Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 [Treino 9] Frieza

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Ichinose Zef

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 22
Localização : Coimbra
Número de Mensagens : 415

Registo Ninja
Nome: Ichinose Zef
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 7255
Total de Habilitações: 151,25

MensagemAssunto: [Treino 9] Frieza   Sab 1 Fev 2014 - 15:38

Treino 9

Frieza

“Sem remorsos…”

Dois dos ninjas que se encontravam naquele buraco estavam no chão a babar-se em convulsões violentas, até que desmaiaram no chão. O último membro estava aterrorizado e olhava para Zef enquanto este se levantava na direção dele

-O…o que lhes fizeste?! -Balbuciou entre medo e terror, enquanto se tentava puxar o mais possível para trás, ou pelo menos o que a parede deixava, se existisse ali um buraco com certeza já se tinha enfiado por lá.
Os olhos cinza cruzaram-se com os olhos castanhos banhados com lágrimas daquele sujeito. Zef encolheu os ombros como se aquilo se tratasse de uma coisa comum, como se fosse o seu dia-a-dia. O corpo desceu sobre o rapaz e o olhar aproximou-se dele.

-Chama-se genjutsu. Fi-los verem a sua própria morte, não uma vez mas várias. Podia fazer o mesmo a ti mas acho que isso não iria resultar, pois irias acabar como eles.

Aquilo ascendeu uma chama de esperança no peito do ultimo sobrevivente, talvez fosse poupado, talvez o deixassem sair dali e quem sabe o deixassem fugir mesmo do Buraco. Afinal ninguém gostava daquele sítio.

-Invés de usar um genjutsu em ti, vou usar outro método. Azura és capaz de me arranjar umas farpas de cristal, finas como papel e pontiagudas?

O kirin da máscara fez um ligeiro aceno com a cabeça em reprovação, eles tinham uma missão para fazer e aquilo so estava a empatar, mas no fim fez aparecer três farpas de cristal na sua mão que depositou na de Zef.

-Não temos tempo para as tuas brincadeiras.

O ninja aceitou as farpas e respondeu. -Calma, isto vai faze-lo falar.

O pensamento do outro ninja estava errado, ele não iria escapar, mas também não podia deixar que descobrissem quem o tentou salvar, mas isso era o que ele pensava. Nunca ele pensou no que estava prestes a acontecer.

-Sabes, nunca pensei em ter prazer no que acabei por fazer. O meu caminho não era este, nunca pensei em ser um extractor. Ou como costumam dizer interrogador, mas interrogar pessoas como tu é muito mais do que fazer perguntas. Onde esta o merdas que tem feito escapar ninjas? -Disse Zef agarrando no braço direito do ninja e abrindo-lhe a mão.

-Não te vou dizer! O que ele tem feito é… -E foi interrompido por Azura que falou secamente.

-É contra as regras. COmo tal é tratado como um criminoso e deve ser apanhado. Sabemos que ele tem andado por todos os pisos e corredores, mas ninguém nos distritos nos diz nada, como não podemos matar pessoas a torto e a direito temos de fazer estes trabalhos.

-É o que ele disse. Mas sabes que todas a pessoas que fugiram estão a ser caçadas neste preciso momento. Entre os caçadores esta uma rapariga minha conhecida, e devo dizer que ela não é muito branda com desertores. Uma última vez, onde está o ninja?

O rapaz desatou em lagrimas gritando. -Não digo! Não digo!

-Ora não me dás outra escolha.

O rapaz das ligaduras fez o outro manter a mão aberta enquanto segurava numa lasca de cristal com a outra mão, aproximando uma do dedo indicador do outro.

-Que…que vais fazer?

Zef manteve-se em silêncio, o cristal aproximou-se frio contra a pele do outro ninja, mas não era esse o seu destino, a ranhura entre a unha e o dedo era o seu destino e com um leve empurrão a lasca deslizou por entre a carne.
Um grito ensurdecedor saiu da boca do rapaz, enquanto o sangue percorria a superfície limpa e clara do cristal.

-Eu digo! Eu digo! Por favor para! -Zef inclinou a cabeça do ninja para trás.

-Fala. -Disse friamente.

