Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Missão rank C - Disputa entre Pescadores

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Hana

Conselheiro | Konoha
Conselheiro | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 22
Localização : In your mind ;)
Número de Mensagens : 3255

Registo Ninja
Nome: Hana Yamanaka
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 7945
Total de Habilitações: 362,5

MensagemAssunto: Missão rank C - Disputa entre Pescadores   Qui 8 Ago 2013 - 22:14

Rank da missão: C
Descrição: Está a acontecer uma disputa de pesca em alto mar. O problema é que vale quase tudo para vencer. A equipe rival já contratou alguns ninjas patifes para ajudarem na disputa. Os pescadores vieram à vila pedir uma equipe para auxilia-los também, como não tem muitos recursos só poderiam contratar gennins. Não é apenas uma disputa entre pescadores, pois quem vencer ficará com a área de pesca. Sua missão é ajudar eles a ganharem a disputa, já que eles são os principais fornecedores de peixes da vila.
Recompensa: 600 ryous + 1 scroll de novo jutsu + 1 ponto de cumprimento
Número de Ninjas: 2 a 4 ninjas
Pessoas Inscritas:

  • Zehel Matsuri (Dark_Akira)
  • Ivy Tsumi (Tsumi-chan)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dark_Akira

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Mafra
Número de Mensagens : 1493

Registo Ninja
Nome: Zehel Matsuri
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5225
Total de Habilitações: 359

MensagemAssunto: Re: Missão rank C - Disputa entre Pescadores   Ter 24 Dez 2013 - 14:07

Inscrevo-me Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ozzymandias

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 61
Localização : Unknown
Número de Mensagens : 4011

Registo Ninja
Nome: Hiroshi Daisuke
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 15190
Total de Habilitações: 1029

MensagemAssunto: Re: Missão rank C - Disputa entre Pescadores   Ter 24 Dez 2013 - 14:19

Inscrito. Só aguardar 24 horas para ver se mais alguém entra contigo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dark_Akira

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Mafra
Número de Mensagens : 1493

Registo Ninja
Nome: Zehel Matsuri
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5225
Total de Habilitações: 359

MensagemAssunto: Re: Missão rank C - Disputa entre Pescadores   Ter 24 Dez 2013 - 15:18

Se ninguém vier posso ir sozinho ou levo uma personagem secundária?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rich

Moderador | Konoha
Moderador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 19
Localização : Não olhes para trás neste momento...
Número de Mensagens : 1769

Registo Ninja
Nome: Uchiha Takeshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 630
Total de Habilitações: 257,5

MensagemAssunto: Re: Missão rank C - Disputa entre Pescadores   Ter 24 Dez 2013 - 15:31

Personagem secundária Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://senpai-k.tk
Dark_Akira

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Mafra
Número de Mensagens : 1493

Registo Ninja
Nome: Zehel Matsuri
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5225
Total de Habilitações: 359

MensagemAssunto: Re: Missão rank C - Disputa entre Pescadores   Qua 25 Dez 2013 - 14:31

bem isto já deu as 24 horas, vou levar a minha personagem secundária Ykarus Okaeda e vou partir em missão Wink 

No tem problema certo?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ozzymandias

Membro | Nukenin
Membro | Nukenin
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 61
Localização : Unknown
Número de Mensagens : 4011

Registo Ninja
Nome: Hiroshi Daisuke
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 15190
Total de Habilitações: 1029

MensagemAssunto: Re: Missão rank C - Disputa entre Pescadores   Qua 25 Dez 2013 - 14:33

Podes começar... Boa sorte.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dark_Akira

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Mafra
Número de Mensagens : 1493

Registo Ninja
Nome: Zehel Matsuri
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5225
Total de Habilitações: 359

MensagemAssunto: Re: Missão rank C - Disputa entre Pescadores   Qua 25 Dez 2013 - 20:34

Waittttttt mina-san! 

É o seguinte, na missão de Rank D de kirigakure os dois que a estão a fazer essqueceram da Tsumi-chan... eles simplesmente partiram em missão e até agora ainda nem sequer a vi a aparecer e saltaram a vez dela... 

Por isso eu acho que ela está fora da missão, não têm ideia o quanto eu já ouvi dela... E por isso se fosse possivel e depois se ela concordar vou aguardar nesta missão para ir com ela pode ser? Peço desculpa pelo incomodo e até já tinha a primeira parte da missão, no entanto ela queria ir em missão e parece que a deixaram de parte da outra. 

Espero que percebam e que me respondam se concordam com ela vir comigo (visto que nem sequer foi incluída na outra missão)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dark_Akira

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Mafra
Número de Mensagens : 1493

Registo Ninja
Nome: Zehel Matsuri
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5225
Total de Habilitações: 359

MensagemAssunto: Re: Missão rank C - Disputa entre Pescadores   Qui 26 Dez 2013 - 17:17

Sentados em duas cadeiras separadas Zehel e Ivy aguardavam para entrar no escritório de Okashi, Mizukage de Kirigakure, o silêncio entre eles era pesado, na verdade não eram os melhores amigos e estavam fartos de se aturarem um ao outro. Olhando suavemente para o lado os lábios do kendoca abriram-se suavemente querendo começar a falar. 

