Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 [Treino 13] - Um treino pesado! (Parte II)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Haetae

Conselheiro | Outras Vilas
Conselheiro | Outras Vilas
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 19
Localização : Terra
Número de Mensagens : 990

Registo Ninja
Nome: Hayato Isao
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 1000
Total de Habilitações: 34

MensagemAssunto: [Treino 13] - Um treino pesado! (Parte II)   Qui 24 Out 2013 - 23:22

Um treino pesado! (Parte II)
♠ ♠ ♠
" Deve-se treinar o corpo e a mente em iguais proporções. "
♠ ♠ ♠
Juntando os dedos e articulando-os em selos de mão, concentrou uma dose controlada de chakra e dispersando-o pelo corpo o loiro se recriou usando da terra e areia em volta, realizando assim uma cópia com capacidades físicas e ninjas semelhantes a do original (Tsuchi Bunshin no Jutsu).

 
— O que faremos dessa vez?_ Questionou o seu mestre o clone mantendo os braços cruzados e olhando em volta a maravilhosa vista, mas antes que dissesse sobre o local o original ergueu a mão em protesto. Não estava a fim de papos inúteis ou sem sentido queria logo é treinar!
 
— Combate corpo-a-corpo. Preciso melhorar nesse quesito, tu me ajudará!_ Intimou o seu “subordinado” que rapidamente concordou com um aceno de cabeça e recuou para um pequeno lago onde a água que corria da cachoeira desembocava. Ele estava sobre a água (Mizu no Kinobori). A reprodução fez um gesto com os dedos chamando seu oponente para a luta, instigando o seu psicológico também.
 
” Ele tem minhas mesmas fraquezas e pontos fortes, mas o fato dele ser um clone e seu chakra ser bem reduzido já melhora e muito minha situação. Vou investir com o Taijutsu e tentar usar um jutsu para finalizá-lo. “_ Armou em sua mente já algum plano de combate, então, pegou sua algibeira onde ficava os diversos equipamentos de combate e o suporte para kunais que foi atado a perna direita, deixou as espadas de lado, não pretendia usá-las.
 
Levando a mão a sua algibeira de armas retirou de lá duas shurikens, posicionando entre os dedos das mãos fez com que mais daquelas armas deslizassem de trás das duas primeiras preenchendo os espaçamentos dos dedos, totalizando oito estrelas ninjas. Rapidamente, lançou os projéteis contra o inimigo com destreza, afim de distraí-lo. O clone esquivou-se para trás duas vezes com mortais impedindo-as facilmente, então, o original surgiu por de trás de seu oponente aplicando-lhe um chute descendente (Kage Buyo).
 
O clone re agiu rapidamente, realizando alguns jutsus se desfez em uma névoa que no centro estava um bloco de pedra (Kawarimi no Jutsu), com intenção de contra atacar o seu mestre, retirou a kusanagi de sua bainha clonada e partiu para cima cortando o ar a sua frente diversas vezes em golpes diagonais, que eram alternados entre os lados.
 
Katsuo se esquivou de todos usando de sua agilidade. Os cortes voavam ao lado de seu rosto e cortando o ar produzindo um som característico.  Realizando alguns selos, concentrou seu chakra na ponta dos cinco dedos e pressionando sobre a rocha cheio de limo onde a água da cachoeira caía uma série de kanjis vermelhos foram inseridos, rapidamente, se camuflaram na cor da rocha e permaneceram inativos até o alvo cair nela (Hitoshirenu Wana).
 
Correndo contra o seu bunshin e flexionando os joelhos saltou com a força pousando novamente no pequeno lago, rapidamente, executou uma sequência de selos planejados para canalizar melhor o chakra e converter no jutsu. Desaparecendo e re aparecendo atrás do bunshin, girou o corpo fechando o punho e batendo contra a nuca e depois tentando finalizar com um soco traumatizante na costela direita, com intenção de magoar seriamente e impedir golpes hábeis com a kusanagi (Shunshin no Jutsu).
 
— Não tão fácil garoto!_ Gritou em empolgação. Ligeiramente virou-se para o seu adversário e cruzando os braços numa defesa em “X” bloqueou o primeiro golpe, depois envolveu os dois braços na perna do original e segurando o lançou cinco metros longe, no ar. Não satisfeito, sacou duas shurikens e usando a técnica de transformação produziu duas fuumas shurikens que rapidamente as lançou, facilmente, uma escondeu-se na sombra da outra (Kage Shuriken no Jutsu). O original em plena queda, tinha de agir rapidamente para não ser pego naquele contra ataque relâmpago tão bem elaborado.
 
