Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Dorou

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Belem/ Pa - Brasil
Número de Mensagens : 2883

Registo Ninja
Nome: Azura Inugami
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 16915
Total de Habilitações: 349,5

MensagemAssunto: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Seg 30 Dez 2013 - 23:10

Descrição: Duas pessoas trajando o manto da Akatsuki foram vistos nos arredores do país da água transitando entre as grandes ilhas e países menores. Dentre o catálogo de membros da Akatsuki que é de conhecimento das vilas, nenhum destes é conhecido, então suas habilidades e poder são um mistério. Vossa missão é achá-os, confirmar sua ligação com a Akatsuki e, se possível, capturá-os. Vivos ou mortos.

Recompensa: 4800 ryos + dois scrolls + 1 ponto de cumprimento + 1 ponto de mérito.
Número de Ninjas: 3/4 (Pelo menos 2 Jounins)
Pessoas Inscritas: 

  • Azura (Dorou)
  • Angelus (Killer999)
  • Kusanagi (Bruno Moraes)
  • Ayame (Shibiusa)


Última edição por Dorou em Ter 31 Dez 2013 - 1:44, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dorou

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Belem/ Pa - Brasil
Número de Mensagens : 2883

Registo Ninja
Nome: Azura Inugami
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 16915
Total de Habilitações: 349,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Seg 30 Dez 2013 - 23:11

E antes de mais nada, me inscrevo ;B
Voltar ao Topo Ir em baixo
killer999

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : In your head
Número de Mensagens : 12265

Registo Ninja
Nome: Angelus
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 31866
Total de Habilitações: 693,75

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Ter 31 Dez 2013 - 0:48

Inscrevo-me!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.dragonball-pt.info
Bruno Moraes

Administrador | Iwa
Administrador | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 29
Localização : Em algum lugar de lugar nenhum
Número de Mensagens : 3387

Registo Ninja
Nome: Kyo Kusanagi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 14350
Total de Habilitações: 733,75

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Ter 31 Dez 2013 - 0:51

O que  estamos esperando? Vamos nessa!
Voltar ao Topo Ir em baixo
killer999

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : In your head
Número de Mensagens : 12265

Registo Ninja
Nome: Angelus
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 31866
Total de Habilitações: 693,75

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Ter 31 Dez 2013 - 0:53

@Bruno Moraes escreveu:
O que  estamos esperando? Vamos nessa!

Da tua inscrição Razz

Edit Bruno Moraes: Essa foi a minha inscrição xd

Edit Dorou: Agora estamos esperando mais uma xd
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.dragonball-pt.info
Tio Tsu

Administrador | Kumo
Administrador | Kumo
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Nárnia, where unicorns tend to live!
Número de Mensagens : 5768

Registo Ninja
Nome: Shikaku Kinkotsu
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Ter 31 Dez 2013 - 9:10

Vontade aguda de voltar para o Katsu só para fazer esta missão ahah.

Usem o Katsu
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.narutoportugalrpg.com/rpg_sheet_edit.forum?tid=12c1c6
Dorou

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Belem/ Pa - Brasil
Número de Mensagens : 2883

Registo Ninja
Nome: Azura Inugami
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 16915
Total de Habilitações: 349,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Qui 2 Jan 2014 - 22:00

Bom, já que ninguem mais se inscreve xd iniciemos:

- Dorou
- Bruno
- Killer
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shibiusa

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Feminino
Idade : 26
Localização : Jardim à beira-mar plantado
Número de Mensagens : 3515

Registo Ninja
Nome: Ayame Midori
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5470
Total de Habilitações: 228,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Dom 5 Jan 2014 - 15:28

Eu vou! Já tinha dito há semanas que ia e não sabia que já estava por aqui a missão D:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bruno Moraes

Administrador | Iwa
Administrador | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 29
Localização : Em algum lugar de lugar nenhum
Número de Mensagens : 3387

Registo Ninja
Nome: Kyo Kusanagi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 14350
Total de Habilitações: 733,75

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Dom 5 Jan 2014 - 15:56

Estavamos a te esperar como não vinha quase começamos, mas estamos a esperar o Dorou para dar inicio já que ele quer chegar a Rank A primeiro, portando dá para você ir nessa missão junto. Só que vamos esperar pelo Dorou. OK
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dorou

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Belem/ Pa - Brasil
Número de Mensagens : 2883

Registo Ninja
Nome: Azura Inugami
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 16915
Total de Habilitações: 349,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Seg 6 Jan 2014 - 19:19

Ok, está tudo pronto. podemos começar xd Refazendo a ordem fica:
1º - Dorou
2º - Brunomoraes
3º - Killer 999
4º - Shibiusa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dorou

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Belem/ Pa - Brasil
Número de Mensagens : 2883

Registo Ninja
Nome: Azura Inugami
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 16915
Total de Habilitações: 349,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Qua 8 Jan 2014 - 21:45

Citação :
- E pensar que esta é a elite das vilas. - O homem cuspiu no chão. - Pensei que o Yellow Flash de konoha, O próximo mestre da casa Kusanagi, A Promessa dos Midori e O Herdeiro do Shouton fossem desafio maior que isto.
O homem limpou o pó das vestes e deu passos para frente, para estar mais próximo do Jounin de konoha. O sol nasceu nas suas costas e o brilho atrás de si escondeu sua face em penumbra como um manto de trevas.
- Seu.. Maldito! - Kyo tossiu uma porção de sangue e sujou o chão de terra abaixo de si. O rapaz tentou levantar-se, mas o máximo que conseguiu foi ficar de joelhos a encarar o oponente formidável. - Não pense que me derrotou…
O homem não respondeu, mas seus olhos pareceram acender quando ouviu o desafio. O brilho vermelho se fez mais forte, aquele olho sempre foi o maior orgulho dos uchiha, e agora estava sendo profanado por um membro relapso do clã. A capa esvoaçou naquele vento matinal, o negro contrastava com as nuvens vermelhas estampadas, as mesmas nuvens que pintavam o céu de laranja.
Azura estava caído próximo a Angelus, o rapaz lutava para organizar os pensamentos e manter-se acordado enquanto sentia seu chakra mais fraco que o normal, sentia seu corpo dormente e, mais ainda, sentia que os outros estavam nas mesmas condições. Seu olhar encontrou o de Angelus, o loiro de konoha lutava contra a dor e levantava-se aos poucos, sendo o único a conseguir ficar de pé. Com dificuldade, mas ainda assim de pé.
- ooohh… - O akatsuki falou com os dentes cerrados e ensaiando um sorriso. - Eu vejo que ainda não terminamos aqui.
Ayame estava inconsciente e gravemente ferida, pois uma linha magenta descia pela sua testa e desenhava uma trilha na sua bochecha e queixo. Ela abriu os olhos aos poucos, incomodada por aquela sensação de perigo iminente, sentiu um chakra monstruoso nascendo próximo a si, na direção do adversário.

O homem bateu os calcanhares e virou de costas, então começou um caminhar leve e animado até alguns metros dali. Voltou a virar para o grupo e sorriu em meio as sombras em sua face. As mãos se uniram, o seu chakra explodiu e, de repente, o mundo tremeu, gritou, modificou-se e tudo tornou-se escuro…




Ayame irrompeu na sala do Hokage logo cedo de manhã, ela mal acordara e acabara por assustar-se quando viu o Anbu em sua janela que a chamava a uma reunião urgente com o kage. O que quer que fosse, era algo de extrema importância.
Quando chegou lá, naruto conversava com um loiro qualquer, ele parecia mais sério que o normal e, pessoalmente, o tom de sua voz preocupava a kunoichi.
- O que houve hokage-sama? - Ela falou. - Porque me chamou?
Naruto a olhou, parecia que não tinha notado sua presença, mas quando o fez logo relaxou os ombros e sorriu.
- Yoooo! - Ele disse.
- Ohayogozaimasu. - Angelus também estava na sala, ele tinha um semblante sério a momentos atrás, mas entregou-se a um sorriso educado.
- Então… Erm… Eu estou atrapalhando? - A moça falou franzindo a testa. - Se quiserem eu posso voltar depois e tudo o mais…
- Não não! Entre, é com você que queremos falar! - Angelus se adiantou.
A adolescente entrou no recinto nervosa, sentia a tensão no ar.
- Ayame-san… Você conhece os Akatsuki? - Naruto uniu as mãos e relaxou os cotovelos na sua mesa.
- Bom… Só sei o que os rumores dizem. Eles são fortes e… Bem… maus. - Ela falou com simplicidade, tentando parecer menos informada do que realmente era.
- Sim. - Angelus sentou na mesa do kage e cruzou os braços. - Dois deles foram vistos nos arredores do país da água semana passada.
- Exatamente. Eu tenho uma missão para vocês, uma missão que vai envolver outras vilas em cooperação… Vocês terão de…

-x-

- Capturar!? - Kyo quase engasgou quando ouviu.
- Sim. - Kurotsuchi completou seriamente. - uma equipe de konoha está se dirigindo para cá e eles chegarão em breve.
- Entendo… - O rapaz pôs a mão no queixo pensativo. - Isso é muito oportuno, tenho certeza que… hmm… Aquele jutsu… Hmm… Então eu vou e… Hmm… Tenho certeza que ela vai e… hmmm! Hohohooo
- Que coisas doentias você está pensando? - Kurotsuchi caminhou a passos curtos até sua cadeira e voltou a sentar-se. Ela parecia distante, preocupada, como quem esperava o pior. O tokubetsu de iwa entendeu que era hora de ir, então virou-se e caminhou.
- Tsuchikage-sama… - Kyo estava na frente da porta, esperando para abri-la e sair. - Você acha que temos chance?

-x-
- Não. - Okashii olhou a grande vidraça de sua sala, onde podia ver todo o resto da vila. Se é que podia-se ver algo entre a névoa. - Não sei ao certo, na verdade. Mandá-los lá será uma aposta, um voto de confiança… Tenho certeza que isso acarretará em algo grande, porém não sei se é para bem ou par mal.
- Entendo. - Azura parecia pensativo. Ele tinha chegado a mais de meia hora, e desde então estivera discutindo detalhes geográficos. O ruivo virou-se para sair, não tinha mais nada a falar. Ele irrompeu mundo afora e partiu.

-x-

Horas depois lá estava Azura na portão da vila sob um chuva forte que caia com o fim da manhã. O sol estava alto no céu, porém as nuvens escondiam-no em tal nível que o mundo sem sua luz na totalidade tornava-se cinza, sem cor, frio e extremamente enevoado.
O ruivo abrigava-se sob o casaco para se esconder do frio e, antes que pudesse imaginar, uma luz amarela surgiu atrás de si iluminando o local.
Ele virou-se e lá estavam eles. O loiro, A kunoichi e o desconhecido.

- Estão prontos? - Angelus falou.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bruno Moraes

Administrador | Iwa
Administrador | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 29
Localização : Em algum lugar de lugar nenhum
Número de Mensagens : 3387

Registo Ninja
Nome: Kyo Kusanagi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 14350
Total de Habilitações: 733,75

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Sex 10 Jan 2014 - 20:06

- Creio que vocês devem ser os meus parceiros nessa missão importante. _ falava o ruivo de forma simplória ao ver Ângelus e mais dois ninjas com eles.
 
O recente Jounin de Kiri já havia feito algumas missões com o Jounin de Konoha e já o conhecia bem, por outro lado já não conhecia a fundo os demais. A kunoichi já havia até trabalhado antes em uma missão antiga só que não foi bem executada, já o outro só tinha visto quando foi juiz no exame Chuunin.
 
- Sim somos Azura-san. Creio que já conheça Midori-San de Konoha ela é uma especialista em botânica e tem alguns jutsus curativos para nos auxiliar em nossa missão, mas não se engane ela também é uma ótima llutadora. Esse é Kyo Kusanagi, o conheci em uma missão também muito importante como essa. Ele é um excelente shinobi com grande poder destrutivo e foi muito bem recomendado pela Tsuchikage para mim e não me desapontou. _ falava o Dragão Dourado de Konoha a apresentar a seu parceiro kirinin seus companheiros de missão.
 
- Será um prazer estar contigo nessa missão Inugami-san, desta vez irei me esforçar para ter sucesso em nossa missão. _ fala cordialmente e fazendo uma reverência ao Jounin da vila da Névoa.
 
- Isso aí! Vamos atrás desses Akatsuki otários e acabar com a raça deles. Quem eles pensam que são a andar pelas terras da Aliança Shinobi. Estou bem empolgado e ansioso por essa missão, vai ser uma das mais importantes da minha vida. _ era nítida a empolgação do jovem iwanin, parecia que realmente uma criança ao brincar com o novo brinquedo.
 
- Não temos muito tempo vamos logo, as informações estão aqui comigo. _ diferente de seu companheiro o mascarado se mostrava indiferente para missão, como se uma missão não passe de nada mais que uma missão apenas. Algo que é solicitado e cumprido da melhor forma possível.
 
As conversas paralelas acabaram por aí, o ruivo retira de seu casaco um scroll que ao se abrir mostra ser um mapa do País da Água. Começa a explicar para os demais as informações que havia recebido de Okashi. Suas palavras eram de duas pessoas a trajar sobretudo preto ao cobrir todo o corpo que continha algumas nuvens vermelhas por seu todo, traje típico que os membros da tão famosa organização que causou grandes problemas no passado. Por enquanto eles foram avistados a andarem por pequenas vilas localizadas num arquipélago a sudoeste do País. Não sabiam realmente o que eles queriam, mas como se podia tratar a Akatsuki não poderia deixar de investigar. Sem contar que já destruíram um pequeno porto localizado nesse mesmo arquipélago. A principio a missão era saber o que eles estão tramando, segundo é capturar eles ou até mata-los se for o caso. Mas antes disso precisariam saber onde eles estão.
 
- Cara o que você acabou de dizer creio que seja a mesma coisa que nossos líderes já nos disseram antes de virmos para cá. Não tem nenhuma novidade não? _ resmungava Kyo ao ouvir novamente tudo o que a Kurotsuchi já havia lhe falado.
 
- Estou a começar do inicio para vocês entenderem, se tiver calma chegarei ao ponto que desejo que é o meu plano. _ como de habitual a resposta de Azura foi limpa e seca _ Ângelus você consegue sentir o chakra das pessoas não estou certo?
 
- Sim consigo, mas infelizmente não tenho conhecimento do chakra dessas pessoas. _ Responde o loiro.
 
- Não tem problema, mas consegue sentir se uma pessoa tem uma grande quantidade de chakra, estou correto? _ voltava a perguntar o ruivo.
 
- Já entendi, você quer que eu procure por chakra suspeitos. Como parece que os dois suspeitos são bem poderosos devem ter um chakra fora do comum, além disso, é um lugar que não possui Shinobis, logo não é normal ter indivíduos com chakra fora do comum. Muito bem Inugami posso ser seu rastreador nesse caso. _ respondia o herdeiro da linhagem do Dragão ao compreender o que seu amigo deseja de si.
 