- Não.. Nem te atrevas... - dizia logo impiedosamente a rapariga de olhos avelã, geralmente era um pouco reservada mas não costumava ser antipática, isto claro se a pessoa não se chama-se Zehel Zetsubõ...

- Ai que irritante... - rosnava o rapaz entre-dentes. - daqui a nada empalo-te na senshi no ken para ver se esse humor de cão melhora.

Os dois trabalhavam bem em conjunto, mas depois de tanto tempo fechados num sítio apertado só os dois era bastante difícil terem alguma paciência para se aturarem. Após aquele confronto aceso entre dois teimosos o silêncio voltou a imperar naquela zona permanecendo eles sentados enquanto aguardavam.

- Estás-me a irritar... - queixava-se a rapariga do barulho que Zehel fazia ao bater com o pé no chão, estava ansioso por sair dali, farto de estar fechado já ele estava e queria simplesmente ir para a rua e estar ao ar livre.
- Já te disse para parares! - exclamava a rapariga levantando-se com velocidade e desembainhando a sua katana fazendo um corte na direção do pé do rapaz. Um som de metais a chocarem ouviu-se enquanto o rapaz se levantava com força também defendendo-se do ataque e com uma rápida rotação de espada arrancava a katana das mãos de Ivy, contra a madeira da porta de Okashi a lâmina prateada cravou-se fazendo um som oco. De dentro da divisão o barulho de papeis a cair e de um corpo a dirigir-se rapidamente para a porta fez os jovens ficarem em sentido. A porta abrira-se com um rangido suave e de dentro a cabeça do Mizukage espreitou para o exterior vendo os dois jovens um pouco vermelhos na face e uma katana espetada contra a madeira. 

- Se estavam com pressa podiam ter batido à porta, não espetar uma katana de um lado ao outro, querem-me matar do coração. - gozou o homem com um ar ainda confuso. - Entrem lá.

Fechando a porta atrás deles os dois shinobis de kirigakure estacavam em sentido aguardando as palavras do Kage, provavelmente iriam ouvir na cabeça pela ação que tinham feito, mas o homem apenas passou essa parte. 

- Têm a certeza que é saudável vocês os dois irem em missão? Casais em briga geralmente não corre bem, confiem em mim que eu já tenho muita experiência. - afirmava Okashi ao pegar em dois pergaminhos com o símbolo do Mizukage. Ao ouvir estas palavras Ivy ficara vermelha como um tomate e apenas virara a cara sem conseguir dizer nenhuma palavra.

- Nós não somos um casal Mizukage-sama. E sim temos a certeza que vai conseguimos levar a missão até ao fim. - declarava firmemente Zehel convicto das suas palavras. 

- Muito bem, esta missão é bastante importante, o território marítimo da companhia que fornece o peixe a Kirigakure está a ser ameaçado por outra empresa. Eles já contrataram pessoas de fama não muito boa para os ajudarem e é necessário que defendamos o nosso espaço de pesca, mostrando assim o poder de Kirigakure. Fiquem sabendo que se não o conseguirem ficarão a alimentar-se de vegetais o resto da vida! - terminava o homem de explicar com um sorriso na face, era um sorriso um pouco ameaçador, o sorriso de alguém que não queria passar o resto da vida a comer só vegetais, alguém que precisava tanto de carne como de peixe.

- Sim senhor! Não iremos falhar! - diziam confiantes os dois shinobis em simultâneo. 

- Muito bem, se é assim estão à vontade para partirem em direção ao litoral, lá em baixo está uma carroça que vos vai levar até lá, boa sorte e não deixem que as vossas brigas atrapalhem a missão. - declarava o homem voltando a enterrar-se nos papeis.

Assim Ivy e Zehel partiram, encontraram-se com o homem que os ia levar até ao litoral, era uma pessoa simples, já de idade avançada e roupas de camponês, umas jardineiras gastas e azuis, galochas e um chapéu de palha. Tinha ao seu lado uma carroça puxada por um cavalo e a sua mercadoria pareciam ser... Vegetais... 

- Ora viva... - abordou ele os jovens com uma fala de dentes a menos. - São vocês os jovens que eu irei levar na minha longa viage'? 

