Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Missão Rank A - Acampamento de Nukenins

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Horns

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 32
Localização : Num quiosque perto de sí.
Número de Mensagens : 2299

Registo Ninja
Nome: Sueji Hozuki
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 2683
Total de Habilitações: 182

MensagemAssunto: Missão Rank A - Acampamento de Nukenins   Dom 13 Set 2009 - 0:58

Nome: Acampamento de Nukenins
Rank: A
Descrição: Soubemos da localização de um acampamento de Nukenins, assinalei no vosso mapa. Sabemos que Nukenins importantes de Rank B e um ou dois de Rank A estão lá escondidos. Peço-vos para irem lá e destruirem tudo literalmente, mas cuidado porque há vigias em toda a volta. O capitão da ANBU Kankurou irá acompanhar quem fizer esta missão.
Recompensa: 2400 ryo + 2 scrolls + 1 ponto de cumprimento
Número Mínimo de shinobis: 1 Jounin
Número Máximo de shinobis: 3 Jounin
Personagem acompanhante adicional: Kankurou e dois ANBUs do seu esquadrão
Shinobis inscritos: Kiba
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kiba

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Puorto
Número de Mensagens : 3441

Registo Ninja
Nome: Seizon
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 900
Total de Habilitações: 52,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank A - Acampamento de Nukenins   Dom 13 Set 2009 - 1:02

Inscrevo-me, xd

inscrito xd
Voltar ao Topo Ir em baixo
Horns

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 32
Localização : Num quiosque perto de sí.
Número de Mensagens : 2299

Registo Ninja
Nome: Sueji Hozuki
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 2683
Total de Habilitações: 182

MensagemAssunto: Re: Missão Rank A - Acampamento de Nukenins   Dom 13 Set 2009 - 1:04

Podes começar Kiba... Não há mais Jounins ou Chuunins xd
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kiba

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Puorto
Número de Mensagens : 3441

Registo Ninja
Nome: Seizon
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 900
Total de Habilitações: 52,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank A - Acampamento de Nukenins   Dom 13 Set 2009 - 1:06

Vou só tentar fazer a estrutura e ideia base da missao e começo Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kiba

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Puorto
Número de Mensagens : 3441

Registo Ninja
Nome: Seizon
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 900
Total de Habilitações: 52,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank A - Acampamento de Nukenins   Seg 14 Set 2009 - 1:35

Kiba, com a sua mochila às costas, preparava-se perto do portão de Suna para partir rumo à Vila Oculta na Folha quando um rapaz chega perto de si, um pouco mais velho, com um scroll na mão.
- Kiba-san! O Kazekage Arashi enviou-lhe uma mensagem, pelos vistos urgente… Uma missão de rank A. – diz o Chuunin, com várias gotas a escorrer pela sua face morena.
- Hai , hai. Vêm? – pergunta Kiba à sua fiel equipa.
- Talvez seja melhor não Kiba-kun. O Arashi não nos chamou por alguma razão e nós ainda temos uns treinos para fazer. Leva estes scrolls para ires lendo no caminho, e tenta executar essas técnicas quando tiveres em acção. – diz Hankei entregando um scroll que dizia “Genjutsus”.
- Hai. Bem, dá cá o scroll para ver o que se passou. – diz Kiba estendendo a mão ao Chuunin que por sua vez dá o scroll a Kiba. Kiba com dois scrolls na mão, abre o dado pelo rapaz que o viera chamar e começa a lê-lo:

“Soubemos da localização de um acampamento de Nukenin.. Sabemos que Nukenins importantes de Rank B e um ou dois de Rank A estão lá escondidos. Peço-te que venhas ter ao meu escritório para formalizarmos o pedido da missão e a tua integração nesta com o Capitão do 1º Esqudrão da ANBU, Kankuro e mais dois dos seus homens.

Com urgência,
O Kazekage Arashi.”

- Muito bem então… Bem, pessoal, treinem muito! – diz Kiba deixando a sua mochila e desaparecendo, sendo logo seguido pelo Chuunin.

Entre pulos, correrias e Shunshins, os dois shinobis chegaram rapidamente à mansão do Kage onde já se encontrava Kankuro e dois ANBU do seu esquadrão que ainda se encontravam no seu uniforme de “não-combate” sendo este uma capa de tom beje que lhes cobria o corpo todo e com um carapuço deixando assim só uma máscara que representava um animal à mostra. O Kazekage, sempre ostentando aquela horrível cicatriz no olho esquerdo, circulava pela sala um pouco impaciente.
- Ohayo. – diz Kiba entrando na sala, com um ar sereno, mas de poder e autoridade. Apesar de ser a pessoa mais fraca daquela sala sem contar com o Chuunin.
- Kiba-kun, estávamos à tua espera! Bem, este é o Kankurou, como já deves ter ouvido falar e este é o Genryuu e este o Nikudo. – diz o Kage, sem muitas demoras.
- Hajimemashite. – diz o Jounin fazendo uma pequena vénia. – Então, o que se passa mesmo?
- Parece que uns palermas duns Nukenins abancaram a alguns quilómetros da vila, num oásis com uma vegetação mais densa que o normal, e nós temos uma boa oportunidade de os caçar. São inimigos da Nação Shinobi de Rank B, maior parte. Ouvimos dizer que também há um ou dois de rank A… - diz Kankuro, um rapaz de vestes negras e de carapuço. Tinha uma espécie de “pinturas” na cara, roxas, que Kiba não conseguia decifrar.

- Muito bem então… como é que é o acampamento? – diz Kiba tentando compreender mais ou menos o que haveriam de fazer.
- Pelo que alguns colegas nossos disseram… é composto por múltiplas tendas e tem umas espécie de torres de vigia artesanais, feitas de madeira, de apenas dois metros e meio. Colocaram também algumas estacas à volta do acampamento e guardam-no bem.. têm sempre alguém nas quatro torres e sempre alguém a rondar. – diz Nikudo, que segurava um scroll e o ia analisando lentamente. Era um esboço do acampamento, o qual tinha sido desenhado pelos membros da ANBU que observaram o acampamento, à vinda duma missão. – os nossos colegas não intervieram porque vinham exaustos duma missão.
- Bem, vou dar a minha opinião. Acho que temos de atacar o mais rápido possível, de surpresa. Esse é o nosso melhor elemento. Temos que começar por eliminar aquele que anda a rondar, e depois, os que estão na torre… após isso, usamos o Henge transformando-nos nos que capturamos anteriormente e entramos na vila, atacando por dentro fazendo uma espécie de implosão. – analisa Kiba, tentando estabelecer uma possível estratégia quanto ao ataque.
- Parece-me bem.. se correr alguma coisa mal, lutem com tudo o que têm. Mas não falhem esta missão! – diz Arashi, fazendo estremecer um pouco alguns objectos metálicos que ali se encontravam.
- Hai! – disseram os quatro em uníssono.

Os quatro shinobis saíram apressadamente do gabinete do Kazekage e dirigiram-se rapidamente para o portão, onde entregaram aos Chuunins de serviço os papeis da missão, para poderem saber o porquê da saída dos quatro, apesar de não ser preciso aquela burocracia toda.
Após isso, iniciaram a sua viagem até ao acampamento. Enquanto iam, a um passo largo, Kiba retirou o scroll que Hankei lhe havia dado. Nesse mesmo scroll estavam as descrições de quatro Genjutsus, dum rank bastante elevado, e ao lado a explicação de como os executar.
- “Que se tem de concentrar chakra a nível cerebral sei eu…” – Kiba estudava os jutsus com a maior dedicação, para quando os usasse em acção, não falhassem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
L Mars

Membro | Iwa
Membro | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 25
Número de Mensagens : 9651

Registo Ninja
Nome: Arice Tsukihoshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 875
Total de Habilitações: 56,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank A - Acampamento de Nukenins   Seg 14 Set 2009 - 23:32

Vou entrar tambem nesta missão.

Falei com o Kiba e a restante staff e não houve nada contra á minha entrada na missão. Por isso esta missao acaba de ser de dois ninjas.
__________________________________________________________________________


-- Afhhh - Dizia Maiko caminhando pelas ruas de Suna depois de tudo o que le acontecera naquela manhã. Estava aborrecido. Aquela visita a Suna estava a demorar mais tempo do que era normal, e Hitomi não dava noticias nenhumas do que andava a fazer ultimamente. Maiko olhava para a torre do Kazekage. Num momento de pouca lógica decidiu ir falar com o Kazekage, pedir-lhe alguma missão que este podesse fazer, nem que fosse só para estar entretido com alguma coisa. Precisava de desanuviar e fazer algum treino enquanto estivesse em Suna. Começou a saltar de telhado em telhado até chegar ao centro de Suna.

