Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Missão de rank B - Raptores e reféns

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Tio Tsu

Administrador | Kumo
Administrador | Kumo
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Nárnia, where unicorns tend to live!
Número de Mensagens : 5768

Registo Ninja
Nome: Shikaku Kinkotsu
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Missão de rank B - Raptores e reféns   Ter 25 Mar 2014 - 17:27

Titulo da missão: Raptores e reféns
Descrição: Dentro da vila, um grupo de ninjas, estima-se que rondem uns treze, capturaram alguns pessoas e prenderam-nas numa casa bem armadilhada, protegendo o seu exterior com unhas e dentes. Os familiares dos reféns clamaram ao Mizukage que resolvesse a situação, pelo que este tentou negociar com os raptores. Todavia, estes pedem quantias exorbitantes de dinheiro e posteriormente uma fuga sem perseguições. O líder não gostou das negociações, pelo que destacou alguns ninjas para infiltrarem a casa e salvarem os reféns ou derrotarem os raptores. Façam como quiserem, desde que se livrem dos raptores e salvem os reféns.
Número de Ninjas: 2 a 3 ninjas
Recompensa: 1200 ryos + 1 scroll de novo jutsu + 1 ponto de cumprimento
Pessoas Inscritas: Itari Gasaka (InKatd), Uchiha Takeshi (Rich.), Zehel Matsuri (Dark_Akira)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.narutoportugalrpg.com/rpg_sheet_edit.forum?tid=12c1c6
Dark_Akira

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Mafra
Número de Mensagens : 1493

Registo Ninja
Nome: Zehel Matsuri
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5225
Total de Habilitações: 359

MensagemAssunto: Re: Missão de rank B - Raptores e reféns   Qua 6 Jan 2016 - 17:42

Fuck it inscrevo-me.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anotherx

Administrador | Nukenin
Administrador | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Marinhais (Santarém)
Número de Mensagens : 1285

Registo Ninja
Nome: Kaguya 'Shiro' Shirogane
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 700
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: Missão de rank B - Raptores e reféns   Qui 7 Jan 2016 - 18:10

Inscrito, aguarde um pouco para ver se há mais alguém interessado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://wanwan.moe
Dark_Akira

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Mafra
Número de Mensagens : 1493

Registo Ninja
Nome: Zehel Matsuri
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5225
Total de Habilitações: 359

MensagemAssunto: Re: Missão de rank B - Raptores e reféns   Qui 7 Jan 2016 - 18:33

Acho que o rich queria vir, já lhe digo para vir-se inscrever XD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rich

Moderador | Konoha
Moderador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 19
Localização : Não olhes para trás neste momento...
Número de Mensagens : 1769

Registo Ninja
Nome: Uchiha Takeshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 630
Total de Habilitações: 257,5

MensagemAssunto: Re: Missão de rank B - Raptores e reféns   Qui 7 Jan 2016 - 18:56

Uma missão destas não podia decorrer sem a presença de Lorde Takeshi.
I'M IN!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://senpai-k.tk
InKatd

Moderador | Konoha
Moderador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 27
Número de Mensagens : 619

Registo Ninja
Nome: Itari Gasaka
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5520
Total de Habilitações: 98,5

MensagemAssunto: Re: Missão de rank B - Raptores e reféns   Qui 7 Jan 2016 - 19:23

Uma chance para gozar com o Takeshi? Está na hora.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anotherx

Administrador | Nukenin
Administrador | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Marinhais (Santarém)
Número de Mensagens : 1285

Registo Ninja
Nome: Kaguya 'Shiro' Shirogane
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 700
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: Missão de rank B - Raptores e reféns   Qui 7 Jan 2016 - 19:36

Slots preenchidos, podem começar, a ordem é:
  1. Itari Gasaka (InKatd)
  2. Takeshi Uchiha (Rich.)
  3. Zehel Matsury (Dark_Akira)
.gif para dar sorte:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://wanwan.moe
InKatd

Moderador | Konoha
Moderador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 27
Número de Mensagens : 619

Registo Ninja
Nome: Itari Gasaka
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5520
Total de Habilitações: 98,5

MensagemAssunto: Re: Missão de rank B - Raptores e reféns   Seg 11 Jan 2016 - 12:39

Itari encontrava-se mais uma vez numa sala de espera, para mais uma vez fazer uma missão para outra vila. Não percebia bem o que é que kentai tinha como objectivo final, mas tentar percebe-lo era algo que ele havia desistido de fazer a muito tempo. Perceber como pensa? talvez. Perceber o porque das acções dele? Nem tanto.

Passado poucos minutos, a secretária indicava que podia entrar, e que os seus dois colegas de equipa já lá estavam dentro. Mais uma vez, itari tinha um deja-vu. “Só faltava estar aqui o Takeshi dentro outra vez.”.

Ao abrir a porta, itari tem apenas tempo de ver Takeshi, sentado numa das cadeiras de braço cruzado a bater o pé. Esta visão veio acompanhada pelo um arrepio de frio pela espinha, curto, seguido um pensamento tão alto por parte de kentai que itari percebia exactamente o que era. “OH JÁ FOSTE MANO”. Sem sequer ter palavra na decisão, kentai tomava conta do corpo de itari e entrava na sala, com o maior sorriso de filho da puta possível.

Kentai, agora, em controlo, avançava sentado-se na cadeira do meio. Da esquerda encontrava-se takeshi, tentar ignorar sequer que Itari existisse. “Uh. queres ver que acalmou?”. Contudo, Kentai sabia bem que aquilo era apenas Takeshi a evitar arranjar sarilhos numa sala com testemunhas. Se os dois tivessem sozinhos, talvez a historia não fosse a mesma.

No lado direita, encontrava-se um jovem uns 15 cm mais baixo que itari, observando a reacção de takeshi ao ver kentai sentar-se. Decide então, ser o primeiro a quebrar o silencio.

Zehel: Bom dia, eu já me introduzi ao takeshi, e tu também não me és familiar. Vens de onde?

Kentai: Itari. Itari gaska de kumo.  E tu suponho que sejas o representante da vila na missão?

Zehel: Sim, chamo-me Zehel. E.. como é que voces se conhecem mesmo? - perguntava zehel, apercebendo-se da tensão entre takeshi e Kentai

Kentai: É complicado. Eu queria ver outras pessoas, ele queria queimar o mundo… simplesmente não funcionou.


Takeshi: Já chega. É HOJE…

Takeshi levantava-se em direcção a kentai mas era interrompido pelo abrir da porta do escritório. Um chunnin na casa dos 40 anos entrava com 3 pranchetas, e ainda a fumar um cigarro que quase era só filtro.

Tsuki: Portanto… Zehel, Itari e Takeshi correcto? - os 3 acenavam a cabeça. - Voces paracem me 3 jovens capazes portanto não vos vou gastar muito tempo. Um grupo de 10 gennins e 5 chunnins tomaram refem um numero elevado de refens na clinica perto do centro da cidade.
Estão barricados a 14 horas, e não se ve o fim tao cedo. Exigem 16 milhoes de ryo para deixar sair os refens. Honestamente esta juventude está perdida.

Tsuki atirava as pranchetas para os 3 chunnins, equanto apagava o cigarro que tinha na boca, substituindo-o imediatamente por um novo.

Tsuki: Façam o que quiserem dentro das regras habituais. 0 mortes, e mantenham o alerta publico ao minimo. Teem 48 horas para completar esta missão. Antes de proseguirem com qualquer acção mais intrusiva, avisem me para eu aprovar. Agora pirem-se.

Os 3 chunnins eram afastados da sala quase como expulsos. Takeshi, em particular, não parecia feliz com a atitude de quem lhes tinha dado a missão. Kentai permanecia pensativo. Para tentar quebrar o gelo, zehel decidia começar a conversa.

Zehel:Então.. isto aconteceu..

Takeshi: Aconteceu pois! é toda a gente assim por aqui? Cambada de idiotas HAVIAM DE SER TODOS QUEIMADOS.

Kentai: Zehel.

Zehel: Sim?