— Droga!_ Gritou em desesperança ao saber que não conseguiria fazer os selos necessários a tempo, não tinha escolha. Jogou seu corpo para o lado, em plena queda livre, o primeiro projétil passou cortando alguns fiapos do cabelo enquanto que a segunda vinha em encontro a sua coxa esquerda. A arma passou na carne da perna esquerda penetrando três centímetros, com o impacto se desfez em fumaça tomando a forma original que era bem reduzida. Pousou na superfície do lago, gemendo de dor então, agarrou um pedaço na calça e o rasgou para improvisar um torniquete que estancasse o sangue. Amarrou firmemente e mancado correu até a rocha onde estava a armadilha.
 
Gesticulou com a mão de modo zombeteiro, intimando-o. A reprodução não pensou em duas vezes, ao ver o ferimento e a postura declarou vitória em sua mente quase que sem pensar duas vezes. Utilizando um shunshin o bunshin re apareceu a um metro com a kusanagi erguida para o alto, rapidamente ele a desceu dispersando toda a energia acumulada nela num único golpe (Shunshin no Jutsu & Kumo-ryü: Omotegiri).
 
” Agora... Ativar! “_ Pensou ao ver que sua presa estava a cair no plano que tinha pensado. De repente, a rocha começou a ficar com kanjis vermelhos que se destacavam da coloração verde e marrom do musgo e da pedra, então, um bloco de dois metros de comprimento e um metro de espessura surgiu, pronto para esmagar o fígado e outros órgãos do clone. Não terminava ai, não não.
 
Realizando mais uma série de selos canalizou seu chakra pelo corpo, convertendo-o em energia natural da terra e dispersando um pouco ao redor da pedra em que estava mergulho dentro dela, como um peixe que mergulha no mar depois de um salto majestoso (Dochü Eigyo no Jutsu). Procurando reduzir drasticamente as chances de sucesso do clone, o original ressurgiu da tocha e batendo as duas mãos, como em uma oração, concentrou sua energia elementar e tocou a rocha erguendo uma parede de terra para encurralar sua retaguarda (Doroku Gaeshi). Realizando mais selos novamente, e concentrando o chakra usou uma parte da massa da parede erguida a segundos para criar cinco espigões de terra, com pontas afiadas voaram, sanguinários. Resumidamente, o clone estava cercado pela frente pela armadilha, por trás pela parede e pelos espigões e tudo isso foi executado em tão pouco tempo que a fuga seria realmente difícil.
 
” A água da cachoeira me forneceu o necessário para ele não ver que eu implantei a armadilha, depois sai do local para ele não suspeitar. Aquele ferimento de certa forma foi bom, prejudicou minha mobilidade mais deu uma confiança excessiva ao clone que presumiu que já venceria o combate. Voltando para o local da armadilha ele me seguiu, como uma mariposa que segue a Lua, sem perceber. A armadilha se acionou, mergulhei no chão e o cerquei na retaguarda com a parede e com os espigões. Vitória certa “_ Pensou no seu plano arquitetado em tão poucos segundos usando a vegetação a seu redor como uma poderosa aliada, sem a armadilha para surpreende-lo não seria possível executar o resto da faceta.
 
Acha que ganhou? Hahahahahaha, ingênuo._ Gargalhou inebriado, o kumonin olhou para ele mais na verdade não era ele, era apenas um clone não físico, todo o combo montado atravessou a cópia de névoa, todo aquele chakra dispersado num golpe vitorioso (Oboro Bunshin no Jutsu)... Tudo perdido para uma faceta simples de estudante de academia, isso era uma vergonha para o orgulho do kumonin.
 
— Cof...Grrr, bastardo de merda._ Vociferou enquanto respirava com a língua de fora, como um cão, devido ao cansaço de ter usando tantos jutsus em um curto espaço de tempo. Agora, ambos estavam limitados a força física, ambos tinham esgotado seus chakras.
 
— Não se esqueça que eu sou você, então... Você é o bastardo! Huhuhuhu._ Retribuiu, acido em suas brincadeiras psicológicas.
 
— Óh não, eu sou melhor que você. Tu é só uma cópia barata, hehehe._ Restaurou a calma com o comentário zombeteiro, zoando suas características e provocando o psicológico, assim como o clone o fez outrora. O bunshin soltou a kusanagi, enraivecido avançou surgindo de trás do fluxo de água e executando um soco contra a face do original que voou batendo numa pedra e ralando as costas e joelhos. Gemeu de dor e ao mesmo tempo riu, parecia estar satisfeito em ter uma boa luta.
 
O falso voou novamente no ar montando no abdômen do original, erguendo suas mãos, as desceu numa sequência brutal de socos contra a face do kumonin, que sem reação apropriada cruzou os braços defendendo a face. Reservou um tempo para pensar, rapidamente um escapatória lhe veio a mente como uma descarga elétrica. Agarrando um dos ante braços do clone, impulsionou o próprio corpo para trás, como numa cambalhota inversa, e chutando as costas de seu clone o jogou para trás e montou nele ao mesmo tempo. Agora por cima, golpeou diversas vezes no rosto. Ele gritava em dor, já estava no limite, quase desaparecendo.
 
