressão de Konihamaru.

Ory Kahuru- A única coisa que eu sei é que já não vejo o Rurouni á muito… muito tempo. Ele era o meu melhor aluno, mas tinha ciúmes do seu irmão. O Rurouni costumava ser bom rapaz mas os ciúmes tomaram conta dele e um dia durante uma luta que eu organizei entre os dois para testar ambas as suas capacidades. Mas os ciúmes sobrepuseram-se e Rurouni acabou por matar o seu irmão. Ambos eram fortes e muito astutos, mas Amarichi Kuruno, o irmão do Rurouni, não estava á espera que o Rurouni o tentasse matar. E assim Rurouni tornou-se num nukenin.

Kazekage- Como podes ver é preciso ter cuidado com o Rurouni. Alguém que mata o próprio irmão por ciúmes é bem capaz de matar qualquer outra pessoa. Sugiro-te que tenhas bastante cuidado. – Dizia Kazekage com um ar um pouco preocupado.

Konihamaru- Sabe onde ele se encontra? Algum sitio? Acho que ele falou numa torre numa carta que me mandou. – Perguntava Konihamaru a Ory Kuhuru.

Ory Kuhuru- Uma torre huh? Sou capaz de saber. Sabes o local para onde nós costumávamos ir treinar ficava bem no meio do deserto e lá junto havia uma torre. Rurouni e Amarichi passavam lá bastante tempo. Posso-te dar a localização. – Diz Ory Kuhuru retirando um pequeno mapa do bolso e dando a Konihamaru. - Eles haviam perdido os pais numa guerra e eu era a única família que lhes restava… Talvez se eu fosse diferente… Nada disto tivesse acontecido. Perdoem-me Rurouni e Amarichi… Perdoem-me por não ter dado o meu melhor. – Dizia o homem deixando cair umas lágrimas pelo canto dos olhos.

Konihamaru- Kazekage-sama vou ter que ir. Não há tempo a perder. Pelo que vi e constatei e agora com aquilo que Ory-sama disse, Amatsu corre mesmo um perigo real. Desculpe mas agora tenho que ir. – Dizia Konihamaru dirigindo-se para a porta em passo apressado.

Kazekage- Vai, vai. Conto contigo para salvares a Amatsu. Sei que és capaz. Mas cuidado que o Rurouni é forte. Podes esperar de tudo vindo dele! – Dizia Kazekage alertando o pequeno shinobi.

Konihamaru- Hai Kazekage-sama!

Parte 11: A busca infindável. (Resumo)

E com isto Konihamaru sai do gabinete do Kazekage e dirige-se para sua casa onde nesta altura já deveriam estar todos reunidos á sua espera.

Konihamaru- Cheguei e já sei onde está a Amatsu! Vamos. Não temos tempo a perder. – Disse Konihamaru ao entrar em casa ofegante e vendo que já estavam todos á sua espera.

Parte 12: A torre amaldiçoada.

Então todos saíram e dirigiram-se para o local. Passadas 3 horas chegavam perto do que parecia ser o local. – Segundo o mapa, a torre fica mesmo por detrás desta duna. – Dizia Konihamaru enquanto subia á duna para ver a torre. E de facto a torre estava lá. Não era uma torre muito imponente mas parecia estar bem protegida. Konihamaru conseguia ver alguns rapazes á porta e esperava que mais estivessem lá dentro. – Vamos… Não há tempo a perder! – Dizia Konihamaru levantando-se e tentando correr. Mas era puxado por Matsuogy. – Então! Já sabemos onde a Amatsu… Vamos salva-la. – Dizia Konihamaru tentando soltar-se e levantar-se.

Matsuogy- Calma! Vais assim? Sem nenhum tipo de plano? Assim não tens qualquer tipo de hipótese. – Dizia Matsuogy puxando novamente Konihamaru. – Vamos fazer um plano. Tu e eu vamos derrotar os rapazes que estão á entrada e depois a Kaoto e a Haruko vêm ter connosco. – Dizia Matsuogy olhando para os 3 gennins.

Kaoto- Hey mas eu também queria ir lutar! – Diz Kaoto com uma kunai na mão e perdendo um pouco de vontade.