Kentai: Pareces ser o mais apto daqui. Adicionando isso ao facto que conheces a vila de cor, seria bom seres tu a liderar a operação. Contudo… venho pedir-te para me deixares tomar controlo completo sobre as decisões feitas por nos como equipa.

Zehel estava supreendido com a certeza e prontidão como que o recem colega dizia isto. “Ele não parece ser muito apto fisicamente…Mas esta confiança tem de vir de algum lado.

Zehel: Por mim pode ser. Tens alguma objecção Takeshi?

Takeshi nao queria responder pois esperava uma boca parva da parte de itari assim que o fizesse, mas desta vez, parecia que isso nao ia acontar. Itari, ou melhor, Kentai, estava pensativo se sequer dar tempo para brincadeiras e picanços. Takeshi acabava por decidir ceder a itari a chance fazer as decisões, nem que fosse para ele arranjar lenha para se queimar.

Takeshi: Pfft. Por mim. O maneta que faça o que quiser.

Kentai não respondia. Continuando a olhar para os ficheiros incompletos que lhes haviam sido entregues, kentai fechava a prancheta e começava a falar.


Kentai: Zehel, conheces bem as maiores familias de kiri correcto? Preciso que corras a vila e tentes encontrar pessoas que tenham familiares a ser usados como refens na clinica. Uma lista com nomes chega-me. Consegues fazer isso num espaço de 5 horas?

Zehel: Duas e meia. - dizia zehel, confiante.

Kentai: Takeshi,não vou tentar dar-te algo que não seja tua natureza. Para já, vais te juntar ao perimetro a volta da clinica e vais observar a rotação de vigia que eles teem. Quero timestamps de quantos guardas eles teem e quando e que trocam de turno. Durante esse tempo, por amor de deus nao começes nada.

Takeshi virava costa a Kentai, não antes de largar um “ok” abafado”. “És tão tsundere” pensava Kentai.

Kentai: Zehel, preciso que me indiques o caminho para a vossa academia, a vossa biblioteca e o vosso…”bairro”.

Zehel:”Bairro”?

Kentai. Putas. Vinho verde. Apostas. O pior sitio da vila. Todas teem um. Podes me levar lá antes de começares a tua pesquisa?

Zehel:Sem problemas.- concluía zehel, rindo-se.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rich

Moderador | Konoha
Moderador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 19
Localização : Não olhes para trás neste momento...
Número de Mensagens : 1769

Registo Ninja
Nome: Uchiha Takeshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 630
Total de Habilitações: 257,5

MensagemAssunto: Re: Missão de rank B - Raptores e reféns   Sex 15 Jan 2016 - 21:25

"Este caralho é que não..." - pensava Takeshi ao ver Itari Gasaka entrar na sala.
A missão tinha tudo para correr bem: uma tarefa boa o suficiente para rebentar; um parceiro conhecido e bastante simpático e acessível, mas acima de tudo, numa vila onde Takeshi podia ser respeito e temido pelo seu poder e não apenas temido pelo seu passado. Não sejamos hipócritas: por muitas boas ações que Sasuke e os Uchihas façam, nunca ninguém vai esquecer o seu passado obscuro e sangrento para sempre marcado nos seus olhos Sharingan. Podiam entrar, procurar e destruir. Simples, rápido e sem contratempos.
Mas Ele tinha que vir!
Itari caminhava para junto da dupla com um sorriso estúpido na cara, um sorriso que o Uchiha não tinha problemas nenhum em tirá-lo. Sentou-se entre Takeshi e Zehel tendo ficado o trio num silêncio absoluto, silêncio que Matsuri acabou por quebrar:
- Bom dia, eu já me introduzi ao Takeshi, e tu também não me és familiar. Vens de onde?
Itari olhou-o de soslaio:
- Itari. Itari Gasaka de Kumo. - virou a cara, cruzando olhar com Zehel - E tu suponho que sejas o representante da vila na missão?
Zehel sorriu, coçando a cabeça:
- Sim, chamo-me Zehel. - o seu sorriso desvaneceu-se, sendo trocado por uma sobrancelha erguida e passagem de olhares de Takeshi para Itari e vice-versa - E.. como é que voces se conhecem mesmo?
Takeshi olhou para o restantes membros de equipa com um certo desprezo no olhar, mas Itari acabou por responder à pergunta:
- É complicado. Eu queria ver outras pessoas, ele queria queimar o mundo… simplesmente não funcionou.
O Uchiha exalou profundamente ao mesmo tempo que faíscas brotavam da sua face com o crepitar típico, bastante audível:
- Já chega. É HOJE….
Takeshi levantou-se, pronto para acabar com qualquer célula de Itari, porém este foi interrompido pela entrada do responsável da missão:
- Portanto… Zehel, Itari e Takeshi correcto? - os 3 acenaram a cabeça. - Vocês parecem-me 3 jovens capazes portanto não vos vou gastar muito tempo. Um grupo de 10 gennins e 5 chunnins tomaram refém um número elevado de refens na clínica perto do centro da cidade. Estão barricados a 14 horas, e não se vê o fim tao cedo. Exigem 16 milhões de ryo para deixar sair os reféns. Honestamente esta juventude está perdida.
Atirou-lhes as três pranchetas que carregava, continuando a explicação da missão. Quando acabou, o trio foi praticamente expulso da sala:
"Aquele gajo...Quem é que ele pensa que é?"
Takeshi não se mostrava nada contente com a missão. Por sua vez, Zehel e o outro pareciam bastante interessados e focados no seu objetivo.
As instruções foram dadas e o grupo finalmente se separou, para alegria do Konohanin:
- Farto daquele tipo! - resmungava o jovem para si mesmo.
A sua relação com o Kumonin nunca foi das melhores e, na verdade, tem vindo a descair quanto mais estes convivem. É impossível para Takeshi ter paciência para Itari, mas este tem vindo a prometer a si próprio poder dar-lhe uma chance. Talvez esteja na hora de Takeshi controlar o seu feitio...explosivo, e tentar dar-se bem uma vez na vida com o rapaz mais estranho e irritante que ele alguma vez vira.
Abanou a cabeça, tentando afastar aqueles pensamentos da sua cabeça. Este não era nem o local, nem a hora indicada para tal. O Uchiha aproximava-se rapidamente do centro da cidade, perto da clínica onde se encontravam os reféns. Concentrando uma ligeira porção de chakra nas pernas, Takeshi deu um ágil salto para cima de um escritório, aterrando junto de uma das saídas de conduta de ar. Dali Takeshi tinha um campo de visão perfeito para a clínica e o grupo mal se escondia dentro dela.
"Burros."
Takeshi ficou cerca de hora e meia na sua vigia. De tempo a tempo, o jovem rabiscava qualquer coisa num bloco de notas:
"RONDAS
R/C - 4 rapazes e 1 rapariga
De 10 em 10 minutos a rapariga aproxima-se da porta de entrada.
De 10 em 10 minutos/15 em 15 minutos os restantes 4 rapazes espalham-se entre as janelas do rés-do-chão, sem um padrão definido.

1º piso - entre 6 a 7 pessoas
Padrões não definidos

Entre 4 a 3 pessoas em falta"
Arrumou o lápis e focalizou o chakra nos olhos, ativando o seu sharingan:
- Não perdi hora e meia a estudar estes gajos para nada. Vamos lá encontrar estes cabrões.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://senpai-k.tk
Dark_Akira

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Mafra
Número de Mensagens : 1493

Registo Ninja
Nome: Zehel Matsuri
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5225
Total de Habilitações: 359

MensagemAssunto: Re: Missão de rank B - Raptores e reféns   Sex 22 Jan 2016 - 15:44

- "Mas que grupo mais estranho que foram juntar." - pensava Zehel vendo itari partir para o interior do bairro mal frequentado de Kiri de modo a realizar a sua investigação.

- "O que raios estava Okashi-sama a pensar!? E quem caralhos era aquele chunnin parvo... Realmente há com cada parvalhão que uma marretada nos cornos era pouco..." - continuava a reflectir o kiri-nin mantendo as suas palavras para si.

