Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 [Missão Bingo Book: Rank C] - Ruyga Ichizo & Inoku Kunaco

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Dark_Akira

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Mafra
Número de Mensagens : 1493

Registo Ninja
Nome: Zehel Matsuri
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5225
Total de Habilitações: 359

MensagemAssunto: [Missão Bingo Book: Rank C] - Ruyga Ichizo & Inoku Kunaco   Ter 18 Ago 2015 - 16:13

Spoiler:
 

Inscritos:

- Zehel Matsuri
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dark_Akira

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Mafra
Número de Mensagens : 1493

Registo Ninja
Nome: Zehel Matsuri
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5225
Total de Habilitações: 359

MensagemAssunto: Re: [Missão Bingo Book: Rank C] - Ruyga Ichizo & Inoku Kunaco   Qua 19 Ago 2015 - 15:26

*Tum Tum Tum* O bater de uma porta soava pela manhã, cortando o silencio adormecido que pairava na casa dos Matsuri. Zehel rolava na sua cama, espreguiçando-se enquanto passava por cima de Ykarus.

- 6 da manhã, que raio quererá o jounin que me veio buscar... - questionou-se o shinobi deduzindo que seria um companheiro de vila a dizer-lhe que a sua presença era requerida no escritório do Mizukage.

Arrastando-se pelas escadas da casa, lançava um "é para mim" à sua mãe que se tinha levantado para ir ver quem batia à porta de sua moradia.
Pelo caminho o shinobi colecionava pedaços da sua vestimenta, os quais vestia logo de seguida, e as suas armas que repousavam na entrada da casa. Alcançando a maçaneta girou-a de modo a abrir a porta ao incomodador matinal e ver o que este queria.

- Suponho que fui chamado ao escritório do Mizukage? - questionou ele movendo-se para fora de casa.

- Hmm, sim foi isso. Não achas que te falta nada no pé? - questionou o Jounin que se encontrava à porta de casa olhando fixamente para o pé esquerdo.

Bolas, o sapato tinha ficado perdido na casa e Zehel nem tinha notado a sua falta. Resmungando inaudivelmente rodou sobre o pé calçado e aventurou-se pela casa em busca do seu sapato perdido. O jounin mantinha-se imóvel como uma estaca olhando para a busca lenta do rapaz.

- Não fiques ai a olhar para o ar... Ajuda-me a encontrar o sapato por favor. - reclamou o rapaz com o seu mau-humor matinal.

Movendo-se rapidamente o homem que se encontrava à porta deu quatro passos para dentro da casa e apanhou a peça do shinobi debaixo de uma mesa.

- Estavas a vê-la e nem me dizias! Ai a vontade que tenho de te espancar com o sapato! - reclamava o chunnin enquanto ameaçava o homem agitando a peça pelo ar.

- Tu desapareces-te logo de vista! E não ia entrar em casa de outra pessoa assim sem mais nem menos. - desculpava-se o homem.
--------------------------------------------------------------------------------

- Com licença. - pedia o chunnin entrando no escritório de Okashi-sama.

- Haa entra entra Zehel-kun. Desculpa ter-te acordado a estas horas mas chegaram agora mesmo informações de uma situação que creio que tu serás o mais adequado a resolver. - falava o líder de kirigakure voltando-se para o shinobi no meio da papelada toda.

- Confio no seu discernimento e agradeço ter me destacado para tal posição. - agradeceu com cortesia o chunnin.

- A situação é algo simples para um chunnin com elevadas capacidades, pelo que não tenho duvidas que conseguirás dar conta do trabalho. Aquilo de que fomos informados é que na costa de kirigakure estão a haver cada vez mais ataques de piratas liderados por dois nukenins. A tua missão é ires lá e tratares da situação, deverás capturar os dois ninjas e trazê-los em conjunto para receberes a recompensa. Se voltares só com um não será considerada completa a tua missão. - explicou Okashi-sama.

- Suponho que quem tem sido mais afectado é Patch-san, estou errado? - inquiriu o chunnin.