Matsuogy- Agora fazemos assim. Lá dentro todos vamos ter oportunidade de lutar. Agora vamos Konihamaru. – Diz Matsuogy sensei.

Então os dois ninjas caminham um pouco e param um pouco mais á frente. Matsuogy após concentrar uma grande quantidade de chakra e fazendo os selos necessários, Matsuogy executa o Fuuton, Renkuudan. Konihamaru após concentrar também um pouco de chakra e fazendo os selos necessários faz um Goukakyuu que juntamente com o Renkuudan deitam os adversários ao chão e rebentam com a porta da frente.

Entretanto…

Rurouni- Hahaha eles estão a chegar… Pena que não possas ficar aqui para assistir á morte do teu namoradinho minha querida… huhuh – Dizia Rurouni do topo da torre agarrando no queixo de Amatsu que depois soltava e mandava ao chão. – Souji, Asahi! Levem-na daqui para o telhado e… mas esperem.. eu faço isso… Vocês preparem-se para a batalha.

Souji e Asahi- Hai, Rurouni. – Dizem os ninjas saindo a correr do lugar.

Rurouni- Huhu… Os dados já foram lançados e esta é a tua ultima jogada Konihamaru Rashidori. Agora vamos a ver como te sais.

(voltando a Konihamaru…)

Parte 13: Os shinobis infinitos… ou não.

Após derrotarem os shinobis facilmente e rebentarem com as portas, Matsuogy e Konihamaru chamam Kaoto e Haruko que com um shunshin se põem rapidamente no local. Então eles entram… A torre tinha um hall bastante grande e uma grande escadaria. Não vendo ninguém no hall os shinobis começam a subir. E no 1º andar estava um outro ninja á espera deles…

Ninja- Bravo. Fizeram o vosso caminho até aqui. Mas daqui vocês não passam! Vocês vão morrer nas mãos de Hikaru Takashi! – Dizia o ninja barrando o caminho dos três gennins. É então que Kaoto toma a dianteira e se dirige ao ninja pronta a lutar. – Vão! Subam! Não percam tempo… Eu tomo conta deste aqui. – Dizia Kaoto tentando cortar o shinobi com a sua kunai e fazendo sinal aos seus amigos para seguirem.

Este ninja era um pouco alto e parecia ser corpulento mas Kaoto conseguiria acabar com ele com alguma sorte facilmente.

Konihamaru- Mas… Mas… - Tentava dizer Konihamaru não conseguindo acabar pois era puxado por Matsuogy e por Haruko que seguiam para o próximo andar.

Matsuogy- Anda. A Kaoto é forte e vai conseguir safar-se. Nós temos que salvar a Amatsu. Força Kaoto. – Dizia Matsuogy puxando Konihamaru que era obrigado a subir.

Konihamaru- Não! Não a podemos deixar aqui sozinha. – Dizia Konihamaru revoltado.

Kaoto- Vai! Despacha-te. – Gritava Kaoto para Konihamaru que começava então a subir as escadas para o próximo piso. – Agora nós… Espero que estejas preparado para morrer. – Dizia Kaoto pondo-se novamente em posição de ataque.

Hikaru- Dá-me tudo o que tiveres! – Dizia o ninja deitando um pequeno esgar e confiante da sua vitória.

Entretanto já no patamar de cima outro ninja aparecia.

Ninja- Conseguiram derrotar o primeiro shinobi… Não importa… Ele era fraco. Mas não passam por mim! O meu nome é Yamato Ichijo! E vou-vos matar. – Dizia o ninja confiante mas um pouco assustado pois Konihamaru não vinha sozinho.

Desta vez era Haruko que tomava a dianteira. – Vão. Ele não me vai conseguir fazer nada. Vão salvar a Amatsu.

Novamente Konihamaru e Matsuogy subiam para o próximo patamar.

Este shinobi era um pouco gordo e lutava com um pacote de batatas nas mãos.

Haruko- Vais lutar assim? Das duas uma… Ou estás a gozar comigo ou queres morrer. – Dizia Haruko pondo-se em posição de ataque.