Tinha ficado encarregue de procurar as familiares dos reféns, fazer uma lista dos que lá estavam naquele momento a ser feitos reféns. Sabia precisamente onde começar, de manhã logo cedo captara uma conversa de duas velhas cuscas e metediças que falavam da filha de um nobre de kirigakure cuja filha ia naquele dia à clinica, semeando o rumor com imensas doenças e a possibilidade da noite de amor quente com o jovem bonzão do bar lhe ter trazido uma "surpresa desagradável".

- "Velhas..." - pensava o rapaz enquanto focava o seu chakra para as pernas, partindo em toda a velocidade na direção na casa do nobre. Libertando parcialmente o seu selo, movia-se à velocidade do som, atravessando os telhados da vila escondida no nevoeiro a uma velocidade estonteante. Num ápice atravessou a vila inteira alcançando a extremidade oposta ao "bairro". As casas riquíssimas e cuidadas faziam um contraste gigantesco com o local de onde tinha acabado de sair. A parte rica da vila era realmente qualquer coisa de especial, as pessoas nem se cumprimentavam, trocando apenas olhares de desdém ora por terem menos fortuna que uns, ora por terem mais fortuna que outros.

Esticando o seu dedo e empurrando o botão da campainha, alertava a sua chegada aos senhores da casa com o som irritante de uma sineta que tocava automaticamente através da electricidade. As fechaduras da porta esculpida com todo o cuidado abriam-se revelando um homem de idade vestido com um fato preto.

- Que deseja? - questionava o criado dos nobres.

- Precisava de falar o mais rápido possível com o excelentíssimo senhor Monery no âmbito de uma investigação. - pedia o shinobi o mais cordealmente que conseguia.

- Lamento mas o meu senhor não está em casa. - respondeu o criado começando a fechar a porta.

Típico de ricos, fala-se em investigação e pensam logo que lhe vão tirar a riqueza por evasão às taxas. Apressando-se a fazer o seu trabalho concentrou chakra de modo a realizar o chakra chie analisando as presenças no interior da casa.

- Espere. - pediu colocando a sua mão na porta e empurrando a porta que quase se fechara. A força débil do criado em nada se comparava com a do shinobi pelo que ele não teve problema em abrir facilmente a porta. - Ouça estou aqui em serviço da vila, dois pisos acima na 4 divisão o seu amo ou o que raio seja está lá sentado na sua bela poltrona a aproveitar a sua riqueza. Aquilo que acabou de fazer é obstrução de justiça, agora prefere chamá-lo ou preciso de causar uma cena e arrastá-lo pelo colarinho até à porta?

Falando em tom ameaçador, o shinobi demonstrava a sua impaciência para com o ricaço que lhe tinha feito perder já 1 minuto ali especado à porta. O criado ficou pálido ao ouvir a ameaça de Zehel e correu rapidamente a apressar os outros criados a chamarem o nobre que logo se levantou e correu até à porta ao ouvir as palavras investigação e cena.

- Peço imensa desculpa pela minha demora. Não estava disponível no momento por estar... com um cliente importante, sabe como é coisas de negócios. - falou o sr. Monery tentando esquivar-se à sua mentira. - Por favor entre.

- Agradeço mas não posso, estou um pouco apertado com tempo. Diga-me, chegou-nos a informação que a sua filha se deslocou hoje à clínica de kirigakure de modo a efectuar alguns exames, este facto confirma-se? - questionou o chunnin.

A face serena e superior do homem foi invadida por uma cor rubra e humidade começou-se a acumular na testa do homem.

- Hee, ela... ela.. - falou o homem engasgando-se nas palavras.

- Ouça não me interessa minimamente a razão que a levou lá, só preciso de saber se a sua filha está lá neste momento. Sim ou não? - falou o rapaz mostrando o desinteresse nas ações da filha de Monery.

- Sim... Sim está mas... - falou o homem tentando invadir o chunnin com uma onda de questões, porém foi interrompido pelas palavras do shinobi despedindo-se dele porque tinha perdido ali bastante tempo.

Num piscar de olhos, focou de novo o seu chakra movendo-se à velocidade do som até à próxima casa. Lembrava-se que outro dos ricos trabalhava precisamente na clínica e necessitava de ver se naquela altura estava de turno. De novo ao chegar à mansão exagerada, foi abordado por outro "pinguim" que o tentou despachar com a "ausência do seu senhor", artimanha sempre descoberta pelo shinobi ou por ter visto a pessoa em questão no seu quarto quando descia do telhado ou usando o seu chakra chie para desmascarar os mais recolhidos. De nobre para nobre, ia movendo-se o mais rápido que podia e desfazendo as mentiras tecidas pelos ricaços com os seus melhores argumentos até ter construído lista choruda com todas as pessoas  com dinheiro suficiente para pagarem o resgate.

- Obrigado pela sua cooperação tenha um bom dia. - despedia-se o rapaz do último nobre da zona rica.

Estava exausto, percorrera a zona inteira, visitando as casas todas que conseguia. Mas o que o desgastara mais que tudo fora o ter de se desenvencilhar das dúvidas dos mordomos que não estavam certos de poderem trazer os nobres à porta e as inquietações dos nobres em revelar se possuíam conhecidos na clínica naquele momento. A sua cabeça doía por toda a trapaçaria e esquivas que os cidadãos faziam.  

- Aff vamos lá ver o que os outros descobriram. - falava o rapaz recuperando o seu fôlego por um momento.

Voltando a convergir chakra nas suas pernas, tensionou os seus músculos doridos de modo a mover-se de novo com o sonido. As suas pernas já estavam exaustas de tanta correria que a pesquisa lhe tinha exigido. Com um estrondo, desaparecia do local deixando uma onda de pressão para trás quando batia a barreira do som. Com um último esforço atravessou a vila de modo a encontrar-se com os seus companheiros no banco em frente a um café localizado numa rua perpendicular à da clínica.

Com um último salto, descia do telhado baixo do telhado onde corria, aterrando suavemente e aproximando-se do bando combinado. O seu companheiro de missão, Itari encontrava-se já sentado no banco à espera deles. Takeshi obviamente que estava atrasado, Zehel rezava para que ele não tivesse cometido nenhuma loucura no tempo que tivera sozinho. Aproximando-se do chunnin de kumogakure, Zehel apercebia-se que ele trazia agora no ombro um corvo com um chapéu engraçado na sua cabeça, seria a invocação do rapaz?

- O vosso companheiro foi capturado! - exclamou imediatamente o pássaro assim que o kiri-nin chegou ao pé de Itari.

- Fodasse... - deixou zehel sair por entre dentes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rich

Moderador | Konoha
Moderador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 19
Localização : Não olhes para trás neste momento...
Número de Mensagens : 1769

Registo Ninja
Nome: Uchiha Takeshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 630
Total de Habilitações: 257,5

MensagemAssunto: Re: Missão de rank B - Raptores e reféns   Seg 25 Jan 2016 - 19:30