- Muito bem, então vamos logo até o porto para pegar o nosso transporte, irei organizar nosso grupo de busca quando chegar lá. Você Jounin de Iwa preciso saber do que você é capaz para lhe colocar em um ponto estratégico. _ fala o mascarado a apontar para Kyo.
 
- Huh? Eu? _ Kusanagi se espanta como jeito nenhum pouco suave do homem estranho se expressar _ Bem, eu tenho afinidade com três elementos Básicos que são eles: Katon, Doton e Fuuton. Normalmente uso o meu Doton para me defender o Fuuton para me auxiliar para me dá mais agilidade e o Katon para usar técnicas ofensivas. _ o jovem esconde o fato que já conseguia dominar o elemento que apenas seu Avô e os dois grandes Kages de sua vila dominaram, o Jinton. _ Pois bem, quais são as suas habilidades também? Seria bom partilhar isso comigo não acha?
 
- Eu tenho afinidade com Raiton e Doton. Sou detentor da Fusão elemental desses dois elementos básicos chamado Shouton. Procuro sempre observar meus oponentes e faço as escolhas mais coesas em prol da missão, não espero sentimentalismo de ninguém e nem quero isso por mim. _ responde de forma bem fria.
 
- Hah! Apesar de fazer todo esse ar sombrio e escuro você ainda criar um mundo rosa não é hilário isso? _ Kyo começa a rir quando fala essas palavras só que as risadas vão diminuindo ao olhar o rosto de seu novo “amigo” que mesmo estando tampado por uma máscara se percebe que não está a ri ou sentir alguma graça pelo comentário _ Você não entendeu? Ar sombrio e negro com sua fusão Shouton que cria cristais rosa, não? _ Ao olhar para Ayame e Ângelus o jovem só vê os dois a balançar a cabeça de forma negativa para ele parar de tentar fazer piada com o Inugami.
 
- Kyo-kun, ele não é do tipo que gosta de fazer piada. Ele é bem seco, mas não se preocupe que apesar de tudo é um homem fiel a sua palavra. _ dizia Midori ao pé do ouvido de Kyo para explicar como era seu novo parceiro _ Pois bem, que tal nós irmos logo ao porto? Creio que se perdemos tempo aqui não vamos conseguir nada. Então vamos? 

Com as palavras da jovem Kunoichi os quatros guerreiros da Aliaça Shinobi partem a direção do porto, conseguindo assim pegar seu transporte até o conjunto de ilhas que foram vistos os homens de serem suspeitos de fazerem parte da Akatsuki. Todos partem de forma rápida para chegar o mais rápido possível ao seu objetivo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
killer999

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : In your head
Número de Mensagens : 12265

Registo Ninja
Nome: Angelus
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 31866
Total de Habilitações: 693,75

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Sab 11 Jan 2014 - 23:15

O caminho até ao barco que lhes daria o transporte para as ilhas não deveria ter grandes problemas para o grupo que enviado pela Aliança Shinobi. Os quatro shinobis saltavam de árvore em árvore aproximando-se rapidamente do local marcado. Kyo acelerou o seu passo colando-se a Ayame – É a tua primeira vez? - questionou o jovem de Iwagakure com um tom de sarcasmo

-Desculpa? - retorquiu a kunoichi da vila da folha
-Se é a tua primeira missão deste nível? - perguntou Kyo, desta vez sem qualquer tipo de rodeios e segundos sentidos
-Não te preocupes Kyo e fica concentrado na missão e não em mim – respondeu a jovem sem rodeios, levando a ouvir-se um pequeno riso por detrás de uma máscara, fazendo o jounin da pedra, olhar para o kirinin que os acompanhava na missão.

O mais recente jounin de Kirigakure do nada desviou-se do caminho, descendo até ao solo – Onde vais? - perguntou Kyo
-Casa de banho ou não posso? - respondeu novamente de forma seca para o seu companheiro de equipa, não dando hipóteses para o jovem responder de volta, já o kirinin estava entre arbustos, ouvindo-se uns barulhos constrangedores...

- Finalmente! Da próxima vez avisa antes de saires da formação – declarou Angelus, conhecendo bem a criatura que os acompanhava.
- Tá bem. Vamos indo que esta a começar a cheirar mal aqui – disse o ruivo partindo em direcção ao local.

Ayame, Angelus e Kyo partiram logo a seguir, ninguém iria querer ficar ali. Os quatro concentrando chakra nas solas dos pés, aceleravam os seus movimentos, não podiam perder tempo, era importante apanhar os inimigos antes de mais baixas.

Pouco tempo depois chegaram a costa, onde se encontrava um pequeno barco que os iria levar a ilha desejada, mas antes disso, preparações deveriam ser feitas.

O loiro concentrando o seu chakra, utilizava o Chakra Chie para detectar possíveis chakras, mesmo a uma distância grande, no meio de vários chakras, haviam dois chakras que se destacavam e bem. - Penso que os encontrei...duas pessoas com chakras incríveis só podem ser da Akatsuki, teremos de ter o máximo de cuidado, um desses chakras supera o meu. - disse Angelus avisando perigo que os esperava, começando a preparem alguns planos de reserva.

Azura sacava da sua famosa espada, fazendo cortes verticais e horizontais, cortando quatro troncos, um número bem específico, que os transportava para dentro do barco, com a ajuda de Angelus.

Kyo seguia Ayame, que havia pedido ajuda ao jounin para arranjar uns certos frutos e plantas, que ela tinha visto nas redondezas. O loiro e o ruivo faziam força, empurrando o barco, que iria navegar pelo mar, não antes de taparem os troncos com umas mantas. Aquelas águas podem tornar-se perigosas, por isso teriam de evitar estar nelas, também nunca se sabe se a organização teria infiltrados nas vilas, que pudessem saber que percursos o grupo poderia tomar.

A kunoichi e shinobi reuniam tudo aquilo que tinham procurado, com o jovem a juntar uns ramitos e concentrando o seu chakra, incendiava os mesmos, fazendo um pequena fogueira, onde a kunoichi juntava alguns ingredientes. Minutos depois a kunoichi, graças aos seus conhecimentos médicos haviam criado umas pequenas esferas que poderiam ser úteis, tanto para o grupo como para os inimigos, uma delas ajudava o corpo a recuperar a força e as outras faziam o contrário.

-Depois desta missão, tens de fazer umas especiarias especiais para mim – disse Kyo atirando-se novamente a morena de olhos verdes, enquanto a mesma entregava uma porção de cada aos seus companheiros.

O grupo estava praticamente pronto para continuar caminho, mas antes disso Angelus concentrava chakra na palma da sua mão e colocava um dos seus selos, na roupa de Ayame.

- Porque não marcas o resto? Porque só marcaste a rapariga, o que queres fazer depois? - questionou Azura deixando um ambiente um bocado constrangedor no ar para os outros três
- Já tive de marcar o Kyo numa outra missão, por isso não é necessário marca-lo de novo e o mesmo acontece contigo sua mente perversa – respondeu o jounin dando um calduço na cabeça daquele que tinha estado a treinar
- Como planeado anteriormente iremos pelo ar – afirmou Kyo, que focando o seu chakra pelo corpo convertendo-o em fuuton, deixando a dar uma impulso do solo utilizando de seguida o Aligeiramento da Rocha para voar livremente.

- Kyo, aprendi umas coisas desde da última vez que nos vimos. - declarou Angelus concentrando chakra infundido com vento, empurrando o ar que o rodeava para baixo dele, elevando-o sobre a terra, deixando Kyo com um sorriso no rosto ao ver que o loiro também já era capaz de voar, algo que não era muito comum fora de alguns eleitos em Iwagakure, deixando também o rapaz curioso de como o mesmo havia conseguido aquela técnica.

Angelus chamou Ayame, que subiu para as suas cavalitas, deixando Azura para Kyo que saltou de imediato para as costas do ninja voador, deixando o jovem um de Iwa um bocado incomodado. Os quatro assim voaram, dois a boleia, enquanto Angelus e o Kusanagi, voavam para as indicações que Angelus havia dado sobre os paradeiros dos inimigos. Em pouco tempo, chegaram ao local, porém tinham aterrado com alguma distância de segurança, de modo a evitarem ser detectados.

-Finalmente – disse Kyo de alivio, quando Azura saiu de cima dele
-Só por essa, vais dar-me boleia quando voltarmos – respondeu Azura só para provocar o companheiro
-Bem, reduzam a vossa presença e tentem disfarçar o vosso chakra – disse a jovem Kunoichi, sabendo que todos os cuidados eram poucos perante nukenins como aqueles

O grupo da aliança shinobi continuou caminho, bem devagar e com o máximo cuidado, quando já estavam a chegar perto, uma forte voz ouvi-se vinda de longe, era nada mais que um dos inimigos a projectar a sua voz com chakra.

-Podem aparecer, tiveram um cuidado que muitos não teriam, mas nós sentimos fortes presenças a virem na nossa direcção à várias horas e tudo indicava que vinham de Kirigakure. Podem apresentar-se antes de morrerem. - ouvia-se pela floresta num tom sombrio, que fazia os animais movimentarem de medo.

Os quatro shinobis saíram das sombras, apesar de terem feito tudo bem, os inimigos também tinham boas capacidades. Finalmente estavam frente a frente com os inimigos da Akatsuki.

- A sério... - comentou Azura ao ver uma mulher com cabelo e olhos roxos, talvez três anos mais nova do que ele. Ela não parecia nada perigosa para ele, sendo que o mesmo esperava mais de uma nukenin de rank-S

O companheiro dela mostrava com orgulho os seus olhos vermelhos, que possuíam três tomoes, até ele mostrar-lhes numa forma de intimidação, o nível seguinte da sua genkai, mudando por completo o formato da íris dos seus olhos.

- Azura, as aparências enganam, quando falei do chakra superior ao meu não era o do Uchiha, mas sim o dela, as coisas vão aquecer... - referiu o Dragão Dourado
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.dragonball-pt.info
Shibiusa

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Feminino
Idade : 26
Localização : Jardim à beira-mar plantado
Número de Mensagens : 3515

Registo Ninja
Nome: Ayame Midori
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5470
Total de Habilitações: 228,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Sab 18 Jan 2014 - 2:46

A declaração deixou o grupo chocado, observando o loiro de Konoha. A rapariga parecia inofensiva, fitando-os com alguma indiferença e frieza, uma completa antítese com o suposto Uchiha, que aparentava estar esfomeado.
- Que fazemos agora? Eles são dois. E ela sendo mais forte… - perguntou Ayame, tentando iniciar alguma estratégia.
- Temos que a derrotar primeiro, enquanto temos chakra. Não temos hipóteses – afirmou Kyo. Não estava confortável com a ideia, mas seria a melhor chance que teriam.
- Não podemos deixar o Uchiha sozinho. Dá para perceber que ele não vai ficar a olhar – retorquiu a kunoichi.
- É verdade. E é por isso que eu vou ficar a empatá-lo enquanto vocês os três vão contra a mulher.
- Estás louco?! – perguntou Angelus. – Pela lógica, seria eu o mais indicado para ficar com ele. Ficaríamos mais equiparados e…
- Não temos tempo para isto – interrompeu Azura. – O Kyo tem razão. Há mais hipóteses contra ela com três do que com dois. Tu és o mais próximo dela, ainda assim, logo, com mais dois, poderemos ser capazes de a equiparar ou ultrapassar. Se ficássemos sem ti contra ela, ficaríamos ainda mais desfalcados.
O iwanin anuiu em concordância. Também chegara a essa conclusão. Não podiam dar-se ao luxo de perder, mesmo que isso implicasse ser-se um pouco injusto com alguém. E ele estava disposto a ser o sacrificado para terem alguma hipótese. Confiava que a batalha dos companheiros de equipa se desenrolasse o mais rápido possível para o ajudarem.
Os konohanins estavam consternados com a situação, embora soubessem que poderia ser a única maneira de conseguirem ganhar. Nenhum dos dois suportava injustiças, muito menos terem que ceder numa.
- Tens a certeza, Kyo? – perguntou o shinobi loiro.
- Ou é isso ou a morte certa para todos. Se me ofereci, é porque confio que consigamos. Assim que a derrotem ou selem, virão ajudar-me.
Azura já tinha manifestado uma lógica semelhante e sabiam que ele não se ia deixar levar por sentimentalismos. Os dois ninjas de Konoha viram-se forçados a aceitar.
- Se precisares de ajuda, avisa, sim? Temos forma de te mandar apoio, seja o que for que precises – frisou a iryo-nin.
- Depois da batalha, talvez precise de uma massagem personalizada, de preferência na zona corporal mais baixa…
Ayame olhou para Kyo, com ar de quem lhe quer dizer para parar sem pronunciar uma palavra. Mas ficou mais descansada por saber que, até mesmo naquela situação, o Kyo não deixava de ser o Kyo e mostrava confiança.
- Reza para haver um depois da batalha – comentou baixinho, apenas para que o iwanin a ouvisse. Posicionou as mãos e, com selos rápidos, activou o nível 3 da sua kekkei genkai, Seishitsu no Bunsan. – Agora não têm que se preocupar comigo. Posso ser a mais fraca do grupo, mas vou dar tudo o que tenho para vos ajudar. Ataquem sem medo e deixem o suporte comigo.
- É assim mesmo – encorajou Angelus, passando-lhe uma mão pela cabeça. – Vamos lá.
Com aquelas palavras, o grupo dispersou-se como tinham combinado. Kyo ficou ao lado dos seus colegas, esperando conseguir afastar o Uchiha da batalha deles o quanto antes. Angelus e Azura rodearam Ayame, de forma a garantir que podiam estar próximos dela para facilitar os jutsus.
- Oi, então? Só vejo conversa e pouca acção – desafiou o Uchiha, sedento por sangue. – Se quiserem, posso começar eu…
O Uchiha fez alguns selos antes de a rapariga o parar.
- Pára, Katsuro. Eles vieram visitar-nos. Quais são as tuas maneiras com visitantes?
Ele revirou os olhos.
- És sempre a mesma, Eiko.
- Eu sei, obrigada – disse ela, sarcasticamente, e fazendo sinal para que avançassem.
O grupo de heróis não perdeu tempo.
-  Obutsu.
Com selos rápidos para aproveitar a cedência dos adversários, Angelus libertou uma cortina de pó de diamante para obscurecer a visão dos Akatsuki. Katsuro, apercebendo-se do tipo de jutsu, afastou-se da cortina antes de ficar sem os seus queridos olhos, sendo seguido por Kyo, que seria o seu único adversário por enquanto.
Junto da libertação do diamante, Ayame convocou o seu homuculus com o Bane no Homunkurusu e, na mesma sequência, fez com que a sua Lif, o homunculus, utilizasse o Soutei em todos os seus colegas de equipa para amortecer qualquer dano que eles levassem logo de início.
Enquanto isso, Azura fazia os selos para realizar o seu Hephestus no jutsu e assim criar uma réplica quase exacta da Kubikiri Houcho que usara no passado. Com a vantagem do Obutsu ainda no ar, o kirinin avançou em velocidade para a estranha Eiko, que permanecia impávida à tentativa de ataque. Numa questão de segundos, enquanto Azura balanceava a espada, uma parede de troncos surgiu entre ele e a rapariga dos olhos roxos e a espada de cristal acabou por embater neles. O ruivo voltou para trás em saltos rápidos.
A parede desceu novamente para o solo e revelou uma rapariga com um sorriso um pouco macabro.
- Interessante – disse ela, com uma calma desconcertante. - Quero ver mais. Shakuton: Kajosatsu!
Três esferas de fogo surgiram à volta dela.
- Isto é katon? – perguntou Ayame, que desconhecia aquele jutsu por completo.
- Não, não é. Deve ser shakuton – respondeu Angelus, que era usuário de katon e conhecia bem o leque de jutsus katon.
- Mas isso… Então ela… - balbuciou a kunoichi.
- Ela deve ter o Kimera no Jutsu. O Naruto falou-me disso uma vez enquanto falava das suas aventuras. Resta só saber quantas kekkei genkai ela roubou – disse o loiro, esclarecendo a equipa. – Protejam-se!
Eiko libertou as esferas e lançou-as em direcção ao grupo, que, com uma velocidade fabulosa, fizeram os jutsus necessários para cúpulas de protecção. O Daiyamondo Naijōheki de Angelus sobrepôs-se ao Garasu no shitsunai de Azura, reforçando-o. Os olhos da Akatsuki brilharam.
A kunoichi dos Midori aproveitou o momento de protecção para lançar um ataque pelo solo de forma a apanhar a adversária desprevenida.
- Chakra Senshin – pronunciou ela ao fazer os selos necessários.
Uma planta carnívora surgiu da terra e lançou trepadeiras subterraneamente para tentar apanhar Eiko pelas pernas. No entanto, esta foi capaz de se aperceber da movimentação e saltou, utilizando as bolas de fogo para se desfazer as trepadeiras e da planta carnívora antes que as trepadeiras a alcançassem. Quando tocou no chão novamente, riu-se. A reacção perturbou o grupo.
- Com que então… Temos aqui uma usuária de uma variação de Mokuton. Plantas, não é? Que bom complemento para o meu Mokuton. Um usuário de Shouton. E ainda um usuário de… Diamante? Naiton? Nunca tinha visto esse. É uma novidade. Shouton e Naiton ficam perfeitos juntos, não ficam? – analisou Eiko. E voltou a rir-se. O riso parecia malicioso. – Eu quero. E vou ter.
Entretanto, Kyo…
Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dorou