Duas pancadas secas e rapidas ouviram-se vindas da porta.
-- Entre. - disse uma voz masculina do outro lado.
-- Pode-se? - perguntava Maiko abrindo a porta lentamente. Com um aceno da cabeça de Arashi este entrou.
-- Maiko... O que te trás por aqui? - dizia o Kage olhando-o de alto a baixo num tom meio distante. Parecia analisa-lo.
-- Bem gostaria de saber se têm algo que eu possa fazer. Sei que estou apenas em visita mas dado os ultimo acontecimentos não sei se me poderá disponibilizar algo. - dizia Maiko com um ar pensativo.
-- Pois realmente... Os ultimos acontecimentos que houveram, apesar de já terem sido á umas semanas ainda estão marcados. Principalmente com o que aconteceu com a tua avó. - disse o Kage num tom sério.
-- Com a minha avó? De que está a falar? - perguntou Maiko confuso.
-- Espera... O que sabes da tua avó ultimamente? - perguntou o Kage agora este tambem confuso.
-- Relativamente pouca coisa. Apenas sei que ela ultimamente tem estado numa missão importante para algum país.
-- "Será que ninguem lhe contou o que se passou? Bem não serei eu a dizer-lhe tambem. Será problema do clã dele." A então estamos a falar na mesma coisa. A tua avó está bem mas nos ultimos dias deixou escapar uns nukenins mais inteligentes e está a tentar captura-los novamente. "Bem ele não têm de ser castigado pela sua avó..." - dizia e pensava o Kage num tom mais jovial. Mas aos olhos de Maiko cada palavra do Kage fazia ver uma mentira, uma longa mentira. Cada palavra que o Kage dizia fazia vibrar o seu chakra de maneira suspeita.
-- O que me está a esconder? - perguntava Maiko num tom sério.
-- O que queres dizer com isso?
-- Bem eu consigo perceber quando as pessoas mentem ou estão nervosas com algo...
-- Ahn? Bem não interessa. - disse o Kage meio atrapalhado. - Querias uma missão? Bem toma. - disse este agarrando uma folha meio á pressa. - Toma. - disse o Kage entregando a Maiko uma missão de Rank D. Este rapidamente deu uma olhadela pela missão e disse amavelmente:
-- Arashi-sama, com todo o devido respeito e sendo eu um ninja visitante, ir passear cães não era bem o que eu tinha em mente. - Disse Maiko com um sorriso amavel. - Reparei num nome conhecido em cima da sua secretária. - disse o Chunnin apontando para uma folha perdida em cima da secretária. O Kage agarrou na folha e começou a ver a missão.
-- Isto é uma missão Rank A... Não me parece que te possa mandar nesta missão, Maiko. Seria demasiado imprudente.
-- Mesmo tendo o Kiba, dois ANBU e um especialista em Marionetas? - perguntou Maiko rindo-se. Este estava a ler a carta graças á transparencia da folha.
-- Mas...
-- Tomo toda a responsabilidade pela minha saude e vida, assim como respeitarei todas as ordens que me derem.
-- Mas mesmo assim. Temos de mandar alguem a explicar o que aconteceu a Kumo e eles já partiram á algum tempo. Podes já nem os encontrar... - disse o Kage tentando disuadir.
-- Por favor. Não me querendo gabar mas eu sou um Toriyose. Encontrar coisas e distribuir mensagens é a nossa especialidade. - E dito isto mordeu o polegar, fez selos e concentrou uma boa dose de chakra. Ergueu a mão no ar e disse "Kuchiyose no Jutsu" e um magnifico pavão multi-colorido apareceu segurando-se ao braço de Maiko, deixando cair a sua longa cauda no solo.
-- Shinto, rapaz... Foi a primeira vez que te invoquei. - disse Maiko contente esfregando-lhe a cabeça amigavelmente. - Bem achas-te capaz de voar até Kumo, distribuir umas mensagens em Suna e dar um saltinho a Konoha ainda hoje? - disse este rindo. A reacção de Shinto fora de contentamento largando um gradioso piar e voando até á janela mais proxima. A reacção do Kage por outro lado era de total espanto.
-- Como é que ele vai fazer isso tudo num dia apenas. - disse Arashi confuso.
-- Não substime o nosso mensageiro mais rápido. - disse Maiko virando a cabeça rindo-se enquanto escrevia vários scrolls e fechava-os num involcro próprio. - Então está é para Kumo, para a mãe, para a pensão, para a Hitomi... Parece que está tudo... Shinto quatro cores. - disse Maiko esfregando-lhe a cabeça. O pavão fez uma pequena vénia e começou a brilhar num misto de cores. Quando o espectáculo de luzes acabou estavam no parapeito da janela quatro cópias multi-coloridas de Shinto (uma em tons de vermelho e laranja, uma em tons de verde e amarelo, um em tons de azul claro e azul escuro e uma em tons de roxo e purpura). Maiko colocou um pergaminho em cada um fazendo a cada uma respectiva caricia na penugem. - Bem boa sorte Shinto, e cuidado... Se algo correr mal esquece as cartas e volta ás Montanhas. Sabes bem as desvantagens de te separares... Vá boa sorte. - disse Maiko e depois de uma breve vénia pelos dois as quatro cópias de Shinto desapareceram com a velocidade de um raio, voando a essa velocidade, criando uma faixa de cada cor pelos céus de Suna.
-- Bem já está tudo resolvido certo Kage-sama. - disse Maiko com um sorriso.
-- Ainda falta encontrares o Kiba e o seu grupo. - disse Arashi ainda meio "aparvalhado" com a rapidez do pássaro.
-- Como eu disse, está tudo resolvido. - e inclinando a cabeça para o lado direito Arashi via uma pequena pavão-fêmea a aparecer no ombro de Maiko. - Gentsuki encontras-te-os certo. - Perguntou Maiko.
-- Hai... Bem... Encontrei vestigios deles... Mas não devem estar longe. - disse Gentsuki com um tom de quem tinha falhado.
-- Não faz mal... Encontramo-los de certeza. E quanto ao outro assunto? - disse Maiko
-- Hai... Aqui tens Maiko-chan. - disse Gentsuki esticando a sua pata revelando um pregaminho com um scroll e duas capsulas de sangue.
-- Perfeito. Então sendo assim Arashi-sama, até ao meu retorno. - e dito isto atirou-se pela janela num vóo picado, aterrando num telhado perto e dirigindo-se ao Portão de Suna, onde este esperava alguem...

______________________
Kiba continua a missão como tinhas (e tinha-mos) planeado ^^
Foi longo e nao fiz quase nada, mas tinha de explicar o motivo pelo qual o Maiko se inscreve assim do nada xP
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kiba

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Puorto
Número de Mensagens : 3441

Registo Ninja
Nome: Seizon
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 900
Total de Habilitações: 52,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank A - Acampamento de Nukenins   Ter 15 Set 2009 - 0:34

Entretanto, a poucos kilometros de Suna.

Kiba, como até ali, estudava arduamente aquele pedaço de papel, que apesar de pequeno continha informações grandiosas. e repente, a sua linha de pensamento é travada pela voz de um rapaz, que se notava um pouco ofegante.
- Minna-san, esperem! – um rapaz de cabelos negros e longos tentava alcançar os quatro shinobis. Aparentemente era um Chuunin, de Suna, visto que tinha o hitaiate da mesma. - O Kage enviou-me para a missão também, achou melhor fazer isso. – apesar das palavras do shinobi, Kiba desconfiou e os seus olhos modificaram ficando quase negros por inteiro… apesar de “ler” umas coisas esquisitas na mente do rapaz, Kiba sorriu.
- Hai, vamos então.. – Kankurou apressou o passo e continuaram a caminhad. Kiba continuava a ler o scroll. – Kankuro-san, sabes alguma coisa sobre Genjutsu?
- “O à-vontade deste rapaz é surpreendente… bem, afinal eu sou irmão do Gaara e modéstia à parte, nada fraco.” Temo que não, Kiba-kun, mas porquê?
- Este scroll contém técnicas bastante interessantes… se soubesses alguma podias-me dar umas dicas, mas vá, continuemos. – diz Kiba desaparecendo e aparecendo alguns metros mais à frente.
- “Rápido.” – pensa o Chuunin com um ar bastante suspeito, mas rapidamente disfarçando.

Mais alguns quilómetros percorridos e cada vez mais perto do acampamento de Nukenins nada se passava a não ser o tempo. Interrompendo esta monotonia, os cinco shinobis começavam a ver demasiados corvos a passar… Aliás, não era muito normal haver corvos por aquelas bandas, não sobreviveriam à temperatura do deserto.
- O que é que se passará? – diz um dos ANBU colocando por baixo máscara uma pequena palha que iria dar a um recipiente com água.
- Não sei.. é tão raro haver pássaros por aqui. E ainda pra mais tantos… - diz Kankurou parando e começando a olhar para trás, desconfiado. Kiba seguiu o seu movimento e assim o fez também. Os dois avistaram um grande bando de pássaros negros, provavelmente corvos, a sobrevoar algo que estava no meio, parecia um ser humano. – “Porra, mais gente pra nos ajudar ou… o inverso!?”

Passados poucos segundos, Kiba repara numa não muito grande mas brilhante ave que voava ao lado de um rapaz de óculos, ruivo.
- Maiko…? – Kiba tentava perceber quem era, e acertou mesmo. Era Maiko com uma das suas invocações, Gentsuki. – Então pá, que se passa? – diz Kiba num tom não muito agressivo, mas já a achar estranho ser tanta gente a vir ter com eles depois de iniciada a missão.
- Bem, tava aborrecido.. e pronto, vim ter contigo. – diz Maiko num tom irónico. Kiba e o resto ficam com ar de quem estava com pressa e não podia perder muito tempo, desviando várias vezes o olhar. – Ok… na realidade… estava aborrecido. – diz Maiko fazendo uma breve pausa. – E portanto fui pedir uma missão ao Kazekage, que me deu uma de ir passear cães. Como podes reparar, não trago nenhum cão comigo..
- Hum… mas então como é que estás aqui, mesmo?
- Reparei num pequeno papel que estava em cima da secretária do Arashi, esse tinha o teu nome e pronto, pedi-lhe para integrar na missão e… aqui estou. – diz Maiko começando a acompanhar o passo de Kiba e o resto da equipa. – Podem-me explicar mais ou menos a situação?
- Portanto… o acampamento tem a forma rectangular, pelo que nos disseram, com várias tendas que ostentam os Nukenins. Tem quatro torres (de vigia) de madeira artesanais com, cada uma, um shinobi. E depois, há sempre um ou dois Nukes a fazer a ronda, para detectar anomalias. Queremos ser rápidos e surpreendentes… o elemento surpresa é a nossa maior vantagem. – diz Kankurou, enquanto corria pelo deserto.
- É melhor apressarmo-nos, eles devem ser fortes e temos que os derrotar. – diz o Chuunin que acompanhava a equipa.