- Exactamente, ele detem uma grande parte do comércio piscatório de kirigakure e também trata de transferências de mercadorias entre vilas, pelo que tem perdido inúmeros bens.

- Acho que eles ficarão contentes por me ver de novo, já faz algum tempo que não lá vou. Permissão para partir? - pediu Zehel.

- Toma, ai estão as informações sobre os ninjas que vais enfrentar. - disse Okashi-sama entregando-lhe um pergaminho. - Boa sorte.

- Com licença. - disse o rapaz saindo do escritório partindo para a sua missão.

Dando uma corrida desde o edificio central até à periferia da cidade, o shinobi encontrou o transportador de patch que tinha vindo deixar o peixe às bancas da vila. Trocando dois dedos de conversa, o homem concordou em ter companhia durante a viagem, transportando Zehel até ao estaleiro do seu patrão Patch.
A viagem ia demorar até por volta da uma hora da tarde, pelo que os dois iam ter tempo para falar sobre a sua vida. O homem, que se chamava Thomas, contava-lhe como ia o negócio desde a ultima vez que o rapaz tinha estado com eles, contava-lhe de todas as novidades, namoricos e desafios que aconteciam naquela grande família do negócio marítimo. Em retorno, Zehel contava as suas aventuras, perspicácias e encontros fantásticos, as histórias do rapaz eram recebidas como se contasse um grande conto de como matava dragões e criaturas míticas, mesmo sendo viagens e experiências perfeitamente normais para um ninja que habita numa ilha de invocações mitológicas e lida constantemente com bichos estranhos.

A viagem passou num instante, entre histórias, brincadeiras, encrencas e até uma tentativa de assalto que acabou à estalada. Alcançaram a pequena povoação em torno do estaleiro à uma e meia da tarde, hora do almoço e razão pela qual não se via uma alma a passar na rua.

- Entrega de Kirigakure! - exclamou o Thomas enquanto descarregava com a ajuda de Zehel o que tinha trazido da vila na sua carroça.

Todas as pessoas que estavam nas suas casas a almoçar cessavam o almoço quando ele chegava, para o ajudar a descarregar as coisas, mas quando saíram das suas moradias foram apanhados de surpresa quando toda a carga estava no chão já desempacotada e não só uma pessoa estava lá fora.

- Zehel! - exclamou Gisla entusiasmada por ver o shinobi de novo.

A rapariga correu desde a ombreira da porta da casa de Patch quase atropelando a sua mãe, Richild, para ir cumprimentar o rapaz.

- Hey, já à quanto tempo! - falou o shinobi retribuindo o cumprimento.

Seguiu-se então uma grande euforia de apertos de mão e beijos por parte de todos os que ali se tinham deslocado. Ele era sempre muito bem recebido ali por causa da ajuda que já tinha dado e que continuava a dar. Resolvera uma disputa que os pescadores tinham com outros pescadores e que quase os tinha deixado na miséria e sempre que podia vinha dar uma ajuda com qualquer coisa que eles precisassem. Por isso era sempre recebido com carinho e como se fosse parte da família.
---------------------------------------------------------------------------------

Como já era tradição instalara-se na casa de Patch, que mantinha sempre um quarto livre, o quarto em que ele tinha ficado na missão. Dava jeito uma vez que Patch era o líder daquela pequena empresa marítima e por isso tinha sempre acesso a tudo o que se passava.

- Recebi a informação do Mizukage-sama acerca dos ataques que têm sofrido no mar. Conta-me como tem acontecido as coisas. - falou o rapaz tentando colectar a informação sobre os ataques.

Patch apressou-se logo a ir buscar os mapas das suas rotas comerciais e a gritar em plenos pulmões por dois homens que Zehel supôs ser os seus navegadores mais experientes. Juntaram-se todos com uma rapidez e eficiência brutalmente espectacular, demonstrando o treino que tinham em trabalharem juntos. Após breves apresentações dos capitães passaram então a expor todas as informações que tinham ao ninja já conhecido deles. Tinha sido uma boa jogada do líder da vila, enviar alguém em quem eles confiam e consideram da família, se fosse outro qualquer a ali estar não dariam nem metade daquelas informações pois poderia comprometer toda a sua empresa.