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Belem/ Pa - Brasil
Número de Mensagens : 2883

Registo Ninja
Nome: Azura Inugami
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 16915
Total de Habilitações: 349,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Dom 19 Jan 2014 - 14:12

… desviava de rajadas de fogo e projéteis insistentes por parte do uchiha. O homem conjurara shurikens flamejantes a seu bel prazer e ria-se enquanto o inimigo saltava e movia-se em agilidade.
- Tch! - Kyo analisava a situação sem ânimo. - Então você quer fogo, não é? - O iwanin falou quando o último projétil passou e ele conseguiu ficar de pé, como se nada tivesse acontecido.
- Hohooo… - O homem cemicerrou os olhos vermelhos e sorriu de canto de boca. - Veremos do que o grande Kyo Kusanagi é capaz…
- E você… VERÁ! - Kyo correu contra o aversário em uma incrível velocidade, enquanto as mãos para trás ajudavam-no a cortar o ar. Quando estava a metros do nukenin, o rapaz simulou um soco no ar que envolveu seu braço em chamas e criou um projétil flamejante. O adversário já jogava o corpo para o lado mal o golpe tinha concluído-se e contra-atacava com socos e chutes, dos quais apenas alguns foram defendidos por kyo, pois um golpe o atingiu em cheio na cabeça e o lançou para trás.
- Maldito Sharingan! - Ele vociferou, mas foi surpreendido logo depois de terminar de falar. O inimigo estava perto, a centímetros, segurando um selo de tigre nas mãos, olho-a-olho com Kyo.
- Katon! Karyu Endan! - E um jato de chamas tão quente que devastou toda a área afetada foi lançado, um manto de calor e ardor que incinerou tudo a frente de si. No fim, quando o jutsu terminou, nada restou se não uma área negra.
- Tsk! E pensar que ele virou Cinz-
Kyo surgiu nos céus, atrás do homem, com um soco fechado em suas mãos. Seu golpe foi poderoso como um meteoro, pois de repente seu corpo tornou-se mais pesado que uma montanha, e este soco engolfou o nukenin prensando-o contra a terra e criando uma cratera em volta. Quebrano costelas e esmagando carne e…

- Genjutsu Shibari…
Kyo piscou os olhos e viu que estava paralizado, na frente do uchiha e que nunca houvera um ataque. “Seu burro! Como pude olhá-lo nos olhos?! Todos conhecem as habilidades dos uchiha com genjutsu!” Ele pensou enquanto analisava a situação ao redor de si sem se mover.
- Hohoo… Tão fácil, tão previsível. - O Uchiha falou. - Só foi preciso avaliar suas habilidades, saber onde eram seus pontos fortes e fracos. Taijutsu? Ninjutsu? Kenjutsu? Mas no fim, sua fraqueza era justamente os genjutsus, hã? Não é irônico o fato de você lutar justamente contra um uchiha? Então deixe-me contar sobre como vou matar você! Primeiro eu vou…
“Maldição, esse cara fala muito. Como eu fui cair em algo tão simples? Se eu pudesse… Kai!” Ele tentou sair do genjutsu, mas sem sucesso. “Esta técnica é poderosa demais… Hmm…”
Naquele momento o rapaz percebeu que um filete de sangue escorria-lhe pela testa(onde tinha sofrido o chute anteriormente) até o queixo e pingava em suas mãos. Uma centelha de esperança acendeu em sua mente e seu plano louco, apesar de improvável, seria o necessário para virar o jogo.
- … Então eu vou assar o seu braço na sua frente, depois vou…
“Ótimo, ele ainda está falando… Tem que se agora.”
O sangue de suas mãos pingou no chão, e neste exato momento…
“Kuchiyose no jutsu!” Kyo gritou em sua mente, arriscando uma imensa carga de chakra por ter de usar aquilo sem fazer selos, mas era vida ou morte!
A gota tocou o chão e reagiu com o mesmo, pois uma série de caracteres surgiu no solo segundo antes de uma espessa nuvem de fumo surgir.
- Mas o que?! - O uchiha gritou em surpresa. Quando um lobo branco gigantesco surgiu ali envolvendo os dentes no ombro do homem e jogando-o a alguns metros longe.
- O que está acontecendo, kyo-dono? - O lobo de fogo falou em sua voz altiva. - Quem em sã consciência enfrentaria um uchiha tão poderoso sozinho?
Kyo foi liberto de sua paralisia assim que o inimigo sofreu o ataque e teve seu controle comprometido, mas não deixou de sentir a quantidade de chakra gasto.
- sem perguntas, Logan. - O iwanin falou arfante, mas com um sorriso na face. - A luta começará agora.

-x-

- Cuidado! - Ayame gritou quando o kirinin foi atingido por um galho afiado que surgiu do braço de Eiko, que gargalhava tão intensamente que tornava-se renitente. O ruivo feriu-se levemente, pois desviou em tempo, mas mal saia de um perigo já entrava em outro, pois as esferas de calor capazes de matar em um único toque giravam em torno da nukenin. E antes que a esfera atingissem o tokubetsu, uma parede de diamante surgia protegendo-o eficientemente.
- Recue Azura! - Angelus surgia ao lado do rapaz em um flash amarelo e, ainda no ar, fez selos rápidos para que seu braço tomasse a forma de diamantes que cresceram e se ramificaram em estacas hostís avançando em direção à adversária. Ela saltou para trás e desviou-se em movimentos ágeis, complexos e rápidos. Giros, rodopios e saltos impossíveis.
Quando Eiko foi surpreendida por algo fora dos cálculos. Seus saltos para desviar visavam fugir dos ramos de diamante vindos do braço de Angelus, porém ela não esperava que um chicote espinhoso envolvesse seu tornozelo e constringisse seus movimentos. Olhou para trás de si e viu Ayame a segurar bravamente o cipó.
A nukenin deu um sorriso de canto de boca.
- Menos um.
As esferas de calor restantes que giravam em torno da criança apressaram-se a voar em alta velocidade para uma Ayame em fuga, que dava saltos para trás para distanciar-se, porém as esferas comiam cada vez mais os metros entre os dois e o fim era, aparentemente, inevitável.
- Azura! Vá e eu dou cobertura! - Angelus gritou uma ordem e imediatamente o companheiro começou uma corrida usando o shukuichi. Ele desenhava uma meia lua no campo de batalha tentando manter distância da adversária ao mesmo tempo em que se aproximava de Ayame e fazia uma grande sequência de selos.
- Não tão rápido! - Eiko começou a fazer selos depois de estar a uma distância segura de Angelus. - Daijurin no jutsu! - E fez crescer no braço que apontava para Azura vários galhos de arvore que se estenderam em uma velocidade inimaginável.
Porém o avanço dos galhos fora interrompido por uma linha de luz que surgiu e cortou a madeira antes que atingisse o alvo. Era Angelus que tinha a mão direita erguida e havia lançado um de seus melhores jutsus, Raikiri Reza. - Sua luta é comigo. - Ele disse e avançou contra a adversária lançando uma kunai santtotan que foi facilmente desviada, mas quando fincou-se no chão atrás da nukenin revelou um flash amarelo característico. O jounnin surgia pelas costas dela aplicando um chute contra o adversário despreparado que foi atingido, mas teve tempo o suficiente de cravar um galho de madeira no ombro do loiro, que desapareceu logo após o golpe, ressurgindo metros dali.
Azura corria contra o tempo para impedir que as esferas atingissem Ayame, e quando terminou os selos um grande dragão cristalino cresceu a partir do chão, abaixo dos seus pés e carregando o shinobi, e avançou pelo ar até mergulhar na frente da kunoichi a tempo de sofrer com o golpe das esferas no lugar da garota.
O ruivo desceu da cabeça do monstro de cristal e pousou de pés, ao lado da companheira.
- Ayame-san. Eu tenho um plano.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bruno Moraes

Administrador | Iwa
Administrador | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 29
Localização : Em algum lugar de lugar nenhum
Número de Mensagens : 3387

Registo Ninja
Nome: Kyo Kusanagi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 14350
Total de Habilitações: 733,75

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Seg 20 Jan 2014 - 14:09

A luta contra os desconhecidos membros da Akatsuki tem se mostrada árdua, não eram ninjas comuns e sim grandes oponentes com habilidades incríveis. Um grande desertor do famoso clã Uchiha e possuidor dos olhos mais famosos de todo mundo ninja, cujo qual é de grande interesse da maioria ou até de todos terem posse de um. Ele havia se mostrado um bom usuário de genjutsu típico de seu clã, usando essa sua grande habilidade para lhe trazer vantagem sobre a luta do jovem iwanin. O segundo integrante da Akatsuki era uma pequena garota que ao contrario de sua aparência tem um poder até agora incalculável, era é conhecedora da famosa técnica desenvolvida por um cientista de Konoha chamado Hiruko. Essa técnica a permite ter várias linhagens sanguíneas, todas elas eram roubadas de shinobis os quais a criança já havia derrotado anteriormente. A pequena notável já havia demostrado possuir o Mokuton, linhagem que pertenceu primeiramente ao primeiro Hokage e grande Herói de Konoha Hashirama. Outra linhagem era o Shakuton, uma fusão elemental que consegue desidratar o corpo humano evaporando todo o líquido dele. A criança havia se interessado pela linhagem que Ângelus que era seu inestimado Naiton, em que consegue criar diamantes usando seu chakra. Junto com Azura Inugami e Ayame Midori o Dragão Dourado de Konoha está a enfrentar a possuidora da Kimera, mas apesar de estarem juntos não tem se mostrado capaz de derrotá-la devido ao seu alto nível apesar da pouca idade.
 
- Você está louco? Isso pode causar sua morte. _ esbravejava a kunoichi ao ouvir que seu amigo havia lhe sugerido.
 
- Sim eu sei, mas temos que finalizar essa missão. O risco de deixar essas pessoas livres por aí pode acarretar a morte de muita gente. Como shinobi não deixarei a oportunidade de derrota-los passar, além disso, nossa missão é detê-los a todo custo. Então caso o nosso ataque em conjunto não funcione iremos seguir esse plano. Entendeu? _ as palavras do shinobi de Kiri eram firmes.
 
Azura Inugami, um homem sem sentimentos. Engana-se que ele se sacrificaria para proteger as vidas das pessoas, mas ele faria de tudo para que a missão dada por ele fosse concretizada com êxito. Era o verdadeiro shinobi em que suas intenções triviais e sentimentos não valiam de nada perante a ordem dada por seu superior, alguns diriam que ele é frio e sem ideal, mas o que poderia ser mais forte e leal do que seguir as ordens de seu mestre ou superior não se importando no que vai acontecer? É como um cão a proteger seu dono de um ataque de animal mesmo sabendo que a morte era certa, pois sua lealdade vale mais que sua própria vida. Quantos fariam isso sem ao menos fraquejar? Pois era isso ser um verdadeiro shinobi.
 
- Não podemos perder tempo aqui vamos. _ dizia o kirinin ir ao auxilio de seu companheiro de equipe junto com a Midori.
 
O braço de Angelus estava vermelho devido ao seu ferimento, o sangue percorria desde seu ombro ferido até seus dedos. Com sua mão direita tenta pressionar o ferimento para diminuir a hemorragia, sua respiração estava ofegante e tentava imaginar uma forma de sair daquela situação, mas nada vinha à mente. Não tinha como ganhar deles em um ataque direto e talvez o melhor jeito fosse fugir daquele local, mas ele não gostava de recuar a não ser que fosse o último recurso. Ficando em posição de ataque se preparava para continuar a luta, ainda lhe restava forças e pelo menos iria tentar vencer.
 
- Eu gostei muito do seu poder, criar diamantes deve ser formidável. Vou querer esse poder para mim, assim como a criação de cristais do seu amigo mascarado. Vai ser lindo ter esses dois poderes juntos, por isso não se preocupem eu não vou matar vocês. Pelo menos ainda. _ o riso maquiavélico que a garotinha deu parecia que realmente ela era a encarnação do demônio.
 
- Desculpe, mas não tenho a intenção de passar a linhagem de meus ancestrais para você. Você ainda não nos derrotou, estamos todos de pé ainda. _ vociferou o loiro ao ver que Azura e Ayame se preparam para atacá-la pelas costas.
 
O Inugami já realiza uma sequência de selos com suas mãos, concentra uma boa quantidade de chakra e encosta sua mão ao chão. Usando seu jutsu Doton: Yomi Numa cria uma espécie de pântano no chão onde a pequena Akatsuki se encontra, a fazendo afundar na lama ficando até a cintura presa. A Konohanin por sua fez também executa uma pequena sequencia de selos reunindo chakra em seu corpo, algumas folhas começam a brotar do chão e vão tomando a forma de um grande leque finalizando seu Ha no Kata.
 