Algo despertou a atenção de Maiko, e este activa a primeira estrela do Hisho Hinote. Este começa a ver algumas variações no chakra do rapaz. Maiko ia a falar, mas Kiba olha para ele com cara de quem diz “deixa estar, por agora”. Maiko “recebe a mensagem” e tenta disfarçar, perguntando o nome do rapaz.
- Chamo-me Goro. E passei neste recente exame Chuunin que houve em Konoha. – diz o rapaz.
- Vá, deixem-se disso e vamo-nos despachar!
Voltar ao Topo Ir em baixo
L Mars

Membro | Iwa
Membro | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 25
Número de Mensagens : 9651

Registo Ninja
Nome: Arice Tsukihoshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 875
Total de Habilitações: 56,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank A - Acampamento de Nukenins   Qua 16 Set 2009 - 21:59

O Grupo mantinha-se em constante movimento, saltando e correndo o mais rapido que podia. Finalmente começaram a avistar o acampamento de Nukenins. Era muito maior que aquilo que era representado no mapa. Maiko e Kiba iam mais a trás do grupo, mantendo o olhar fixo no novo membro que aparecera antes. Algo não batia certo. Maiko tinha visto a lista depois de Kiba e os restantes sairem e Kiba tinha detectactado algo nele. Era estranho um Chunnin recém formado aparecer assim de subito e este mostrava nervosismo e ansiedade com algo. Nem Maiko que se formara Chunnin na mesma altura reagia assim...
-- Bem parece que é aqui. - disse o Chunnin parando um pouco atrás de Kankuro.
-- Temos de analisar bem a situação. - Disse Maiko parando logo de seguida.
-- Não me parece que o mapa esteja correcto. Isso vai dificultar um pouco a situação. - disse Kiba segurando o mapa. - Tens alguma ideia hmmm - Kiba testava o Chunnin esquecendo-se propositadamente do seu nome.
-- Hmm... Goro. - disse o Chunnin. - "Tsubiake..." - pensou o Chunnin. Kiba tinha ouvido e Maiko tinha reparado na grande agitação de chakra.
-- "Mentira" - dissera Maiko entreolhando o olhar com Kiba e Kankuro que tambem já tinham notado algo. - Bem talvez devessemos atacar já. Afinal as torres não parecem bem guardadas. Principalmente aquela. - disse ele apontando para uma torre situada a sul.
-- "Mentira!" - pensou Maiko ao ver a grande divergência nas ondas de chakra do Chunnin.
-- "Contra-ataque.... preparados... torre oeste... segurança" - algumas palavras soltas que Kiba conseguia ouvir contradiziam aquilo o Chunnin estava a dizer.
-- "Gentsuki... Gentsuki!" - chamava Maiko telepáticamente ao que obteve como resposta um melodioso "sim?" - "Diz ao Kiba e aos outros para o prenderem..." - disse Maiko. Entreolhou Kiba e Kankuro e fez-lhes um pequeno sinal com a cabeça. Kiba e Maiko fizeram uma sequência de selos rápida e concentraram chakra. No momento seguinte o falso Chunnin começava a ficar envolto em cordas imaginárias que mantinham as suas mãos bem atadas atrás das costas. Para ajudar Kankuro prendia-o utilizando cordas reais, manipulando-as com o Kugutsu no Jutsu. Depressa o falso Chunnin fora apanhado. Sentou-se logo na areia e mostrava-se confuso com a situação.
-- Mas... Mas o que se passa!? O que estão a fazer!!!? - dizia ele em voz alta.
-- Ele deve estar sobre Henge... Não há problema. - disse Maiko. Esticou a sua mão direita e uma pequena aura de chakra envolvi-a . Maiko colocou a sua mão na testa e uma pequena explosão de chakra fez paralisar todo o chakra do falso chunnin, quebrando Genjutsus e o henge (Chakra Fusagu). Á frente do grupo encontrava-se agora um homem nos seus trinta de braços musculados mas com um pouco de barriga. Olhos cinzentos e cabelo preto com um pouco de barba por fazer.
-- Muito bem... quem és? - perguntou Kankuro.
-- Eu... EU NÃO CONTO NADA! - gritou ele para Kankuro. Este puxou a mão e prendeu um pouco mais o homem causando-lhe desconforto e alguma dor.
-- Deixa-o comigo. Pode ser que consiga sacar algo dele. - disse Kiba. A sua mina do olho aumentou um pouco e este conseguia perceber algumas coisas. Kiba fixava o seu olhar nos olhos do Homem "Avisar... Nunca...Ataque... Direi...Torre Oeste... Fraca... Nada..." - Aff não consigo sacar dele quase nada de jeito...
-- Teremos de o torturar um pouco. - disse um ANBU com mascara de lince.
-- Talvez não seja preciso. - disse Maiko pensativo. - Tenho andando a perceber melhor o meu doujutsu. Acho que o consigo obrigar a dizer-nos algo. - disse Maiko aproximando-se do homem. Baixou-se, ficando de cocoras e agarrou no queixo do homem. - Dori Zettai no genjutsu. - Disse Maiko fazendo um selo com a outra mão. Os pássaros que se encontravam nos olhos de Maiko voavam agora na direcção dos olhos do homem, num voô majestoso. Maiko ergueu-se e mantinha o selo com a sua mão esquerda. Estava um pouco ofegante. - Acho que já conseguimos sacar-lhe algo. - disse Maiko tentando recuperar o folgo depois de usar aquele genjutsu. - Diz-me como te chamas?
O homem resistia tentando fechar a boca mas depressa respondeu.
-- O meu nome é Tsubiake. - disse o Homem forçosamente. Kiba, Kankuro e Maiko sorriram. O homem por seu lado mostrava nervosismo.
Depois de um longo e teneoso interrogatorio ficaram a saber muitas coisas, importantes para a missão. Um dos ANBU's punha inconsciente o homem depois do interrogatorio com um rapido ataque no pescoço.
-- Bem temos de planear algo então. - dizia Kankuro. - Ele disse que a Torre Oeste é a que tem menos segurança...
-- Pois mas não podemos aparecer todos na Torre Oeste. - disse um dos ANBU's.
-- Sim eles têem razão... Mas separarmo-nos tambem seria imprudente. - disse Kiba.
-- Talvez não... - disse Maiko. - Não precisamos que todos ataquem... Eu criarei a monobra de diversão para vocês entrarem. - disse Maiko levantando-se e puxando de um pequeno scroll que tinha no seu colete chunnin.
-- Não podes! Seria demasiado imprudente. - disse Kiba.
-- Estamos a lidar com algum sério Maiko. Não sei se estas ao nivel de conseguir infiltrares-te com... Onde está ele? - disse Kankuro confuso com o estranho desaparecimento de Maiko. Maiko não tinha desaparecido continuava ali á frente de todos. A unica coisa que tinha acontecido fora Gentsuki iluminar-se e com a sua luz iluminar os dois.
-- Kankuro-sama, estou aqui. - disse Maiko rindo.
-- Mas... Estranho... Sei que estás á minha frente mas o meu cerebro diz para ignorar-te... - disse Kankuro
-- "É da minha luz Kankuro-dono. É uma luz de indeferença. Infelizmente não a consigo manter durante muito tempo." - dizia telepáticamente Gentsuki, terminando a luz que emanava do seu corpo.
-- Eu tomarei esse risco. Vocês irão começar o ataque que eu infiltrarei-me numa das torres e causarei uma manobra de diversão. - disse Maiko.
-- O que tens em mente? - perguntou Kiba.
-- Bem... Vocês irão pela torre Oeste que parece ser a menos guardada. Eu e a Gentsuki iremo-nos infiltrar na torre Sul. Está a uma boa distancia de vocês e caso necessário é rápido socorrer alguem. - disse Maiko.
-- Hmm mas tens a certeza? - perguntou Kiba.
-- Tenho. Tive uma boa professora no que toca a infiltramentos e sinto-me preparado.
-- Bem sendo assim... Boa sorte Maiko. - disse Kankuro
-- Obrigado... e Kiba... Sê discreto sff... - disse Maiko rindo-se.
-- Hai Hai... disse o Jounin.
Maiko desenroulou o scroll e invocou o que parecia ser um fato negro. Mal Maiko o agarrou este começou lentamente a mudar de cores.
Kiba, Kankuro e os restantes ANBU's começavam a traçar os seus planos.

Entretanto Maiko tinha-se vestido por completo. Era uma novidade o seu novo equipamento e a primeira vez que este o usava numa missão.
-- "Espero que resulte" - disse Maiko - "Sempre nos tens a nós para te ajudar..." "E tenta não morrer sff" - Maiko sorriu. - "Muito animador Akiro... Muito animador mesmo" - disse Maiko. - Bem pessoal... Mantenham-se Vivos... Encontraremo-nos em breve. - e dito isto fez selos e desaparecia lentamente enquanto o seu corpo era consumido pelas chamas. Gentsuki esvoaçava por cima de Maiko, esticou as asas e desapareceu envolta numa luz de prata.