Patch mostrou a Zehel as rotas usadas pelos seus navios mercantes, as áreas de pesca que o homem detinha como suas, todas as embarcações perdidas e os locais onde foram perdidas. Os capitães falavam de como tinham sido abordados pela tripulação liderada pelos dois nukenins, explicavam em que condições eram abordados e quão rápidos eram os seus navios.
Zehel escutava toda a informação e recolhia dados importantes, era necessário uma grande visão estratégica e conhecimento ninja para desvendar alguns dos segredos usados contra aqueles marinheiros comuns.

- Parece-me que a situação é muito bem gerida pelos dois, - começou Zehel a falar abrindo o pergaminho com todas as informações dos dois ninjas. - A área que eles atacam é sempre nesta zona afastada da costa, porém se repararem na disposição geográfica desta zona, revela uma zona semelhante a uma baía, provavelmente eles conseguem usar este caminho para se escaparem mais facilmente dos navios que os possam perseguir, estando eles habituados à zona costeira escapam aos baixios e apanham as correntes rápidas, coisa que os inexperientes não conseguem fazer.

Todos em redor da mesa escutavam as palavras do shinobi que os colocava ao corrente das suas deduções.

- Se repararem na frequencia dos ataques reparam que eles mudam de zona perto do fim do mês e a carga que capturam não é de bens materiais mas alimentares, o que demonstra que se têm alimentado às vossas custas. - falava ele apontando para as zonas piscatórias que se distanciavam da rota comercial. - No entanto a frequência com que atacam os vossos barcos não dá para desenhar nenhum padrão, o que denuncia uma operação controlada sem margem para previsões. Conseguem ter uma boa visão estratégica dos ataques que fazem.

- Então emboscadas não serão muito bem sucedidas? - questionou um dos capitães que Patch tinha mandado chamar.

- Correcto, devido à imprevisibilidade e controlo que ambos têm nos ataques que fazem não podemos ter a certeza de que uma emboscada vá ter sucesso. No entanto podemos estar sempre preparados. Quanto aos ataques, pelo que me disseste eles atacam sempre com um nevoeiro muito cerrado e trazem sempre dois barcos extremamente rápidos.

- Exacto. - conferiu o homem.

- Hmmm... isto é só uma hipótese. Mas temo que eles usem jutsus para vos emboscar. Reparem aqui. - Falava o shinobi apontando para os pergaminhos que tinha trazido. - Eles ambos sabem o Kirigakure no Jutsu, pelo que é muito fácil para eles levantarem um grande nevoeiro. Assim sendo uma das condições está desvendada. Diz-me uma coisa, eles levam um navio sempre á vossa frente? - questionou o chunnin.

- Sim, é estranho pois mesmo estando nós mais leves que eles, eles conseguem sempre ir muito mais rápido que nós. Um dos barcos então ficamos logo sem ver, as suas velas parecem balões de tão insufladas que sempre estão. - falava o homem demonstrando-se revoltado.

- Claro que estão, a mulher usa técnicas de Fuuton para insuflar as velas e mover-se mais rápido. Já o homem desconfio que tenha algum truque de suiton na manga para vos atrasar mais, mas não estou certo...

- Então conseguimos com a tua ajuda passar-lhes a perna! Se os truques que eles usam são técnicas ninja podemos dar um jeito neles! - exclamava entusiasmado o outro capitão por ver nascer uma esperança de voltar a navegar em mares seguros.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dark_Akira

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Mafra
Número de Mensagens : 1493

Registo Ninja
Nome: Zehel Matsuri
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5225
Total de Habilitações: 359

MensagemAssunto: Re: [Missão Bingo Book: Rank C] - Ruyga Ichizo & Inoku Kunaco   Sex 21 Ago 2015 - 19:11

- Todos a bordo! - exclamava o capitão da embarcação Espuma da Onda alertando todos os marinheiros a embarcar.