- Vai! Você sabe o que fazer. Estou a segurar ela, essa é nossa chance. _ gritou o mascarado para sua parceira.
 
- Angelus use seu jutsu Katon agora, irei o fortificar com o meu Fuuton. _ falou Midori após  um rápido shunshin e aparece no lado do loiro.
 
Sem hesitar o herdeiro do clã do dragão executa alguns selos com as suas mãos respirando fundo acumulando uma grande quantidade de chakra em seus pulmões, olhando fixamente para seu alvo preso lança seu Katon: Destruição do Grande Fogo, criando um grande lança-chamas. A kunoichi por sua vez reúne seu chakra fuuton e ao sacudir de forma violenta seu leque feito de folhas cria uma grande rajada de vento com seu Daikamaitachi no Jutsu, que ao se misturar com o jutsus Katon de Angelus fortifica seu poder de ataque indo na direção da pequena Nukenin. O ataque pega em cheio no local onde estava a pequena notável, fazendo uma grande explosão e engolindo o local com chamas.
 
- Conseguimos! Ainda sinto o chakra dela em meio às chamas, então ela não conseguiu escapar. _ gritava Angelus num momento de empolgação.
 
Todos estavam felizes pelo êxito do ataque e aliviados por conseguirem derrotar a garota prodígio. Só que o loiro mudou seu semblante completamente a continuar a sentir o chakra da menina só que desta vez bem mais forte emanando das chamas. Todos começam a ver uma espécie de Buraco Negro a se formar no interior das chamas, todo fogo começa a ser sugado para dentro dele de forma muito rápida. Quando a as labaredas somem do meio dela consegue se enxergar a garota completamente intacta depois do golpe sofrido.
 
- Não pode ser, aquilo é realmente o que acho que é? _ se perguntava a linda botânica do grupo.
 
- Se está a pensar na linhagem sanguínea Meiton a resposta é sim. Não imaginava que ela teria essa linhagem tão rara. A maldita realmente é um demônio em forma de criança. _ respondia o loiro mostrando todo seu espanto perante as grandes habilidades da criança.


Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
killer999

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : In your head
Número de Mensagens : 12265

Registo Ninja
Nome: Angelus
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 31866
Total de Habilitações: 693,75

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Sab 25 Jan 2014 - 22:17


Kyo olhava para os seu companheiros em dificuldade. - Preocupa-te contigo! - gritou o Uchiha fazendo selos de mão, amassando chakra dentro de si. - Suiton Suiryudan no Jutsu – um enorme e poderoso dragão de água apareceu, sendo projectado na direcção do Kusugani.

Reagindo rápido, o poderoso shinobi da vila das pedras, respondeu com uma pequena, mas rápida sequência de selos, onde concentrava o seu chakra, criando um arco e uma flecha de jogo nas suas mãos, sendo rapidamente atirada contra a cabeça do dragão de água, que se desfez depois da explosão do impacto, criando uma chuva temporária naquele local.

Utilizando a sua velocidade, o Uchiha veio atrás de Kyo, puxando de uma espada escondida por debaixo do seu manto, graças ao seu manto de ar, o jovem de Iwa desviou-se antes de um golpe certo, contra-atacando de imediato retirando uma lâmina oculta na direcção do Uchiha, que graças ao seu Sharingan leu os movimentos do seu oponente, contra-atacando com a lâmina da sua espada, levando a frágil arma de Kyo partir-se.

Projectando-se para trás, com a força das suas pernas, o Iwanin, atirou várias shurikens como o Akatsuki, o jounin tentava perceber como poderia encontrar uma falha no seu sharingan, que bloqueava todas as shurikens. O plano de Kyo funcionava, o estava demasiado ocupado com as shurikens para notar no seu verdadeiro ataque.

- Genkai Hakuri no Jutsu - Concentrando bastante chakra, o jounin criou uma pequena caixa em forma de esfera na palma das suas mãos, expandindo o mesmo, engolindo o Uchiha. Kyo estava pronto para explodir o seu inimigo ao nível molecular, deixando-o em pó, mas no exacto momento, uma primeira explosão dava-se, com um enorme braço, em forma de osso, coberto por uma massiva quantidade de chakra a partir o cubo de energia.
- As coisas não vão ser tão fáceis, obrigado por gastares chakra inutilmente. - declarou o Uchiha, revelando o seu Mangekyo Sharingan.
- Nada bom, primeira vez que utilizo o Jinton numa missão, ainda não estou habituado ao seu nível, gastei bastante chakra, tenho de proceder com cautela... - falava para si mesmo, sabendo que todos os segundos eram decisivos, ele tinha a esperança que os seus companheiros conseguissem ser bem sucedidos.

O inimigo de olhos vermelhos, guardou a sua espada, começando a correr na direcção de Kyo, formando selos de mão, cuspiu três grande bolas de fogo de seguida. Esquivando-se para a direita com sunshins, o iwaninin fugia da direcção das bolas de fogo, ao mesmo tempo que canalizava o seu chakra, expelindo da sua boca uma poderosa lâmina de vento.
- Achas que não leio os teus movimentos com o meu sharingan?” - questionou o inimigo, baixando-se para escapar da lâmina de vento, que estava já bem perto

Colocando as suas mãos sobre o solo, colocando o seu chakra em contacto com o mesmo, Kyo fez o solo onde o Uchiha estava, levantar, deixando-o ao nível da sua lâmina, dando-se uma enorme explosão. Do fumo surgiu um chakra ainda mais monstruoso que o anterior, com o fumo a desaparecer, uma enorme imagem do Deus Susanoo aparecia sobre o Uchiha, que tinha activo o seu jutsu ao máximo para se proteger, mas não a tempo suficiente de evitar os vários pequenos cortes e o corte fundo que o jutsu de Kyo lhe tinha feito no braço.

O Susanoo do Uchiha, aparentava possuir uma enorme lança de chakra na sua mão esquerda, pronta para ser atirada. - Rapaz de Iwagakure, nunca pensei utilizar este modo contra ti, mas podes ficar com o orgulho de ires morrer às mãos da lança dos deuses, capaz de perfurar tudo! Ah e outra coisa, ela segue o seu alvo até aos confins do mundo - disse o Akatsuki que com a sua vontade, fez o braço de chakra do seu susanoo atirar velozmente a lança que perfura tudo na direcção do coração de Kyo, que percorria a distância entre os dois, a uma velocidade incrível.

O Kusagani concentrava chakra nos seus pés, para fugir da lança que o seguia, mesmo com o seu manto de ar, dando-lhe uma velocidade incrível, o lança ia diminuindo cada vez mais a distância entre os dois. Parando o jounin concentrou uma enorme quantidade de chakra e da sua energia vital na sua mão direita.  - Rīshu Tentai Doragon - proferiu Kyo
Atirando de seguida um ataque flamejante, com a forma de um dragão ocidente, mas a lança já estava a centímetros de atingir o seu coração.

Um enorme monte de cinzas surgia naquele local, o jutsu de Kyo tinha transformado a lança dos deuses em cinzas... mas não a tempo de evitar que o seu utilizador não fosse atingindo. O iwanin estava no chão, em cima de um lago de sangue, devido a sua reação a tempo, consegui-o que o lança acertasse o seu ombro e não o coração, antes de ser destruída. - Que jutsu incrível, destruiu a lança que perfura sempre o seu alvo, além de conseguir mudar a sua direcção.... - comentava o Akatsuki que possuia o Sharingan com um ar de espanto, mas a sua vitória parecia estar assegurada.

Ao mesmo tempo que o Uchiha activava o seu Susassno contra Kyo Kusanagi, os seus companheiros passavam por grandes dificuldades. Enormes raízes surgiam do solo na direcção do grupo, acompanhadas por esferas de calor tão intensas que eram capazes de os secar de vez. O poder da rapariga era monstruoso.

Angelus concentrando chakra nos seus pulmões, expeliu um enorme jacto de fogo, que ganhava a foram de um dragão. Sem perder tempo, o jounin concentrava mais do seu chakra, disparando da sua boca, um poderoso raio, fundindo-o com o seu jutsu anterior, criando um enorme e poderoso dragão de chamas e raios, que destruía várias raízes, criando uma abertura até a nukenin. Apesar da sua ferida, o shinobi parecia não abrandar.

Azura utilizava as suas habilidades para destruir as bolas de Shakuton. Concentrando bastante chakra, o zombie, moldava os cristais, criando shurikens, atirando-as contra as bolas de rapariga, fazendo-as explodir antes que pudessem atingir os seus alvos.

Várias lanças eram atiradas de todos os lados, graças as habilidades da Nukenin. Porém a Midori, também tinha habilidades com a natureza, manipulando através do seu chakra, folhas e pétalas utilizava o seu  Shizen Sōsa: Bakuyaku, atirando as mesmas contra as lanças de madeiras, protegendo os seus parceiros de serem perfurados, explodindo as mesmas antes de se aproximarem dos seus companheiros, porém ela não tinha a retaguarda protegida e Angelus sabia disso, parando o seu jutsu combinado, com um selo e uma pequena concentração de chakra criou um clone, que de imediato juntou as suas mãos, e fez surgir uma cúpula de diamante por detrás da kunoichi.

Agora é a nossa vez – disse Angelus que ao mesmo tempo que o seu clone, concentravam uma enorme quantidade de chakra raiton, nas suas mãos, formando o famoso raikiri de Hatake Kakashi, que se conectava através um uma “linha” de raiton. Correndo na direcção da oponente, cortando todos os ramos, raizes que a inimiga fazia surgir para o parar. A rapariga parecia não querer qualquer tipo de contacto, lutando sempre de longe. Criando vários espigões com um selo, que surgiram por baixo de Angelus, obrigou o jounin e o seu clone a darem um salto para o ar.

Esticando a sua mão na direcção dos dois loiros, sugou a energia dos seus jutsus, que ficava concentrado na palma da sua mão, pronto para ser atirado de volta. E foi o que aconteceu, dois segundos depois, a uma velocidade bem perigosa, já para não falar nos espigões que continuavam a crescer na direção do loiro. O campo de batalha parecia uma autentica guerra de milhares de pessoas em conjunto.

Utilizando o seu Keibara, a kunoichi de kononha, criou dois chicotes de rosa, sem os espinhos, agarrando os pés dos dois loiros, apesar de um ser clone, era uma importante ajuda nesta batalha bem difícil, puxou-os para trás, de volta para o resto do grupo. A distração estava feita, um enorme dragão de cristal, criado pelo chakra de Azura, aparecia por trás da Akatsuki, com a sua boca aberta, pronto para come-la de vez, mas apercebendo-se do movimento do grupo, ela esticou a sua mão para o céu, e atirou de novo o Raikiri de Angelus contra o dragão, despedaçando em montes de cristais. Ela havia guardado o suficiente para um outro ataque caso fosse necessário.

Acabaram-se as brincadeiras. - falou a inimiga, esticando as suas mãos, criando um feixe de luz no centro das mesmas. - Jinton: Shōhagiri – atirando um feixe de energia que tornava tudo em pó, na direcção do grupo.

Ela não é deste mundo – comentava a Kunoichi ao ver mais uma das habilidades da inimiga.

Azura e Angelus concentraram chakra, criando uma parede com os seus cristais, mas a mesma estava sendo destruída, e não durava mais que uns segundos. Concentrando chakra o loiro, passou-o para os seus colegas, cobrindo os seus corpos, no exacto momento, que o feixe de energia, também já enfraquecido, passou a barreira e os atingiu fortemente.

Todos estavam gravemente feridos no chão, não sabiam o que lhes tinha atingido... - Eles estão vivos... – Angelus falava para si, ao ver que os seus companheiros estavam vivos, apesar de gravemente feridos. - Ainda bem que os cobri com o meu pó de diamante a tempo – murmurava Angelus, afinal de contas o jinton reduz as coisas a pó, por isso é que os seus corpos ainda estavam ali.

Do outro lado da batalha, uma espécie de chicote de madeira, surgia do solo, agarrando e atirando Kyo para junto dos seus companheiros, que tinham o Uchiha perto de si, enquanto a rapariga ia-se aproximando devagar, enquanto o grupo tentava dar alguma resposta. - Não sei como fizeram para não serem reduzidos a pó, mas também já não conseguem fazer nada – comentava para si, a poderosa Akatsuki


Citação :
- E pensar que esta é a elite das vilas. - O homem cuspiu no chão. - Pensei que o Yellow Flash de konoha, O próximo mestre da casa Kusanagi, A Promessa dos Midori e O Herdeiro do Shouton fossem desafio maior que isto.
O homem limpou o pó das vestes e deu passos para frente, para estar mais próximo do Jounin de konoha. O sol nasceu nas suas costas e o brilho atrás de si escondeu sua face em penumbra como um manto de trevas.
- Seu.. Maldito! - Kyo tossiu uma porção de sangue e sujou o chão de terra abaixo de si. O rapaz tentou levantar-se, mas o máximo que conseguiu foi ficar de joelhos a encarar o oponente formidável. - Não pense que me derrotou…
O homem não respondeu, mas seus olhos pareceram acender quando ouviu o desafio. O brilho vermelho se fez mais forte, aquele olho sempre foi o maior orgulho dos uchiha, e agora estava sendo profanado por um membro relapso do clã. A capa esvoaçou naquele vento matinal, o negro contrastava com as nuvens vermelhas estampadas, as mesmas nuvens que pintavam o céu de laranja.
Azura estava caído próximo a Angelus, o rapaz lutava para organizar os pensamentos e manter-se acordado enquanto sentia seu chakra mais fraco que o normal, sentia seu corpo dormente e, mais ainda, sentia que os outros estavam nas mesmas condições. Seu olhar encontrou o de Angelus, o loiro de konoha lutava contra a dor e levantava-se aos poucos, sendo o único a conseguir ficar de pé. Com dificuldade, mas ainda assim de pé.
- ooohh… - O akatsuki falou com os dentes cerrados e ensaiando um sorriso. - Eu vejo que ainda não terminamos aqui.
Ayame estava inconsciente e gravemente ferida, pois uma linha magenta descia pela sua testa e desenhava uma trilha na sua bochecha e queixo. Ela abriu os olhos aos poucos, incomodada por aquela sensação de perigo iminente, sentiu um chakra monstruoso nascendo próximo a si, na direção do adversário.