________________-

Continua Kiba xd
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kiba

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Puorto
Número de Mensagens : 3441

Registo Ninja
Nome: Seizon
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 900
Total de Habilitações: 52,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank A - Acampamento de Nukenins   Qua 16 Set 2009 - 23:36

- Portanto, barulho, nenhum. Não podemos de qualquer modo dar nas vistas, o Maiko está a contar connosco para isso. – dizia Kiba, dando o seu melhor para não desapontar o colega – aquela torre é bastante alta, mas apesar disso.. deve ter apenas um homem a guardá-la, como nos foi dito.
- Dúvido que tenha apenas um.. lá dentro, sim, mas cá fora também deve ter no mínimo um. Bem, eu trato disso, e tu tratas do de lá de cima. – dizia Kankuro. Estavam a poucos metros da torre, e o ataque tinha de ser rápido, eficaz e silencioso.
Dirigiram-se para perto dessa mesma torre, escondendo-se numa pequena duna que ali havia. Observaram que, de facto, haviam não só um, mas dois homens em baixo da torre, a guardá-la.

Kiba ia a levantar-se e começou a executar uns selos, mas Kankuru não o deixou continuar, puxando-o para baixo com a mão.
- Deixa isto para mim, a seguir é a tua vez. – diz Kankuro soltando uma pequena e silenciosa risada. Após isso, Kankuro, ainda escondido, tirou um pergaminho das suas costas e desenrolou-o, aparecendo numa nuvem de fumo a famosa marioneta, Karasu. Com um movimento de braços brusco, Kankuro faz com essa mesma marioneta levante voo a uns bons metros, fora da visão dos guardas. – Isto vai ser tão divertido…
Alguns segundos após tudo isto, Kankuro deixa a marioneta cair subtilmente, mas ainda assim levantando alguma poeira.
- Kiba, aproveita, esconde-te de alguma forma naquela poeira enquanto arrumo com aqueles dois. – Kiba franziu a sobrancelha, mas assim o fez, infiltrando-se na poeira. O guarda do cimo da torre, parecia nem ter reparado em nada, enquanto os de cá de baixo se aproximavam cada vez mais daquela marioneta “invisível”. Aquela névoa de areia fina dissipou, e tudo o que aqueles dois pobres homens viram foi duas mãos de madeira, com uma lâmina cada, a dirigir-se à sua garganta.
- Aaaaah. – ouvia-se muito baixinho, vindo daqueles homens em sofrimento. As lâminas não só tinham acertado nas cordas vocais, como um desesperante veneno se tinha infiltrado no sistema dos dois guardas.

- “Coitados, que morte mais… sei lá. A imagem que eles levaram consigo foi a horrível cara daquela sádica marioneta.” – dizia Kiba, enquanto começava a concentrar um pouco de chakra na sola dos pés, e iniciando uma vagarosa e silenciosa subida daquela torre mal confeccionada. Ao chegar ao cimo da torre, Kiba faz a sua Reikoku no Ita expandir-se, concentrando chakra no dedo mindinho e, num pequeno pulo, salta para cima do guarda estava de costas espetando-lhe a lâmina nas costas, e tapando-lhe a boca. Após isso, usa o Henge para assumir a forma do guarda que havia eliminado.

Com extrema calma, para não dar nas vistas, Kiba vira-se para o outro lado, onde Kankuro estava, à sua espera. Ao fazer um sinal com a mão, Kiba chamou Kankuro, que por sua vez chamou os ANBU que estavam um pouco mais atrás.
Os três ANBU sobem a torre, usando o Kinobiri, tal como Kiba havia feito. Ao chegarem lá, agacham-se silenciosamente, apenas com a cabeça um pouco de fora para observar quantos alvos havia. Nesse mesmo momento, uma enorme explosão se abate por uma das torres, nomeadamente a Sul, onde estava Maiko. Ao olharem para a torre, os quatro shinobis de Suna viram que esta estava a desabar, e riram-se.
- Assim é que é, Maiko-san! – dizem Kiba e Kankuro em uníssono.
- Bem, os gajos tão distraídos… é a nossa vez. – diz Kankuro, fazendo com que a sua marioneta, que ainda jazia na areia, se junta-se e se colocasse rapidamente à sua beira. – Tu, avança pela esquerda, e tu pela direita. Eu e o Kiba avançamos pelo meio. – diz Kankuro, apontando com os dois braços da marioneta.
- Hai! – disseram os dois mascarados, desaparecendo instantaneamente.

Os dois shinobis descerem, e começaram logo o ataque. Kankuro usava ataques de todos os tipos, lâminas, socos com as marionetas, bombas e bombas de fumo venenoso. Era realmente merecedor do cargo que exercia perante Sunagakure no Sato.
Por outro lado, Kiba fazia o que melhor sabia, usando os mais variados ninjutsus.
Um shinobi avançou perante Kiba, que levou imediatamente com duas bolas de fogo, resultantes de uma concentração de chakra Katon na mão direita de Kiba. O shinobi caiu, inanimado, com dois furos no peito.
- Mas o quê…!? Anda cá! – dizia outro já preparado com um enorme bastão que, ainda estava ligado a uma bola de picos com uma corrente.
- Isso não é coisa pra mim! – diz Kiba, desviando-se da bola, aos pulos. Kiba começa a executar uns selos e a concentrar chakra no peito. – Queres uma bola de jeito, olha pra mim! Goukakyuu Chakra no Jutsu! – uma enorme bola de fogo, que mais parecia uma estrela (atenção, era uma estrela muuuuuuuito pequenininha xd) avançou perante o homem, boquiaberto. Este foi “engolido” por esta, tal como várias tendas que se encontravam à volta. – Porra, estes gajos nunca mais acabam!
Tirando um pergaminho de um dos seus bolsos do colete, Kiba faz com que uma Fuuma Shuriken apareça, e lança-a para um dos shinobis que tentava apagar o fogo que comia o amigo. Esta embateu entre o ombro e a cara.
- Pequenote, não é isto que me vai parar!
- Ai não, e isto!? – Kiba executa uns selos, concentra novamente chakra nos pulmões e solta um grito gracioso que se ouviu nas redondezas. – Ryuuka no Jutsu! – uma chama começou a percorrer por um fio que se revelara naquele momento. As labaredas fizeram com que os dois shinobis se juntassem no sofrimento, sendo consumidos pelas chamas.
Uff, uff... next! - diz Kiba avançando para mais um shinobi que, felizmente para Kiba, não tinha um ar muito ameaçador.
Voltar ao Topo Ir em baixo
L Mars

Membro | Iwa
Membro | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 25
Número de Mensagens : 9651

Registo Ninja
Nome: Arice Tsukihoshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 875
Total de Habilitações: 56,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank A - Acampamento de Nukenins   Sex 18 Set 2009 - 23:38