- Somos sim, obrigado pela sua amabilidade ao oferecer-nos boleia até aquelas terras longínquas. - agradecia Ivy muito amável e com um sorriso na cara para o homem.
"Então sempre sabe sorrir..." Pensou Zehel para si mesmo deixando um pequeno sorriso escapar nos seus lábios. Quase como ela lhe tivesse lido os pensamentos a rapariga deitou-lhe um olhar mal humorado simultâneamente fazendo com que o sorriso suave que começava a aparecer na boca de Zehel murchasse num segundo. O homem já tinha dado a volta à carroça passando de leve a mão na pelagem do seu cavalo avisando-o que a viagem ia começar e subia para o banco do condutor, do outro lado a perna meio coberta de Ivy apressou-se por se elevar começando a subir as escadas para o lugar ao lado do condutor, mas foi agarrada pela mochila e puxada para trás. 

- Onde pensas que vais pirralha, novatos vão no banco das crianças... - ditava Zehel saltando para o lugar que Ivy esperava ocupar deixando-a no chão novamente. - Lá para trás. - apontou o kendoca com o polegar. Com uma cara de espanto a rapariga sentiu-se traída pelo companheiro de missão que lhe passara a perna naquela. 
"Não perdes pela demora..." ameaçava a rapariga em seus pensamentos enquanto se movia amuada para a parte de trás da carroça sentando-se abraçada à mochila e desviando a cabeça da direção do Zetsubõ. 

- Prazer Zehel Matsuri, peço desculpa pelo incomodo que lhe causamos ao necessitar de boleia, se houver alguma coisa que possamos fazer para lhe retribuir senhor... 

- Klein, Klein Rocher, na verdade até sabe bem ter companhia nas viagens para variar sabes, costumo ser apenas eu e o Henríco - falava o homem ao apontar para o cavalo e abanando as rédeas pondo-o em marcha. - até me sinto mais seguro por ter-vos aqui, sabe rapaz estas estradas andam perigosas nestes tempos, mas convosco aqui sempre me sinto mais à vontade.

- É verdade sim sr. Klain, cada vez mais bandidos aparecem por estas bandas, mas tenho um pressentimento que esta viagem vai ser calma. - tentava apaziguar o rapaz a mente do ancião. 

- É Klein seu burro, não Klain! - ripostava agressiva a garota que seguia ao pé dos vegetais. - Aprende a ouvir. 

- Agressiva, hum!? A relação azedou? - questionava o camponês olhando para Ivy e de seguida para Zehel tentando perceber a razão pelo ódio da rapariga a Zehel. 

- Já é o segundo a supor isso hoje... Começa a ficar estranho... Mas não sr. Rocher nós não temos nenhum tipo de relação, ela apenas não gosta muito de mim. - respondeu Zehel. O homem que mantinha as rédeas na mão abriu os olhos em espanto focando eles os dois por um momento e depois rodou a sua cabeça ainda um pouco abalado dizendo ao abanar a cabeça...

- Isto é capaz de ser uma viagem um pouco longa...
Voltar ao Topo Ir em baixo
tsumi-chan

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Feminino
Idade : 21
Localização : Mafra
Número de Mensagens : 25

Registo Ninja
Nome: Ivy Tsumi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 600
Total de Habilitações: 36

MensagemAssunto: Re: Missão rank C - Disputa entre Pescadores   Qui 2 Jan 2014 - 16:03

