Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 T22 - Aconteça o que acontecer

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
BigBoss

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Número de Mensagens : 1654

Registo Ninja
Nome: Kride Uchiha
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 296,5
Total de Habilitações: 291,25

MensagemAssunto: T22 - Aconteça o que acontecer   Qui 4 Set 2014 - 6:30


 Encontrava-me debaixo de uma cascata, sentado com as pernas cruzadas, recebendo a força da água fria do meu corpo, enquanto fazia um selo com as mãos, controlando o fluxo de energia do meu corpo. Fazia parte do treino que o Itachi preparara para mim.
 - Tens de estar preparado para conseguir concentrar-te em qualquer situação por mais difícil que ela fique – dizia ele, no seu discurso introdutório ao treino – O que quer que aconteça, vais ter de permanecer nessa pedra, debaixo da cascata.
 Já permanecia ali debaixo durante um bom bocado e o frio começava a fazer-se sentir pelo meu corpo e a própria pressão da água descendente começava a deixar-me as costas algo dormentes. Mas eu permanecia ali, sentado, sem me mover, aguentando tudo, enquanto puxava chakra das minhas reservas e o acelerava e abrandava ao longo dos canais de circulação do mesmo, brincando com o mesmo, sem nunca o libertar. Deixei algum sair então, surgindo então um trio de tomoes em cada um dos meus olhos que circulavam em volta da pupila negra. Continuei então na focalização de chakra, sem qualquer outro objectivo senão o de controlar a fluidez e velocidade com que o conseguia manipular.
 - Atenção! - gritou o meu sensei de longe.
 Olhei em frente e vi rochas a serem lançadas na minha direcção. Como já estava a concentrar chakra há um bom tempo, não foi difícil desloca-lo em volta do meu corpo, fazendo uma série de selos individuais com as mãos afastadas e unindo-as no fim para outra sequência de selos rápida, transformando a natureza da energia para Raiton. Fiz surgir então uma camada de raios, rodeando-me deles para protecção, depois concentrando-me novamente, controlei a direcção individualmente de alguns, destruindo as rochas à medida que chegavam mais perto. Várias pequenas esferas de fogo vieram na minha direcção. Focando os meus olhos nelas, apercebi-me que não eram reais, apenas uma ilusão do Itachi. Executei uma combinação de selos, manualmente, e de seguida, sem alguma vez sair do sítio, criei a ilusão de me desfazer em corvos esvoaçantes que evitaram as esferas de fogo e depois, voltaram a agrupar-se, formando a minha pessoa de novo, sentado na mesma posição. Nesse momento já vinham kunais, mais uma vez, apenas ilusórias. Foquei-me no meu sistema de circulação de chakra e fazendo um selo, parei-o. Olhei as kunais, vindo na minha direcção e soprei-as, enquanto via a ilusão desfazer-se.
 A pressão fazia-se sentir nas costas e a longa e demorada exposição à queda da água começava a deixa-las doridas, enquanto o meu corpo já começava a tremer do frio. Fiz vários selos, reunindo chakra nos pulmões e moldando-o com os vários selos que fazia com as mãos. Levantei a cabeça, tendo a água a bater directamente contra a minha cara e soprei uma enorme esfera de chakra, com o seu tamanho aumentado por chakra. O seu tamanho era tão grande que conseguia opor-se água, na sua trajectória ascendente, enquanto esta passava pelas chamas, recebendo a sua energia e quando finalmente a massa de chamas se extingiu, caiu sobre mim uma massa, agora de água, bem quente. Quando voltei a olhar em frente, deparei-me com um cenário completamente diferente. O dia tornara-se em noite, com um lua bem cheia e iluminada no céu escuro. Conseguia ouvir o som de corvos a voar em círculos no céu “Caw, cah, caw cah”. Reparei então no sangue à minha volta e que caía sobre mim. A cascata agora brotava sangue e todo aquele riacho que se alimentava dela, era agora também lavado por sangue. Era uma visão realmente forte. Abanei a cabeça. Isto não é verdade, é apenas uma ilusão do Itachi. Voltei a parar a circulação do meu chakra, mas desta vez, tal acto não era suficiente para quebrar a ilusão. Tentei uma vez mais, focando me no meu fluxo de chakra e quebrando-o, outra vez sem sucesso. Tentei uma outra vez, e ainda outra, interrompendo sucessivamente o movimento de chakra pelo corpo. Nada funcionara. Olhei então através da ilusão, sendo capaz de ver o homem que criava a ilusão, bem como o seu próprio fluxo de chakra.
 - Eu sei que é uma ilusão, Itachi-sensei! – informei.
 - Não é por saberes que consegues sair dela, pois não? – perguntou, sorrindo.
 - É o primeiro passo.
 Enviei então chakra até aos selos dos pulsos, invocando kunais e correntes em cada braço, que enviei na sua direcção. Ele pulou, ficando no ar, evitando-as. Levantei então as mãos e invoquei kunais com papéis explosivos, atadas a cordas shinobi, arremessando-as para Itachi. Puxei então ambas as cordas em direcções opostas e, prendendo-o. Com um selo, os Kibaku Fuda explodiram e a ilusão quebrou-se, mas ele não tinha sido tocado pela explosão. Conseguira soltar-se e afastar-se a tempo. Quase sem tempo para me restaurar à concentração, já várias kunais e shurikens voavam na minha direcção. Verifiquei-as quanto à sua existência, real ou não, e apercebi-me que no meio de várias ilusórias, existiam algumas verdadeiras. Reuni uma quantidade chakra nas pontas dos dedos, enquanto movia as mãos, formando uma sequência de selos diferentes e por fim e logo criei um bando de corvo, libertando-os através da ponta dos dedos, enviando-os para a frente, bloqueando as armas verdadeiras. Foi então que senti algo estranho, ao longo do lado esquerdo do meu corpo. Fitei as minhas mãos e apercebi-me que tinham aparências diferentes. A mão esquerda era mais delicada, uma mão feminina. Foquei a minha visão no meu reflexo na água e então vi, metade do meu corpo transformado na minha mãe.
 - Porque é que não a conseguiste proteger? – perguntou. A pergunta trespassou-me a alma, deixando-me num estado de completo destroço. A sua continuava a descrever como não conseguira proteger a minha irmã no passado.
- Eu não queria…
 De seguida, a minha metade esquerda transformava-se ganhando a aparência do meu pai. O seu aspecto era austero, severo.
 - Foste fraco! Não conseguiste defender a Miyuki! – as suas palavras começavam a ecoar pela minha mente – Ela morreu por tua causa!
 - Mas eu não… Por favor, não, eu não queria… URUSAI! – gritava, entrando num estado meio psicótico. Por outro lado tentava consciencializar-me de que aquilo era uma ilusão – Isto não é real, isto não é real. Está tudo na tua cabeça. É uma ilusão.
 Já a forma tinha ganho os contornos e detalhes do meu irmão que proveria ainda num tom mais áspero e frio as palavras que me culpavam da morte da minha irmã. A esse ponto, já a vontade de me livrar daquela ilusão era algo tão grande que cerrei os punhos e comecei a acertar em mim mesmo. Um valente murro na minha cara, e depois outro no estômago, seguindo-se uma violenta rajada de golpes no meu próprio torso, por obra das minhas mãos. A dor física parecia não superar a angústia psicológica e emocional. Via com os meus olhos que era tudo uma ilusão, mas ainda assim todo o ambiente da mesma era contagiante e afogava-me no meu próprio desespero. Ajoelhei-me e bati com força a cabeça na rocha onde me sentava, com força suficiente, para me deixar a testa a sangrar. Mas as vozes constantes ainda persistiam a insultar-me e acusar-me, mesmo que na minha mente gritasse “Isto não é real! É falso, uma ilusão, tudo uma ilusão!”. Voltei a enfiar a cabeça na rocha, mais umas três vezes, até que por fim me lembrei de um modo de escapar daquela ilusão.
 - Não aguento mais isto! – gritei, propositadamente, bem alto.
 Puxando da minha reserva de chakra, fi-lo sair e desloquei-o através do meu corpo, aglomerando-o na palma da minha mão. Um poderoso raio que chiava formava-se rapidamente, enquanto enviava chakra para o alimentar. Foi então que o levantei, na direcção da minha própria cara, ciente que Itachi não permitiria que me suicidasse. Rapidamente, este surgiu segurando-me a mão e quebrando o genjutsu.
 - Calma, Kride, é tudo uma ilusão – informou.
 - EU SEI! – disse estendo a mão na sua direcção, deixando que o raio apenas o paralisasse e quebrando logo a concentração de chakra, empurrando-o com força na direcção da cascata – Chidori!
 Itachi saiu de dentro da gruta que ficava por trás da queda de água, mostrando um sorriso.