Takeshi levantou-se rapidamente, concentrando algum chakra nas suas pernas para ter a velocidade e agilidade suficiente para chegar ao topo da clínica o mais rápido possível. Com um ágil salto, o Uchiha iniciou uma sequência de corrida/salto. O sharingan permitia-lhe interceptar obstáculos nos telhados antes mesmo de estes o atrasarem. As casas que ali estavam acabavam por formar um círculo vicioso em volta da clínica, não tendo brechas para entrar de forma silenciosa. Com uma travagem mal-calculada, o Uchiha embateu contra um pequeno muro, embatendo de lado com força no chão. Por sorte, tal perspectiva deu-lhe a ideia correta para entrar na clínica. Agarrou no seu bloco de notas e fez uma pequena anotação:
"Existem pontos-mortos na vigilância, funcionando como um relógio."
Rasgou a folha onde estavam todas as anotações e assobiou, chamando por Winston. Não demorou até o corvo aparecer do nada, poisando numa conduta de ar desativada:
- Chamou? - perguntou a ave, no seu típico sotaque.
O Uchiha pegou na asa de Winston e cumprimentou-o, entregando-lhe de seguida a folha dobrada:
- Por favor, entrega esta nota ao Itari. Eu vou entrar.
O pássaro segurou a nota com a pata, levantando vôo. Takeshi manteve-se imóvel, fixando o seu olhar no edifício onde se encontravam os reféns. Espalhou o seu chakra Karyuka pelo corpo, formando um círculo de chamas que se elevaram e cobriram todo o seu corpo no Karyuka. No entanto, a sua forma era diferente, tendo ganho dois pares de asas enormes e uma aura semelhante a uma fénix. Com a transformação completa, o Uchiha começou a correr, correndo cada mais rápido e com uma agilidade felina, e chegando à berma do telhado, saltou. Atirou o seu corpo para a frente, batendo as asas algumas vezes. Atrás de si formou-se um rasto de fogo e por toda Kiri ecoou o grito daquela fénix. Takeshi rodopiou algumas vezes no cimo da clínica, ganhando altitude. Focalizando chakra Fuuton nas mãos e fazendo alguns selos, criou dois discos de vento, lançando-os com precisão ao telhado do edifício, fragilizando-o. Feito isto fechou as asas e deixou-se cair, rodopiando o seu corpo como uma perfuradora. Cá em baixo, algumas pessoas paravam para ver aquela mancha de chamas que descia perigosamente sobre o edifício médico. Houve um silêncio e de repente, o embate. O choque foi mais violento do que Takeshi estava à espera, mas o facto de poder articular o seu corpo de várias forma, amorteceu o seu dano. Focalizando mais algum chakra nas suas costelas e fazendo um rápida combinação de selos, dois braços nasceram por debaixo do par original. Exalando um Toppa, Takeshi afastou os escombros e a poeira de si, tendo uma visão mais limpa para o ambiente que o rodeava. Não tinha sido nada súbtil e muito menos silencioso, logo os sequestradores não tardariam a chegar. Espalhando Fuuton em redor do seu corpo, o Uchiha formou uma combinação de selos (Fuuton Ryokenun (Velocidade Extrema de Nan) reduzindo a resistência do ar ao seu corpo, tornando-se mais ágil.
O combate podia começar. Não tardou a o primeiro Kirinin entrar no local dos destroços, deparando-se com um Takeshi em chamas.
- Escolhe: dá-me os reféns ou transformo-te em cinza antes de dares um passo. - proferiu o Uchiha, analisando o seu oponente com o Sharingan.
Antes mesmo de este poder atacar, uma densa névoa começou a sair do Kirinin, preenchendo todo o espaço com um nevoeiro de chakra. Takeshi olhava para um lado e para o outro procurando o seu adversário, porém a marca de chakra do seu adversário estava por toda a parte:
- Onde é que estás filho da puta?! - berrou
O seu cabelo rebentou em chamas. Focalizando mais uma porção de chakra nas quatro mãos, o Uchiha formou selos rápidos criando quatro punhos enormes de chamas. Iniciou então uma barragem de socos visando acertar no seu alvo. Este, por sua vez, concentrava-se na preparação de um Fuinjutsu. Com a formação de uma complexa sequência de selos, kanjis formavam-se à sua volta. Manteve-se assim algum tempo e quando a névoa se começava a dissipar, o contra-ataque começou:
- Apanhei-te meu cabrão! - resmungou Takeshi
No entanto, assim que este deu um passo contra o seu adversário, uma dezena de correntes brotaram do chão prendendo o corpo do Uchiha naqueles mesmo sítio. O Kirinin manteve-se em silêncio retirando um pergaminho e abrindo-o aos seus pés, pincelando um selo específico logo a seguir. Um vapor azulado surgiu do selo criado, elevando-se contra Takeshi de uma forma perigosa e misteriosa. O vapor envolveu o Uchiha e o seu fogo desapareceu por completo, sendo engolido pelo pergaminho. O Konohanin tentou espalhar mais Karyuka pelo seu corpo, mas ao mesmo tempo que este se formava, o selo voltava a sugá-lo:
- O quê....?! O-O que estás a fazer? - berrou, perplexo com o que se estava a passar.
Por fim o Kirinin aproximou-se de Takeshi com um pequeno papel na mão:
- Pode ser que agora te cales. - proferiu ao ouvido do jovem de Konohagakure.
Colocou-lhe o papel na testa. O kanji desenhado nele entrou logo em efeito, drenando o chakra do Uchiha. Rapidamente a energia de Takeshi desapareceu e o seu chakra drenado quase até ao fim. Por fim o seu corpo rendeu-se ao cansaço e Takeshi caiu inconsciente no chão. O Kirinin agarrou as correntes e arrastou-o para o andar debaixo:
- Este já cá canta. Juntem-no aos outros e peçam um novo resgate, ou ele é o primeiro a bater as botas.
Do lado de fora Winston assistia ao que se passava, desaparecendo a voar ao encontro de Itari.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://senpai-k.tk
InKatd

Moderador | Konoha
Moderador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 27
Número de Mensagens : 619

Registo Ninja
Nome: Itari Gasaka
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5520
Total de Habilitações: 98,5

MensagemAssunto: Re: Missão de rank B - Raptores e reféns   Ter 9 Fev 2016 - 16:07

-”Foda-se”- O chunnin de kiri parecia chateado com a situação, o que era de esperar. Depois de tanto tempo a fazer algo tao monótono e simples, descobre que um terço da equipa dele havia decidido quebrar a conduta da missão e fazer tudo sozinho. Parte dele acreditava que era bem feita. A outra parte queria acabar a missão o mais rápido possivel.

Os dois chunnins encontravam-se em frente do edificio onde os raptores se haviam barricado. A zona em volta havia sido limpa e num espaço de 10 metros em roda do edificio as únicas duas pessoas que se encontravam eram eles. “Perimetro de segurança.”.


-”Não posso dizer que estou surpreendido”-Respondia Kentai, que se encontrava em controlo do corpo de Itari. -”Antes demais, importas-te que eu veja a informação que conseguiste das familias?”-Dizia Kentai, apontado para o bloco de notas que zehel tinha nas mãos.
-”Ehm… não. Estás as vontade”-Zehel nao percebia o porque de o seu outro parceiro estar tão calmo. Nunca dava muito importância às personalidades ou atitudes das pessoas com quem trabalhava, no final do dia trabalho era trabalho e, até provado contrário, todos eram capazes e úteis nos seus olhos. Estes Kumonin, contudo.. algo nele não estava correcto para Zehel.

Kentai olhava para o bloco de notas de Zehel “Foda-se este homem escreveu 6 páginas. Não tenho tempo para ler isto tudo.” Suspirando, olhava para a sua direita, onde a imagem de Itari se encontrava encostada a parade “Importas-te?”.Itari tomava conta do corpo, mudando imediatamente a expressão do mesmo. Uma cara que mostrava perguiça e cansaço, era substituída por pura apatia e concentração. “Aproveita e trata de decorar as fichas dos chunnins e gennins todos da vila nos últimos 20 anos por favor. E arranjar-me o curriculo do merdas.”
Itari sentava-se, folheando o bloco de notas do seu parceiro. O texto já dividido por tópicos facilitou bastante o trabalho de decorar os mesmos. Nem um minuto depois, entregava o bloco de notas a Zehel, que observava curiosamente o que acontecia perante si.

-”Dúvida. Sabes onde estão os arquivos desta vila?”-Perguntava Itari, olhando para zehel
-”Arquivos? Se não me engano está tudo guardado no edificio  por baixo do centro da vila.”
-”Aquele edificio circular, com 3 pontes de acesso?”
-”Sim, mas não temos tempo nem acesso para ir lá. Precisas do quê?”
-”De nada. Isso chega-me.”


-”Kinkyū no yomidashi No Jutsu”
Itari tirava um dos seus scrolls da cintura, e rapidamente realizando os selos necessários tirava lá de dentro um grupo de dossiers e um conjunto de pranchetas castanhas, e um conjunto de folhas soltas. Sem perder tempo, Itari começava a folhear o primeiro de vários dossiers que continham fichas atrás de fichas dos ninjas da aldeia, não gastando mais de 1 segundo por ficha.