O homem bateu os calcanhares e virou de costas, então começou um caminhar leve e animado até alguns metros dali. Voltou a virar para o grupo e sorriu em meio as sombras em sua face. As mãos se uniram, o seu chakra explodiu e, de repente, o mundo tremeu, gritou, modificou-se e tudo tornou-se escuro…
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.dragonball-pt.info
Shibiusa

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Feminino
Idade : 26
Localização : Jardim à beira-mar plantado
Número de Mensagens : 3515

Registo Ninja
Nome: Ayame Midori
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5470
Total de Habilitações: 228,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Sex 31 Jan 2014 - 2:31

Um riso masculino fez-se ouvir entre o negrume, que ia lentamente sendo dissipado. Uma voz feminina expressou alguma contrariedade, como se não aprovasse o riso.
- Mas ficará por aqui. Pelo menos, por hoje – disse ele, num tom mais calmo.
- Mas… - iniciou Eiko.
- Não foi isso que viemos fazer. Eles não fazem parte do objectivo. Não do nosso objectivo. Talvez algum deles faça parte dos teus, mas isso terá que ser deixado para outro dia, para outra altura. Temos coisas a fazer e já perdemos tempo demais com eles.
Ela olhou para o Uchiha e para os seus olhos agora castanhos, enfurecida. Gostava de fazer o que quisesse, como quisesse e quando quisesse. Mas abdicara da sua liberdade por segurança ao entrar para a Akatsuki. Sabia que o conseguiria vencer numa luta mano-a-mano, embora isso tivesse como consequência a perda da sua segurança ao ser expulsa da organização.
- Vamos – ordenou ele. – Eles não estão em condições de nos seguirem.
As duas capas negras esvoaçaram no ar enquanto se afastavam, levando consigo o aroma da vitória que ficara iminente. Em poucos segundos, desvaneceram-se no nada, utilizando algum jutsu de movimentação.
O iwanin voltara a tentar levantar-se. Não queria deixá-los escapar. Queria tanto gritar “Esperem, não acabou aqui!”. No fundo, para quê? Para deixá-lo a ele e aos seus colegas à mercê da boa vontade dos inimigos? Tinham falhado redondamente em todos os pontos da missão. Tinham-se esquecido porque estavam ali.
- Angelus, consegues ajudar a Ayame, por favor? – pediu ele.
A pessoa mais adequada para dar apoio a todos estava deitada no chão, parcialmente consciente após ter batido com a cabeça, a consequência do choque dos jutsus. Era, apesar disso, a pessoa mais fraca ofensivamente naquela missão. Se ela conseguisse raciocinar, estaria naquele momento a barafustar quanto ao seu poder ofensivo, pensou Kyo. Uma ninja médica que não se deixava ficar pelas linhas defensivas.
O loiro caminhou lenta e dolorosamente até à colega de vila, deixando-se cair de joelhos ao seu lado. Não era capaz de se ajoelhar lentamente com as dores que tinha. Concentrou chakra na palma das mãos e utilizou o Chiyu Kyuutai na cabeça da jovem para fechar o golpe. Aos poucos, a jovem conseguia finalmente abrir os olhos e parecia estar a voltar a si, apesar de se sentir enferrujada. Sentia que tinha estado a dormir duas semanas seguidas.
- Mas que… - balbuciou ela, confusa com toda a situação. Só conseguia ver Angelus e o brilho do seu chakra na sua testa e sentia dois chakras fracos por perto. Um deles precisava de ajuda urgente. Parecia uma vela quase a extinguir-se.
- Queres explicações agora ou depois? – perguntou o konohanin, enquanto passava a esfera de chakra levemente noutros locais fundamentais para que ela se levantasse caso ela se tivesse magoado em algum deles.
- Pode ser depois. Ou durante. Temos tempo, suponho.
Ela tacteou a sua perna em busca da sua pequena bolsa SOS. Não se sentia ainda à vontade para se mexer convenientemente. Os frasquinhos rolaram para o chão, fazendo a kunoichi bufar de frustração.
- Podes chegar-me um frasquinho que tem folhas verdes, por favor? – pediu ela a Angelus. - É bastante particular. Consegues sentir um perfume semelhante a hortelã-pimenta.
Ele anuiu. Ela era a especialista em plantas. Não iria argumentar com a necessidade das folhas, pois deveriam ser importantes. Pegou no frasco rapidamente e abriu-o.
- Tira uma folha para ti. Dá-me uma também, por favor – explicou a kunoichi, que começou de imediato a mastigar a sua folha. O efeito era instantâneo. Sentia a energia a pulsar na sua boca. Apesar de temporário e de não encher efectivamente as reservas de energia, seria o impulso que precisavam para poderem iniciar o processo de cura.
Angelus imitou também o processo, sentindo-se logo aliviado e como se um peso lhe tivesse sido tirado dos ombros, apesar dos ferimentos e das dores.
- És um génio, sabias? Que seria de nós sem ti? – comentou ele, com um sorriso na cara.
- Teriam arranjado outra pessoa igualmente competente, não é? – retorquiu a jovem de Konoha com um sorriso, que se colocara de joelhos para apanhar os seus frascos. Tentou movimentar-se rápido para administrar uma folha a Azura e a Kyo para que pudessem usufruir igualmente daquele alívio. Ao olhar para os seus colegas, tentou perceber qual deles seria o caso mais grave e o seu instinto disse-lhe para se aproximar de Azura. O chakra dele estava no último fôlego e começava a recuperar, embora muito mais lentamente que os outros.
Olhou em volta à procura do seu pequeno homúnculo de folhas. O amontoado estava perto, embora disperso. O chakra que lhe dera vida ficara por um fio, supunha.
- Bane no Homunkurunsu – murmurou, fazendo selos rápidos. A pequena criatura de folhas ressurgiu, saltando alheiamente à situação. A iryo-nin dirigiu-a para Kyo para ela iniciar o tratamento enquanto tratava ela mesma de Azura. – Chiyuu no Tacchi.
A boneca de folhas fez surgir uma esfera de chakra e começou a curar o iwanin, seguindo as indicações verbais de Ayame. Enquanto isso, ela observou o kirinin rapidamente para perceber onde estariam os ferimentos mais graves e utilizou Chiyu Kyuutai onde considerava mais necessário.
- Já trato de ti também, Angelus. Deixa-me só ver estes dois primeiro, que estão uma lástima pior que tu – ia dizendo ela, tentando brincar um pouco como podia. - Então, vão explicar-me o que aconteceu?
Surgiu um silêncio constrangedor. Nenhum tomava a iniciativa de falar da derrota clara que tiveram. Azura quebrou-o, por fim, ao ver que teria que ser ele a falar.
A kunoichi anuía, surpreendida, com o que o ruivo ia contando. Ainda estivera consciente a maior parte do tempo, tendo apenas ficado mal nos últimos momentos da batalha.
- E acabamos por não conseguir realizar a nossa ideia. Acabou tudo rápido demais – concluiu ele.
- Estou a ver… - murmurou ela, enquanto reanalisava o trabalho feito em Azura, que fora capaz de se sentar. Não estava completo, mas era o mínimo necessário para se conseguirem mover para um sítio mais seguro. Precisavam de arranjar um sítio para descansar e passar a noite. Olhou para o homúnculo, que saltava ao lado de Kyo. Já teria terminado as suas ordens. Ayame deslocou-se para verificar pessoalmente o estado do iwanin, ficando satisfeita. Pelo menos, seria o suficiente. Faltava então Angelus. Aproximou-se dele.
A kunoichi verificou as suas reservas de chakra antes de iniciar a cura. Estava mesmo no final. Perguntava-se se teria o suficiente para remendar alguma coisa antes de desmaiar.
- Oi, não tentes fazer tudo sozinha. Nós estamos cá para te ajudar no que pudermos – disse ele, analisando igualmente o chakra dela. Naquele momento, ele tinha mais chakra em relação a ela e ela precisava de apoio para conseguir continuar o trabalho. Fez alguns selos e colocou a mão dele no braço dela. O Yuu no Chakra transferiria algum do seu chakra para a kunoichi. Cancelou o jutsu quando percebeu que tinha transferido o necessário.
Ela agradeceu com um sorriso envergonhado por se ter acanhado. Com selos rápidos, voltou a invocar a esfera de chakra, Chiyu Kyuutai. O loiro tinha também o jutsu e imitou-a para a ajudar como podia. Assim o trabalho ficaria feito em muito menos tempo.
- Bem, como não conheço a área… Azura, estamos perto de alguma vila? Precisamos de um sítio para pernoitar – perguntou Kyo, antecipando-se aos outros que teriam pensado no mesmo.
O ruivo assentiu:
- Sim. Há uma pequena vila a oeste daqui. Terá lá uma pensão, no mínimo, com serviço completo. Refeições, quartos, banhos.
- Então é para lá que iremos! – exclamou o iwanin, com um ar pervertido a bailar no seu sorriso. Ainda se lembrava da missão onde espreitara as kunoichi no banho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dorou

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Belem/ Pa - Brasil
Número de Mensagens : 2883

Registo Ninja
Nome: Azura Inugami
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 16915
Total de Habilitações: 349,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Qua 5 Fev 2014 - 0:21


A porta da estalagem abriu, um portal para o paraíso.
- Tadaima… - Kyo brincou enquanto entrava no local, a hospedaria Verdemar.
Atrás dele vinha Ayame, suja de terra e coberta por cortes, ela precedia a dupla de Angelus e Azura, ambos bem feridos. O loiro de konoha vinha com o braço por cima do ombro do kirinin e apesar de não querer admitir, estava esgotado.
- Yooo - Uma senhora de meia idade estava atrás do balcão, naquele hall de recepções. - Posso ajudar?
Ayame se adiantou ao se aproximar.
- Haihai. Queremos quartos e refeições... - Ela disse. - E um-
- Mudança de planos. Iremos querer um quarto grande pra todos! - Kyo falou quase gritando. - Se possível traga um futton ameno- Ugh! - Ele foi interrompido por um soco no topo da cabeça. A kunoichi estava sem senso de humor naquela altura.
- Como eu dizia. Queremos dois quartos e uma refeição. - Ela olhou uma plaquinha ao lado da mulher idosa. - Ah! Você tem banhos termais! Então providencie-
- Um banho termal para nós! Não precisa ter separação entre homens e m- Ugh! - Kyo foi golpeado.
- Como eu dizia. Providencie duas banheiras naturais separadas. - A konohanin sorriu.
A senhora alternava seu olhar entre Ayame e os outros shinobis, ela se perguntava o porque de tanto ferimentos, mas tinha certo medo de perguntar, mais ainda, tinha medo de saber. Apesar disto a senhora manteve o sorriso na face.
- Mas é claro meus amores. - Ela disse, então se abaixou e pegou algo em uma gaveta. - Aqui estão as chaves dos quartos. Descansem e quando quiserem podem ir no final do corredor. - Ela apontou. - Onde fica a área das termas, eu irei preparar tudo.
Minutos depois todos estavam saindo dos quartos, vestidos de roupão e dirigindo-se às termas. Ayame seguiu por uma porta separada, a que levava a outra piscina natural.
Os homens por sua vez chegaram ao destino, uma fonte de água clara e rasa, cercada por pedras e pés de bambu. Era fim de tarde e a água quente contrastava com o frio noturno que chegava sem aviso prévio. Os três entraram na água após retirar as roupas e ficaram ali, calados, aproveitando o calor.
- Parece… Que fomos realmente arrasados. - Kyo foi quem falou primeiro, mas seu comentário acompanhou uma risada amarga, um olhar perdido na água e um tom de desânimo.
Todos perceberam o que ele queria dizer, e em resposta a isto um silêncio abateu eles de imediato. A piscina natural era retangular, porém imperfeita, e uma de suas extremidades era cortada por uma alta e fixa parede de bambus.
- Será que… - Ouviram Ayame falar do outro lado. - Será que não somos capazes de vencê-los? - Ela estava quase totalmente imersa, observando as mãos trêmulas e cheias de cortes.
- Provavelmente. - Azura foi franco. - Se pensar agora verão que passamos a maior parte da luta fugindo, rastejando por nossas vias. No fim atacamos e fizemos bons golpes, mas tudo não passou de uma brincadeira de criança para o nosso inimigo… E era apenas, contra três.
- Mas… - Ayame ia defender o desempenho do grupo, talvez um argumento de que todos trabalharam bem em equipe, apesar dela mesma não ter certeza, porém foi interrompida antes de continuar.
- Não, não há no que argumentar. - Angelus falou. - Ele tem razão, nós fomos péssimos. Parece que é por maldade, mas Azura só esta sendo sincero, e ele tem razão.
- Sim… - Kyo tinha os braços cruzados, sabendo que apesar de ter perdido também, não se enquadrava na mesma situação dos amigos, afinal, ele tinha perdido em um combate singular… Não se comparava a ser derrotado por uma criança enquanto estava em grupo.
- E então? O que vai ser agora? Vamos voltar? - A kunoichi estava ainda no banho, abraçada nos joelhos.
- Não… - Angelus falou de imediato, mas nem ele tinha certeza do que queria. Arriscaria a vida daqueles jovens apenas pelo seu orgulho? E o dever para com a vila? Viria primeiro que a vida dos seus amigos?
- Eu não vou voltar. - Azura falou com convicção. - Vocês podem ir se quiserem, eu não me importo nem um pouco, mas eu vou cumprir minha missão… Ou morrer antes de conseguir. - Ele estava sério.
Todos se olharam com seriedade, tensão, menos Ayame que ouvia atentamente do outro lado da parede.
E de repente Kyo e Angelus soltaram uma gargalhada divertida e sonora quase em unisom, só o kirinin que ficou sério e sem entender.
- Ai está a resposta. - Kyo tomou a frente. - Quem quiser voltar, pode voltar.
- Sim. Como líder desde esquadrão, eu os dispenso do dever. - Angelus disse. - Então vocês não encontrarão resistencia ao voltar a vila, agora os que ficarem continuarão nesta missão suicida até o fim por livre e espontânea vontade!
Todos acentiram, inclusive Ayame que estava insegura até momentos atrás concordou em continuar com aquilo até o fim, pelo bem de konoha e dos companheiros que precisavam dos seus cuidados.
- E então o que faremos? - Ela indagou.
- Eu digo que o melhor é coletarmos informações antes de mais nada. - Kyo parecia voltar a sua personalidade feliz de sempre. - Talvez consiga informações com as prostitutas por ai, prostitutas sempre sabem de tudo!
- Sim. Sim. Faça o necessário. - Angelus consentiu. - Precisamos fazer reconhecimento, então pela manhã eu vou percorrer a região e tenta detectar chakras hostis, e vou aproveitar para colocar a marca por ai. Azura-kun, pense em um plano de invasão, precisamos descobrir e invadir a base inimiga, além de descobrir seu propósito aqui, então esteja preparado para tudo.
- Hai.
- Ayame-san. - O loiro continuou. - Você pod-
- Eu já sei o que fazer! - Ela cortou o loiro. - Preciso entrar em contato com a vegetação local, talvez consiga alguma informação.
- Você vai falar com plantas? - Kyo erguntou com sarcasmo.
- Eu por acaso não tenho seu nível mental. - Ela respondeu tão afiada quanto uma lâmina. - Mas tecnicamente… Bem, vai ser quase isso. - Ela pareceu se embaraçar nos próprios pensamentos.
- Azura, acompanhe-a até alguma floresta pela manhã.
- Hai. - O ruivo respondeu.
- Eu vou ao ponto mais alto da ilha para rastrear melhor. - Assim o jounnin terminou.
- Hai. - O Ruivo se levantou.
- Onde você vai? - Kyo perguntou quando viu o rapaz se dirigir a porta.
- Me preparar para sair. Angelus-san deu uma ordem. - Ele respondeu com serenidade.
Outra gargalhada dos três ressoou, desta vez até Ayame riu.
- Não precisa fazer agora, partam pela manhã, então vão ter mais visibilidade. - E foi Angelus quem falou limpando as lágrimas dos olhos.
- Ah. Compreensível. - E com isso o kirinin voltou ao banho.
- Bom… Sendo assim, agora que acertamos tudo… - O iwanin abriu um sorriso maligno, quase demoníaco, e falou baixinho em um sussurro. - Acho que já posso me divertir, hohohohoho. - Então se levantou e começou a tatear a parede de bambu procurando um buraco ou qualquer abertura que o permitiria ver.
- Hohoo, achei um local ideal!
Quando o rapaz alinhou o olho na fresta, só teve tempo de ver um galho espetando sua iris.
- Hentaaaai!
Terminou que o iwanin teve de usar um tapa-olho durante a noite toda…
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bruno Moraes

Administrador | Iwa
Administrador | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 29
Localização : Em algum lugar de lugar nenhum
Número de Mensagens : 3387

Registo Ninja
Nome: Kyo Kusanagi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 14350
Total de Habilitações: 733,75

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Sex 7 Fev 2014 - 21:02

Um dia marcado por uma grande derrota, os quatro shinobis da aliança entre as grandes nações ninjas não foram capazes de enfrentar os dois novos integrantes da Akatsuki. Um deles era um poderoso Uchiha que havia mostrado possuir o poder do grande Susanoo, o qual apenas os grandes Uchihas como Madara, Itachi e Sasuke conseguiram usar. A segunda integrante era uma menina que possuía a habilidade da Kimera tendo as linhagens como: Mokuton, Shakuton, Meiton e Jinton. Ela não parecia ser humana e havia uma força muito acima da média, em que mesmo Ângelus, Azura e Ayame unindo suas forças não conseguiram vencê-la. Kyo foi outro que não conseguiu deter o Uchiha o qual enfrentava, além de mostrar ainda ser incapaz de controlar de forma perfeita sua linhagem proveniente da fusão de três elementos básicos: Terra, Fogo e Vento.
 