Maiko encontrava-se encostado a uma parede, camufulado mimicando quase na perfeição as cores desta. Gentsuki estava sentada no seu ombro iluminando Maiko com uma luz cor de prata.
-- Nukes... São dois, mas não me parecem ser muito fortes. Mas tambem não posso arriscar de ser descoberto. - ponderava Maiko antes de fazer qualquer coisa. - Preciso de uma distracção...
Os dois nukenins caminhavam lentamente por uma pequena rua, entre dois edificios baixos, e em breve viriam Maiko. Apos muito pensar, Maiko finalmente teve uma ideia. Mordeu o polegar, concentrou algum chakra e fez selos. Bateu com a mão sobre a parede que se situava por detrás deste e de uma nuvem de fumo apareceram quatro pequenos colibris que esvoaçavam perto de Maiko e Gentsuki. Eram imunes ao genjutsu de Gentsuki por isso observavam os dois facilmente. Rapidamente o Chunnin explicou o que estes deveriam fazer e com um pequeno gesto com a mão estes cumpriram o plano. Voaram rapidos e velozes na direcção dos Nukes, quase tocando neles. Isto fez despertar a atenção dos dois nukenins que depressa pararam e seguiam os colibris. Dadas as vivas cores e sendo que aquela espécie de pássaros era rara em Suna os Nukenins suspeitaram logo de algum intruso. Estes começaram a seguir os colibris tentando igualar a sua velocidade.
-- Bem... Eles vão na direcção do Kiba e dos outros. Menos trabalho para mim. - disse Maiko sorrindo um pouco. A luz que o iluminava era cada vez menor e menos intensa. - "Tenho de ser rápido. Ela não aguenta muito mais" - pensou Maiko. Olhou para a sua invocação e ambos dirigiram-se para a torre de madeira, mal construida mas firme.
A viagem até lá foi rápida, utilizando Shunshins para diminuir a distancia entre este e a torre e para se manterem incognitos. Passado menos de um minuto encontravam-se a poucos metros da torre. Um guarda com ar robusto e com um enorme bo de metal guardava a entrada.
-- Terei de ser cauteloso e rápido. Gentsuki, podes partir. Obrigado. - disse Maiko fazendo uma pequena vénia.
-- As melhores das sortes Maiko-sama. - disse esta desaparecendo numa nuvem de fumo.
-- Bem á agora ou nunca. - disse Maiko num suspiro.
Saltou para fora das sombras e colocou-se mesmo em frente ao guarda.
-- HEY TU! - gritou este.
-- Não tenho tempo para isso. - disse Maiko. Concentrou chakra e começou a fazer selos rapidamente. - Magen • Jubaku Satsu (Ilusão Demoníaca • Prisão da Árvore da Morte). - O corpo do Chunnin de Kumo começava rapidamente a desaparecer.
-- Mas que? ... Magen... GENJUTSU! - disse o Guarda, mas já era tarde demais. Um pequeno rebento apareceu por debaixo dele e depressa ramos começavam a circundar o seu corpo. O guarda lutava para se soltar da arvore frondosa que depressa o tinha aprisionado. Maiko aparecia lentamente de dentro da árvore, imitando até algum grau a textura e aspecto do tronco.
-- Diz-me quantos Nukenins estão na torre. - perguntava friamente Maiko.
-- Nem penses que te vou dizer isso. - gozava o homem que tentava soltar-se
-- Ou dizes a bem ou a mal. - disse Maiko num tom sarcastico. Um ramo tapou a boca ao guarda e Maiko criou uma pequena chama na ponta do seu dedo indicador. Num movimento rapido começava a marcar o rosto e os braços que estavam a descoberto com queimaduras leves mas bem reais. - Diz-me quantos estão a guardar a torre. - O ramo que prendia a boca ao guarda soltava-se permitindo-o falar. Este estava visivelmente a sofrer e já com sangue a escorrer pelas cicatrizes.
-- E-e-estão seis outro-o-os na torre... Por favor solta-me. - disse o Guarda ainda tentando soltar-se mas sem a mesma força de outrora.
-- Muito bem...- disse Maiko. Envolveu os braços pelo pescoço puxou-o num movimento rápido. Dois "cliques" foram ouvidos, colocando o guarda inconsciente. A arvore perdia as folhas e desaparecia rapidamente. Entrou rapidamente na torre e manteve-se nas sombras. -- Akiro bom trabalho... Obrigado... Continuando. Se são três deve ser facil para-los... Sim mas tambem não nos podemos esquecer que não podemos denunciar-nos ainda...- Maiko dizia isso enquanto analisava o interior da torre, cheia de vigas de madeira intercruzadas, suportando todo o peso. Uma pequena brisa elevava uma folha até aos pisos de cima. - Isto deu-me uma ideia... - Concentrou algum chakra e colocou os dedos em forma de "t" - UmoKage Bunshin no Jutsu. - vários clones de Maiko apareciam ao seu lado. - Não é preciso dizer o que fazer. Akiro, Aoiro têm ordem para se divertirem... Eu controlo-os a partir de cá de baixo. - disse Maiko agarrando na sua ocarina. - Vão. - disse este.
Os olhos dos clones mudavam ora para vermelho-sangue ou azul-claro e entravam num modo completamente aleatório. Muitos subiam até ao topo apanhando os seus alvos atormentados por uma terrivel musica que tocava cá em baixo. Com notas soltas e um ritmo rápido, uma musica melodiosamente instavel habatia-se sobre a torre. Maiko mantinha uma grande dose de chakra enquanto tocava a ocarina. Cada nota fazia aparecer mais e mais pássaros que atormentavam os nukenins mais fracos a genjutsu. Os clones controlados por Aoiro eram aqueles mais letais e silenciosos usando a rapidez de Maiko e atacando os nukenins pelas costas ou prendendo-os em genjutsus, um pouco mais fracos que o habitual mas que faziam o resultado. Por outro lado os clones controlados por Akiro eram aqueles que faziam mais estragos, muitas vezes ignorando Aoiro que via-se obrigada a escapulir de vários Goukakyuu's, Flechas de fogo e tiros de fogo que dizimavam por completo todas as possiveis defesas dos outros nukennins. Dois nukennins avistaram Maiko que continuava a tocar ocarina. O verdadeiro Maiko aumentou o ritmo da musica, concentrando mais chakra, aumentando consideravelmente a nuvem de pássaros que atacavam os nukenins mas estes facilmente quebravam o genjutsu.
-- "Merda... Não está a fazer efeito..." "Deixa-os comigo..." - O olho esquerdo de Maiko mudava, ficando com uma iris verde vivo. Este estava agora a ser parcialmente controlado por ela. Seria uma boa aposta? Maiko tocou três notas simples mas rápidas. De um dos furos da ocarina uma bola de fogo apareceu indo na direcção de um dos nukenins. Este surpreso pelo jutsu foi atingido sendo projectado alguns metros, mas mantendo-se consciente. -- "Temos de fazer algo mais forte" "Aumentar a diversão? Muito bem...". Maiko concentrou chakra e mais quatro notas foram tocadas, em Sol e Fá menor e duas bolas de vento rodopiavam a uma velocidade estonteante. Apesar de ser muito menor era sem duvida um ninjutsu que Maiko já conhecia. Estas duas bolas de vento foram na direcção do outro nukenin e desta vez projectaram-no para longe, coloco-o inconsciente.O outro preparava-se pata atacar Maiko mas dois clones cairam em cima dele. Cada um com uma cor de olhos diferente. Em pouco tempo a torre estava limpa de inimigos de maneira rápida e eficaz. Maiko estava incostado á parede, cansado e tentando recuperar o folgo e o chakra perdido.
-- As vigas são fracas... Uma boa explosão podia rebentar com elas... Tens a certeza? Não tenho kibaku Fudas suficientes... Não precisamos deles. Estão fracas o suficiente para que se destruam com o Umo Kai e mais alguns Kibaku Fudas... Espalhamos alguns clones pela torre... E mantemo-nos fora da torre em segurança... Assim conseguimos fazer uma grande explosão... E UM GRANDE BANG!. - para quem estivesse a ouvir a conversa estranhava aquela linha de pensamento, mas não Maiko... - Bem vinda é equipa... - disse este com um sorriso... - Bem pessoal ao trabalho... - Disse Maiko estalando os dedos e começando a atirar penas onde as vigas de madeira de encontravam. Fez mais alguns clones que se espalhavam e colocavam ora penas nas zonas mais fracas como Kibaku Fudas nas zonas mais estaveis... Um clone de olhos vermelhos (Akiro) dava um toque pessoal ao concentrar grandes doses de chakra e espalhar Kamome Yu Dan (Rajada do Óleo da Gaivota) por tudo o que era sitio.
-- Isto vai dar um grande BANG... - disse o clone antes de desaparecer por falta de chakra.

-- Bem estão todos prontos? - dizia Maiko fora da torre... Maiko encontrava-se quase tapado pelas asas de pedra de uma das suas invocações.. Cada clone ia passando a palavra ao outro e assim todos receberam a mensagem e gritaram todos. Neste momento pouco importava se ouvissem ou não... - Então em TRÊS... DOIS... UM... UMO KAI!! - disse Maiko. Todas as penas ganharam um brilho branco e começaram a explodir, igniciando os kibaku fudas que por sua vez ao explodirem criavam ainda uma explosão maior graças ao Kamome Yu Dan. As asas de pedra fecharam-se, deixando apenas um pequeno orificio pelo qual Maiko viu a torre de quatro andares a explodir numa enorme coluna de fogo ascendente. Esta começava a desmoronar-se rapidamente criando outras várias explosões que ascendia novamente. -- Kiba espero bem que entres a matar... Tenho menos chakra do que aquele que pensava que tinha... - disse Maiko visivelmente cansado, mas ainda pronto para acção.
Vindo pelas costas de Maiko podiam-se ouvir leves palmas... Ainda protegido pelas asas do passaro que rodava lentamente na direcção do som, Maiko pode reparar numa mulher trajada de negro e de cabelos negros, envolta em enumeros véus. Não tinha bandana de nenhuma vila, mas não era dificil saber o que ela estava ali a fazer...
-- Sai do teu escudo, pequeno corvo... - disse ela com um sorriso. Estendeu a mão e um dos seus véus começava a tomar uma forma mais solida, repartindo-se por uma corrente negra, com uma Kunai na ponta. Maiko espreitava por um orificio entre as asas mas isso saiu-lhe caro. A kunai foi lançada e o interior da ave manchada de sangue...

_______________
Wow.... Big Post...
Maiko is a 4 man team xd
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kiba

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Puorto
Número de Mensagens : 3441

Registo Ninja
Nome: Seizon
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 900
Total de Habilitações: 52,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank A - Acampamento de Nukenins   Sab 19 Set 2009 - 23:12

Enquanto Kiba acabava de executar um Zukoku que limpara mais alguns Nukes, avistava a alguns metros uma pequena “nuvem” de colibris, a ser seguida por mais dois ninjas. Kiba sorriu, e achou engraçada a ideia de Maiko.
Notou também que os dois shinobis eram praticamente iguais, apenas as suas roupas diferiam nas cores, tendo um umas roupas vermelhas e outro roupas castanhas. Corriam depressa, e atentos a qualquer movimento, até que chegaram ao local onde se encontrava e se deparam com um cenário completamente aterrador. Kankuro, Kiba e os dois ANBU tinham destruído tudo o que era vivo ou não-vivo naquele local.