Kentia, agora em aspecto de corvo, fechava os olhos como se observando de fora a mente de Itari. Uma das vantagens de estarem ligados a um só corpo era que as mentes dos mesmos, apesar de separadas, tinham acesso directo uma à outra. Contudo, devido a que cada mente está moldada para cada indivíduo, Kentai conseguia apenas aceder a informação que estivesse guardada de uma maneira específica . Observava então, quase que como um rio, a informação a entrar na mente de Itari, encaixado-se toda numa sala, Ordenada por topicos e pronta a ser analisada, o que revelava outra coisa boa da capacidade mental de Itari: Ele guardava informação objectivamente. Factos eram factos, e não uma visualação ou opinião de um facto.
Nem 3 minutos haviam passado, e Itari levantava-se dando o sinal a Kentai que estava tudo feito. O mesmo sorria. Não por estar feliz, ou contente. Mas sim porque eras das poucas vezes que se sentia inferior a Itari, e não sabia bem como reagir a isso. Por muito génio que Kentai possa ser considerado, e pela sua capacidade de raciocínio paralelo e alternativo, nem ele próprio podia explicar o que Itari fazia. Seja Kinkyū no yomidashi No Jutsu ou a sua memória praticamente fotográfica e incontável, Itari era capaz de algo que Kentai não sabia explicar. E isso deixava-o orgulhoso, invejoso, e raivoso. Um pequeno sorriso era a unica coisa que Kentai conseguia esboçar.

Itari então devolvia os documentos recentemente “emprestados” para o seu scroll, e Kentai tomava controlo do corpo.

-”Deixa cá ver…” - dizia kentai, enquanto rodava uma kunai no dedo indicador. - “Yap bem me parecia. Obrigado pela confirmação que eu precisava Zehel. Não há ligação nenhuma entres os reféns, o que significa que posso ir com a minha teoria original.”
-”Como assim? Que Teoria?”
-”Não te preocupes”
-”Então e o Takeshi?”
-”Hey, ele pode ser um idiota, mas é um idiota consistente. Se não fosse pela teimosia e falta de paciência dele, o plano não funcionava.”

Zehel abanava a cabeça, meio irritado com o seu parceiro

-”Vou precisar de saber mais se quiseres a minha colabaração.”
-”Não tenho muito tempo para explicar.. “ele” deve estar quase a chegar. Como é que ponho isto em  poucas palavras…. 20% chance de isto funcionar e resolvermos a missão da melhor maneira possível, e 80% chance de causar-mos danos políticos graves entre as vilas de Kumo, Kiri e Konoha. Que te parece?
-”Gosto das chances.”-dizia Zehel, deixando sair uma pequena gargalhada.
-”Falando no diabo…”

À distância , aproximando-se rapidamente e com um cigarro na boca encontrava-se  Tsukio, chunnin responsável pela missão, que transportava consigo uma mala de tamanho razoável.


-”UMA POUCA VERGONHA!”-gritava Tsuki ainda a uns metros dos dois chunnins

“Zehel”-sussurava Kentai -”Aconteca o que acontecer, acena a cabeça e tenta não ficar surpreendido com nada do que diga.” -Zehel respondia apenas com um aceno de concordância .

-”QUE CAMBADA DE AMADORES SÃO VOCES? É ISTO QUE AS VOSSAS VILAS CHAMAM DE CHUNNINS? CAPTURADO NAS PRIMEIRAS HORAS!”- continuava a gritar Tsuki agora na cara de Kentai.

-”Calma chefe… as coisas resolvem-se.”
-”Pois resolvem-se! e vou ser eu a resolver. Devido ao vosso pequeno falhanço pedi autorização para levantar o dinheiro que eles pediam do cofre da aldeia. Os meus superiores querem isto resolvido JÁ! E SEM Mais NENHUMA  CONFUSÃO. Não vou voltar a por em risco dezenas de civis que estão em condições medicas claramente vulneráveis .”
-”Tem toda a razão. Vocês tem todo o poder de fazer isso.”-Dizia Kentai, tentando acalmar Tsuki. Este ,esperando mais resistência dos dois chunnins mudava de expressão e acendia um cigarro.
-”O negociador está quase a chegar. Quando ele chegar, eu vou entrar com a mala do dinheiro e saio de lá com os refens. Vocês entram depois.”
-”Posso cravar-te um cigarro?”- perguntava Kentai ao chunnin de kiri. Meio confuso com a atitude calma repentina do mesmo, tirava um cigarro do seu pack e entregava a Kentai.
-”Sabes, eu tambem gosto muito de apostas.”
-”Desculpa?”
-”Apostas. Poker. BlackJack. Peixinho. Corrida de caes. Lutas de Galos. Coisas do género. Também é a minha cena.”
-”Como assim...?”- respondia o Chunnin desconfiado de Kentai
-”Ah é verdade, não te contei”- Dizia kentai, enquanto acendia um fósforo da sua caixa de fósforos, raspando-o contra as suas bracelets abrasivas. -”Fui passear pelos “esgotos” de kiri. É assim que lhe chamam não é? Deve ser.” -Kentai acendia o cigarro que tinha na boca, puxando o fumo e travando, resumindo o seu discurso “Pois enquanto estava lá…”- Infelizmente, toda a perspectiva de parecer um puto fixe à frente do chunnin responsável de zehel, era destruída pelo simples facto que Kentai se havia esquecido que Itari nunca tinha fumado na sua vida. Flashbacks da sua adolescência interrompiam o comboio de pensamentos de Kentai, enquanto o mesmo se agarrava a garganta e tossia como quem havia acabado de contrair cancro pulmonar de fase terminal.-”Eu estava onde? Ah sim apostas. Descobri que um certo homem nos seus anos 40 que vai pelo nick de Kusit deve exactamente 1 milhão de ryo as pessoas erradas. Mas mesmo erradas. Algumas nem dentes têm quase!”

Tsuki encontrava-se paralisado. Zehel estava a aguentar o riso e Kentai apagava o cigarro dando palmadas na bochecha de Tsuki enquanto o olhava nos olhos e lhe segurava a cabeça.

-”Mas sabes o que é que não gosto mesmo Nada? Coincidências. Uma é naquela. Duas, eh aceita-se. Agora dezenas de coisas que POR acaso acontecem para POR acaso permitir outras que POR acaso causam algo? Nah não me fodam.”-”Vamos recapitular pode ser? Ora os gennins e os chunnins que se encontram lá dentro, não têm ligação nenhuma aparente. Idades diferentes, familias diferentes.. estranho não é? Contudo nos ultimos 20 anos , tu deste aulas em 7 desses anos na academia. Anos alternados. E só por acaso, foram todos teus alunos! Incrivel! Para piorar as coisas, todos eles encontram-se em epoca de reavaliação ninja e quase todos iam provavelmente chumbar. Contudo… se eles fossem reabilitados podiam voltar a fazer o exame sem ter de passar pela academia. Ora se por acaso eles fizessem algo grave o suficente como.. nao sei, barricarem-se num edificio público da propria vila, isso servia. E só por acaso se um velho professor testemunha-se que eles sao bons rapazes mas estavam numa época difícil l da vida, stressados… eles tinham essa segunda chance provavelmente. Isto tudo pode ser coincidências claro, mas oh meu filho da puta burro todos os dias. Tu deves 1 milhão, eles são 15, e eles pedem 16 MILHOES DE RYO? Foasse és mesmo mau a fazer bluffs não admira que tenhas perdido tudo em apostas.”

Kentai sabia bem que não tinha suficente para prender Tsuki. Tudo isto não passava de um bluff para o quebrar, de maneira a que ele aceitasse que não tinha escapatória e se auto incriminasse com acções ou falas. Infelizmente o mesmo ainda estava paralisado. Kentai tinha de o puxar mais um bocado.

-”Portanto, para finalizar, as autoridades foram avisadas e estão quase a chegar. O Plano era o que? O dinheiro “magicamente” desaparecia durante a negociação? Tu não pensas-te nada bem disto. Não admira que a tua mulher te tenha deixado e tenhas chumbado o exame jounin 3 vezes.”

Tsuki lançava uma kunai em direcção a Kentai, o mesmo que se desvia.

