Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Missão particular de rank D - Atrás das 49 vidas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Ero Sennin


avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : Leiria
Número de Mensagens : 1625

Registo Ninja
Nome: Akio
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Missão particular de rank D - Atrás das 49 vidas   Qua 10 Dez 2008 - 15:13

Descrição da missão: A filha de uma família rica deixou a porta de entrada aberta quando foi buscar o correio a meio da manhã, deixando os seus sete gatos fugissem para o exterior (exterior: fora de casa, mas ainda dentro da propriedade). A missão e encontrar e trazer os gatos de volta para casa antes que os pais cheguem.
Nota: Horário da ausência dos pais: Das 9:00 às 18:00.
Local: Casarão com grande terreno.

Missão atribuída a: Kattomy Mai

Recompensa: 150 ryo, 1 scroll e 1 ponto de cumprimento

Boa sorte Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
GhosTTerroR

Administrador | Oto
Administrador | Oto
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 30
Localização : Porto / Coimbra
Número de Mensagens : 5899

Registo Ninja
Nome: Nara Artemiza
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 27,75

MensagemAssunto: Re: Missão particular de rank D - Atrás das 49 vidas   Qua 10 Dez 2008 - 17:37

< Filler N.7

ATRÁS DAS 49 VIDAS

Estavam os três membros do clã Kattomy em casa quando, logo pela manhã, alguém bateu à porta. Rei foi quem abriu. Uma silhueta tapava alguns dos fortes raios de sol matinais. Rei finalmente reconheceu o indivíduo assim que os seus olhos se adaptaram à luz. Conversou com ele durante alguns segundos e por fim chamou:
- Mai, é para ti!
- Para mim!? Quem? - Questionava enquanto se deslocava do seu quarto em direcção à entrada. - Ah! Uma nova missão?
- Muito bem, acertaste! - Congratulou o mensageiro do Mizukage brincando. - Já sabes o procedimento. Apresenta-te...
- ...No gabinete do Mizukage-sama o mais rapidamente possível. - Completou Mai. - Arigato gozaimass, vou já para lá!
Dito isto foi apenas buscar a sua bandana de genin e saiu porta fora em direcção ao edifício do Mizukage. Rei ainda lhe perguntou se não queria levar o chapéu, mas ela não chegou a ouvir. Kiri estava branca, tinha nevado na noite anterior e estava bastante frio apesar do sol. Mai perguntava-se que missão seria desta vez e se iria ter algum parceiro como aconteceu na missão anterior. Já iria descobrir.
Chagando por fim ao gabinete, bateu á porta e entrou assim que recebeu permissão.
- Foste rápida! - Exclamou Okashii ao ver Mai. - Pronta para a nova missão?
- Hai! - Disse com convicção.
- Óptimo! - O Mizukage fez então a explicação da missão e depois passou aos avisos: - Mai, apesar de tudo, não subestimes a missão. Eu conheço a casa e provavelmente tu mesma já passaste por lá, o terreno deles é enorme, têm quase uma mini-floresta na sua propriedade. Tens aqui a localização no papel - entregou o papel a Mai, - almoça e dirige-te para lá de seguida, não tens tempo a perder.
- Hai. - Mai olhou para o papel, ela sabia onde era, sempre que passava por lá achava aquela propriedade rodeada de altos muros uma espécie de fortaleza. Agora iria lá para dentro em missão.
- Só mais uma coisa. Lembra-te que deves sempre seguir os pedidos de uma missão, mesmo que sejam feitos por uma rapariga como tu. Afinal de contas ela tem as suas próprias posses e meios, apenas nos devemos limitar a cumprir as missões.
- Wakata... erm... Vou sozinha?
O Okashii levantou o sobrolho:
- Porquê!? Precisas de ajuda para esse tipo de missão!?
- Ah, não, não, é só que... Gomennasai Okasii-sama...
- Bem, vai lá então... boa sorte.
Mai acabou por sair do gabinete um pouco embaraçada e nervosa, mas estava pronta para a missão.