O dia não tinha começado bem e bem de certo não ia acabar. Depois de ficar a noite toda acordada com o sobrinho doente a pedido do irmão, o humor dela não era dos melhores, quando a mãe lhe disse que tinha sido chamada para fazer uma missão até sentiu algum alivio, até que chegou à porta do escritório do Mizukage para encontrar o seu não tão querido amigo Zehel Matsuri.
Depois de quase destroirem a porta do escritorio, serem dados os pregaminhos e as explicações sobre a missão, seguiram para a carroça que os levaria ao limite litoral do país, uma viagem que podia ser agradavel, se o Zetsubuo não tomasse cada oportunidade de a humilhar, ou não passa grande parte a ressonar mais alto que os relinchos do cavalo.
Esta cansada, e estava a ficar fula, tentava manter uma conversa simpática com o condutor da carroça, mas ir ao pé dos legumes não facilitava a comunicação.
Quando finalmente chegaram a rapariga não pôde evitar sentir alívio, que não demorou muito, a cara do kiri-nin logo surgiu ainda ela não tinha saída da carroça.
-Queres ajuda, princesa? - diz num sorriso arrogante, aquela pessoa representava tudo o que Ivy detestava.
-Eu digo-te a princesa - saltou da carroça fazendo os possiveís para concentrar todo o seu peso no pé do rapaz que estava enconstado à carroça. - Oops - disse provocadoramente, mantendo de novo a compostura e o sorriso educado na hora de agradecer ao velho camponês que os tinha levado.
-Ahh, o amor jovem... que nostálgico - diz o homem antes de se despedir.
-Posso garantir-lhe que não há nada de amoroso ou de nostálgico aqui - desculpa-se a herdeira dos Tsumi, cansada que as pessoas assumissem isso de cada vez que se via obrigada a partilhar o espaço com o Zetsubuo.
Depois de todas as despedidas seguiram a pé o caminho que os levaria à aldeia pesqueira onde foram chamados e um dos pescadores mais velhos os esperava. O sol já ia baixo e os poucos barcos que não estavam atracados estavam a regressar.
-Muito obrigado por terem vindo. Já não sabemos que mais podemos fazer para expulsar aqueles ladrões daqui. - diz o pescador ao aproximar-se dos dois kiri-nin. - O meu nome é Patch, fui eu que vos convoquei, a coisa tem piorado, bem... explico-vos ao jantar, esta noite ficam por minha conta, a minha mulher tratou de um jantar mesmo bom, e temos camas preparadas para vocês. - falava enquanto lhes mostrava o caminho entre as casa dos pescadores até a que seria a sua.
Chegados à casa de Patch, os ninjas foram levados para a sala de refeição onde conheceram a sua mulher Richild e a sua filha, de 15 anos, Gisla, que pareciam animadas por receberem visitas. Ivy percebeu pela cortesia embaraçada da rapariga que, ou não era uma coisa muito frequente, ou ficou embasbacada com Zehel, pois na simples tarefas de lhes servir chá, ia-se queimando quando quase que virou a travessa onde a trazia. Após uma repreensão por parte da mãe, a rapariga desistiu e foi sentar-se com eles e com seu pai que explicava o que estado do conflito.
Mas Ivy estava inquieta, não gostava de estar parada sentada, em casa alheia, só sossegou quando Richild chamou de novo a filha para a ajudar no jantar, mas se ofereceu, não teve que apresentar justificação alguma, pois mãe e filha ficaram aliviadas, apesar do alívio da mulher do pescador desaparecer tão rápido quanto apareceu, ao ver o pouco jeito de Ivy na cozinha.
-Espero que gostem, a provisões estão a acabar. - explicou Richild - espero que quando tudo isto acabe vos possa servir alguma coisa mais agradavel.
Ivy sentou e sentiu-se envergonhada, pois sabia que parte do fracasso do jantar era sua culpa, apesar de Richild não a ter denunciado.
O jantar foi agradavel, Patch era uma pessoa divertida e manteve-os bem animados. Gilsa, apesar do seu jeito desastrado era bem disposta, e pareceu ganhar algum interesse em Zehel que apesar de ter notado, agia como se nada fosse.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dark_Akira

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Mafra
Número de Mensagens : 1493

Registo Ninja
Nome: Zehel Matsuri
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5225
Total de Habilitações: 359

MensagemAssunto: Re: Missão rank C - Disputa entre Pescadores   Sab 4 Jan 2014 - 14:55

Acabando o jantar os dois shinobis e Patch retiraram-se para uma sala confortável onde se sentaram de joelhos em torno de uma mesa quadrada castanha preparando-se para discutirem os acontecimentos que tinham feito a vila de Kirigakure envolver-se. O homem começou a falar explicando aos dois kiri-nin que tudo havia começado à já uns meses quando uma companhia de pesca que não tendo cuidado pescou todos os peixes da sua zona, então decidiram partir pelo mar à procura de novos locais pescar. Sendo o país das Ondas um local com imensa riqueza marinha decidiram-se aqui focar e então descobriram o local de pesca da companhia de Patch. Buscando maiores lucros os homens gananciosos começaram a criar lutas e emboscadas de modo a afastar a frota de Patch da zona e assim fora que tudo começara. 
Os dois shinobis escutavam atentamente a história contada pelo homem traçando nas suas mentes o perfil do tipo de pessoas que iriam enfrentar na luta pelo território. Ivy tomava a palavra apontando os pontos onde se tinha focado mais. 

- Os nossos oponentes parecem pessoas que estão um pouco desesperadas, sobretudo se tudo isto se arrasta já à uns meses, estão desejosos de por um ponto final nesta luta. - explicava a rapariga partilhando da mesma opinião de Zehel.

- A sua sede por finalmente obterem o vosso território vai sobrepor-se à sua capacidade de pensar, vão cometer erros muito facilmente... - Continuou o jovem shinobi de cabelos negros em sintonia com a sua parceira. 

- No entanto precisamos ainda mais de conhecer o nosso oponente... Amanha o nosso objectivo será levarmos para o mar dois barcos que serão um isco. Vamos fazê-los atacarem-nos para nos apercebermos de como estão eles armados. - definia Ivy o plano do dia seguinte. 

- Isso pode ser facilmente arranjado, temos duas embarcações que estão para ser desmanteladas. Podemos dar-lhes um fim honrado, uma luta até ao fim. - afirmava Patch colocando ao dispor dos dois shinobis os seus barcos.

- No entanto temos um problema Patch, não quero que leves isto a peito, é apenas uma medida de segurança para termos a certeza que a missão é assegurada... - declarava Zehel.