A noite veio junto com a culpa e o sentimento de incapacidade, mas os nossos heróis não desanimaram. Eles viram que não tinha como ganhar deles de uma forma direta e teriam que usar um algo a mais para vencê-los, por isso agora eles iriam atrás de informações para que sejam eles a surpreender na próxima ao invés do contrário. Eles se dividem para procurar informações sobre o que os dois Akatsuki estão a procurar na ilha, já que sabendo o que procuram poderia ajudar e assim ter uma idéia melhor para enfrentar eles. Já estava decido o que cada um faria: Ângelus deixaria sua marca por alguns pontos da ilha e procuraria chakra hostis, Ayame iria até a vegetação local para tentar descobrir algo que daria uma vantagem para eles, Azura iria junto com ela se por acaso acontecesse algum imprevisto e Kyo iria ver com os habitantes locais o que a ilha teria de especial para os membros de a grande organização Nukenin estar ali.
 
- Pessoal vou dar um volta pela ilha e ver o que descubro, mas creio que é melhor marcar um horário para nos encontar novamente não acham? _ falava o jovem Shinobi de Iwa.
 
- Acho melhor ser aqui mesmo na pousada para reunir as informações que obtivemos, que tal virmos para cá quando o sol desvanecer. _ sugere a integrante feminina do grupo.
 
- Concordo, então estamos acertados. Só peço que não os enfrente sozinhos, se por acaso bater de frente com eles o objetivo principal é fugir. Temos que ser mais estratégicos agora e não apenas agir por impulso, já sabemos muito bem que não conseguimos vencê-los em u combate direto. _ explicava o líder da equipe.
 
O Inugami não fala nada apenas balança a cabeça mostrando que entendeu o que deve ser feito, ato que foi seguido pelos outros dois. Com tudo acertado todos em busca de informações, apesar da derrota na luta anterior eles se mostraram confiantes que iriam descobrir uma forma de derrotá-los. A Midori e o Jounin de Kiri vão à direção da floresta, Kusanagi para o centro da cidade e o Jounin de Konoha vai para o ponto mais alto da ilha para descobrir o paradeiro dos Akatsuki usando suas habilidades.
 
...
 
Um vulto vai passando de detalhado a telhado com uma velocidade tremenda, ele realmente vazia jus ao ser considerado o herdeiro das habilidades do quarto Hokage Minato. O jovem dragão de Konoha se concentrava para tentar encontrar os chakras dos dois Nukenins, mesmo sendo rápido ele procurava não deixar formas de descobrir que ele estava ali. Tinha que ser discreto, já havia percebido que não teria chances contra eles num combate direto e teria que ficar a observar os passos deles.
 
- Lá é um lugar perfeito para rastrear. _ falava consigo ao ver um farol se mostrando ser o ponto mais alto da ilha.
 
Durante o percurso aproveitava para deixar a sua marca, assim conseguiria ir para o local de forma rápida. Ao subir no farol fica na posição de lótus para facilitar sua concentração, respira fundo para se acalmar e reúne seu chakra para utilizar sua técnica Chakra Chie. Como agora estava imóvel e em um lugar alto sua percepção era bem mais ampla, como já sabia como era o chakra dos adversários seria mais fácil encontrá-los. Por sorte a ilha não era tão povoada e não havia grandes guerreiros deixando mais fácil a busca por chakras anormais. Sentia seus parceiros Inugami e Midori indo na direção da floresta para fazerem suas buscas por lá, também conseguia sentir o a presença do Kusanagi em meio a vários outros pequenos, devia já está em sua busca de informações. Não conseguia sentir a presença dos seus alvos, pelo jeito estavam a esconder. Só que depois de um tempo conseguiu sentir a forte presença deles e não estavam muito longe de um lugar que marcou.
 
- Achei vocês! _ dizia um pouco antes de usar seu Hirashin para o ponto mais próximo deles.
 
Logo chegou até o lugar que se encontrava os dois, procurava sempre esconder sua presença e ficar a vigia-los. Os observando começa a perceber que eles estão a discutir de forma bem seria, pelo jeito os dois não se davam muito, mesmo assim era melhor continuar a segui-los de uma forma segura para tentar achar uma maneira de derrotá-los ou pelo menos descobrir suas intenções nas ilhas.
 
- Cala a boca sua nanica, não devemos estar aqui. Temos que achar o maldito Scroll, não podemos perder tempo com suas criancices. _ falava o Uchiha irritado com sua parceira.
 
- É melhor você não me irritar Katsuro ou então eu te matarei e pegarei esses seus olhos. Sempre gostei dos olhos dos Uchihas, seria bom ter esse Doujutsu para mim. _ responde Eika se mostrando irritada com seu companheiro.
 
- Você se acha especial garota. Mas o que você tem de especial saiu de um laboratório e não de você. Você é a verdadeira filha de chocadeira. _ retrucou o outro.
 
- Nunca mais repita isso seu verme, pois esquecerei para quem nos trabalhamos e te matarei sem nenhuma piedade. _ o semblante da criança mudou completamente e seu olhar mostrava ódio após ouvir as palavras do Uchiha.
 
- Isso se eu não te matar primeiro. Mas pronto vamos logo para a floresta para tentar descobrir algo. Seria bem mais fácil se soubéssemos de alguém que sabe exatamente onde ele está, seria bem mais fácil, pois sou bem persuasivo. Será que aquele mascarado saberia o lugar exato, creio que fomos mole e deixamos escapar essa oportunidade. Nesse momento eles devem estar longe depois da surra que levaram, agora é tarde e o jeito e continuar a procurar. _ terminava o dialogo o homem com essas palavras.
 
Ângelus conseguiu ver algo bem interessante nessa conversa, já sabe agora que eles estão atrás de um Scroll e que os dois se odeiam. Eram informações que poderiam ajudar bastante em sua missão, mas agora ele tinha outras preocupações já que os dois iriam para a floresta e poderia se encontrar com seus companheiros que estavam no local.
 
...
 
O shinobi de Kiri estava a vigiar enquanto a kunoichi de Konoha colocava suas mãos no tronco de uma árvore e se concentrava. Ela estava a tentar perceber qualquer anomalia que tivesse acontecido no local, graças a sua linhagem ela tinha um contato especial com as plantas usando assim elas para saber o que aconteceu naquele local. Durante sua busca conseguia sentir os toques dos animais que passaram por aí há pouco tempo e onde pisavam conseguia descobrir até seu peso.
 
- Que estranho! _ falava a garota.
 
- Conseguiu descobrir algo? _ perguntava o mascarado.
 
- Parece ter algo enterrado aqui embaixo, pois está a atrapalhar o crescimento das raízes. _ respondia ela.
 
- O que parece está enterrado? Deve ser uma pedra ou algo qualquer, não? _ volta à pergunta.
 
- Não consigo discernir direito o que é. Só sei que tem uma forma retangular e deve medir perto de dois metros de altura por quase um de largura. Está muito certinho para ser uma pedra, parece algo feito à mão e algo de madeira. Creio também que é algo que está aqui há algum tempo, pois as raízes cresceram ao seu entorno. _ respondia.
 
- Pela sua descrição parece ser uma espécie de um caixão, pois é de madeira feita de forma retangular e que fica enterrado. _ Concluiu o Inugami.
 
- Pode ser, mas não acha estranho não ter nenhuma lápide no local. Por que alguém enterraria uma pessoa no meio da floresta e nem faz uma lápide em sua memória? _ indagava a jovem.
 
- Alguém que não quisesse que o encontrasse e que de alguma forma quis prestar uma homenagem a ele. Sobre nossos alvos não conseguiu achar nada? _ fala ao ajeitar sua máscara no rosto.
 
- Não nesse local, parece que eles não estiveram por aqui. Vamos à outra área para analisá-la. _ afirmou Ayame antes de partirem para outro lugar.
 
...
 
Kyo por sua vez estava a se esbaldar em um cabaré, como ele havia conseguido uma identidade falsa conseguia entrar nesses lugares mesmo não tendo idade para tal. Estava a se divertir bastante com as garotas e como não era um horário de muito movimento praticamente só tinha ele de cliente, fato que dava para ele praticamente todas as atenções das garotas. Ele pagava bebidas para elas as deixando assim mais sugestivas a conversar com ele, sempre brincando e aproveitando as caricias que elas faziam nele muitas vezes ele retribuindo.
 
- Pois bem meninas, gostaria de saber o que mais essa ilha tem de interessante? Além de vocês é claro. _ em meio às brincadeiras sempre perguntava algo para tentar descobrir alguma coisa.
 
- Não tem nada mais interessante nessa ilha do que nós, por isso que é bom passar toda sua estadia aqui conosco. _ falava uma das garotas já bem alterada pela bebida.
 
- Infelizmente não posso gente, tenho uns amigos que estão comigo aqui na ilha e tenho que levá-los para outros lugares. Por isso tenho que arranjar uma desculpa para eles irem enquanto fico aqui com vocês. _ respondia Kusanagi.
 
- Tem uma historia que um grande shinobi do clã Hozuki está enterrado em uma dessas ilhas do arquipélago. _ falou uma ruiva que estava sentada à direita de Kyo.
 
- Interessante! Que shinobi era esse? Por acaso alguma de vocês sabem o nome? _ perguntava o jovem.
 
- Acho que é um dos irmãos Mangestsu ou Suigetsu. Não ligo muito para essas historias de ninjas. Mas lembro que veio um homem aqui perguntar sobre o local que está enterrado o shinobi do clã Hozuki. _ respondeu a ruiva.
 
- Como era esse homem? _ o que a mulher falou chamou bem a atenção do iwanin.
 
- Era um homem alto que usava um sobretudo estranho que tinha umas nuvens vermelhas ao lado. Ele estava com uma criança ao acompanhar, lembro também que vi seu olho ficar vermelho um pouco antes de pegar num sono profundo. Acho que havia trabalhado demais naquele dia. _ brincou a mulher soltando um grande riso em seguida.
 
Com certeza devia ser o Uchiha que ele enfrentou e a criança a menina que tinha várias KG’s. Então o que eles estavam atrás era do local onde o Hozuki foi enterrado, ele devia está a usar seus genjutsus para obter informações. Agora tinha que saber se eles conseguiram as informações que queria.
 
- Por acaso alguma de vocês sabem o local que ele foi sepultado? _ volta a perguntar Kyo.
 
- Como disse é só um rumor, ninguém sabe se é verdade mesmo ou só um conto de pescador. Afinal aqui é um lugar que a pesca é o forte da economia, logo tem muitas historias de pescador. _ brincava a menina em meio a risos.
 
- Muito obrigado meninas, agora tenho que encontrar com meus amigos. _ falava Kusanagi.
 
- Mas já vai? Nem nos “divertimos” direito ainda, estava pensar em fazer certas brincadeiras mais intimas com você. _ reclamava a loira.
 
- Pensando bem, só tenho que os encontrar ao pôr do Sol, então dá para me divertir um pouco mais. Então é hora “brincar” garotas! _ grita o Jounin da vila da pedra ao se jogar nos braços das garotas.
 

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bruno Moraes

Administrador | Iwa
Administrador | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 29
Localização : Em algum lugar de lugar nenhum
Número de Mensagens : 3387

Registo Ninja
Nome: Kyo Kusanagi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 14350
Total de Habilitações: 733,75

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Ter 18 Fev 2014 - 21:49

O sol vai se escondendo no horizonte e um casal se encontra dentro de um quarto da pousada localizado em uma das ilhas do arquipélago que se encontra aos arredores do País da Água. Os dois jovens estavam à espera dos outros dois parceiros para discutirem as informações que foram descobertas em suas buscas. Não demorou muito tempo até um jovem loiro entrar pela porta do quarto, seu nome era Ângelus e líder do grupo que busca descobrir e impedir se possível os planos deles.
 
- Vejo que chegaram antes de mim, por acaso tiveram algum sucesso em sua busca? _ perguntava o líder da equipe ao ver os dois a beberem um chá.
 
- Na de substancial, mas pelo visto os dois Akatsuki andaram muito pela floresta. Tem vestígios deles por quase toda ela e passaram pelo mesmo lugar mais de uma vez. _ respondia a kunoichi ao encher mais um copo de chá de ervas, o qual ela havia preparado com algumas plantas que havia achado pela vegetação, para em seguida estender o copo para seu companheiro que acabará de chegar.
 
- Pelo visto eles estão a procurar algo que está na floresta, mas não temos certeza o que seja. _ complementou Azura a levantar sua máscara até a sua boca e beber um pouco do liquido que continha em seu copo.
 
- Acho que eu tenho uma idéia. Lembro que enquanto seguia nossos alvos ouvi o Uchiha falar que tinha que achar logo um Scroll, mas infelizmente não sei que Scroll era esse. Era muito difícil os seguir sem deixar eles me perceberem e conseguir ouvir a conversa. _ o loiro acrescentou a informação que havia descoberto as informações dos seus companheiros.
 
- Ainda está muito vago, mas deve ser algo muito bom para a Akatsuki se aventurar a vir ao País da Água. Será que o Kusanagi conseguiu descobrir algo com as pessoas da vila? Ele está a demorar a chegar, pois já está de noite e ele ainda não chegou. _ lembrou Inugami de seu companheiro de Iwa que ainda não havia aparecido como marcado. 
 