Tal como tinha sido aconselhada, após o almoço já ela estava enfrente aos grandes portões da propriedade com a sua mochila às costas, mais uma vez, não trazendo o chapéu, deixando os longos cabelos brancos a dançar ao vento. Decidiu tocar à campainha que estava no muro à direita dos portões...
"DLIM!"
A metade inferior esquerda do portão abriu de imediato assustando Mai do lado de dentro surgiu uma rapariga mais baixa que ela usando um robe cinzento comprido que lhe cobria os pés. Tinha olhos e cabelo castanhos e pele clara.
"DLAM!"
- És tu o shinobi designado para a missão!?
- Huh? Ha... hai. - Respondeu Mai um pouco surpreendida. Era como se a rapariga estivesse atrás do portão aquele tempo todo esperando por ela.
- Despacha-te a entrar, não há tempo a perder! Eu não ando a gastar ryuus com shinobis para ter trabalhos mal feitos!
Qual é o problema desta miúda!? Mai quase não compreendia aquela arrogância existente em alguém tão novo, no entanto lembrou-se dos concelhos do Mizukage e decidiu-se a simplesmente entrar. A rapariga ajudou. Agarrou Mai pelo braço e puxou-a para dentro do portão apressadamente fechando este com um encontrão. Mai nem teve tempo para reagir aquela atitude...
- Ali! Ali! - Gritava a rapariga apontando com o braço esquerdo. Está ali um dos gatinhos vês!? Vai lá apanhá-lo despachate! - E empurrou a genin que, tropeçando num pequeno degrau existente em ambas as margens do corredor de cimento que ligava o portão à porta principal da casa, acabou por cair batendo com a cara na neve.
Raios para a pirralha Dizia Mai dentro da sua cabeça.
- Ai! Que fazes aí no chão levanta-te! - A rapariga era realmente insuportável. Mai deu o melhor de si para controlar a raiva e concentrar-se na missão. Levantou o tronco com os braços e focou a visão na direcção que a rapariga indicara.
- Vá, despachate! - Continuava a rapariga. Desta vez Mai ficou saturada.
- Cala-te! Já vou! - Disse irritada arrancando de seguida atrás do gato que estava no meio da neve.
- Não... não precisavas de gritar... - murmurou a rapariga assustada com a súbita atitude de Kattomy Mai.
O pequeno gatinho preto ao ver a genin aproximar-se assustou-se e começou a fugir. Mai usou o chakra para correr mais rápido. O gato ainda era pequeno e corria pouco, sendo que foi alcançado segundos depois.
- Um já está! - Exclamou Mai pegando nele. Na coleira dizia "Santchy". - Que raio de nome... com sorte vou apanhar os outros seis bem rapidinho!
Mai levou o gato à rapariga, esta pegou nele e foi colocá-lo lá dentro fechando a porta de entrada de seguida. A casa não era muito grande, mas o terreno era enorme. Atrás da casa havia de facto uma mini-flortesta tal como tinha sido descrito.
- Está ali outro! - Gritou a rapariga apontando agora no sentido contrário.
- Ha... - Mai agradecida pela ajuda pegou numa shiruken, mas sentiu o seu punho ser agarrado.
- Nem te atrevas a magoar os meus gatos! Não lhes pode acontecer nada!
Mai olhando de lado para a rapariga, deixando esta intimidada disse-lhe:
- Não te preocupes, segundo dizem, eles têm sete vidas não é!? - Saltou logo de seguida elevando-se no ar atirando o shuriken em direcção ao gato.
Mizu Shuriken Bunshin no Jutsu!
Os pelos do gato ficaram espetados com o susto de ver quatro shurikens caírem a toda a sua volta. Mai apanhou o amedrontado gato e entregou-o à rapariga.
- Oh, pobre Nitchy... - Disse ela pegando no gato.
A procura ficava mais complicada a partir daqui. Mai começou a caminhar pela neve à procura de mais gatos. Era certo que eles estavam ali, não havia hipótese de treparem aqueles muros altos, sobretudo tendo estes no topo grades em formas de espetos.
Após alguns minutos encontrou um gato ao lado da casa... escondeu-se na esquina e pôs em prática um novo plano.
Bunshin no jutso!
Fez com que o bunshin perseguisse o gato de forma a que este viesse ao seu encontro. Já usara esta técnica no treino anterior, mas ao contrário dessa vez, agora foi bem sucedida.
- Ora aí está o Sitchy! - Disse Mai entregando o terceiro gato à rapariga.
Para encontrar mais facilmente os restantes, Mai chegou à conclusão que se fizesse menos barulho, não só eles não fujiam, como também os poderia localizar pelo miar. Foi isso que aconteceu quando procurava já na parte de trás do terreno. A genin seguiu o som que vinha do cimo de uma árvore. O gato estava lá num tronco miando. Kattomy Mai consegui apanhá-lo usando o Kinobiri. Este era o Rokutchy.
Faltava apenas uma hora para a mãe da rapariga chegar e ainda haviam três gatos perdidos. Mai só ouviu um miar meia-hora depois de andar lá às voltas. O som vinha de dentro um tronco de árvore. Era um tronco oco. O pequeno gato ficara preso lá dentro pois a saída tinha sido bloqueada por um pesado tronco que entretanto caiu. Mai usou toda a sua força para mover o tronco e de seguida pegar no gato. Foi a correr de volta à entrada da casa entregar o gato à rapariga.
- Boa, encontraste o Chitchy! Só falta o Itchy e o Gotchy... despacha-te só temos vinte minutos!
- Eu sei, estou a fazer o melhor que posso!
O dia já estava a ficar escuro, mas ainda havia alguma visibilidade. Enquanto Mai procurava pelos gatos, a rapariga foi para o portão espreitar para confirmar a chegada da mãe. Esta não podia saber do sucedido se não com certeza lhe iria dar um castigo enorme! Para aquela mulher os sete gatos eram um verdadeiro tesouro.
- AH! SHINOBI! SHINOBI! - A rapariga chamou por Mai aos berros após ter visto a mãe no fundo da rua. Mai ouviu o chamamento em alto e bom som. Ao ouvir a explicação da rapariga entrou em pânico, aquela missão estava difícil de se concretizar. - Faz alguma coisa por favor! - Implorou a miúda.
Kattomy Mai pensou por alguns segundos e teve a brilhante ideia de subir ao telhado para ter uma maior visibilidade do espaço à sua volta. Assim que o fez não acreditou na coincidência. Estava lá um dos gatos. Apressou-se a apanha-lo enquanto este estava de costas e entregou-o.
- Rápido, só falta o Itchy, o gato mais velho! - Mas já não havia nada a fazer. O portão começou a abrir, os pais da rapariga tinham chegado a casa. - Oh, não... - Ela fez a primeira coisa que lhe veio à cabeça, agarrou no braço de Mai e puxou a genin para dentro de casa fechando a porta no mesmo momento em que os pais entraram no portão. - A minha mãe não te pode ver se não estou feita. De qualquer das formas falta o Itchy... Ai o que vai ser de mim!?
Os passos aproximavam-se, Mai não sabia o que fazer.
- Esconde-te! - Ordenou a rapariga...
Os pais abriram a porta e cumprimentaram a sua filha. Tinham roupas cheias de classe.
- Então e como estão os meus gatinhos? - Perguntou a mulher à filha.
- Estão bem... - respondeu esta apontando para trás onde estavam seis dos gatos...
- Onde está o Itchy!?
A rapariga não acreditava no que via.
- Está ali! - Disse apontando para debaixo das pernas da mulher. O gato desaparecido acabou por entrar por vontade própria, mesmo a tempo de evitar o castigo da rapariga. Esta agradeceu com um "Arigato" e um aceno subtil.
- Huh!? Questionava-se o pai. De quê!?
- Nada, nada... hehe. - Disfarçava enquanto Mai saía pela porta após se ter camuflado na parede do hall de entrada com o Kakuremino no Jutsu, acabando por desaparecer atrás da porta que se fechou logo depois.
Uff... consegui Mai agradecia á sorte, aquela missão tinha sido stressante. De repente ouviu-os falarem do outro lado da porta...
- Adivinha o que comprei?
- Huh? O quê?
- Mais três gatinhos! Hatchy, Kyutchy e Jyutchy!
Ao ouvir aquilo, Kattomy Mai rezou para que a rapariga nunca mais deixasse a porta aberta. Ela abriu-se de facto assustando a genin.
- Toma, entrega isto ao Mizukage-sama... obrigada de novo. - A rapariga entregou uma declaração que confirmava que Mai tinha completado a missão. Fechou depois novamente a porta.
Kattomy Mai abriu o portão pelo trinco que havia do lado de dentro, fechou-o e após sair daquele enorme local, dirigiu-se para o gabinete do Mizukage com mais uma missão bem-sucedida.