- Não podemos confiar em toda a tua tripulação, neste momento toda a nossa confiança está apenas em ti, é apenas um instinto nosso, mas queremos confirmar uma coisa. - continuava Ivy a ideia deixada em suspenso pelo kiri-nin. 

- Eu compreendo, façamos o seguinte, amanhã de manhã os meus sobrinhos eram suposto chegarem, mas tiveram um percalço e só chegarão daqui a dois dias. Vocês farão o papel de meus sobrinhos e serão os shinobis que se atrasaram, assim vocês podem conservar a vossa identidade até ser necessário. - Patch havia conseguido resolver o problema que os dois ninjas de kirigakure poderiam enfrentar e isso já lhes dava uma vantagem bastante grande, o elemento surpresa será o trunfo decisivo deles. A viagem tinha sido longa e eles os dois estavam um pouco exaustos e, a pedido de Patch, foram guiados pela sua filha até aos seus quartos. Retirando todas as armas e proteções que tinham no corpo prepararam-se para se ir deitar, para o dia de amanha teriam de deixar as roupas estranhas para trás, as suas bandanas teriam de ficar escondidas e era imperativo que se conseguissem misturar com a multidão. Já estavam mentalizados para tal e tinham o espírito bem concentrado e confiante de que seria um sucesso aquela missão. 
Olhando para o teto o kendoca reflectia sobre os eventos do dia antes de cair no sono, nunca tinha pensado que ele e Ivy fizessem uma equipa tão boa e tão eficiente. Apesar de estarem sempre a discutir ou implicar um com o outro conseguiam perceber-se só com um olhar e desenvolver as maiores estratégias que podiam imaginar. Quem sabe aquela missão não tivesse criado uma equipa de alto nível em Kirigakure...

Fazia já 3 horas que Zehel dormia descansado no futon improvisado que Richild fizera com carinho quando a porta do quarto do shinobi se começara a abrir suavemente deixando uma suave luz preencher um pouco do quarto. A respiração do rapaz permanecia profunda e o corpo dele continuava adormecido calmamente, com passos muito suaves uma pessoa ia entrando no quarto fechando a porta atrás de si sem fazer barulho tentando não o acordar, seria uma ameaça? Não havia explicação possível para o facto de alguém se estar a tentar esquivar pelo quarto a não ser que... fosse uma emboscada. Nas sombras do quarto uma mão começou a mover-se em direção ao amontoado de carne que dormia coberto quase completamente pelas mantas quando subitamente um barulho metálico quebrou o silêncio acompanhado por uma voz baixa e com um pequeno tom de desconfiança. 

- Vira-te suavemente ou eu rebento-te os miolos... - falara Zehel encostando o cano da sua impact gun à cabeça do intruso. Um suave soluço pôde ser ouvido vindo da sombra que tinha a mão esticada, era Ivy a intrusa que se enfiara no quarto do seu companheiro de missão mas que estacara perante a ameaça que lhe tinha sido feita e nem falar conseguia.
- Ivy? - perguntara o kiri-nin baixando a sua arma ao perceber vagamente os contornos da pessoa à sua frente apercebendo-se quem era o intruso. Colocando-se de joelhos afastou as mantas e cancelou o Henge no jutsu que fizera na Senshi no ken tirando a arma do seu lugar na cama. Atirando para longe também a impact gun que tinha na mão abraçou a konoichi tentando acalmá-la. - Desculpa não me apercebi que eras tu que se passa? - perguntava Zehel agarrando na rapariga tentando confortá-la. 
- És um parvo... - reclamou com voz baixa e inspirando fundo a jovem abraçando o kiri-nin. - Eu não gosto de estar sozinha no escuro... - confessou ao limpar as lágrimas lentas que lhe caiam na face.
- Vai buscar o teu futon para aqui e podes passar aqui a noite. - permitira o shinobi vendo-a levantar-se rápido e a voltar com a sua cama atrás, pousou-a no chão junto à de Zehel e meteu-se dentro das mantas ficando perto do seu parceiro de missão.

A manhã começou a dar lugar à noite e do horizonte o sol erguia-se vindo do mar, a luz laranja que começava a incidir sobre a terra penetrou no quarto onde eles os dois estavam despertando-os. Zehel era o primeiro a acordar, a luz incomodava profundamente os seus olhos e era o seu despertador matinal, perto dele enrolada debaixo das mantas repousava Ivy, dali parecia um anjinho apesar da realidade ser outra. Levantando-se do seu futon pegou logo nas suas calças negras que repousavam nas costas de uma cadeira e compôs-se minimamente para estar na presença da konoichi. Aproximou-se dela e gentilmente deu-lhe um pequeno abanão chamando pelo nome dela, sentindo aquilo a rapariga abriu com preguiça os olhos avelã e vendo a cara do seu companheiro de missão acordou muito confusa perguntando-se onde estava o que se tinha passado e porque raio ele estava no quarto dela. 