 - Sacana, pensava mesmo que te ias esfolar até à morte – disse – Mas estiveste à altura. Evoluíste bastante desde a última vez que ti. Acho que será tudo por hoje.

 Fiquei sozinho e aproveitei apenas para voltar a servir-me de algum chakra, moldando a sua natureza nos meus pulmões e de seguida soprei uma nuvem de cinzas aquecidas, contra árvores ali ao pé. Com um baque entre os dentes superiores e inferiores, incendiei-as, criando uma explosão que deixou as árvores menos robustas bastante queimadas. Saquei então a minha Kusanagi e embebi a sua lâmina com chakra Raiton, e comecei a cortar as árvores mais danificadas. Um golpe descendente, seguido de vários rápidos oblíquos que se tornava horizontais e a primeira ficava reduzida a pedaços. Assim continuei, limpando o resto dos troncos mais frágeis e queimados, desfazendo-os em pequenos pedaços pelos golpes sucessivos que exercia com a minha espada. No fim, arrumei a espada depois de limpar a sua lâmina e voltei para casa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tio Tsu

Administrador | Kumo
Administrador | Kumo
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Nárnia, where unicorns tend to live!
Número de Mensagens : 5768

Registo Ninja
Nome: Shikaku Kinkotsu
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: T22 - Aconteça o que acontecer   Qui 4 Set 2014 - 11:05

Avaliação de Uchiha Kride:
 
HN:
Ninjutsu: 36+1=37
Taijutsu: 13+0,25=13,25
Kenjutsu: 18,5+0,75=19,25
Genjutsu: 16,5+0,75=17,25
Selos: 23,25+1=24,25
Trabalho em Equipa: 2,5
 
HC:
Força: 6,5+0,25=6,75
Agilidade: 18,5
Controlo de Chakra: 35,75+1,25=37
Raciocínio: 5,5
Constituição: 19+0,75=19,75
 
Total avaliado: 6/6
Total de Habs.: 205,25+6=211,25
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.narutoportugalrpg.com/rpg_sheet_edit.forum?tid=12c1c6
 
T22 - Aconteça o que acontecer
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Konohagakure :: Treinos :: Treinos Arquivados-
'); }