Spoiler:
 

> Treino N.8


Última edição por GhosTTerroR em Sab 13 Dez 2008 - 19:27, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.myspace.com/ghostterror
GhosTTerroR

Administrador | Oto
Administrador | Oto
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 30
Localização : Porto / Coimbra
Número de Mensagens : 5899

Registo Ninja
Nome: Nara Artemiza
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 27,75

MensagemAssunto: Re: Missão particular de rank D - Atrás das 49 vidas   Sex 12 Dez 2008 - 11:46

^ The End, lol

Quando algum staff estiver disponível... =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.myspace.com/ghostterror
Ero Sennin


avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : Leiria
Número de Mensagens : 1625

Registo Ninja
Nome: Akio
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: Missão particular de rank D - Atrás das 49 vidas   Sex 12 Dez 2008 - 12:59

Reservado

Habilitações Corporais
Força: 4,75 + 0,25 = 5
Agilidade: 3 + 0,25 = 3,25
Inteligência (afecta a capacidade de chakra): 4,75 + 0,5 = 5,25
Constituição(afecta a resistência): 3

Habilitações Ninja
Ninjutsu: 5 + 0,5 = 5,5
Taijutsu: 5,5
Genjutsu: 0
Selos (afecta a precisão/sucesso e rapidez da performance): 2,75
Trabalho de Equipa: 3

Total de pontos Ganhos: 1,5/6

150 ryo, 1 scroll e 1 ponto de cumprimento para ti


Comentário: Uma missão simples em que não dava para ganhares muitos pontos, mas até foi engraçada xd

Quaisquer questões sobre a avaliação diz Wink

Tudo actualizado!
Voltar ao Topo Ir em baixo
GhosTTerroR

Administrador | Oto
Administrador | Oto
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 30
Localização : Porto / Coimbra
Número de Mensagens : 5899

Registo Ninja
Nome: Nara Artemiza
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 27,75

MensagemAssunto: Re: Missão particular de rank D - Atrás das 49 vidas   Sex 12 Dez 2008 - 15:16

Nada a dizer. Está bem. ^^
Por mim tá tudo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.myspace.com/ghostterror
Ero Sennin


avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : Leiria
Número de Mensagens : 1625

Registo Ninja
Nome: Akio
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: Missão particular de rank D - Atrás das 49 vidas   Dom 14 Dez 2008 - 16:17

Fechado!
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Missão particular de rank D - Atrás das 49 vidas
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Kirigakure :: Missões :: Missões Arquivadas-
'); }