-”Porquê? Porquê? O que é que ganhas em parar isto?-Perguntava tsuki.
-”E ai tens a tua deixa Zehel. Podes entrar no edificio à vontade, eles não vão usar força letal em ti com medo das consequencias legais. Trata primeiro de tirar o takeshi e dependendo da condição dele capturem os responsaveis. Se derrotarem o chunnin que deve estar a agir como segundo em comando do grupo os outros devem desistir.”
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dark_Akira

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Mafra
Número de Mensagens : 1493

Registo Ninja
Nome: Zehel Matsuri
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5225
Total de Habilitações: 359

MensagemAssunto: Re: Missão de rank B - Raptores e reféns   Qui 11 Fev 2016 - 18:16

Kentai desarmava por completo o chunnin corrupto da vila, fazendo-lhe cair tudo ao chão. Tsuki começara a perder a sua faceta de mandão ao ver que o seu plano tinha sido desmascarado e tornara-se uma pessoa violenta com o medo, as suas pernas e braços começaram a tremer ao imaginar na sua mente os vários cenários de ir parar à prisão e nenhum deles era agradável.
Virando as costas ao chunnin mandão, Zehel começou a dirigir-se à entrada da clínica, por muito armadilhada que a clínica estivesse meros gennins sem usarem força letal não conseguiriam fazer sequer frente a ele. Convergindo o seu chakra num chakra chie controlado, lia as sombras de chakra que se encontravam no interior do edifício. Tal como Takeshi tinha indicado estavam 5 pessoas no piso junto ao chão e vários chakras no piso superior. Era lá que guardavam os reféns e Takeshi. "Está fácil." pensava o chunnin de kiri caminhando com calma em direção à porta.

Do nada o chunnin corrupto perdeu a sua sanidade, cedendo à pressão de ter o seu plano desvendado começou a correr desesperadamente em direção a Zehel enquanto sacava uma kunai de um dos seus bolsos. O rapaz de cabelos negros apercebera-se da investida de Tsuki porém não se mexera para impedi-la ao notar que também o seu companheiro de missão começara a mover-se na sua direção. Facilmente o kirinin poderia desviar-se do ataque do chunnin corrupto uma vez que a velocidade deste não superava a velocidade do Zehel, porém optou por nada fazer de modo a permitir o seu companheiro confrontar o seu oponente.

Faíscas voaram no embate de duas kunais produzindo um suave tinido metálico, Kentai tinha interceptado o movimento do chunnin corrupto parando o seu ataque e enviando-o imediatamente com um pontapé.

- Desculpa, mas eu serei o teu oponente. Zehel trata das coisas lá dentro da clínica. - falava o kumonin mantendo o seu oponente debaixo de vista. Num movimento rápido agarrou o ombro do Zetsubõ de forma a proferir-lhe as últimas
instruções. - Controla o Takeshi, não o deixes destruir desnecessariamente.

Assentindo com a cabeça, o kendoca recomeçou a sua caminhada deixando Tsuki nas mãos do seu companheiro de kumogakure. Chegando perto da porta deixou o seu chakra fluir livremente de modo a libertar o seu cursed seal por todo o corpo.

- "Provavelmente estará logo uma armadilha preparada na porta, projécteis em todas as direções." - previu mentalmente o kirinin.

Empurrando com a sua mão a porta, entrava na clínica de kirigakure. O espaço era mantido sob uma fraca iluminação, tornando dificil a identificação de oponentes devido à penumbra que invadia o sitio. Avançando com passos confiantes, atravessou o hall de entrada de modo a chegar à recepção do edifício. Com olhos atentos e com uma concentração estável de chakra mantinha o chakra chie enquanto avançava pela clinica. Conseguia ver a localização dos seus oponentes, porém pensava qual seria a melhor aproximação a fazer para os quebrar sem baixas. Não se podia arriscar a dar um ataque mais forte neles uma vez que tinha dito a Itari que não iria causar mortes nem destruição.

- "Acho que tenho a ideia perfeita!" - concluiu o rapaz sorrindo sadicamente.

Iria treinar um pouco as suas capacidades de representação usando como máscara de drama o cursed seal e o seu doujutsu. Atravessando um corredor, dava entrada num espaço aberto com vários cubiculos e escadas de acesso ao piso superior. Sentiu uma ligeira pressão na sua canela ao dar um passo, reconhecendo a sensação como sendo uma linha shinobi que armava uma das armadilhas.

- Pára ai! É o mais longe que vais! - falava a voz de um dos ninjas levantando-se do seu esconderijo. - Se te moves libertas a armadilha e vais ser esburacado por inúmeras armas!

O gennin, que rondava ai os 16 anos, falava com bastante confiança empunhando um tanto nas suas mãos. Eles não faziam ideia de que o chunnin sabia que eles não usariam força letal pelo que as ameaças todas que fariam eram inúteis. Sacando de um shuriken do seu bolso, Zehel atirou-o em direção a uma mesa onde se escondiam dois outros shinobis.

- O que te garante que eu não dê cabo de todos vocês sem me precisar sequer de mexer? - falava o chunnin calmamente e com confiança sustendo a sua transformação amaldiçoada ao nível do peito. - Vocês os dois, aconselho-vos a saírem de trás da planta ou são os primeiros a ir com os porcos. - ameaçou o chunnin olhando para o esconderijo dos últimos dois gennins.

Ao perceberem que o shinobi que acabara de entrar na clínica não estava ao mesmo nível que eles, o gennin que falara para Zehel trocara olhares com a rapariga que estava com eles de modo a colocarem o seu plano em movimento.
Zehel apercebera-se da troca de olhares e recolheu toda a informação que pode dos seus arredores para se defender. Vendo que a rapariga se esforçava por convergir chakra, preparou-se para contra atacar mantendo a calma. Eles iam optar pela estratégia defensiva claramente, mantendo a situação sobre o seu controlo de modo a dominar o oponente mais poderoso que tinham pela frente.

- Prende-o! - exclamou um dos gennins que se escondia debaixo da mesa, perdendo a calma por estar a demorar demasiado a subjugar Zehel.

Apercebendo-se do que ai vinha, Zehel sorriu divertido pela tentativa deles. Em torno dele uma fórmula complexa de kanjis formou-se emergindo dela uma série de correntes que tentavam prender o chunnin.

- Sabem, os jutsus são muito mais fáceis quando o vosso oponente não os conhece. - Declarou ele assim que as correntes o envolveram.

- Ele está a fazer bluff! Ataquem-no. - Exclamou o gennin de 16 anos, o mais velho daquele consórcio de falhados.

Num instante todos pegaram nas suas armas e partiram na direção do chunnin que se mantinha imóvel, ele sabia perfeitamente que só o atacariam nos membros ou em zonas que não o matassem. Alcançaram-no em simultâneo soltando um urro enquanto baixavam as suas armas para o espetarem com as lâminas afiadas. Ele mantinha-se imóvel e calmo mantendo-se na prisão de correntes. Assim que as armas dos gennins o tocaram com força embateram na sua pele dura e foram repelidas. Incrédulos com a situação os gennins recuaram uns passos estupefactos.

- Viram... - falou ele abrindo um sorriso bastante largo. A pele cinzenta iniciou a sua progressão pelo pescoço de modo a cobrir a sua cabeça pelo cursed seal e revelar a sua faceta demoníaca, os seus caninos brancos expostos pelo seu sorriso alongaram-se e deram-lhe uma aparência assustadora que ele decidiu usar a seu favor.
- Eu avisei-vos que não precisava de me mexer para dar cabo de vocês. - declarou com a voz grossa e arranhada, como se fosse um animal selvagem que se preparasse para os esventrar e comer.

Libertou finalmente a onda de chakra que havia sustido da libertação do cursed seal e aproveitou um pouco da habilidade do seu doujutsu para libertar mais um pouco do seu chakra produzindo uma aura arroxeada que desfez as correntes que o prendiam. Nesse momento a sua perna moveu-se e libertou a armadilha, fazendo sobre ele chuver uma quantidade de pequenas armas desde kunais e shurikens. Os gennins que estavam em seu redor recuaram imediatamente ao ver a linha soltar-se, uma vez que já sabiam o que iria acontecer. Porém o chunnin manteve-se em pé sendo bombardeado pelas diversas armas que embatiam na sua pele e eram deflectidas ao falharem em perfurá-lo.

- Que tal jogarmos a sério? - perguntou ele com uma cara maniaca enquanto unia as mãos numa sequência de selos.