- Será que aconteceu alguma coisa com ele? Ele pode ter descoberto uma coisa e estar a investigar. Creio que é melhor irmos até ele. _ sugeriu Ayame.
 
- Concordo, vamos até ele e saber o que aconteceu. _ fala Ângelus a se levantar e sair do quarto.
 
Os três saem da pousada e começam a busca pelo seu companheiro, o Dragão Dourado se concentra para localizar a posição de Kyo e consegue descobrir o seu paradeiro.  Os três partem na direção que se encontra Kusanagi o mais rápido possível, quando chega ao local Ângelus fala que é na casa a frente que ele se encontrava. Ao analisarem o local percebem que se trata na verdade de uma casa de “massagem” e já imaginam o que seu companheiro estava a fazer para se atrasar tanto. Dentro da casa da perdição os jovens observam o que shinobi de Iwa estava a gargalhar muito com as meninas que o rodeava, ele contava algumas historias sobre suas aventuras e vire e mexe recebia cariciais mais ousadas de umas das garotas muitas delas eram devolvidas.
 
- Lá está ele no meio daquele grupo. _ apontava Azura ao ver seu companheiro _ Pelo visto ele não está a correr risco nenhum, apenas está se divertindo.
 
- Mas ele está correndo um grande risco sim, pois ele vai preferir que a Akatsuki o tivesse capturado quando eu acabar com ele. _ fala Midori já vermelha de raiva ao ver o que seu companheiro estava a fazer.
 
A jovem começa a caminhar a passos largos indo à direção ao Jounin da vila da Pedra, ela empurra algumas das garotas até abrir caminho para chegar até seu alvo. Quando Kyo a vê e a reconhecesse já era tarde demais, não teve nem tempo de falar algo antes de receber um belo soco na cara, voando alguns metros para trás a virar o sofá que estava sentado derrubando as meninas que estavam ao seu lado. O golpe foi aplicado por sua amiga que não suportou o ver na algazarra ao invés de estar à procura de informações para ajudar na missão.
 
- Alguém anotou a placa do caminhão que me atropelou? _ perguntava o iwanin ao tentar se levantar.
 
O shinobi estava meio tonto devido ao golpe e com fortes dores na região atingida, mas não teve nem tempo de se recuperar do primeiro golpe e lá vinha Ayame a aplicar um forte cascudo de direita o jogando ao chão novamente. Sua cabeça latejava e apenas via o mundo girar ao seu redor, em seguida sentiu apenas duas mãos a segurar seu pescoço e ficar a sufocar balançando sua cabeça para frente e para trás varias vezes.
 
- Seu inconseqüente! O que pensa que está a fazer? Era para você ir atrás de informações e não ficar nesse antro de perdição. O que tem a dizer em sua defesa? Responda-me, responde-me. _ gritava a kunoichi ainda a sufocar seu amigo com o rosto vermelho de raiva.
 
- Midori-sama, creio que seja mais fácil ele responder se não estiver a apertar o pescoço dele. _ sugeria o Inugami a sua companheira.
 
Ao olhar para o esganado ela percebe que ele já está a ficar roxo pela falta de oxigênio, solta seu pescoço e procura respirar fundo para se acalmar. Kyo também é outro que respira fundo para recuperar o fôlego perdido e até algumas tosses eram feitas por causa do estrangulamento. Quando os ânimos se acalmaram todos saem do local voltando todos para a pousada para discutirem seus planos já com a presença de todos.
 
- Foi isso que descobrimos, por acaso você conseguiu descobrir algo na sua busca? _ perguntava Ângelus a Kusanagi após explicar para ele o que todos descobriram.
 
- Não acredito que ele tenha parado para pensar na missão em algum instante, de certo estava muito ocupado com outros assuntos. _ reclamava Midori ainda irritada da forma que encontrou seu parceiro.
 
- Apesar de estar a me diverti eu também estava a investigar. Creio que as informações que eu consegui devem complementar as de vocês. Existe uma lenda que em uma dessas ilhas do arquipélago está o túmulo de um grande shinobi do clã Hozuki, creio que seja o Mangestsu. Ele era o portador do Scroll que selava todas as grandes espadas dos Espachins da Nevoa se não me engano. Não é isso Azura? _ dizia Kyo a explicar o que descobriu.
 
- Sim, então deve ser esse Scroll que o Uchiha estava a falar. Agora que você mencionou um túmulo lembro-me de Midori ter achado uma espécie de túmulo enterrado na floresta. _ se lembrava do fato o Inugami já ligando todos os pontos.
 
- Agora que você falou me lembro de ter achado. Ainda me lembro do local posso levar vocês até lá. _ sugeriu a kunoichi.
 
- Isso é bom, também tenho uma idéia de como vamos o derrotar e precisaremos trabalhar em equipe para vencê-los. Agora somos nós que vamos acabar com eles. Estão comigo? _ falou o líder a incentivar seus companheiros.
 
Todos balançam a cabeça de forma positiva, agora eles tinham informações sobre o que a Akatsuki queria e eles poderiam ter a vantagem dessa vez. Então todos se reúnem para formular um plano em conjunto para derrotar seus adversários e impedir eles alcançarem seus objetivos.
 
Continua... 
Voltar ao Topo Ir em baixo
killer999

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : In your head
Número de Mensagens : 12265

Registo Ninja
Nome: Angelus
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 31866
Total de Habilitações: 693,75

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Ter 25 Fev 2014 - 23:22

Midori sempre muito atenta, indicou ao líder do grupo para que lado estava o tal caixão, muito provavelmente com o scroll que a Ataksuki procurava. Graças ao bom sentido de localização da sua parceira, o loiro focou o seu chakra e tentou captar energias perto desse mesmo local, mais concretamente dos seus inimigos.

- Temos de ser rápidos, eles estão a alguns quilómetros de passaram por esse local, e pelo que me parece, ela esta a utilizar o seu mokuton para ver se isto algo no solo. - afirmou Angelus

- Angelus se me permites, tenho um plano. Já sabemos que eles não se dão bem, teremos de utilizar isso a nosso favor, mas para eliminar essa chata teremos de juntar as nossas forças, ela raramente aproximou o seu corpo, atacou sempre de longe, por isso, eu, Kyo e Ayame teremos de abrir uma brecha para utilizares toda a tua velocidade para a pegares – Disse o ruivo, continuando a explicar o seu plano, enquanto os quatro corriam na direcção do sudoeste

- Como todos concordamos com o plano do Azura, está na altura de nos separarmos e seguirmos o mesmo – declarou Angelus, continuando o seu caminho juntamente com Ayame, enquanto o Iwanin e o Kirinin desviavam-se, indo na direcção dos inimigos.

Pouco tempo depois, o grupo misto chegou ao local indicado, ou assim eles pensavam.

- É aqui – disse Ayame, fazendo uma sequência de selos, focando o seu chakra fazendo o caixão subir, com alguma dificuldade, parecia estar enterrada à anos, as raízes davam a volta completa ao caixão, já faziam parte do mesmo.

Os dois começaram a partir as raízes que ainda sobravam, para verem a totalidade do caixão. Enquanto isso Azura e Kyo, entretiam inimigos, de modo a que Ayame e Angelus tratassem de fazer o caixão desaparecer.

A Akatsuki já estava impaciente, a kunoichi, utilizava o seu Mokuton, como um bruta montes, enquanto o Uchiha continuava o seu caminho.

- Uma ajuda não? - questionou a kunoichi, levando de imediato uma resposta torta do seu companheiro – Não. Tanto poder e não o sabes utiliza seu rato de laboratório.

Kyo e Azura, encontravam-se no topo de umas árvores, com alguma distância de segurança entre os inimigos, vendo a situação, deixaram-na decorrer, uma vez que seria bom para o plano do grupo da Aliança, deixando-se ficarem nas sombras, não havia necessidade de intervenção, os inimigos estavam parados.

Uns quilómetros mais a frente, Angelus e Ayame, olhavam para o caixão, que possuía algumas inscrições na abertura.

- Consegues passar por cima desta protecção? - questionou a bela kunoichi
- Penso que sim, temos de confirmar o que está aqui dentro para decidirmos se as escondemos enquanto não nos livramos dos inimigos. - respondeu o loiro, começando a focar chakra nos seus selos, que ganhavam cor juntamente com os kanjis formados nos mesmos – Fuin – exclamou o jounin quebrando o selamento que não deixava abrir o caixão, imitindo uma enorme e poderosa luz, cegando temporariamente os dois membros da Aliança

Do outro lado a discussão continuava, até que uma luz começou a piscar ao longe chamando a atenção dos inimigos.

- Queres ver que... - questionou o Uchiha, vendo que a sua companheira começara a correr de imediato, levando-o a acelerar o passo, até que das sombras, várias shurikens foram atiradas por dois shinbois de alto poder.

-Merda! - gritou o Uchiha ao ser cortado perto de um dos olhos seus olhos, activando de imediato a sua genkai para se desviar facilmente das outras armas. A rapariga de cabelos roxos, havia sido perfurada, o que mais tarde acabou por se mostrar uma tronco de madeira, com a jovem poucos metros atrás.

Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.dragonball-pt.info
Shibiusa

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Feminino
Idade : 26
Localização : Jardim à beira-mar plantado
Número de Mensagens : 3515

Registo Ninja
Nome: Ayame Midori
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5470
Total de Habilitações: 228,5

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Dom 18 Maio 2014 - 2:46

Azura e Kyo rapidamente se colocaram em posição para defender os colegas, que se encontravam mais atrás a tentar decifrar o que iria dentro daquele túmulo. Se estivessem certos, tinham demasiado a perder. As espadas dos Espadachins da Névoa não podiam cair nas mãos da Akatsuki ou tornar-se-iam adversários ainda mais temíveis. Mas, independentemente do conteúdo do túmulo, tinham encontrado dois nukenins e, de acordo com os princípios ninja aprendidos por cada um, não os podiam deixar escapar. Morte ou captura, assim rezava a lição. Deixá-los escapar apenas não era punível no caso de morte eminente. Seriam considerados traidores se os deixassem fugir sem lutar.
Atrás deles, Angelus acabara de abrir o túmulo numa nuvem de pó com Ayame ao seu lado. A nuvem de pó que se soltara cegou-os temporariamente, sendo só possível visualizar o conteúdo após alguns momentos. O conteúdo era exactamente o que esperavam. Um esqueleto agarrava solenemente um grande pergaminho.
Ayame levou a mão à boca, surpreendida:
- Angelus… Que fazemos com isto? Não podemos deixar um de nós a proteger enquanto os outros lutam. É demasiado arriscado contra adversários destes…
- Nós podemos não ficar. Mas há quem possa. Kuchiyoses – respondeu ele, enquanto imaginava algumas das possibilidades.
- Hum… E se pedirmos a alguma kuchiyose para levar o pergaminho? Invoca-se uma e manda-se a kuchiyose de volta para o local dela. Seria o sítio mais seguro neste momento do que arriscar a que algum deles se aproxime demais.
- Se fizermos isso, a Akatsuki perde o interesse e foge. Se mantivermos aqui o pergaminho, embora arriscado, eles sentem-se na obrigação de aqui ficar e lutar para o obter. Pelo sim, pelo não, é melhor ficar mais que uma kuchiyose aqui. Não vamos permitir que eles consigam passar por nós, mas, se conseguirem, mais vale garantir protecção.
Ela concordou rapidamente com ele. Ambos fizeram o ritual de invocação e cada um deles invocou uma das suas kuchiyoses. Angelus chamou Ryuujin, o seu dragão mais poderoso, e Ayame chamou Fuu, a raposa mais poderosa que conseguia no seu estado actual. Deram instruções a ambos antes de se juntarem aos colegas para que ficassem a guardar o pergaminho com tudo o que tinham. Se algum dos colegas tivesse uma kuchiyose, não tardaria a mandar reforços.
Durante o pequeno percurso que tinham que percorrer, Ayame iniciou o combinado na noite anterior. Visto que os dois Akatsuki tinham mostrado algum atrito na sua relação, Azura, que conhecia alguns dos jutsus da kunoichi, sugeriu que ela utilizasse uma técnica em especial… Talvez desse certo.
- Fique atrás de mim, Azura. - Kyo deu um passo a frente e socou a palma aberta. - Eu tenho contas a acertar com o Uchiha. 
- Hai. - O ruivo falou.
Uma brisa incomum atingiu o campo de batalha, uma clareira em meio a floresta, fazendo poeira subir e um odor doce preencher os pulmões dos shinobis. 
- Já começou… - Azura sussurrou ao iwanin.
O Uchiha sorriu. - Dois contra do… 
- Uryaaa! - Angelus surgiu em meio a relva, saltando para o ar e ostentando um incomum, porém familiar brilho azul na mão.
- Não deixe isso atingir você! - O Uchiha gritou para Eiko, a jovem Akatsuki, que parecia irritada e ignorava-o justamente como uma criança faria. E antes que ambos pudessem pensar em se mover para escapar do jutsu de Angelus, vários ramos de cipós surgiram do chão, envolvendo suas pernas e constringindo-os. 
- Tsubaki no Shibari! - Ayame fazia selos e concentrava seu chakra para dominar sua kekkei genkai. A kunoichi tinha surgido em meio as árvores, estrategicamente.
- Vamos separá-los! - Azura gritou ao owanin, que preparava os punhos flamejantes com seu chakra katon. Ele correu em uma velocidade incrível contra Katsuro, o uchiha. O mesmo não ficou parado, então atou-se rapidamente a fazer selos em uma agilidade inumana. 
- Suiton! Suiryudan no jutsu! - Ele cuspiu pela boca uma quantia enorme de água que rapidamente transformou-se em um dragão aquático que atacou Kyo.
- Chou hari Kabe! - A voz de Azura foi ouvida, e juntamente com seus selos, uma parede resistente de cristal formou-se na frente do Kusanagi. A água colidiu-se contra o material cristalino e desfez-se em respingos e jatos de água que vazaram para os lados e, enquanto isto, o jovem Kyo aproveitou para saltar e passar por cima do campo de batalha, atingindo o Akatsuki de olhos vermelhos com sua sequência de socos flamejantes, lançando a metros de ali.
Ao mesmo tempo Angelus se aproximava da pequena criança que era sua inimiga para atingi-la com seu poderoso jutsu, e enquanto ele caia, vários galhos e raízes gigantescos surgiam da terra tentando perfurar o jounnin. 
Ele girava, saltava e desviava com extrema perícia dos ataques que vinham em sua direção, até que após um ataque em especial ele sumiu.
- Rasengan! - Angelus apareceu exatamente na frente da nukenin, atingindo-a com seu jutsu. 
- KYAAAAAA! - Ela gritou e foi arremessada a muitos metros da li, até atingir uma árvore e quebrá-la ao meio com a força do impacto.
- Nós… Conseguimos? - Ayame aliviou seus ombros tensos e falou insegura, mas ainda assim esperançosa. 
- Certamente… - Kyo foi cortado.
- Não. - Angelus completou. - Reagrupem-se, precisamos dar continuidade ao plano de Azura.
- Hai. - O ruivo falou, indo reagrupar com os outros.
Os quatro estavam juntos, quando Eiko e Katsuro levantaram e limparam o pó das vestes. Ela sorrindo uma risada cínica e ele preocupantemente irritado.
- Ayame-chan, quanto tempo até o efeito começar? - Kyo estalou o pescoço, pronto para a ação.
- Não sei. Talvez alguns segundos, talvez alguns minutos… 
- Nós não temos alguns minutos. - Azura a repreendeu com frieza.
- Ele tem razão. Teremos que arriscar. - Angelus tomou a palavra. - Eu e Azura iremos aplicar o plano a Eiko, Ayame e Kyo irão atuar contra Katsuro… 
- Hai. - A kunoichi respondeu. 
- E Kyo… - O loiro continuou. - Tome cuidado, este é um plano delicado… Não deixe que seu adversário estrague tudo.

Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bruno Moraes

Administrador | Iwa
Administrador | Iwa
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 29
Localização : Em algum lugar de lugar nenhum
Número de Mensagens : 3387

Registo Ninja
Nome: Kyo Kusanagi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 14350
Total de Habilitações: 733,75

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Qua 21 Maio 2014 - 0:27

Não se preocupe Ângelus eu sei exatamente o que se tem de fazer _ dizia Kusanagi já se preparando para por o plano em jogo.
 
Os quatros guerreiros da Aliança Shinobi iriam apostar tudo que tinham no plano ao quais os quatros arquitetaram, iriam usar uma boa quantidade de chakra para isso, logo os quatros pegam uma pílula soldado cada e as engolem. Tomando esse medicamento a quantidade de chakra deles iria aumentar bastante e conseguiriam manter um ritmo de luta intenso por mais tempo, apesar do plano não ser uma luta frenética eles iriam gastar bastante energia e para dar o golpe final teriam que estar com bastante força. 
 
O shinobi de Iwa junta suas mãos a reunir uma boa quantidade de chakra para logo em seguida por as palmas da mão no solo. Esse era seu jutsu Saikōsai Chijō Shori, conseguindo assim moldar o terreno na forma que ele queria, com esse poder criou varias paredes de altura bem consideráveis formando uma espécie de labirinto separando os dois Akatsuki’s. Ângelus e Azura estavam com a garota, já Ayame e Kyo estavam com o Uchiha. Foi a melhor separação que pensaram, pois ambas as duplas já haviam feito missões anteriores e já conheciam melhores seus parceiros do que qualquer outra formação.
 
Agora é minha vez _ falava Midori a reunir seus chakra e usar seu Shizen Sōsa: Jōki, espalhando folhas e pétalas por todo labirinto criado pelo iwanin. Com essa ação diminuía em muito o poder de visão, inibindo assim a vantagem de usar o sharingan que o Uchiha tinha.
 
Malditos covardes! Vão ficar a luta inteira a se esconderem? _ gritava o Nukenin que não conseguia enxergar quase nada a sua frente, sem contar que o forte cheiro das flores estava o enjoar.
 
O shinobi patife estava a correr de uma direção a outra a procura, sua visão era praticamente nula e como todas aquelas folhas e flores estavam coberto por chakra não conseguia ver o chakra do oponente usando suas habilidades oculares. Ele consegue enxergar um vulto a passar perto dele, não ataca logo de cara por ficar na dúvida se era o inimigo ou a pirralha que seguia com ele. Ele não se importava muito em acertar sua companheira, pois nunca gostou dela e ela era apenas uma cria de laboratório, mas se a ferisse gravemente teria que lutar contra os quatro shinobis sozinho e isso não seria vantajoso. Começou a seguir o vulto para confirmar algo, não demorou muito para conseguir perceber que era o chakra do oponente que havia enfrentado dias antes. Não tendo mais dúvida invoca um braço do Susano’o que segura fortemente Kyo sem ter chance de escapar, o traz para perto de si e enfia uma kunai em seu pescoço o degolando. Logo vê o corpo diante dele se desfazer em fogo e rapidamente se estourando fazendo uma grande explosão que o joga na parede e cai ao chão com o corpo queimado, sem ter tempo de pensar seu corpo começa ser rodeado de pétalas e flores que soltam faíscas como se fosse Kibaku fuudas, não demora muito para elas explodirem ferindo ainda mais seu corpo.
 
O plano estava a correr muito bem, primeiro ofuscaram o sharingan do adversário, assim Kusanagi pode executar um jutsu a criar um Clone com seu Ten no Hi Bunshin sem o Katsuro perceber. O Nuke iria chegar perto do clone para ter certeza que não era sua parceira, assim que destruísse o clone ele iria provocar uma forte explosão, dando tempo da Midori “criar Kibaku Fuudas” de suas pétalas e ataca-lo também. Sabiam que não iria acabar com ele dessa maneira, mas ele ficaria bem ferido e assim continuar com o plano que arquitetaram juntos.
 
Seus putos malditos! Vou acabar logo com isso! _ a fúria tomou conta do Uchiha que invoca o Susano’o e usando sua poderosa lança começa destruir as paredes em sua volta como um louco. Em uma das investidas acaba por acertar Eiko de raspão, mesmo assim foi o suficiente para feri-la devido ao grande poder da sua lança sagrada.
 
Então acha que vai me matar apenas com isso Katsuro? Acabou de perder a chance de me matar. Como lhe disse vou arrancar esses seus olhos e implantar em mim. _ pronunciou a garota Nuke com olhar que demonstrava raiva.
 
Isso foi só um acidente garota. Vamos logo! Temos que derrotar logo esses putos. _ retrucou o homem.
 
Agora que viu que perdeu a chance de me matar quer rendição, eu odeio aqueles merdinhas, mas odeio muito mais vocês. MORRA! _ após dizer essas palavras ela parte em direção ao antigo companheiro com sede de sangue. 
 
Anteriormente...  
Anteriormente:
 
 
Tudo estava indo como planejado anteriormente. Primeiro Ayame jogou um genjutsu nos dois para fazê-los ter alguns surtos psicóticos, sabiam que o Uchiha não cairia nisso então teriam que separar os dois. Com ambos separados Ângelus e Azura cuidariam para que a raiva da menina sobre o grandão aumentasse, por isso usaram o Inugami como isca e Ângelus se transformou no Akatsuki. Dificilmente a menina iria pensar que os shinobis iriam atacar um ao outro, mas tinham que fazer isso para ela pensar que Ângelus era realmente seu parceiro Nuke, sem contar que o loiro usou Katon elemento que todos os Uchihas possuem, depois foi só aumentar o ódio dela a atacando por de trás pensando ser ele. O Uchiha era pavil curto, então Kyo e Ayame usaram ataques tipo explosivos para atacá-lo, isso chamaria a atenção da Eiko, logo Katsuro usaria o Susano’o para destruir o labirinto e provavelmente acertando a companheira ou dando a entender que queria acertar já que era provável que estaria perto. Agora era só assistir os dois lutarem e acabar com o sobrevivente.
 
A luta entre os dois era bem intensa e nossos heróis ficaram apenas de longe a observar, o responsável pela observação era Azura usando seu jutsu do elemento Shouton para enxergar de longe criando uma espécie de binóculos com os cristais, enquanto isso Midori estava a curá-lo usando seus Iryo-nin, como tinham que ser convincentes o Jounin de Konoha realmente atacou seu companheiro o deixando parcialmente queimado. Ângelus havia deixado sua marca em alguns pontos no local em que os dois Nuke lutavam, quando o Jounin de Kiri desse o sinal ele e Kyo iriam se teleportar para lá, já o iwanin usaria seu Jinton para dar o fim ao Akatsuki remanescente, como tinha o maior poder de ataque entre os três devido a sua herança sanguínea ficou responsável pelo golpe final.
 
A luta dos Nukenins durou apenas alguns minutos, o Uchiha conseguia encarar a garota já que tinha mais experiência, só que manter o seu Susano’o em um nível elevado por muito tempo era muito sacrificante para ele. Não demorou muito tempo para o homem mostrar sinais de fraqueza, não queria perder para a filha de chocadeira e nem ela perder para um traidor, só que em uma batalha de vida e morte sempre vai ter apenas um vencedor. Em uma última investida Katsuro usa sua lança ao acertar o chão jogando para o ar a Eiko, aproveitando a chance lança seu Amaterasu na intenção de acabar com a cria de laboratório com suas chamas negras. O golpe acerta o braço direito da criança que grita de dor, mas o detentor do Sharingan já estava com a vista debilitada devido a usar tanto seu doujutsu, sendo assim não viu uma shuriken de Jinton vindo por trás dele a qual o divide ao meio separando seu tronco de suas pernas. A detentora da Kimera por sua vez usa seu Meiton para absorver seu braço direito antes que todo seu corpo seja consumido pelas chamas.
 
Agora é chance! Acabem com a menina! _ falou Azura a ver a oportunidade perfeita para acabar com a luta e dar o fim aos dois Akatsuki’s.
 
Como um verdadeiro herdeiro das habilidades do relâmpago dourado de Konoha Ângelus se teleportar junto com Kyo até o campo de batalha. Kusanagi por sua vez já havia acumulado chakra em sua Tsurugi, ao chegar perto da garota com ajuda de seu companheiro lança sua Lâmina Retalhadora que cresce ficando com mais de dez metros. Com um corte diagonal separa a cabeça e o ombro direito de Eiko do resto do corpo, conseguindo assim acabar com a sobrevivente da batalha entre Nukes. Kyo e Ângelus vão até os corpos para confirmar sua morte, a garota já não havia mais nenhum sinal de vida, o Uchiha por sua vez lhe restava algo, só que sabia que não teria mais do que apenas alguns segundos de vida pelo tanto de sangue que estava a perder.
 
Droga! Realmente os subestimamos. Vocês são bem mais fortes do que pensamos, foi um grande erro termos deixado vivos. _ falava o homem já no limiar de sua existência.
 
Vocês eram mais fortes do que nós, por isso que perdemos a primeira luta. Mas desta vez trabalhamos em conjunto e com isso nos fortificamos. Vocês por outro lado, o ódio entre vocês foi maior do que a vontade de nos vencer. Esse foi o erro de vocês. _ falou o líder da equipe antes de ver seu poderoso inimigo desfalecer bem a sua frente _ Vamos Kusanagi, temos que levar agora o pergaminho para um lugar seguro.
 
Para onde vamos levar? _ perguntou o shinobi de Iwa.
 
Esse é um tesouro de Kiri, deixarei aos cuidados de Azura e ele decidirá o que vai fazer. Nossa missão era apenas os Akatsuki’s. _ respondeu ele.
 
Logo os dois voltam para o local onde Midori finaliza o tratamento no Inugami. O jounin de Konoha pede desculpa pelo ataque ao amigo, mas o mesmo falou que não se importava, ele tinha que ser bem convincente e não tinha que reclamar. Agora era só voltar para vila e fazer seu relatório e explicar tudo o que aconteceu às autoridades.
 
 

FIM
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tio Tsu

Administrador | Kumo
Administrador | Kumo
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Nárnia, where unicorns tend to live!
Número de Mensagens : 5768

Registo Ninja
Nome: Shikaku Kinkotsu
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   Qua 21 Maio 2014 - 4:17

Avaliação de 45 de Raciocínio:

HN:
Ninjutsu: 50,75+1,5=52,5
Taijutsu: 11,75
Kenjutsu: 33+1=34
Genjutsu: 2,75
Selos: 24,75+0,5=25,25
Trabalho de Equipa: 14,75+1=15,75

Força: 16,25+0,25=16,5
Agilidade: 23,75+0,5=24,25
Controlo de Chakra: 40+1,5=41,5
Raciocínio: 19+1,25=20,25
Constituição: 28,75+0,5=29,25

Total avaliado: 7/7 + 1 T.E.
Total de Habs.: 265,5+8=273,5


Avaliação de Desempregado da Poeira:

HN:
Ninjutsu: 76,25+1,5=77,75
Taijutsu: 42+0,5=42,5
Kenjutsu: 31,25+0,5=31,75
Genjutsu: 17,75+0,25=18
Selos: 33,25+0,25=33,5
Trabalho de Equipe: 20,75+1=21,75

HC:
Força: 28
Agilidade: 41,25+1=42,25
Controle de Chakra: 96,5+1,75=98,25
Raciocínio: 17,5+0,25=17,75
Constituição: 37,75+1+38,75

Total avaliado: 7/7 + 1 T.E.
Total de Habs.: 442,25+=450,25


Avaliação de DESAPARECIDO:

HN:
Ninjutsu: 104,5+1,75=106,25
Taijutsu: 63,75+0,5=64,25
Kenjutsu: 29,75+0,5=30,25
Genjutsu: 63,75
Selos: 38,25+0,5=38,75
Trabalho de Equipa: 28,25+1=29,25

HC:
Força: 29,25+0,25=29,5
Agilidade: 67,75+1=68,75
Controle de Chakra: 100+1,75=101,75
Raciocínio: 27,75+0,25=28
Constituição: 44,75+0,5=45,25

Total de avaliado: 7/7 + 1 T.E.
Total de Habs.: 597,75+8=605,75


Avaliação de Mulher mais desejada do RPG:

HN:
Ninjutsu: 24,5+2=26,5
Taijutsu: 4+0,5=4,5
Kenjutsu: 7,5+0,25=7,75
Genjutsu: 6+0,25=6,25
Selos: 10,25+0,5=10,75
Trabalho de Equipe: 7,5+1=8,5

HC:
Força: 3,75+0,25=4
Agilidade: 10+0,5=10,5
Controle de Chakra:20,5+2=22,5
Raciocínio: 8,5+0,5=9
Constituição: 8,25+0,25=,5

Total avaliado: 7/7 + 1 T.E.
Total de Habs.: 110,75+=118,75

Comentários:
Citação :
- Bom… Só sei o que os rumores dizem. Eles são fortes e… Bem… maus. - Ela falou com simplicidade, tentando parecer menos informada do que realmente era.
Oh bebé, nós somos MUITO maus! Hoho

Citação :
Vamos atrás desses Akatsuki otários e acabar com a raça deles.
Vai sonhando xd.

Se a Eiko foi o que foi para ser derrotada, então imaginem a Gaina, a líder da atual Akatsuki xd. Tem o quadruplo, ou mais, da experiência, poder, sabedoria, e muito mais ahah. Estou ansioso para ver-vos a perder ante ela xd.

Foi uma ótima missão. Naturalmente grande por ser de rank S e estarem contra dois OP Akatsuki`s. Gostei da estratégia final, colocando os dois idiotas um contra o outro de forma a pouparem trabalho e ainda terem algo com que se entreter (foi o que o Azura fez ao criar aqueles binóculos de cristais, como se estivesse a assistir um jogo de futebol xd).

Recompensa completa e atualizada, mas estou cansado, pelo que não prometo que as contas estejam certas xd.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.narutoportugalrpg.com/rpg_sheet_edit.forum?tid=12c1c6
Conteúdo patrocinado





MensagemAssunto: Re: Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Missão Rank S - Os invasores da Akatsuki
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Kirigakure :: Missões :: Missões Arquivadas-
'); }