- Tu é que estás no meu quarto, baka! - ria o rapaz da confusão misturada com vergonha que a konoichi demonstrava. Ela não estava nada à espera daquilo e então Zehel explicou-lhe o que se sucedera na noite anterior deixando-a ainda mais envergonhada pelas suas ações. A voz de Gisla ouviu-se pela mansão toda, chamando para virem tomar o pequeno almoço. Sentaram-se todos à mesa descontraídos e a conversar de coisas normais como o tempo, o estado da sociedade e coisas desse género, Gisla a tentar entrar por vezes meio atrapalhada nas conversas entre o seu pai e Zehel e Richild sempre a dizer-lhes para se despacharem para irem trabalhar. Só Ivy se mantinha calada ali na mesa, olhando para a chávena de chá pensativa, não gostava nada de dormir, não gostava do escuro, mas tinha de dar o braço a torcer, a noite que passara fora de longe das melhores noites de sono que ela tivera... Terminando o animado pequeno-almoço, os 3 pescadores saíram de casa e foram rapidamente para o estaleiro onde já havia bastante movimento, todos os que lá trabalhavam ao verem Patch chegar aproximaram-se dele para lhe dar os bons dias e aguardar as palavras matinais do homem que ditariam o trabalho que iam fazer.
Com uma velocidade extraordinária e com uma eficácia de palavras o chefe do estaleiro apresentou-lhes os seus "sobrinhos" que tinham chegado no dia antes dando também a noticia que os shinobis apenas chegariam dali a 2 dias e finalizando com ordens precisas e simples para começarem os preparativos das duas embarcações que seriam usadas para o dia de hoje. Começaram-se todos a mover bastante rápido e os kiri-nins não quiseram ficar para trás, colocando-se na fila receberam cada um deles dois sacos pesados de material de pesca e foram ordenados a deixarem nos barços.

Ali o movimento era incrível e não admirava aos dois novatos que todos eles tivessem em excelente forma. Os sacos que cada um deles levava eram bastante pesados e exigiam bastante força para os transportar, mas ali em redor parecia que isso não importava, todos eles pegavam nos sacos como se estes não pesassem nada e nos ombros deles os dois a pressão que era feita ia causar-lhes uma grande fadiga no fim do dia... Deixando isso de parte foram acartando os saquilões 2 a dois para os barcos recorrendo a toda a força que conseguiam invocar. Não podiam dar muito nas vistas ao usarem chakra pelo que todo o esforço era os seus músculos puramente a fazerem-no. A meio de uma viagem para um dos barcos Zehel foi abandonado pela sua companheira, Ivy fora puxada para o lado sendo necessária a ajuda para libertar as cordas que prendiam as velas. 

- Sabes subir até lá acima certo? -questionava o pescador a Ivy que com um sorriso se agarrara logo à corda que levava ao mastro principal. Colocou os seus pés no género de escada que havia e começou a trepar com velocidade pelo mastro acima não tardou a alcançar o topo e uma vez lá em cima correu por cima da madeira cortando a corda fina com recurso a uma simples faca que substituía a sua katana, com grande equilibrio ia dando golpes certeiros soltando a vela da madeira. Acabou rapidamente o seu trabalho e na outra ponta da trave agarrou uma corda sólida que lá estava e balançou-se graciosamente descendo em queda do mastro. Era um movimento normal de marinheiros, descerem pelas cordas, porém foi a primeira vez que a rapariga o fizera e gostara da sensação do balançar querendo repetir mais vezes. 
- Todos a bordo! - gritara Patch para todo o estaleiro, fazendo-os abandonar o estabelecimento partindo para o mar...
Voltar ao Topo Ir em baixo
tsumi-chan

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Feminino
Idade : 21
Localização : Mafra
Número de Mensagens : 25

Registo Ninja
Nome: Ivy Tsumi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 600
Total de Habilitações: 36

MensagemAssunto: Re: Missão rank C - Disputa entre Pescadores   Sab 11 Jan 2014 - 17:17

A viagem acabou por ser bastante agradável. Os shinobis foram bem recebidos pela tripulação que acreditava que era sobrinhos de Patch, sem nenhuma desconfiança.
Ivy andava de um lado para o outro da embarcação para ver onde era precisa a sua ajuda, já Zehel discutia os últimos pormenores da estratégia com Patch.

- E tens a certeza que isto não levanta baixas para nós? - pergunta o pescador que com o aproximar da hora da verdade ia ficando mais nervoso.

Zehel acenou afirmativamente com a cabeça:
-Sim, por isso pedi-mos estas embarcações que requerem poucos homens, caso aconteça alguma coisa a algum dos homens, o que duvido vendo as capacidades deles, eu e a Ivy trataremos de os ajudar.