Zehel encontrava-se já a bordo do navio planeando como iria actuar no caso de serem abordados, fazia planos de como manipular os oponentes a entrarem pelo lado que ele queria, como os ia enganar no navio e como iria sair a ganhar do confronto que eles iriam ter. Colocando a sua senshi no ken escondida dentro de um barril, preparava as zonas laterais do navio para a abordagem, usando toda a sua força, movia os canhões que repousavam na zona lateral do navio, de modo a ficar um buraco propicio a pousar uma prancha.

- Então Marujo, ajeitas-te com essas roupas de marinheiro? - questionava um dos homens de Patch brincando com o ninja sempre habituado a roupas de combate.

- Que remédio tenho eu! - repondeu ele soltando uma gargalhada.

- Marinheiros! Façam-no levantar navegar! - gritava o contra-mestre, passando as ordens do capitão.

Zehel começava logo a correr, focando o seu chakra para subir pelo mastro sem precisar de trepar, com grande velocidade chegou ao topo da vela que se encontrava dobrada e com igual mestria desfez os nós que mantinham o pano branco dobrado estendendo uma vela bonita que insuflava logo com o vento. Lá em baixo, todos se ocupavam com os seus postos, levantando a ancora, prendendo cabos e manobrando o leme, ninguém ficava parado sem fazer nada. Os primeiros momentos de navegação eram sempre os mais complexos e agitados, era necessário fazer as preparações necessárias ao movimento da embarcação desde amarrar cabos a segurar bens que podiam desequilibrar o navio. Sorte a deles que não levavam bens muito instáveis como barris, levavam apenas sacos cheios com grão e arroz, misturados com sacos de pura terra. Tinham colocado os sacos de terra por baixo dos montes de mercadoria uma vez que os piratas não tinham o habito de levar navios mas sim de capturar só a mercadoria. Ter muitos navios atracados perto de uma pequena baía levantava suspeitas, coisa que estes criminosos não queriam levantar.

Rapidamente os afazeres do navio ficavam completos, libertando a tripulação reduzida da embarcação. Zehel esperava reunir o máximo numero possível deles para uma reunião onde explicaria o que se iria passar aquando de uma abordagem.

- Capitão, se for possivel junte todos os homens que conseguir para falarmos. - pedia o kiri-nin.

O grito do contra-mestre soava logo de seguida chamando toda a tripulação livre para se juntar a eles. Zehel começou então a explicar-lhes o que ia suceder no caso de serem abordados pelos piratas. Durante meio dia, Zehel conversou com os marinheiros explicando-lhes o papel que eles precisavam de realizar assim que fossem abordados e respondendo às suas questões.
---------------------------------------------------------------------------------

- Nevoeiro à frente! - exclamou o marinheiro que se posicionava no topo do mastro principal.

Era o sinal que eles esperavam, os nukenins costumavam fazer a sua investida em zonas de nevoeiro como aquela. Todos já sabiam o que fazer e o movimento invadiu o convés novamente, todos a posicionarem os canhões que se tinham movido e a carregá-los. Zehel moveu-se para o piso inferior do navio, onde abriu uma portinhola dos canhões, pequena o suficiente para que não fosse detectada. Juntando as suas mãos numa sequência de selos concentrou o seu chakra e, mordendo o seu dedo, colocou a mão no chão de madeira do navio.

- Kuchyose no jutsu! - exclamou fazendo surgir uma nuvem de fumo branco que preencheu totalmente o porão.

O som de madeira a chiar ecoou assim que duas criaturas verdes e maciças surgiram na embarcação. Alarmados com aquele som inúmeros marinheiros correram ao porão ver o que tinha acontecido e Zehel aproveitou aquele momento para lhes apresentar os guardas que tinha referido no plano, eram os seus orcs que iriam tratar de defender os marinheiros o melhor possível e evitar que os piratas avançassem no navio. Após as apresentações feitas o silencio reinou em toda a embarcação, apenas se ouvia o quebrar das ondas no casco do navio, cada uma mais forte que a outra.

- Atenção pessoal, aproxima-se algo. - falou em voz elevada o contra-mestre alertando os seus companheiros para a aproximação de um objecto oculto pelo nevoeiro.