Os gennins que se mantinham ali em redor ao verem a expressão maniaca do chunnin, começaram a correr em direção à escadaria que dava acesso ao primeiro andar gritando por ajuda. Sem perder um momento Zehel soltara pela sua boca um denso nevoeiro que alcançava o nariz dos gennins em fuga prendendo-os num genjutsu. Com um sonido Zehel colocou-se à frente deles a barrar o acesso às escadas enquanto produzia um riso gutural e os olhava ameaçadoramente. O seu chakra chegava ao cérebro deles dando inicio ao genjutsu, a figura demoníaca do Zetsubõ começava a aumentar sob a forma de uma sombra gigantesca e os seus corpos começavam a congelar. Um a um caiam inconscientes ao não serem capazes de resistir ao genjutsu dele.

- Bem... Estes já estão... - declarava ele preparando-se para enfrentar a próxima onda.

Convergindo o seu chakra usou o chakra chie para perceber onde estava mesmo o Takeshi, viu 8 sombras começarem a mover-se com alguma pressa na direção da escadaria. Deveriam ser os reforços do piso de cima, chegavam tarde, porém ele estava ali para antes de mais libertar os reféns. Contando para si enquanto convergia chakra, sentia as sombras de chakra dos seus oponentes a aproximarem-se e ao fundo do primeiro piso mantinham-se imóveis os reféns. Inspirando e expirando mantendo a calma, ponderava o momento certo para sair disparado da escadaria em direção ao primeiro piso. Ouvia os passos a aproximarem-se e sentia-os quase a alcançarem o topo da escadaria.

- Agora. - disse repelindo as suas pernas com toda a sua força num movimento que quebrou a barreira do som.

Era muito mais dificil controlar um sonido num espaço apertado, porém tivera sorte que o topo da escadaria abria para um hall amplo, que ele consegui atravessar a grande velocidade de um lado ao outro sem ser detectado pelos reforços que corriam ao auxilio dos gennis. Embatendo com força na parede do fundo do hall, as suas pernas absorviam toda energia cinética do movimento de modo a pararem o seu corpo. Tinham só restado dois guardas para manter os reféns no sitio, Zehel já esperava algo assim pelo facto de um dos reféns ser Takeshi. Não o iam deixar sozinho ali, mesmo subjugado.

Reagindo com velocidade, o chunnin focou o seu chakra amaldiçoado em ambas as mãos deixando-se cair sobre os gennins que ficaram para trás. Enfiando os seus dedos negros e afiados no peito dos dois guardas, expeliu o seu chakra amaldiçoado para dentro deles antes que eles se virassem totalmente na sua direção. Eles ficaram imediatamente presos sob o efeito do Norowareta Kangoku que lhes tensionava os músculos deixando-os imóveis e o chakra amaldiçoado injectado provocava-lhes dores horríveis até os knocautear.
Activando o seu doujutsu, Zehel libertava dois quartos de lua de modo a produzir chakra suficiente para fazer surgir dez clones com o Kage bushin no jutsu que tensionaram os seus músculos para pegar em cada um dos reféns e levarem-nos para o exterior por uma das janelas laterais, não faria sentido mantê-los ali para o que se avizinhava.
Aproximando-se de Takeshi, Zehel notou que havia um papel colado na sua testa e que o mesmo estava a drenar o chakra do ruivo deixando-o num estado inconsciente.

- Ahahah isto merecia uma foto. - ria-se o kirinin ao ver o seu companheiro, não tinha muito tempo, o resto dos raptores que tinha descido ao rés do chão devia estar quase a aperceber-se que ele não tinha fugido pela porta principal pelo que ele tinha de se despachar.

Pegando no selo e arrancando-o despertava o seu companheiro que esbracejava como se ainda estivesse a lutar contra o ninja que lhe tinha colocado o papel. Porém força faltava-lhe, pelo que o kirinin libertou-o das correntes e colocou-o sobre o ombro para o trazer até junto das escadas. No piso inferior o grito do suposto lider daquela parada de fracos gritara a ordem de retorno ao primeiro piso fazendo com que a horde se movesse com velocidade para o inicio das escadas.

- Zehel, no meu bolso. - falara Takeshi com a garganta seca e com o corpo fraco.

Metendo a mão no bolso do konohanin, o Zetsubõ retirou uma pílula de soldado que colocou logo na boca do seu companheiro. Trincando-a, o ruivo urrou ao sentir-se a ser invadido por uma onda de chakra que repunha todo o que perdera.
Nesse momento os primeiros gennins guarda chegavam ao topo da escada olhando logo para os dois adversários e começando a fazer uma sequência de selos.

- Pois não me parece. - falou Zehel libertando de novo dois quartos de lua dos seus olhos dando-lhe uma injecção de chakra imensa e possibilitando realizar o Suiton: Bakusui Shōha sem perder tempo com selos.
Da sua boca o chunnin de kirigakure cuspiu a onda de água que arrastou todos os que estavam no piso inferior até ao hall de entrada com uma força descomunal, alguns deles batiam nas paredes ficando totalmente inconscientes enquanto outros ficavam apenas atordoados com a força da água que os empurrava na divisão inferior.

- Eu trato destes cabrões agora Zehel. - falou Takeshi colocando a mão no ombro do kirinin.

A sua raiva por ter sido subjugado tão facilmente aquecia-lhe a pele de tal forma que as pequenas gotículas que haviam salpicado para cima dele se evaporavam num instante. Descendo as escadas convergindo o chakra necessário para fazer o jutsu, Takeshi unia as mãos em rápidos selos. Em simultâneo o seu corpo começava a envolver-se de chamas tornando-o intangível. Ao fundo do corredor, três dos gennins projectados pela onda levantavam-se, ainda meio tontos, para tentar enfrentar o chunnin em chamas. Unindo as mãos numa rápida sequência de selos, um deles cuspia um daitoppa que atingia o konoha com força. Ele, ao aperceber-se da sequência de selos, convergira chakra para a planta dos seus pés de modo a agarrar-se ao chão para suportar a onda de vento que ai vinha. Infelizmente o jutsu do gennin não teve o efeito esperado, uma vez que a violenta onda de chakra apenas avivou ainda mais as chamas do karyuka de Takeshi.
Colocando-se logo ao lado do chunnin, Zehel olhou para ele de modo a dar-lhe o raspanete final.

- Não te esqueças, não os podes matar. - falava o kirinin olhando para ele ameaçadoramente enquanto chutava o maxilar de um dos fracotes que começava a despertar.

- Eu não os vou matar não te preocupes. - referia o rapaz de cabelos vermelhos deixando duas kunais passarem pelo seu corpo. Mantinha controlada a quantidade de chakra que usava de modo a fazer com que as chamas não desaparecessem enquanto se tornava intangível momentaneamente. - Só os vou aleijar um bocadinho.

E dando uma risada, Takeshi libertou uma onda de chakra fazendo selos com as mãos, da sua boca cuspiu uma densa quantidade de cinzas que percorria o corredor estreito e cobria o hall de entrada da clínica por completo.

- Vai explo... - gritava um dos gennins começando a correr em direção à porta.

Não fora suficientemente rápido pois o utilizador de Karyuka estalou os seus dedos produzindo uma chama que atingia as cinzas de modo a fazer rebentar o hall de entrada e enviar o corpo dos gennins guardas para o meio da rua numa bela onda de chamas e poeira que cobria a entrada da clínica por completo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
InKatd

Moderador | Konoha
Moderador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 27
Número de Mensagens : 619

Registo Ninja
Nome: Itari Gasaka
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5520
Total de Habilitações: 98,5

MensagemAssunto: Re: Missão de rank B - Raptores e reféns   Seg 22 Fev 2016 - 19:24

Entretanto, fora do edificio, Kentai e Tsuki encontravam-se com as duas kunais a chocar uma contra a outra. A cada golpe Kentai sentia o corpo de Itari esmorecer, mostrando claros sinais da sua pobre preparação para este tipo de combate. Sabia que não podia continuar assim durante muito mais tempo. Rapidamente, Kentai atirou uma bomba de fumaça entres os dois e afastou-se o mais que pôde.