-Ele, ele costuma receber o pagamento no distrito vermelho.

-Certo… -Zef retirou a lâmina de cristal com facilidade fazendo emanar mais um grito da boca do rapaz que foi acertado pela mão de Zef na cabeça, enquanto este fazia chakra fluir sobre o seu corpo usando o shikumi no ninja.

-Nunca me canso deste genjutsu. -Disse Zef para Azura que já tinha saído do buraco.

O distrito vermelho era um enorme pavilhão localizado no Norte do complexo, esra chamado assim por causa das suas portas pintadas dessa mesma cor. E porque era lá que todos os ninjas mais violentos se encontravam. Os dois ninjas partiram para lá numa sucessão de vários shunshins.

-Chegamos, agora precisamos de um plano. A única entrada é esta por isso não a surpresa, e mesmo lá dentro pode não haver grande surpresa, pois primeiro temos de o encontrar. Vamos usar um henge, muita gente lá dentro conhece-nos em especial o psicopata do Naro. Vamos perguntar as pessoas se conhecem alguem que nos pode ajudar a fugir, isso deve bastar. -Acabou por dizer Azura fazendo um simples selo e transformando-se num ninja comum ao que Zef fez o mesmo.

-Esse look fica-te melhor ao de morto vivo. -Gracejou Zef abrindo uma pequena porta entalhada nos enormes colossos de aço vermelho.

O interior era bem iluminado, haviam algumas fogueiras espalhadas pelo recinto que se compunha por uma data de tendas e construções de madeira improvisadas onde as pessoas passavam as noites. Por entre toda aquela selva de madeira encontravam-se algumas coisas curiosas, havia uma taberna, um pequeno hotel. Tudo aquilo era estranho e interessante ao mesmo tempo.

-E que tal iremos primeiro áquela especie de taberna, parece o sitio onde se encontram os mexericos. - Disse Azura apontando para a estranha construção de madeira.

-Já bebia qualquer coisita já. -Gracejou novamente Zef.

O ambiente dentro da pequena taberna era sinistro, as mesas estavam praticamente vazias e no balcão estava uma rapariga que usava o seu hitaiate com o símbolo de kiri sobre os olhos. Tinha um copo de vidro numa mão e na outra um pano esfarrapado e sujo que continuava a passar pelo copo cristalino, em movimentos lentos e repetitivos. Zef e Azura aproximaram-se dela e Azura iniciou a conversa.

-Estamos a procura de alguém, soubemos de alguém que tem ajudado ninjas a fugir e nós queremos escapar.

A rapariga fez um sorriso inocente enquanto um fio de sangue carmim deslizava sobre o hitaiate sobre a sua cara branca e macia, o seu braço esquerdo ergueu-se deixando cair o copo que se estilhaçou numa imensidão de pedaços que voaram por todo o lado, e na extremidade o seu indicador ergueu-se indicando uma porta escondida nas sombras.
A porta era simples, feita por uma data de placas de madeira atadas com cordeis velhos e desgastados, esta abriu-se para um buraco escavado recentemente e que não fazia parte da arquitectura original daquele sítio.

-Um buraco dentro de um buraco, quantos ratos vamos encontrar ali em baixo? -Disse Zef num tom de escárnio e ironia.

-Vamos ter calma, a nossa missão é encontrar o chefe. Mantém o disfarce e deixa a conversa comigo, depois podemos matar toda a gente se quiseres.

-Como queiras, vamos lá acabar com isto.

Os dois ninjas reforçaram a circulação de chakra mantendo os disfarces enquanto desciam no escuro ate uma pequena abertura iluminada por uma pequena tocha. Dentro da abertura estava uma pequena sala mal iluminada e dentro desta já se encontravam algumas pessoas. Umas encontravam-se amedrontadas outras estavam munidas de armas improvisadas, mas nenhuma parecia suficientemente esperta para ser o líder daquilo tudo.

-Parece que temos mais clientes, Hako. -Disse um dos capangas com um uma maça de madeira a cintura.

-És idiota! Já te disse para não me chamares pelo nome! -Disse o vulto que trazia um manto sobre o seu corpo e sobre a sua cabeça. -Sejam bem-vindos, então querem sair deste sítio, espero que tenham algo com que pagar.