-Muito bem então.. estamos nas vossas mãos.

-Obrigado pela confiança - agradeceu Zehel.

-Zehel! Patch! - ouviram Ivy chamar, não mas não entenderam bem de onde. Olharam à volta mas não a viam, até se lembrarem de olhar para cima, a rapariga estava segura num dos mastros. Pegou numa das cordas do mesmo e usou-o para se colocar ao pé deles. Parecia estar a divertir-se demasiado com a actividade náutica, até se chegar perto deles e perceberem que tenha uma expressão séria - Foram avistados navios inimigos. É provavel que já nos tenham visto. Ajudem-me a avisar os homens que se preparem.

Dito isto cada um foi para o seu posto. Ivy formou selos com as mãos e usou uma kirigakure no Jutsu, que os encobrisse na névoa. Um canhão das embarcações onde seguiam os foi disparado não com o intuito de atingir mas de provocar uma retaliação. Que foi quase imediata. Os barcos inimigos, muito mais artilhados que as modestas embarcações de Patch começaram numa chuva de bolas de canhão e pólvora. Quando a primeira bola de canhão atingiu o barco que seguia com os kiri-nins o barco desfez-se quase imediatamente, e o ataque concentrou-se na embarcação onde eles estavam, antes de ser atingida eles trataram de por a tripulação a salvo num pequeno bote salva-vidas, saltando em seguida para a água.

-Leve os homens de volta para o porto! - gritou Zehel a Patch que seguia no bote. - a partir daqui deixe connosco.

Escondidos na névoa que Ivy causara, os homens de Patch e o próprio pescador voltaram ao cais, enquanto a herdeira dos Tsumi e Zehel nadavam para o outro porto. Uma vez chegados lá usaram um henge para a transformarem a ela numa idosa humilde e a ele num cão que lhe faria de companhia. Usaram esses disfarces para observarem o que se passava do lado inimigo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dark_Akira

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Mafra
Número de Mensagens : 1493

Registo Ninja
Nome: Zehel Matsuri
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5225
Total de Habilitações: 359

MensagemAssunto: Re: Missão rank C - Disputa entre Pescadores   Dom 12 Jan 2014 - 16:28

Com um ar relaxado, a velhota e o seu cão subiram uma pequena escadaria que dava acesso à doca da empresa inimiga. Atravessando calmamente a onda de pessoas que se moviam atarefadas com as coisas para carregar os barcos, os dois olhavam disfarçadamente para todas as faces que encontravam procurando alguma que eles já tivessem visto do outro lado. Zehel tinha reparado que os barcos dos inimigos se haviam aproximado demasiado directamente deles, como se soubessem que a rota que iriam fazer era por ali.
"Tem de haver um espião." Pensava Zehel movendo os seus olhos de canino focando tudo à sua volta, mantinha bem focado o seu chakra para aguentar o henge no jutsu enquanto caminhava sobre 4 patas. 

- Minha senhora? Está perdida? - Aproximou-se um dos homens que estava na doca tentando perceber o intuito da visita da velhota. 

- Estou à procura de onde possa comprar peixe, meu jovem. Talvez um rapaz tão educado como você me possa indicar a direção. - Falava Ivy moldando cautelosamente o seu chakra para que o Henge não se desfizesse, ainda não era muito experiente naquilo e por isso não podia fazer transformações muito complexas. 

Sentando-se no chão muito disciplinado o cãozinho pequeno da senhora olhava para o movimento que se passava no local movendo a sua cabecinha sempre que uma pessoa passava a correr de um lado para o outro. Seguirão então atrás do rapaz bem constituído que teve a amabilidade de conduzir aquela idosa e o seu companheiro até à lota onde a confusão era ainda maior, pessoas carregavam toneladas de peixe para organizar os expositores com as diversas espécies para venda. 

- Obrigado pelo seu tempo meu rapaz, é raro hoje os jovens oferecerem-se para ajudar. - referia Ivy com a sua voz de velha dando uma palmadinha no braço tonificado e bronzeado do marinheiro. 

Agora a procura começava bem a sério, estando os dois shinobis no meio das superfícies comerciais da empresa inimiga eles tinham de apurar muito bem os olhos. Mantendo os seus chakras bastante focados iam avançando pela lota olhando o peixe que lá era vendido bem fresco procurando ao mesmo tempo pelo espião da empresa de kirigakure. Subitamente os olhos dos dois kiri-nin são puxados por uma acontecimento que decorria no pano de fundo de toda a confusão da venda. 5 homens vestidos de negro caminhavam tentando dar o mínimo nas vistas parando junto de uma porta de acesso ao estaleiro, logo no momento reconheceram uma das faces do grupo de homens, já o tinham visto na tripulação de Patch. Começando a rosnar baixinho, Zehel transformado em cão puxou a fita que o prendia a Ivy e começou a correr, desprevenida a rapariga deixou-o escapar mascarando o movimento propositado de deixar o kiri-nin fugir. 