Eram eles, os piratas, ao verem os dois navios piratas a aproximarem-se a uma velocidade estonteante a tensão subiu ao máximo, gotas de suor escorriam pelas caras e mãos suadas envolviam com mais força as suas armas de defesa pessoal.

- É agora. - declarava Zehel ao ver uma prancha a ser levantada num dos barcos inimigos.

Uma voz feminina ouvia-se a cantar uma canção de marinheiros alegre com o saque que iria fazer. Ilustrava perfeitamente a felicidade das duas tripulações que começavam a abordar o barco, uns agarrados a cordas que balançavam até ao navio de Patch, outros correndo pela prancha. Gritos começavam a surgir do convés, seguidos do bater de espadas. A batalha pelo navio tinha começado, ordens para não resistirem ecoavam pelo longo mar na voz grossa de Ruyga, tentando fazer aquilo o mais eficiente e rápido. Em contraste Inoku batalhava alegremente combinando a sua perícia em luta de espada com técnicas ninja para empurrar os seus inimigos.

Estava na hora de começar o plano! Saltando como um gato, Zehel saía pela pequena abertura no casco, mergulhando no mar gelado e agressivo. Combatendo contra as ondas controlada a sua respiração e usava toda a sua força de braços e pernas para resistir aos empurrões das ondas e nadar em direção ao lado oposto de uma das embarcações dos oponentes. Alcançando o lado oposto do navio oponente, trepou a madeira com recurso a uma concentração de chakra para se colar à madeira e pousou furtivamente dentro da embarcação, com certeza teriam deixado alguém a guardar o navio, não seriam estúpidos o suficiente para a deixar sem guarda. Juntando as suas mãos, fez um selo invocando dois kage bushins que ordenou irem procurar os guardas do barco e abaterem-nos em silêncio. Entretanto o original estaria responsável tanto pela defesa da embarcação de Patch como por afastar aquela embarcação o suficiente para ter em vista o outro barco oponente.
Abstendo-se do barulho da luta que ocorria ali ao lado, concentrou o seu chakra enquanto fazia uma serie de selos.

- Suiton Suishoha. - declarou libertando o seu chakra.

Um vórtice aquático gigantesco formou-se atrás do barco onde Zehel estava, rebentando no momento certo para dar forma a uma onda gigantesca que era controlada pelo chunnin de modo a fazer a embarcação ganhar velocidade e afastar-se da formação. Os gritos e trocas de golpes de espadas cessaram por um momento ao verem o barco onde tinham vindo afastar-se até se tornar inacessível. Assustados com o que acontecera, muitos marinheiros tentaram correr até à plataforma de abordagem que tinham montado, porém foram barrados pelos passos longos e pesados de dois orcs que surgiam de surpresa vindos do porão.

- Não desistam! Eu e a capitã tratamos dos orcs! - bradava Ruyga começando a correr e a concentrar o seu chakra para enfrentar o primeiro orc.

Expelindo pela sua boca uma forte torrente de água, o pirata tentava afastar e confundir um dos orcs de modo a conseguir terminar o ataque com outro jutsu. Porém o segundo Orc adiantou-se e fez descer o seu machado gigante em direção ao homem. Porém o seu ataque não teve sucesso, sendo repelido por uma barreira de água, Inoku surgia coberta por um remoinho aquático que a protegia e naquele caso também protegera Ruyga.

- Temos de trabalhar em conjunto! - afirmou a mulher para o seu parceiro.
----------------------------------------------------------------------------------

Zehel via o seu plano desenrolar-se no barco, tal como tinha planeado, restava apenas a entrada dele. Os homens de Patch tinham quase totalmente dominado os seus opositores piratas e os nukenins estavam ocupados com dois brutamontes verdes que lhe faziam frente.

- Ok vamos lá! - exclamava ele batendo com as palmas das suas mãos nas bochechas.