Os dois rolaram na pedra. O original se ergueu pulando do solo e retirou as duas kunais que tinha atadas a um metro de harigane, rapidamente as atacou contra a rocha, fazendo com que a linha ficasse sobre o pescoço do bunshin. Ele ficou paralisado numa tentativa vã de sobreviver, então, o samurai girou no próprio eixo em 360 º e canalizando o chakra restante (que era ínfimo) chutou a cabeça do clone, fazendo-a voar e ao mesmo tempo desaparecer em fumo.
 
— Trapaça!_ Tentou gritar antes de desaparecer em fumo.

FIM
 

 
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.google.com
Ozzymandias

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 60
Localização : Unknown
Número de Mensagens : 4010

Registo Ninja
Nome: Hiroshi Daisuke
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 15190
Total de Habilitações: 1029

MensagemAssunto: Re: [Treino 13] - Um treino pesado! (Parte II)   Dom 27 Out 2013 - 0:08

Reservo, mas só poderei avaliar amanhã à noite.
Caso alguém puder avaliar antes é só riscar. Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ozzymandias

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 60
Localização : Unknown
Número de Mensagens : 4010

Registo Ninja
Nome: Hiroshi Daisuke
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 15190
Total de Habilitações: 1029

MensagemAssunto: Re: [Treino 13] - Um treino pesado! (Parte II)   Ter 29 Out 2013 - 20:45

Avaliando...

Avaliação de Hiroshi Katsuo

Habilitações Ninja:

Ninjutsu: 16 + 0,75 = 16,75
Taijutsu: 7,5 + 0,75 = 8,25
Kenjutsu: 17,75 + 0,5 = 18,25
Genjutsu: 0
Selos: 11,75 + 1 = 12,75
Trabalho de Equipe: 1
 

Habilitações Físicas:

Força: 8,25 + 0,25 = 8,5
Agilidade: 11,5 + 0,75 = 12,25
Controle de Chakra: 16,25 + 1 = 17,25
Raciocínio: 5,75 + 0,25 = 6
Constituição: 11,75 + 0,75 = 12,5



Avaliação: 6/6

Total de Habilitações: 106,5 + 6 = 112,5

Comentários:

Treino extenso (Como sempre Very Happy) e bom (Como sempre Very Happy). Já falei que sua escrita é muito boa? Acho que sim. Bom, agora realmente seu nível me preocupou. Tenho que ler mais para chegar a teu nível. PORÉM, existiu um erro crucial:


Citação :

Realizando mais uma série de selos canalizou seu chakra pelo corpo, convertendo-o em energia natural da terra e dispersando um pouco ao redor da pedra em que estava mergulho dentro dela, como um peixe que mergulha no mar depois de um salto majestoso (Dochü Eigyo no Jutsu). Procurando reduzir drasticamente as chances de sucesso do clone, o original ressurgiu da tocha e batendo as duas mãos, como em uma oração, concentrou sua energia elementar e tocou a rocha erguendo uma parede de terra para encurralar sua retaguarda (Doroku Gaeshi). Realizando mais selos novamente, e concentrando o chakra usou uma parte da massa da parede erguida a segundos para criar cinco espigões de terra, com pontas afiadas voaram, sanguinários. Resumidamente, o clone estava cercado pela frente pela armadilha, por trás pela parede e pelos espigões e tudo isso foi executado em tão pouco tempo que a fuga seria realmente difícil.
Foram tantos selos, jutsus e utilização de chakra que perdi as contas. Tudo isso num ou dois segundos... Acho que não é coerente. Nem mesmo os grandes ninjas conseguiam três ou quatro jutsus em dois segundos. Por isso não considerei na contagem de raciocínio, cuidado com isso. Grande abraço.

PS.: Atualizado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Haetae

Conselheiro | Outras Vilas
Conselheiro | Outras Vilas
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 19
Localização : Terra
Número de Mensagens : 990

Registo Ninja
Nome: Hayato Isao
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 1000
Total de Habilitações: 34

MensagemAssunto: Re: [Treino 13] - Um treino pesado! (Parte II)   Qua 30 Out 2013 - 2:35

Obrigado pelos elogios, desculpe pelo treino longo, eu tento diminuir mais não consigo acabo por me exceder na escrita. Na verdade, seus treinos são bem melhores que os meus e sempre leio os seus para buscar macetes e dicas pra ganhar mais pontos etc... O mestre é tu aqui xd

Nessa parte exagerei. O objetivo era fazer um contra ataque relâmpago e me excedi na velocidade dos selos que foi non-sense pro nível do meu personagem, desculpas xd

Estou tentando evoluir o Raciocínio para 9.

Obrigado pelos conselhos e pela avaliação
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.google.com
 
[Treino 13] - Um treino pesado! (Parte II)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Kumogakure :: Treinos :: Treinos Arquivados-
'); }