Azura chegou-se perto de Zef o suficiente para lhe sussurrar ao ouvido.

“-Já sabemos que ele é o líder, quando começaremos o ataque ele vai fugir por aquele buraco que fica depois da mesa no canto escuro da sala. Pelos vistos todos estes são ninjas de força bruta, pouco cérebro e muito músculo, deve ser fácil. Mas vamos ter de ser rápidos, não sabemos o comprimento do túnel, nem onde ele vai dar, não o podemos perder de vista.”

-O que estão para aí a sussurrar?! -Barafustou aquele que se chamava de Hako.

-A tua morte. -Disse secamente desfazendo o seu henge numa nuvem de fumo e num gesto rapido atirando uma kunai contra um dos ninjas que se encontravam ao seu lado esquerdo acertando em cheio.

O medo preencheu a cara do líder, enquanto balbuciava alguma coisa entre dentes, dando a ordem de ataque e fugindo para o túnel de ratos. Os outro quatro guardas precipitaram-se rapidamente para os dois ninjas. Um trazia já a sua maça de madeira na mão mas foi rapidamente desfeita por uma espada de cristal azul crida na mão de Azura, com um movimento rápido ascendente que cortou a madeira com facilidade e de seguida um punho revestido de cristal foi de encontro a cara desse mesmo homem partindo o maxilar e deixando-o no chão.
Do outro lado da sala Zef tinha a sua katana não mão e lutava contra um rapaz mais esguio e munido de um pedaço de metal torcido e ferrugento que se mostrava bem frenético, lançando golpes sucessivos contra o ninja, Zef tentava acompanhar todos os seus movimentos tentando prever uma falha até que a encontrou, o fôlego do seu oponente chegou ao fim com um golpe lento e de encontro ao chão cravando ai a sua arma. Com um gesto rápido a mão esquerda de Zef voou na direção d a cabeça do seu oponente usando o shikumi deitando-o no chão inconsciente.
Azura do outro lado tinha agora criado um arsenal de senbouns de cristal que voaram contra um adversário que tentava fugir, estas foram disparadas numa salva de grande velocidade com a ajuda do chakra do ninja.
O ultimo restante foi deixado para Zef enquanto Azura se dirigia para o túnel. Este ultimo estava desarmado, e pela sua posição era bom em taijutsu algo que faltava a Zef. Mas este não desistiu do desafio, colocou a katana na bainha e posicionou os seus punhos cerrados em frente a sua cara. O ninja moveu-se a uma velocidade impressionante, acertando com um forte soco na barriga de Zef que lhe tirou todo o folego, mas não era tempo de se ficar a chorar, tinha de ripostar. Sobre toda a dor abdominal, fez um esforço inspirou uma lufada de ar e levou o seu soco contra a cara do seu adversário mas este conseguiu desviar inclinado a sua cabeça para trás e iniciando outra combinação de golpes. Os primeiros dois foram contra o escudo feito pelos braços de Ichinose que protegiam a sua cara, o ultimo foi um gancho poderoso contra o barriga cheia de ligaduras, Zef tinha caído outra vez. Estava na mesma situação, sem fôlego e dorido e começava a ficar farto daquilo. Concentrou-se e focou o seu objectivo, fitou o seu adversário e esperou pelo seu primeiro passo, o braço projectou-se contra a sua cara, mas foi suficiente para Zef deslizar para o lado direito, aproveitar o braço do adversário estar esticado e com um rápido movimento ascendente do seu braço direito.
Como uma maquina, a lâmina escondida deslizou das ligaduras cortando o braço do adversário, um movimento perfeito e bonito, um corte limpo. O braço caiu no chão e o ninja começou a gritar sendo acertado posteriormente por uma cotovelada de Zef no seu abdómen. O ninja caiu no chão e Zef posicionou-se sobre ele de pé, encolhendo os ombros e dizendo.

-Jogo limpo nunca foi o meu forte, desculpa lá por isso. -E acabou com um pontapé na cara do ninja que ficou ali no chão sobre uma poça do seu próprio sangue.