Concentrando-se no seu pulso direito fazia sair o seu selo amaldiçoado, revelando a mutação demoníaca que ele sofria, com as suas pernas e braços negros. Aproveitando-se da sua velocidade aumentada pelo cursed seal moveu-se como um relâmpago atravessando o convés do barco oponente. Colocando o seu pé bem afincado no chão executava um salto em direção ao barco de Patch elevando-se bem no ar. Juntando as duas mãos fazia o seu chakra maligno correr-lhe o corpo e concentrar-se numa lança de raios e energia amaldiçoada que brilhava intensamente. Apontando o seu Cursed Thunder Spear ao barco inimigo, usou toda a sua força para atirar o jutsu como um javelin. A seta cortou o ar numa parábola quase perfeita evitando o barco de Patch e caindo na ponta mais longe do barco oponente.

- Vão! - gritaram as duas invocações desaparecendo numa onda de fumo depois de proferirem aquelas palavras, todos os homens de Patch agacharam-se para se escaparem da explosão que atingiu o barco dos piratas meio segundo depois. Estilhaços de madeira voaram por toda a zona atingindo alguns dos piratas que se mantinham em pé.
Zehel aterrou na embarcação de Patch com uma cambalhota para aparar o impacto da queda e começou a correr assim que se levantou.

- Vamos homens! - gritou enquanto saltava da zona do leme para o meio do convés.

Colocando a mão dentro de um barril, sacou de lá a sua senshi no ken e, vendo os combates a recomeçarem no convés, correu numa investida em direção aos piratas ninja.

- Tomem o navio! - Bradou Ruyga para os seus homens. - Eu trato dele Inoku, leva-nos até junto do nosso barco.

o homem estava confiante das suas capacidades ninja, mal ele sabia que quem estava a enfrentar não era um chunninzinho novato. Elevando a sua espada pirata, o homem de pala no olho direito investiu com perícia em direção ao shinobi da névoa. Este demonstrou que conseguia manter o ritmo do seu oponente fazendo um óptimo trabalho de pés e movendo a sua espada bloqueando todos os ataques de Ruyga. Apanhando o momento certo de um ataque, Zehel elevou a sua espada com força repelindo o ataque do oponente e desequilibrando-o para trás. Levando rapidamente a mão à sua bolsa sacou dois shurikens que atirou com perícia a Inoku. As duas armas atravessaram o ar, cravando-se na escadaria que a mulher pirata subia à pressa. Tropeçando no shuriken espetado com força na madeira, Zehel conseguira atrasar a movimentação de Inoku dando-lhe mais alguns momentos e evitando a sua fuga.

- Eu sou o teu oponente! - gritou o criminoso pegando em Zehel e atirando-o borda fora.

Enquanto caía, o rapaz sabia que tinha de ter alguém competente no topo do navio, então fez um selo e concentrou chakra de modo a fazer um kage bushin. O seu clone colocou os seus pés na planta dos pés do original e este dando uma repulsão com os seus pés projectou-o para cima. Com um grande chapão o shinobi caiu dentro de água no meio dos destroços do navio inimigo, agitando os seus braços para vir à tona da água. O clone tinha conseguido chegar ao topo do navio e correra até junto de Inoku que soltando mais chakra voltava a fazer o remoinho de água para atirar ao clone. A cópia de Zehel desviara-se com alta rapidez e agitava a senshi no ken que tinha sido deixada no navio. Aproximando-se da pirata, começava um combate de kenjutsu com sucessivas investidas e recuos dos dois, demonstrando ambos uma excelente mestria na arte de espadas.

Entretanto, vindo à tona da água, Zehel lutava por respirar algum ar no meio dos escombros. Rodando a cabeça para procurar o seu oponente aproveitou o momento para focar chakra nos seus pés e usar o mizu no kinobiri para ficar em cima do líquido. Foi surpreendido com uma pancada de um punho na sua nuca que lhe provocou imensa dor e o desequilibrou para a frente. O seu oponente mantinha-se em cima de uma grande placa de madeira que flutuava no mar, pelos vistos não conseguia caminhar em cima de água como Zehel, ali estava em desvantagem. Ou assim pensava o kirinin pois foi surpreendido por um mizu bushin que o imobilizou, assim Ruyga tinha tempo para terminar os selos e saltar para outra prancha de madeira em frente a Zehel que se debatia violentamente contra a sua prisão.