Yamato- Não me substimes. Luta apenas. – Dizia este shinobi que por nervoso comia cada vez mais batatas.

Já no próximo andar aparece um ninja que parece bastante forte… Um rapaz algo e com bastantes armas. Aquele patamar tinha vidrais com todo o tipo de armas e equipamentos de tortura. Parecia uma casa de tortura. – Então… Chegas-te até aqui… E trazes companhia… Pois bem vai ser um prazer desfazer-vos. O meu nome é Asahi e vou ser o vosso fim! – Dizia o shinobi enquanto sacava de duas espadas das suas costas.

Matsuogy punha-se á frente de Konihamaru e nem precisando de dizer nada, apenas com o olhar de Matsuogy, Konihamaru soube logo o que ele pretendia.

Matsuogy ao ver que o shinobi não ia deixar Konihamaru concentra um pouco de chakra e após fazer os selos necessários executa um fuuton, daitoppa cegando momentaneamente o adversário dando hipótese a Konihamaru de subir para o próximo andar. – Agora! Vai Konihamaru! Salva a Amatsu. – Dizia Matsuogy prendendo o seu adversário.

Konihamaru- Hai sensei! – Dizia Konihamaru subindo as escadas apressadamente.

Konihamaru subia e perguntava-se a si mesmo quantos mais pisos havia. Ao chegar ao piso seguinte Konihamaru vê um shinobi sentado.

Ninja- Finalmente! Estava a ver que não. – Diz este levantando-se e sacudindo qualquer pó das calças.

Konihamaru- Mas quando é que isto acaba? Tenho pressa! – Dizia Konihamaru já um pouco farto de tantos andares.

Ninja- Não te preocupes… Para ti vai acabar já… Pena que não possas salvar a tua namoradinha… Mas eu não te vou deixar passar. A tua vida e demanda acabam aqui! – Dizia o ninja dirigindo-se a Konihamaru a grande velocidade com uma kunai na mão.

Konihamaru desvia-se e evita ser cortado pela kunai do adversário que rapidamente se recompõe do seu ataque falhado. – Bravo… Escapaste bem. Pareces ser rápido… Mas isso não te chega. Eu sou Souji! O senhor dos genjutsus. – Dizia o ninja fazendo uma pose á GUY sensei mas falhada.

Entretanto Konihamaru aproveita para aparecer com um movimento rápido por detrás do ninja e apontando-lhe a katana ao pescoço sussurra-lhe. – E eu sou Konihamaru Rashidori… O teu pior pesadelo! – E dando um pontapé nas costas põe o adversário longe de si.

Souji- Agora vais sofrer. – E dizendo isto o ninja concentra algum chakra na sua zona cerebral e executa o Nakarumi fazendo com que Konihamaru não se apercebendo veja os seus companheiros muito mal.

Konihamaru começa a ver os corpos dos seus amigos (incluindo o seu sensei) a serem trazidos nos braços dos outros shinobis e a serem deitados no chão á sua frente. Os corpos estavam cobertos de sangue. – Eles estão mortos! Impossível! Não… não pode ser! – Dizia Konihamaru paralisando por um pouco. Mas passado pouco tempo algo despertava a atenção de Konihamaru. – Matsuogy sensei é um jounin muito forte. Não era qualquer um que o derrotava. Isto só pode ser um genjutsu. E com isto Konihamaru concentra uma consideravél quantidade de chakra na sua cabeça e grita Kai! Libertando-se assim do efeito do genjutsu do adversário. Mesmo assim Konihamaru não é suficientemente rápido e é cortado na zona abdominal com a kunai do inimigo que vendo que este estava preso no genjutsu se lançou a ele para atacar.

Konihamaru salta para trás e acaba por cair e pondo a mão na barriga vê que estava a sangrar, mas nada de grave. Konihamaru levanta-se e continua a luta. Konihamaru parte para o seu adversário que desprevenido de um ataque leva com um Konoha sempuu mesmo em cheio seguido de um conjunto de cortes laterais da Katana de Konihamaru que deixam o adversário no chão sem se puder mexer. – Boa… Venceste! O teu prémio está lá em … UGH… cima com o mestre… Mas não o vais levar hahaha… Com o nosso mestre não tens hipotese! Vais morrer. Só tenho pena de não ter sido eu a matar-te. Mas sei que vais morrer… - Dizia o ninja enquanto cuspia sangue e antes de ficar inconsciente.