- Mas o que.. se passou aqui? – diz um, com a boca coberta por uma pequena mascara de tecido que possivelmente fazia parte da camisola.
- O que acham que se passou…? – diz Kiba num tom irónico, e colocando a sua mão na espada, concentrando um pouco de espada para a desbloquear imediatamente.
Não obteve resposta por parte dos dois Nukenins, a não ser que um Shunshin e uma joelhada no estômago sejam contados como resposta. Kiba foi impulsionado para trás após o choque, e cuspiu um pouco de sangue, mas tentou manter-se sempre em pé. O outro, por sua vez, usando também o Shunshin, chegou perto de Kiba e tentou acertar-lhe com a pequena katana, mas não foi bem sucedido. Kiba defendeu com a sua katana e aí, um jogo de forças começou. Kiba não perdeu tempo, pois estava em desvantagem numérica e assim, concentrou um pouco de chakra Youton na sua espada, o que fez com que a do adversário começasse a ficar quente, de modo a ser impossível continuar a segurá-la. O shinobi largou a espada e recuou, começando assim a executar uma sequência de selos, tal como o seu, suposto, irmão. O de castanho fazia com que uma cabeça de dragão emergisse do solo, começando a lançar alguns projecteis de terra contra Kiba, que o shinobi de vermelho incendiou com um Karyuudan.
- Hum… querem ver uma combinação de Doton e Katon ainda melhor? – diz Kiba num tom sarcástico, enquanto se esquivava dos projecteis. Apesar de sucedido, alguns ainda lhe tinham queimado a roupa e um pouco da pele, mas nada que algum chakra nesse sitio não servisse de morfina. Começou a concentrar chakra da natureza Katon e Doton, formando assim o de Youton e após isso, executou uma boa quantidade de selos que fez alguma lava levantar-se e tomar a forma de uma matilha de lobos. – Youton – Urufu Yougan Nadare!- Essa mesma matilha começou a correr para os dois shinobis, pingando lava por todo o percurso.
- Estamos…
- Lixados.
Os lobos começaram a devorar, literalmente, os dois Nukenins, que, com muito sofrimento, foram carbonizados por aquela quentíssima substância.

- Boa, Kiba-san! Parece ser preciso ajuda práqueles lados, é melhor ir lá! – diz um dos ANBUs que acabara de fazer um jutsu, e desaparecia em seguida.
- Kankuro-dono, continuamos? – interrogava Kiba, já um pouco ofegante.
- Hai, siga.
Começaram a correr em direcção da torre que Maiko havia explodido há uns instantes, até que lhes apareceram dois shinobis, bastante diferentes, não como os anteriores.
Kankuro puxou a sua marioneta para a sua frente, colocando-se de imediato em posição de defesa, e como que a gozar, um dos outros dois fez o mesmo movimento, puxando também uma marioneta.
- Ui, ui… temos um marionetista. Kiba, fica com esse que eu vou-me divertir com este. – Kankuro faz com que a sua marioneta, Karasu desaparecesse e puxava agora de um novo pergaminho, que ao abrir revelou uma das suas mais poderosas marionetas, Sasori.
- Hai. – diz Kiba colocando-se em posição de combate, e encarando o rapaz que se encontrava à sua frente. – Então.. sou tu e eu.
O shinobi que se encontrava à sua frente retira o carapuço que lhe sombreava a cara, revelando assim que a sua face parecia um pouco mais peluda que o normal, dando-lhe um aspecto bastante macabro. Sem perder tempo, o shinobi executa uns selos que fazem aparecer alguns espinhos por baixo de Kiba, que é perfurado em todo o corpo.
- Fogo.. foi tão rápido. – diz o rapaz baixinho. – também, acho que não se esperava nada de uma pessoa classificada como criminoso de Rank A… - após dizer isto, uma nuvem de fumo envolveu Kiba, e este “transformava-se” num tronco.
- Não sou assim tão fácil, apesar de seres o que disseste… - Kiba fazia o selo do carneiro começando a concentrar chakra e com uma boa quantidade deste, criou vários clones duros, que numa grande investida, começaram a atacar o rapaz com potentes golpes de Taijutsu. – “Agora aproveito a distracção, e faço umas coisinhas giras” – diz Kiba usando Dochuu Senkou para “mergulhar” no solo. Colocou, em quatro pontos estratégicos, mais quatro clones que se esconderam e preparam um set de armadilhas, prontas a disparar kunais e shurikens. Colocaram também uma kunai espetada no chão, fazendo assim um quadrado. Kiba usou o Shunshin quatro vezes para as quatro kunais e amarrou linhas a cada uma das kunais, ligando-as. Os clones ligaram ainda mais linhas às armadilhas e desaparecendo, deixando tudo pronto.
- Ahah, já arrumei com tod… os. – o shinobi via Kiba com dois dedos meios “corados” quase encostados à linha shinobi.
- Ora bem… ou tu te entregas… ou estás perdido.
- Entrego-me!? Nunca..!
- Muito bem. Sandan Hinote! – Kiba dispara duas pequenas bolas de fogo que cortam as linhas e iniciando assim uma chuva de armas para cima do shinobi. – “Continuo-me a impressionar com o facto de ele ter arrumado todos os clones tão depressa…”

- Kiba-kun! - Kankuro aproximava-se, com a sua marioneta atrás de si, até Kiba. – Bem, vamos andando e destruindo tudo.
- Hai!
Voltar ao Topo Ir em baixo
L Mars

Membro | Iwa
Membro | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 25
Número de Mensagens : 9651

Registo Ninja
Nome: Arice Tsukihoshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 875
Total de Habilitações: 56,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank A - Acampamento de Nukenins   Seg 21 Set 2009 - 22:56

-- Sai do teu escudo, pequeno corvo... - disse ela com um sorriso. Estendeu a mão e um dos seus véus começava a tomar uma forma mais solida, repartindo-se por uma corrente negra, com uma Kunai na ponta. Maiko espreitava por um orificio entre as asas mas isso saiu-lhe caro. A kunai foi lançada e o interior da ave manchada de sangue...