- Agora já eras. - afirmou o homem criando um Suirō no Jutsu aprisionando o chunnin no seu interior.

Zehel já tinha ouvido falar daquele jutsu e de como era util para prender outros shinobis, nunca teria esperado ser aprisionado dentro daquele jutsu. Porém conseguiu entender quais as fraquezas do jutsu, o seu utilizador tinha de manter sempre a mão dentro do jutsu e era isso que fazia o jutsu manter-se. A comoção no topo do navio continuava a escutar-se, mantendo-se os sons metálicos de espadas a embaterem e de urros de dor pela parte de ambas as tripulações. Ainda não havia muitos mortos, mas alguns já estavam inconscientes pelas intensas trocas de pancadas.

- Morre de uma vez! - gritava a alegre pirata ninja soltando o seu jutsu preferido em direção ao clone que ainda lutava contra ela usando a sua mestria com a espada.

A mulher soltava um urro de felicidade ao aperceber-se que o seu oponente tinha sido apanhado no jutsu e tinha sido levado para fora do barco. Rindo maniacamente com o seu sucesso voltava a agarrar no leme e a controlar o barco para o encostar ao seu.
Na superficie da água Zehel lutava para se manter calmo enquanto estava mergulhado na água da prisão.

- Tenho que me livrar disto agora. - pensou o rapaz ficando impaciente por ter sido apanhado.

Olhando para Ruyga, gesticulou apontando para a sua mão e fazendo o gesto de morte, passando o seu polegar pela garganta. Deu alguns momentos para o homem se aperceber da mensagem e tentar dar uma oportunidade de quebrar a prisão.

- Hahahaah, que podes tu fazer? estás ai aprisionado como um gatinho! - exclamou ele rindo-se.

Era tudo o que precisava de ouvir, Zehel encolheu os ombros e deixou o seu cursed seal tomar a forma mutada, surgindo o seu aspecto demoníaco. Debaixo de água o homem não se apercebeu da extensão das modificações corpóreas do jovem, pelo que apenas estranhou franzindo os olhos e dizendo:

- Mas que raio.

Nesse momento Zehel moveu a sua mão num sinal de despedida e com a sua outra mão concentrou um cero com toda a sua energia. A explosão arroxeada propagou-se num feixe de energia maciça que ameaçava destruir tudo à sua passagem. O pirata gritava desalmadamente chorando o seu braço perdido no ataque, o pequeno coto perto do ombro jorrava sangue como uma torneira, forçando o chunnin a fazer selos e a concentrar chakra para cuspir um Katon: Karyū Endan de modo a cauterizar a ferida. No meio de tanta dor o homem acabou por sucumbir à inconsciência.

Com um único salto o chunnin de cabelos negros trouxe o criminoso desmaiado para bordo prendendo-o com as suas linhas shinobi a um dos mastros. Restava apenas tratar da mulher pirata. Olhando para o leme viu a sua oponente que o fitava aterrorizada, a sua face ficara queimada e corroída em certas zonas devido ao cero que usara dentro da prisão, aquela visão dava-lhe uma vantagem psicológica gigante. Parecia um monstro saído de pesadelos, aparência de demónio e continuava ali sem problemas após ter uma parte da cara desfigurada. Caminhando calmamente o shinobi libertou o seu doujtsu de modo a curar a sua face enquanto subia as escadas e fitava a mulher aterrorizada.

- O que raios és tu? Seu demónio. - falava ela.

A pele da face dele terminava de regenerar e ele estalava o pescoço endireitando a sua estrutura óssea.

- Sou o teu pior pesadelo. - disse ele abrindo um sorriso psicótico mostrando as presas afiadas e os olhos aterrorizadores.

- Afasta-te! - exclamou a rapariga libertando o seu chakra e fazendo o seu tão querido jutsu do remoinho e atirando-o na direção de Zehel.