Zef precipitou-se para o túnel e após alguns sunshins rápidos encontrou Azura a segurar o tal de Hako pelo pescoço.

-Segura aí tive uma ideia, o túnel ainda se estende por alguns quilómetros, vou fazê-lo desabar, para não haver mais ratos a fugir. -Com um gesto rápido atirou o corpo contra Zef que caiu a seus pés.

-Ok, vai lá. Acho que por enquanto vou-me divertir com este aqui. -Acabou por dizer Zef retirando uma katana da sua bolsa e passando-a pela sua língua.

Depois de algum tempo Azura voltou, de encontro a Zef. Este estava sobre o corpo de Hako com uma kunai na mão ensanguentada. E o corpo estava cheio de cortes.

-Estava a ver que não chegavas, estou com fome, vamos embora.

-Claro. -Respondeu Azura passando por Zef e continuando a andar.

-Mas antes disso vamos dar uma nova casa a este senhor.

Hako estava consciente, mas muito debilitado, mas não o suficiente para resistir a um genjutsu de Zef, este concentrou chakra no seu corpo colocou a mão sobre a cabeça do rapaz e usou o shikumi, fazendo-o reviver a sua morte mais de uma vez, enquanto caia no chão. Logo depois levou a sua mão ao bolso e retirou uma data de kibaku fudas colando-os nas paredes, deixando Hako para trás.

-Se fosse fraco teria conseguido fugir e os fracos não tem lugar neste mundo. -Disse Zef para Azura fazendo os papeis explodir criando uma túmulo para o pobre coitado.

-Temos de ir reportar isto a Inoue. -Acabou por dizer Azura.

-Já me tinha esquecido, mas primeiro vamos comer. Pergunto-me se aquela miúda esquisita vende coxinhas de frango.

-----------------------------------

Treino conjunto com Azura


Última edição por Ichinose Zef em Sab 1 Fev 2014 - 15:41, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://gameofthronesrpg.forumportugues.com.pt/
Rich

Moderador | Konoha
Moderador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 19
Localização : Não olhes para trás neste momento...
Número de Mensagens : 1769

Registo Ninja
Nome: Uchiha Takeshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 630
Total de Habilitações: 257,5

MensagemAssunto: Re: [Treino 9] Frieza   Sab 1 Fev 2014 - 16:17

Ichinose Zef

HN:
Ninjutsu: 13 + 0,5 = 13,5
Taijutsu: 5,25 + 0,25 = 5,5
Kenjutsu: 13,25 + 1 = 14,25
Genjutsu: 7,25 + 1 = 8,25
Selos: 10,25
Trabalho de Equipa: 4,5

HC:
Força: 6,5 + 0,25 = 6,75
Agilidade: 11,5
Controlo de Chakra: 16 + 1,25 = 17,25
Raciocínio: 6,75
Constituição: 13,25 + 0,5 = 13,75

4,75/6
108,25 + 113



Azura Inugami

HN:
Ninjutsu: 48,5 + 1 = 49,5
Taijutsu: 11 + 0,25
Kenjutsu: 32,25 + 0,25 = 32,5
Genjutsu: 2,75
Selos: 24
Trabalho de Equipa: 14,75

HC:
Força: 16 + 0,25 = 16,25
Agilidade: 23
Controlo de Chakra: 39 + 0,75 = 39,75
Raciocínio: 18,75
Constituição: 28

2,5/5
258 + 260,5


Algum ADM que atualize por favor.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://senpai-k.tk
Ichinose Zef

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 22
Localização : Coimbra
Número de Mensagens : 415

Registo Ninja
Nome: Ichinose Zef
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 7255
Total de Habilitações: 151,25

MensagemAssunto: Re: [Treino 9] Frieza   Sab 1 Fev 2014 - 16:26

Atualizado, só acho que devias ter dado raciocino ao Loan visto que ele é que pensou na estratégia toda.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://gameofthronesrpg.forumportugues.com.pt/
Conteúdo patrocinado





MensagemAssunto: Re: [Treino 9] Frieza   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Treino 9] Frieza
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Kirigakure :: Treinos :: Treinos Arquivados-
'); }