A rapidez do ataque surprendeu Maiko. Se não fosse um reflexo impulsivo aquela kunai podia ter-lhe trespassado a cabeça. Felizmente so acertou-lhe no ombro direito. Mesmo assim a corrente mantinha-se presa no golpe.
-- "Foi por pouco..." - dizia Maiko. Agarrou a corrente com a mão esquerda e a ave de pedra desapareceu numa nuvem de fumo. - Parece que afinal de contas vou ter de lutar a sério. - Afirmava Maiko com um sorriso.
-- O mesmo digo eu... Mas - fez uma pequena pausa enquanto empurrava algumas vigas carbonizadas com o pé - atacaste-nos e limitaste os nossos números. Algo como isso não se pode deixar impune. - disse a mulher. Maiko começou a puxar a corrente usando a sua força para puxar aquela mulher para perto de si. A mulher resistia e puxava a corrente para o seu lado. Cada puxou aumentava mais a ferida no braço de Maiko.
-- Ergh... Diz-me como te chamas...Sou Susumo Maiko - perguntava Maiko. - Gosto de saber com quem luto.
-- Oh... Cavalharismo... Algo que falha por estas paragens... Muito bem o meu nome é Kendra. - disse ela com um amigavel sorriso. - Mas não iremos prelongar mais isto ok? - e dito isso esticou a mão e um veu negro envolveu-a. - Ninpou: Fukumen Kunai (Arte Ninja: Kunai de Véu) - Uma Kunai com corrente formou-se na sua mão e esta atirou-a na direcção de Maiko. Este largou a outra Kunai e agilmente saltou, esquivando-se. Ainda em pleno ar Maiko concentrou chakra e começou a fazer selos. Por sua vez a mulher lançava a kunai que Maiko tinha largado.
-- É impossivel escapar a isso. - disse a Kendra com um sorriso satisfeito na face.
-- Katon: Housenka no Jutsu. - disse Maiko cuspindo algumas pequenas bolas de fogo. A mulher surprendeu-se e esquivou-se do ataque, puxando a kunai na sua direcção. Esquivado o ataque Maiko aterrou no chão e a mulher voltava a transformar as kunais e correntes em véus que ficavam a pairar sobre o seu corpo. A mulher usava um véu escuro que lhe tapava os olhos, sensivelmente até á altura do nariz.
-- Bem parece que te substimei... Mas não cometo o mesmo erro. - Kendra agarrou num largo véu que cobria uma lateral do seu corpo e fez um selo - Ninpou: Fukumem Karasu (Arte Ninja: Corvos do Véu) - O veu começava a movimentar-se como se estivesse vivo e começava a rasgar-se e a formar diversos corvos com ar ameaçador na direcção de Maiko. Este não baixou a guarda e fez selos e levou as mãos á boca assobiando bem alto.
-- Toriyose no Jutsu. - disse ele depois de assobiar. Por detrás de Maiko enumeros passaros começavam a esvoaçar, começando a ir na direcção de Kendra. Tanto Maiko como Kendra viam-se obrigados a esquivar-se dos pássaros. Maiko defendia-se usando a chigiriki, trespassando alguns corvos com a kunai, mas cada corvo que trespassava fazia com que um véu se enrolasse á chigiriki, tornando cada vez mais dificil manejar correctamente a arma. Um corvo vinha na direcção de Maiko e este no ultimo momento solta uma bala de fogo que queima e destroi por completo o corvo, destruindo tambem o véu.
-- Kai! - disse Kendra destruindo subitamente todos os pássaros. Maiko preparava-se para o contra ataque mas Kendra fora mais rapido. Fez o selo do bode e disse - Ninpou: Fukumen Kuro Mamba (Arte Ninja: Mamba Negra do Véu). - De subito todos os véus que estavam na chigiriki formava a enorme cabeça de uma cobra negra e mortifera que se lançava contra Maiko.
-- DAIENDAN! - disse Maiko inconsciente depois de concentrar chakra. Cuspiu uma onda de fogo que desfez por completo a cabeça da Cobra.
-- Merda... Ninpou: Fukumem Kuro Mamba! - disse Kendra novamente. Agora eram diversas cobras negras que atacavam Maiko, envolvendo os seus braços.
-- Merda! Ergh!! - disse Maiko depois de ser mordido por uma cobra. Apontou-lhe dois dedos e destruia com uma bala de fogo. a cobra contrucia-se e ardia rapidamente. - Agora que descobri a tua fraqueza já não me podes fazer nada Kendra... - disse Maiko agarrando o seu braço direito, onde já tinha um golpe bastante feio e uma mordidela funda.
-- Tu pensas que sim... Mas eu ainda não mostrei nada... - dizia Kendra rindo-se. Agarrou numa mão cheia de véus e atirou-os ao ar. Maiko via-os a cair lentamente no solo. Não seria estupido a deixa-los formar fosse o que quer que fosse. Concentrou chakra nas mãos e apontou os dedos aos véus disparando várias balas de fogo nas suas direcções.
-- DEMASIADO LENTO! - disse Kendra num grito quase demente. - Ninpou: Fukumen Jigoku Do-Beruman (Arte Ninja: Doberman Infernal do Véu) - Como nunca antes os véus formaram-se a uma velocidade incrivel, deixando as balas passar por eles como se de nevoiro se tratasse. Dos véus começavam a aparecer a forma de cães enomes que começavam a correr na direcção de Maiko. Eram três enormes e ameaçadores dobermans.
-- Merda... - disse Maiko. Concentrou chakra e começou a fazer selos. Depois com uma grande expiração disse: - Goukakyuu no Jutsu - criando uma enorme bola de fogo na direcção dos três cães. Estes saltaram e desfizeram-se em véus ascendendo com o calor ao céu. A bola de fogo desaparecia e Kendra tinha desaparecido. Aparecia ao lado de Maiko envolta em véus, ainda com alguns a formar-lhe algumas partes do corpo. Na sua mão trazia uma espada negra com a qual tentou trespassar Maiko, ao qual apenas teve tempo de se defender com a chigiriki. Um som peculiar ouviu-se e a espada desfez-se um pouco temporariamente, voltando á sua forma normal, mal Kendra recuou. Maiko ouviu passadas atrás de si, virou-se para ver uma boca escancarada. Uma boca negra, canina, sem hipotese de fuga para Maiko.
-- Raikyuu! - disse um ANBU que vinha em auxilio de Maiko. A bola de electricidade atingiu o cão negro e projectou-o para longe onde voltou a ser véus...
-- Mesmo a tempo. - disse Maiko suspirando. Tinha as reservas de chakra muito em baixo e já estava a prever uma possivel derrota por aquele andar.
-- Estás bem? - perguntou o ANBU com uma mascara de lince. Maiko respondeu afirmativamente com a cabeça. - Já vi um pouco da vossa batalha e já percebi quem é ela e o seu metodo de luta. Têm atenção é uma Nukenin Rank B e já assassinou um Daymou do País do Camaleão, entre outras coisas. - disse um ANBU.
-- Bem, sinto-me honrada em saberem tanto sobre mim. Infelizmente não sairão daqui vivos... Deixemo-nos de joguinhos de gato e rato. Se já apareceu um ANBU isso quer dizer que não vieste sozinho... - disse Kendra com um decepcionada e simultaneamente emproado. - Não quero correr o risco de ter lutar com tanta gente... Não faz parte do meu método de luta. - Fez um selo e manteve-o.
-- Cuidado... Ela vai recomeçar o ataque... - disse Maiko.
-- Ninpou: Fukumen Jigoku Ceroberus (Arte Ninja: Ceroberus Infernal do Véu) - mal disse isto os três dobermans correram na direcção uns dos outros, saltando e fundindo-se. Por momentos uma nuvem de véus aglomorava-se de forma confusa e aleatoria mas depressa três enormes cabeças apareciam, mordendo e tentando crescer e tornar-se algo. Depressa aparecia um corpo e quatro enormes patas.
-- Estamos lixados... - disse Maiko ao olhar para cima, para o enorme cão de trÊs cabeças, negro como a noite que estava pronto para atacar.
-- Bem... ATACA-OS! - disse Kendra. O enorme cão dirigia-se para Maiko e para o ANBU. Maiko fez selos e concentrou chakra nos pulmões: - Goukakyuu no Jutsu! - disse este expelindo uma bola de fogo, um pouco mais pequena que a anterior. A bola de fogo ia na direcção de uma das cabeças, mas esta mordeu a bola de fogo desfazendo-a por completo. Maiko ficou chocado e o enorme cão vinha na direcção dos dois. Não havia tempo para se esquivarem a tempo.
-- Plasma Ball! - disse o ANBU criando uma barreira de electricidade entre os dois e o enorme cão que recou. Uma das cabeças tinha sido desfeitas, mostrando um centro quase vazio mas resistentes. A cabeça voltava a formar-se, embora aquele cão ficasse confuso. Durante esse tempo Kendra mantinha-se imovel, mantendo um selo, bem afastada do centro do combate.
-- Descobri uma desvantagem dela... - disse Maiko
-- Sim? Eu tambem... Ela não se pode mover enquanto esta a controlar este ser... - disse o ANBu esquivando-se de uma investida do cão.
-- Tambem reparei que o interior é oco. - dizia Maiko.
-- Sim... e o que pensas fazer? - perguntou o ANBU.
-- Preciso que destruas uma das cabeças... O resto deixa comigo. - disse Maiko sorridente. O ANBU acenou com a cabeça. - "Espero que corra tudo bem" - disse Maiko - "Maiko, Akiro tenho um presente para vocês." - disse ela, tomando conta do corpo de Maiko momentaneamente. Estendeu a mão para fora do corpo e uma chama formava-se á volta da mão. Maiko criando um rápido circulo em torno do seu corpo, deixava um rasto de fogo que mantinha-se em suspensão. Depois fez um selo e cinco chamas rodopiavam Maiko. (Ordem de Fogo: Pentagrama de Fogo) - "Bem não consigo mais... Estão por vossa conta" - a voz desvanecia-se ao longe enquanto dizia aquilo - "Que fixe!" - gritava Akiro - "Já gosto mais dela e tudo" - disse rindo - "Bem... então vamos começar as manobras evasivas" - disse ainda dando algumas gargalhadas. O passaro do olho direito de Maiko começava a esvoaçar rapidamente e a iris de Maiko ficava de um vermelho-sangue forte. - Vamos lá ver o que esta beleza faz... - disseram Maiko e Akiro em simultaneo. Uma das três enormes cabeças vinha na direcção de Maiko. Este esticou a mão e duas bolas de fogo foram disparadas a grande velocidade para o interior da boca, impulsionando a cabeça para trás.
O ANBU tentava uma aboragem mais directa mas ineficaz. Desviou-se do cão e tentou atacar directamenta Kendra. Esta viu-o e aumentou a dose de chakra e um doberman saia do cereberus, ainda preso a este, e atacava o ANBU. Felizmente para o ANBU consegui defender-se usando uma Kunai.
-- Destroi uma das cabeças... Rápido! - disse Maiko
-- HAI! - gritou o ANBU. Parou a corrida, arrastando os pés na areia, fez selos e gritou bem alto: "RAITON: GIAN!" , da sua boca um enorme flash azul-esbranquiçado atingiu uma das cabeças, atordoando o cão e desconcentrado Kendra. - AGORA! - gritou o ANBU.
As chamas que rodeavam Maiko desfizeram-se e este saltou na direcção do cão. Concentrou chakra e disse : "Umo Kage Bunshin no Jutsu". Dois clones seus apareceram ao seu lado. Maiko agarrou nos clones pelas mãos e atirou-os para dentro oco do cão. Logo em seguida a cabeça formou-se aprisonando os clones.
-- AH! Pensava que ias fazer algo mais drámatico! - disse Kendra já com algum cançasso.
-- Ainda não acabei. - disse Maiko com um sorriso sarcastico ajeitando os oculos com o dedo do meio. - Os meus clones são diferentes... Eles desaparecem com um Bang! Umo... Kai! - disse Maiko. Do interior do enorme cão uma luz branca começava a trespassar algumas fendas nos véus.
-- NÃO! - disse Kendra, fazendo um novo selo que fez com que as três cabeças do cão atacassem Maiko. Este não se deslocou nem um centimetro. Multiplas explosões ocurriam no interior do cão gigante, mas fracas, Maiko fora ao bolso e retirara um pedaço de papel, juntamente com uma Kunai que atirara para o peito do cão. As multiplas explosões do Umo Kai enfraqueciam o cão mas algo maior faltava. O Papel começou a arder e quando o ultimo pedaço de papel foi consumido uma explosão no peito revelou o seu corpo oco, agora com multiplos kibaku fuudas tambem a arder. - NAAAAAOOOOOO!!! - gritava Kendra, mas era tarde demais. O cão explodia queimando todos os véus juntamente com a explosão.
-- Vamos apanha-la antes que ela fuja... - disse o ANBU, ao que Maiko apenas mandou aguardar.
-- Deixa-me só divertir-me com ela... Um ultimo ataque! - disse Maiko agarrando na sua ultima Kunai e pondo-a a rodopiar na sua mão com uma enorme descarga de chakra. - "Akiro! O que estas a fazer!" - gritava Maiko. Este corria para o centro da sala, mas uma coluna de fogo impedia-o de passar. - "Deixa-me divertir só um pouco... Vá lá!!!!" "Vais acabar por mata-la! Ela já está no chão" - disse Maiko. Kendra estava de joelhos no chão a tentar recompor-se erguendo-se. - "Maiko repara bem... Não me parece que ela vá assim com tanta facilidade." "Mas mesmo assim... É improdente" "E? Ela é só uma nukenin... O seu mal está feito..." - aquelas palavras frias de Aoiro chocaram Maiko... Este nunca pensara ouvir aquilo de Aoiro, mas naquele momento essa era a minima preocupação. Kendra preparava-se para atacar os dois com uma enorme lança negra, mas o Meteor Strike de tons amarelos-alaranjados estava pronto. - Let the End Begin...
Kendra lançou a lança na direção de Maiko e este lançou o seu meteor strike... Um embate... por momentos a lança parecia mais solida do que realmente era, mas foi só por momentos. Fora completamente destruida e desfeita pela força do Meteor Strike de Maiko. Kendra tentou desviar-se mas as forças já eram poucas, mas mesmo assim esquivou-se da trajectoria inicial. O Meteor Strike tinha atingido-a de raspão no braço, impulsionando-o para trás como se um simples saco de carne se tratasse. Pela maneira como o braço apontava para baixo de forma quase morta, Maiko calculou que tivesse partido algum osso. Mas mesmo só com um braço Kendra não desistiu. O seu corpo, cada vez mais a descoberto devido á falta de veus, revelava vários golpes de lutas passadas, provando que ela era muito teimosa quando era necessário desistir.
-- Nem pensem que vou desistir! - disse ela. Um dos véus tomava a forma de um escudo enquanto que outro se enrolava á volta do seu braço formando uma corrente com uma enorme kunai na ponta. Mas algo a fez parar naquele momento.
Ao fundo da rua, três ninjas de Suna apareciam correndo na direcção de Maiko e do ANBU.
-- Merda... - disse Kendra. As armas voltaram a ser véus e começaram a rodopiar á sua volta.
-- Não! - disse Maiko ao fazer selos e a projectar uma mão na direcção de Kendra. Várias correntes saiam do solo e prendiam a nuvem de véus, mas era tarde demais... Kendra tinha fugido...
-- Maiko! Estão bem? - disse Kankuro apressando-se ao auxilio dos dois ninjas.
-- Eu... estou optimo... - disse Maiko perdendo os sentidos, sendo agarrado por Kiba que tinha corrido na sua direcção para o apanhar...
-- Bom trabalho Maiko... Bom trabalho a todos! - disse Kiba