O rapaz manteve-se no mesmo sitio, fincando os pés bem no chão com recurso a um kinobiri e usou toda a sua força para contrariar o remoinho. O ataque psicológico à rapariga diminui a sua força de ataque pelo que era mais fácil de resistir ao ataque.

- Isto vai doer. - declarou o shinobi dando inicio ao jutsu final.

Concentrando o seu chakra na sua mão direita e fazendo uma série de selos, o chunnin libertou um raiton Gian baixando-se no momento certo para não ficar dentro do remoinho. O raio disparado da mão de Zehel atingiu o jutsu de água da mulher transferindo toda a energia do relâmpago para ela. Contorcendo-se enquanto soltava um grito de dor, a mulher sofreu uma electrocussão severa deixando-a inconsciente.
Os gritos de vitória estoiraram no convés, invadindo o barco com a alegria de um sobrevivente. Os tripulantes sobreviventes ao verem os seus capitães a tombarem começaram a atirar-se borda fora com medo de serem ali também presos. Sem os dois ninjas não teriam forças para voltar a criar a tripulação, já para não falar que ficaram sem barcos. Dividindo a tripulação, os homens de Patch e Zehel voltaram da sua luta com um barco de bonús e dois criminosos que aterrorizavam os mares.
Patch ao ouvir da notícia apressou o transportador da companhia a ir pegar os cavalos e a levá-los à exaustão se fosse preciso para que o kirinin chegasse o mais rápido possível à vila.
Agradecendo toda a amabilidade a Patch, que ripostou dizendo que eles é que estavam para sempre agradecidos e em divida, o shinobi regressou à vila a toda a velocidade. Necessitaram de para apenas uma vez pois os dois nukenins aprisionados por cordas, correntes, fita cola e encapuçados decidiram acordar e chorar como menininhas (mesmo um deles sendo uma rapariga). Na vila o caminho fora fácil, atravessaram os portões e toda a zona comercial de kirigakure de modo a alcançar o edificio onde os criminosos capturados eram entregues aos respectivos responsáveis dando por finalizada a missão.

~The End~




Queria só clarificar e perceber se concordam com algo que não está muito explicito na descrição da missão, é 700 por cada um visto que têm de ser capturados juntos certo? Para além dos ryos a recompensa do scroll deve-se manter tal como o ponto de mérito. Todas as missões de bingo book têm esta creio apenas que não foi especificado lá
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ozzymandias

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 60
Localização : Unknown
Número de Mensagens : 4010

Registo Ninja
Nome: Hiroshi Daisuke
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 15190
Total de Habilitações: 1029

MensagemAssunto: Re: [Missão Bingo Book: Rank C] - Ruyga Ichizo & Inoku Kunaco   Dom 23 Ago 2015 - 19:30

Reservo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ozzymandias

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 60
Localização : Unknown
Número de Mensagens : 4010

Registo Ninja
Nome: Hiroshi Daisuke
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 15190
Total de Habilitações: 1029

MensagemAssunto: Re: [Missão Bingo Book: Rank C] - Ruyga Ichizo & Inoku Kunaco   Qua 26 Ago 2015 - 19:12

AVALIAÇÃO DE ZEHEL MATSURI


HABILITAÇÕES NINJA

Ninjutsu: 41 + 1 = 42
Taijutsu: 24
Kenjutsu: 31 + 1 = 32
Genjutsu: 11,75
Selos: 20,25 + 1 = 21,25
Trabalho de Equipa: 8,25


HABILITAÇÕES CORPORAIS

Força: 25,75 + 1 = 26,75
Agilidade: 36,75 + 1 = 37,75
Controlo de Chakra: 56,75 + 1 = 57,75
Raciocínio: 12 + 0,75 = 12,75
Constituição: 39,75 + 0,25 = 40


TOTAL DA AVALIAÇÃO: 307 + 7 = 314


CONCLUSÃO: Ótima missão! Recompensa completa.



ATUALIZAnDO...
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Missão Bingo Book: Rank C] - Ruyga Ichizo & Inoku Kunaco
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Kirigakure :: Missões :: Missões Arquivadas-
'); }