-”Afasto-me, e assim que ele atacar eu…”

O pensamento de Kentai foi rapidamente interrompido por um murro directo no estômago, deferido por Tsuki. Imediatamente Kentai reconheceu o seu erro. Havia subestimado o seu adversário, e estava a pagar o preço pela sua arrogância. Tsuki, o chunnin mais velho, que ele achara incompetente e um bocado fora de forma, não deixava de ser fisicamente superior ao corpo de Itari - era até patético traçar paralelos entre ambos, de tão abismal que era a diferença. Kentai havia simplesmente assumido que uma pessoa do teor dele, e com aquela idade, simplesmente estaria a um nível de capacidades muito inferior. Enganara-se redondamente.

Kentai tentou levantar-se, mas foi impedido por um pontapé directo na sua cara. Tsuki desarmou Kentai, pontapeando a kunai do kumonin para longe, e punha a sola do seu pé sobre o pulso do corpo de Itari.

-”Tens espirito rapaz, tenho de admitir.”

Tsuki pontapeou Kentai no torax.

-”Mas o Mundo real não quer saber de espirito”

E outra vez.

-”O Mundo real é cruel.”

E outra vez.

-”O Mundo real é frio.”

E OUTRA VEZ.

-”Portanto se queres ser um heroizinho...”

E OUTRA VEZ.


-”Faz o que os heróis fazem melhor, e morre!”

E OUTRA VEZ.


Kentai encontrava-se meio inconsciente. Queria pensar numa solução, numa saida, mas não o conseguia fazer. Pela primeira vez em muito tempo, sentia dores intensas o suficiente para impedirem o seu raciocínio. Pensou em trocar de lugar com Itari, mas acabou por concluir que tal não valeria a pena. Mesmo que o fizesse, mesmo que com isso se conseguisse concentrar e arranjar uma solução, sabia que o corpo do rapaz não duraria muito mais tempo. Seria em vão.

Tsuki continuava o seu discurso, tirando lentamente um conjunto de kunais da sua bolsa.

“-E Eu? Bem eu vou continuar a fazer o que faço melhor. Mentir, Roubar, fazer batota e sobrevi…..”

Um estrondo fez-se ouvir de dentro do edifico. numa questão de meio segundo, 3 corpos saiam a voar de dentro da porta principal. Dois gennins ficavam estatelados no meio do chão da rua, enquanto o corpo de um Takeshi inconsciente voava, acertando com a sua cabeça na cabeça de Tsuki.  Os dois cairam no chão: Takeshi em cima de Tsuki, e ambos inconscientes.
-”Até inconsciente salta para cima de homens”, ainda conseguiu Kentai pensar antes de desmaiar. A ultima coisa que se lembrava de ver era Zehel a sair de dentro do edificio, e um grupo de chunnins e jounins a chegaram ao local do crime.

Kentai acordou algum tempo depois, ainda algo atordoado e com um cobertor à sua volta. Encontrava-se encostado a uma parede. Conseguia ouvir Zehel ao longe, a reportar tudo às autoridades responsaveis por tudo. Takeshi encontrava-se acordado num local próximo, mas algemado. Um dos chunnins capturados estava com o maxilar deslocado e o nariz a sangar. Kentai conseguia juntar um e um para perceber o que se tinha passado.

Zehel deslocou-se para junto de Kentai.

-”Está tudo tratado da minha parte. Tsuki assumiu culpa e a maioria dos participantes neste escandalo vão aceitar o acordo que lhes foi dado. Vao sair ilesos pela maioria parte. Tsuki, contudo, está a olhar para pena vitalicia.”

-”E o Takeshi?”

-”Eles já o soltam. Ele… exaltou-se e agrediu alguem que já estava capturado. Ele é sempre assim?.

-”É temperamental. Mas eficaz no que faz.”

Kentai riu-se, sentindo imediatamente pontadas de dor no seu abdómen, agarrando-se ao mesmo instintivamente. O resto da tarde foi o que se esperava, os 3 foram interrogados uma última vez e pagos pelo seu trabalho. Kentai e Takeshi despediram-se conjuntamente de Zehel, no entanto acabando a afastar-se e a cada um seguir o seu caminho.

Um missão peculiar, salva pela aptitude e capacidade de Zehel e de Takeshi.



FIM
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rich

Moderador | Konoha
Moderador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 19
Localização : Não olhes para trás neste momento...
Número de Mensagens : 1769

Registo Ninja
Nome: Uchiha Takeshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 630
Total de Habilitações: 257,5

MensagemAssunto: Re: Missão de rank B - Raptores e reféns   Qua 24 Fev 2016 - 19:24

BUMP
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://senpai-k.tk
Anotherx

Administrador | Nukenin
Administrador | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Marinhais (Santarém)
Número de Mensagens : 1285

Registo Ninja
Nome: Kaguya 'Shiro' Shirogane
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 700
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: Missão de rank B - Raptores e reféns   Qui 25 Fev 2016 - 12:30

Reservo
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://wanwan.moe
Anotherx

Administrador | Nukenin
Administrador | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Marinhais (Santarém)
Número de Mensagens : 1285

Registo Ninja
Nome: Kaguya 'Shiro' Shirogane
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 700
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: Missão de rank B - Raptores e reféns   Qui 25 Fev 2016 - 21:08

Zehel Matsuri

Habs Ninja
Ninjutsu: 47,5 + 1 = 48,5
Taijutsu: 25,5 + 0,25 = 25,75
Kenjutsu: 35,75
Genjutsu: 13,25 + 0,25 = 13,5
Selos: 24,25 + 0,25 = 24,5
Trabalho de Equipa: 8,25 + 1 = 9,25

Habs Corporais
Força: 29 + 0,25 = 29,25
Agilidade: 42 + 0,5 = 42,5
Controlo de Chakra: 64,5 + 0,75 = 65,25
Raciocínio: 15,75 + 0,75 = 16,5
Constituição: 42 + 0,75 = 42,75

Rendimento da Missão: 347,75 > 353,5
Total de Habilitações: 4,75/7 (+1/1 T.E)


Uchiha Takeshi

Habs Ninja
Ninjutsu: 39,75 + 0,75 = 40,5
Taijutsu: 8 + 0,25 = 8,25
Kenjutsu: 15,5
Genjutsu: 8
Selos: 22,5 + 0,75 = 23,25
Trabalho de Equipa: 6,5 + 0,5 = 7

Habs Corporais
Força: 7,25 + 0,25 = 7,5
Agilidade: 23 + 0,5 = 23,5
Controlo de Chakra: 43 + 0,75 = 43,75
Raciocínio: 11,5 + 0,5 = 12
Constituição: 23 + 0,75 = 23,75

Rendimento da Missão: 4,5/7 (+0,5/1 T.E.)
Total de Habilitações: 208 > 213


Itari Gasaka

Habs Ninja
Ninjutsu: 14 + 0,25 = 14,25
Taijutsu: 2,25
Kenjutsu: 13 + 0,5 = 13,5
Genjutsu: 1,5
Selos: 6 + 0,25 = 6,25
Trabalho de Equipe: 7 + 0,75 = 7,75

Habs Corporais
Força: 0,5
Agilidade: 8,75 + 0,5 = 9,25
Controle de Chakra: 10
Raciocinio: 19,25 + 1,25 = 20,5
Constituição: 5,75 + 0,75 = 6,5

Rendimento da Missão: 3,5/7 (+0,75/1 T.E.)
Total de Habilitações: 89 > 93,25


Recompensa Completa!

Foi uma excelente missão mas a falta de combate (e o facto de que combateram genins principalmente) tornou difícil de aproveitar pontos. Bem escrita, penso que utilizaram bem os personagens uns dos outros e foi giro ver o Takeshi a servir de dama em apuros xd
O Kentai anda com a mania de prender chuunins randoms e gostei bastante da postura do Zehel nesta missão, postura badass mas a priorizar uma boa cooperação com a equipa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://wanwan.moe
Conteúdo patrocinado





MensagemAssunto: Re: Missão de rank B - Raptores e reféns   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Missão de rank B - Raptores e reféns
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Kirigakure :: Missões :: Missões Arquivadas-
'); }