**************


Do alto de uma duna, já o Sol se começava a por Kiba avistava o campo de Nukenins, rodeado de Kankuro, dois ANBU's e de um Maiko com várias ligaduras... Kiba mantinha os olhos fechado e concentrava todo o chakra que podia despender. Fez uma enorme sequência de selos e por fim disse, abrindo os olhos:
-- Youton, Urufu yougan nadare (Libertação de lava, Avalanche dos lobos de lava), Youton, Youganryuu (Libertação do Lava, Explosão do Dragão de Lava).
A duna mais á frente de Kiba e do grupo começava a tornar-se mais vermelha e a começar a borbulhar. De subito um lobo meio viscoso começava a sair da duna, e cada vez mais , formando uma alcateia que destruia tudo á sua passagem. Dois enormes dragões de lava tambem passavam pelo acampamento, muitas vezes "engolido" alguns lobos, crescendo. Em questão de minutos o acampamento tinha virado negro, com pouca coisa ainda intacta. Kiba, de ar cansado e com algum suor na testa virava-se para o grupo sorridente.
-- Bem, parece que correu tudo bem... Parabens a todos! - disse Kiba, aproximando-se de Maiko e dando-lhe uma palmada nas costas. - Obrigado por tudo Maiko... Foi uma boa missão. - dizia ele ainda sorridente.
-- Tu és... um MONSTRO! - dizia Maiko espantado e de boca aberta ao ver a devastação que Kiba tinha provocado. - Agora sinto-me inferiorizado. - disse Maiko cabisbaixo.
-- Ah não estejas assim. Com treino ficas tão forte como eu estou agora... - disse Kiba incentivando Maiko. O Chunnin rejubilou ao ouvir aquelas palavras. - é claro que quando estiveres cmo eu estou agora... já eu estou ainda mais forte... - disse Kiba rindo-se..
-- Bakemono... - disse Maiko estalando os dedos invocando uma data de Siharas que começou a atirar na direcção de Kiba. Este fugia em direcção a Suna, com Maiko a persegui-lo.
Kankuro puxava de um pergaminho e começava a anotar algo. Logo no inicio do pergaminho podia-se notar um nome conhecido "Hitomi" com uma série de numeros dentro de um quadro. No final do mesmo encontrava-se um referente a "aliados" ao qual Kankuro escreveu "100". Depois em baixo desse quadro escreveu "Aprovada como aluna". Fechou o pregaminho e sorriu.

--"Sabes uma coisa... Ainda não te dei um nome... Sê bem vinda á equipa...Midoro"


______________-
Final da missão... FINALY!
Tenho um estranho fetiche por ninjas que usam vestuario como arma xd
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sennin

Administrador | Suna
Administrador | Suna
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Your mom's rear
Número de Mensagens : 7042

Registo Ninja
Nome: Kaito
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 500
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: Missão Rank A - Acampamento de Nukenins   Seg 21 Set 2009 - 23:28

Depois de tanto tempo a aturar-vos, reservado -.-

Kajuimamoto Kiba

Habilitações Corporais
Força: 11,75 + 0,25 = 12
Agilidade: 21,5 + 0,75 = 22,25
Controlo de Chakra: 54,5 + 1,75 = 56,25
Raciocínio: 16,25 + 0,5 = 16,75
Constituição: 13,75

Habilitações Ninja
Ninjutsu: 62,5 + 1,5 = 64
Taijutsu: 21,75 + 0,25 = 22
Kenjutsu: 18,5 + 0,75 = 19,25
Genjutsu: 20,75 + 0,25 = 21
Selos: 27 + 0,75 = 27,75
Trabalho de Equipa: 13

Total: 7 / 7 Pontos

Habilitações Corporais
Força: 12
Agilidade: 22,25
Controlo de Chakra: 56,25
Raciocínio: 16,75
Constituição: 13,75

Habilitações Ninja
Ninjutsu: 64
Taijutsu: 22
Kenjutsu: 19,25
Genjutsu: 21
Selos: 27,75
Trabalho de Equipa: 13


-------------------------------------------------------------------------------------------------------

Susumo Maiko

Habilitações Corporais
Força: 6,25 + 0,25 = 6,5
Agilidade: 16,75 + 0,5 = 17,25
Controlo de chakra: 35,25 + 2 = 37,25
Raciocínio: 14,5 + 1 = 15,5
Constituição: 10

Habilitações Ninja
Ninjutsu: 34 + 2 = 36
Taijutsu: 8
Kenjutsu: 10,25 + 0,25 = 10,5
Genjutsu: 24 + 1 = 25
Selos: 12,5
Trabalho de Equipa: 10,75

Total: 7 / 7 Pontos

Habilitações Corporais
Força: 6,5
Agilidade: 17,25
Controlo de chakra: 37,25
Raciocínio: 15,5
Constituição: 10

Habilitações Ninja
Ninjutsu: 36
Taijutsu: 8
Kenjutsu: 10,5
Genjutsu: 25
Selos: 12,5
Trabalho de Equipa: 10,75


-------------------------------------------------------------------------------------------------------

Recompensa: 2400 ryo + 2 scrolls de Novo Jutsu + 1 Ponto de Cumprimento

Comentários: Acho que o total fala por si Shocked Que dois monstros
Missão excelente, a combinar com a escrita (houve partes em que me esquecia de avaliar só para estar a ler). Tive de cortar pontos a selos ao Maiko, senão passava do limite xd
Alguma coisa mal avisem ^^ E parabéns pela missão cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kiba

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Puorto
Número de Mensagens : 3441

Registo Ninja
Nome: Seizon
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 900
Total de Habilitações: 52,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank A - Acampamento de Nukenins   Ter 22 Set 2009 - 1:07

Rank S!!!
TOU EUFÓRICO! xd

Obrigado pela avaliaçao Sennin e parabens pelo grande final L! cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
itachi dattebayo

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 30
Localização : No escritório do Kishi
Número de Mensagens : 9438

Registo Ninja
Nome: Kazuki Hitsuyaga
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 12650
Total de Habilitações: 383,75

MensagemAssunto: Re: Missão Rank A - Acampamento de Nukenins   Ter 22 Set 2009 - 8:08

Kiba recebe um bonus de 150 ryo por já ter 15 pontos de cumprimento fazendo valer a sua reputação ao Kazekage.

Actualizado e Ryo Pago.

As missões de Rank A agora dão 2 Scrolls? Ou escapou-me alguma coisa?
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.myspace.com/eddywang
Horns

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 32
Localização : Num quiosque perto de sí.
Número de Mensagens : 2299

Registo Ninja
Nome: Sueji Hozuki
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 2683
Total de Habilitações: 182

MensagemAssunto: Re: Missão Rank A - Acampamento de Nukenins   Ter 22 Set 2009 - 9:34

Sim datte, como sabia que estes dois iam fazer uma coisa bem feita meti 2 scrolls xd
Voltar ao Topo Ir em baixo
L Mars

Membro | Iwa
Membro | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 25
Número de Mensagens : 9651

Registo Ninja
Nome: Arice Tsukihoshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 875
Total de Habilitações: 56,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank A - Acampamento de Nukenins   Ter 22 Set 2009 - 19:54

UuuuhUUUU!!
Optima missão ^^

Obrigado pela avaliação rapida sennin^^

Para a proxima quero um parceiro mais activo xd
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Missão Rank A - Acampamento de Nukenins
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Sunagakure :: Missões :: Missões Arquivadas-
'); }