Parte 14: A luta final… A morte do vilão

Konihamaru- Isso é o que vamos ver… - Dizia Konihamaru guardando a sua katana e seguindo para o próximo e possivelmente ultimo andar. As escadas iam dar a um terraço onde estava Rurouni com Amatsu á frente e uma Katana apontada ao seu pescoço. – Larga-a! Ela não tem nada a ver com isto! – Dizia Konihamaru desembainhando da sua katana e apontando-a na direcção de Rurouni.

Rurouni- Oh… Não… Muito pelo contrário… Ela tem tudo a ver. E tu achas que se eu a soltasse mesmo assim tu ias conseguir sair daqui vivo? – Dizia Rurouni rindo-se de Konihamaru.

Konihamaru- Não me subestimes! Eu consigo vencer qualquer bandalho como tu! Solta-a já disse! – Gritava Konihamaru para Rurouni.

Rurouni- Hahahaha puto estúpido. Mas tudo bem. Cá vai ela! – Então Rurouni faz um corte profundo em Amatsu e lança-a na direcção de Konihamaru.

Konihamaru- Seu filho da p*ta! Eu vou vinga-la! E vou vingar também o teu irmão Amarichi! Vais morrer! – Dizia Konihamaru pondo Amatsu em segurança e pondo-se pronto para o combate.

Rurouni- Amarichi!?!? Nunca… Mas nunca mais refiras esse nome! Ele teve o que merecia! Ele era uma pedra no meu sapato da qual eu tive que me livrar! – Dizia Rurouni gesticulando muito e ficando muito nervoso.

Entretanto as amigas e o sensei de Konihamaru chegavam…

Kaoto- Konihamaru!!!!!! – Gritava Kaoto vendo Konihamaru e Rurouni frente a frente.

Konihamaru- Vão! Esta luta é minha! Levem a Amatsu para baixo e eu já lá vou ter convosco. – Ordenava Konihamaru a eles que cumpriam sem levantar qualquer resposta.

Matsuogy- Cuidado meu jovem e que a força esteja contigo. – Dizia Matsuogy enquanto agarrava em Amatsu juntamente com Kaoto e Haruko e a levavam para baixo.

Rurouni- Então? Mandaste a cavalaria embora? Um grande erro e agora vais morrer por ele. – Dizia Rurouni sacando de uma espada com umas inscrições nela e apontando a Konihamaru.

Konihamaru- Vamos a isso. – Dizia este partindo na direcção de Rurouni.

Um estranho vento levantava-se e Rurouni corria também na direcção de Konihamaru. Ambos chocavam um contra o outro e as suas espadas começavam a fazer alguma fricção lançando algumas faíscas. Ambos saltam para trás e tentam tácticas diferentes. – Boa espada essa ai! Vou gostar de a usar quando te matar. É pena que sejas dos bons… Gostava de te ter como meu aliado. – Dizia Rurouni espantado com as capacidades de Konihamaru.

Konihamaru- Deixa-te de conversas e luta! – E com isto Konihamaru concentra um pouco de chakra na zona cerebral e executa o shikumi tentando aprisionar Rurouni num seu genjutsu, mas sem qualquer efeito, pois Rurouni facilmente sai do mesmo.

Rurouni- Hahaha- Só tens isso? Não é assim que me vais ganhar! – Dizia Rurouni rindo-se de Konihamaru. – Deixa-me mostrar-te como se luta… - Após dizer isto e lançar novamente um sorriso sarcástico, Rurouni concentra uma quantidade considerável de chakra e após fazer os selos necessários este executa o raikyuu lançando uma esfera de raios a Konihamaru, que á distancia em que estava acertou mesmo em cheio jogando Konihamaru ao ar. – És meu! – Dizia Rurouni confiante de que já havia vencido o combate dirige-se a Konihamaru e tenta-lhe aplicar um Konoha Dai Senpuu, mas Konihamaru apercebendo-se disso concentra algum chakra e utiliza o ninpou! Hari jizou fazendo com que Rurouni se espete nos espinhos do cabelo de Konihamaru ficando assim todo cortado. A ferida que Konihamaru havia começado a dar problemas. – UGH! O que se passa!? – Dizia Konihamaru sentindo uma grande dor na barriga e quando lá punha a mão via mais sangue a sair. – Não pode ser! Isto não me pode lixar! – Pensava Konihamaru tentando levantar-se.

Rurouni- UGH! Tenho que admitir que tens muito espírito… Mas não tens força que chegue para me derrotar! – Dizia Rurouni enquanto caminhava lentamente em direcção a Konihamaru. – A tua demanda acaba aqui! Não esperes sair daqui com vida! – Então Rurouni após dizer isto tenta dar um konoha sempuu em Konihamaru que acerta mesmo em cheio e lança o ninja bem para longe. Konihamaru fica imóvel no chão e Rurouni dirige-se a ele. Mas quando lá chega muito perto Konihamaru abre os olhos e num movimento rápido espeta a sua Katana em Rurouni numa tentativa de acabar ali com o combate. A Katana trespassa Rurouni e o shinobi cai ali. Konihamaru levanta-se e agarra Rurouni pelo cabelo e diz algumas palavras a este já inconsciente. – Não é a minha vida que vai acabar aqui! É a tua! Agora penso que todos estão vingados. Até nunca mais Rurouni! – E nisto Konihamaru que vê a espada de Rurouni ali ultiliza-a e corta o pescoço do mesmo causando-lhe a morte. Com o sangue na espada Konihamaru agarra na primeira carta e mete o sangue de Rurouni lá e depois deixa-a ao lado deste.

O Ninja decide ficar com a espada de Rurouni e desce para ir ter com os seus amigos. Mas quando chega ao pé dos mesmos desmaia devido ás varias feridas e ao esgotamento. E só acorda um dia depois no hospital com Kaoto, Haruko, Matsuogy, Kazekage-sama e alguns médicos á sua volta.

Kaoto- Conseguimos Konihamaru! Salvámos a Amatsu! – Dizia Kaoto contente.

Kazekage- Bom trabalho meu jovem! Aliás bom trabalho o de todos! Fizeram um muito bom trabalho e conseguiram salvar Amatsu. Rurouni foi encontrado morto na dita torre.

Konihamaru vira a cara nessa altura e vê Amatsu numa cama ao lado. – Ela… UGH… Ela está bem? – Perguntava Konihamaru a todos os presentes.

Médico- Só o tempo o dirá. Agora tens que descansar. Estás muito fraco. – Dizia o médico.

Konihamaru acabava então por voltar a cair num sono profundo mas com um sorriso nos lábios.

Eu sabia que te conseguia salvar… Afinal a união faz a força


Fim da missão!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Madeira

Membro | Kumo
Membro | Kumo
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 20
Localização : My World
Número de Mensagens : 4667

Registo Ninja
Nome: Seyur & Suiho
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 2235
Total de Habilitações: 265,75

MensagemAssunto: Re: [Missão Particular de Rank C] Resgate de Amatsu   Dom 11 Out 2009 - 14:50

Konihimaru

Força: 2,5 + 0,25 = 2,75
Agilidade: 3,75 + 0,75 = 4,5
Controlo de chakra: 6,5 + 0,75 = 7,25
Raciocínio: 2,5 + 0,25 = 2,75
Constituição: 4,25 + 0,5 = 4,75

Ninjutsu: 6,5 + 0,5 = 7
Taijutsu: 3,75 + 0,25 = 4
Kenjutsu: 2,75 + 0,75 = 3,5
Genjutsu: 3,25 + 0,5 = 3,75
Selos: 4,5 + 0,25 = 4,75
Trabalho de Equipa: 2,75


4,75 / 7


Comentários: Nada a acrescentar, recebeste a recompensa na sua totalidade...

Actualizado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado





MensagemAssunto: Re: [Missão Particular de Rank C] Resgate de Amatsu   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Missão Particular de Rank C] Resgate de Amatsu
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Sunagakure :: Missões :: Missões Arquivadas-
'); }