Correndo sem parar o cão dirigiu-se para junto do estaleiro ficando sentado atrás de uns barris ouvindo o que se passava lá dentro. A velhota caminhava muito devagar até alcançar o seu bicho de estimação dando-lhe tempo para ouvir tudo. 

- Os shinobis vão demorar dois dias a chegar e amanha Patch vai enviar a frota quase completa para o mar para tentar obter lucro visto que ultimamente os seus barcos têm sido todos afundados. - Falava o espião passando as informações que obtivera do estaleiro de Patch. 

- Muito bem mostra-nos onde será o percurso de amanhã. - pedia uma voz autoritária dentro do estaleiro, provavelmente seria o chefe deles todos.

Zehel estava bastante contente, o seu plano e de Ivy estava a mover-se bastante bem, tal como eles tinham previsto. O homem estava a passar as informações que eles esperavam serem passadas e podiam anulá-los de vez. 

- Quero os nossos melhores barcos prontos amanhã de manhã bem carregados com tudo o que temos para aniquilarmos de vez a frota deles. - ordenava o homem confiante de que iriam finalmente dominar aquela zona. - Quero aqueles insectos esmagados de uma vez por todas. 

Não precisava de ouvir mais, seu lado a mulher velha chegava junto dele e pegava-o ao colo, mantendo as suas identidades escondidas saíram do local penetrando na floresta lateral. Relaxando o seu corpo cancelaram o Henge no jutsu, Ivy estava cansada não estava habituada a tanto esforço de chakra mas tentava esconder a sua fadiga. Não gostava muito de mostrar as suas emoções. Focaram os dois chakra nas suas pernas e começaram a correr em direção ao estaleiro da empresa que os contratara. Abriam caminho pelo meio da floresta mantendo o seu ritmo de corrida, tinham de percorrer 2 kms e não queriam chegar lá totalmente exaustos, no entanto também se tinham de despachar. Saltando de vez em quando pelas árvores treinavam a sua resistência durante aquela distância, fazendo os seus músculos voltarem a esforçar-se já um pouco cansados devido à natação que tiveram de fazer para chegar ao território inimigo. 

Chegaram à sua base quase ao anoitecer, tinham passado o dia todo a trabalhar no mar, nadar, recolher informações e a correr, por isso estavam exaustos, totalmente exaustos. Bateram à porta do chefe dos pescadores e foram recebidos por Gisle que ao vê-los todos transpirados apressou-se a deixá-los entrar para se irem lavar. Tinha sido um dia bastante longo e precisavam de uma boa noite de descanso o dia de amanha seria ainda mais complicado de ultrapassar. 

- Vai tu despachar-te. - diz Zehel para a sua companheira de missão enquanto se sentava na cadeira repousando o seu corpo da corrida. 

A rapariga subiu as escadas a correr indo arranjar a sua muda de roupa e pegar duas toalhas de banho brancas. Desaparecendo para dentro de duas portas deixara Zehel sozinho com a filha do pescador, era bastante claro a vergonha da rapariga ao ficar ali sozinha com o kendoca. Relaxando o seu corpo contra as costas da cadeira o kiri-nin abria o seu casaco deixando o seu tronco apanhar algum ar fresco, a corrida tinha-o feito ficar a ferver e bem que precisava de um banho gelado. Virando-se para a rapariga tentou puxar um tema de conversa, mas esta sempre lhe respondia muito envergonhada não dando para desenvolver muito. 

- Os teus pais, ainda não chegaram? - questionou o rapaz de cabelos negros.

- N.. Não eles ainda não voltaram, o meu pai está a fazer o inventário de perdas e a minha mãe ficou a fazer novas redes para os barcos de pesca. - falava a rapariga olhando para baixo evitando estabelecer contacto ocular com o shinobi. 

Ivy terminava de tomar o seu banho e dirigia-se para o piso superior apenas cobrindo as partes mais intimas com os panos brancos atravessando a casa o mais rápido que pôde. Era a vez de Zehel ir-se lavar relaxando todos os seus músculos. No piso superior Ivy arranjava-se com alguma moleza, o banho deixara o seu corpo todo relaxado e ficara muito sonolenta, com lentidão natural ia pegando na sua roupa interior e passando-a pelas duas pernas para se cobrir, na parte superior colocava muito vagarosamente uma camisola simples cobrindo as suas curvas femininas. Procurando pela sua camisola desmanchava o amontoado de lençóis que constituíam as duas camas deles. No piso inferior já Zehel se tinha despachado do seu banho rápido, atirara-se para dentro de uma banheira cheia de água fria fazendo um enorme choque térmico para o acordar e lavara-se num ápice. Coberto com a sua toalha atravessava o corredor para subir a escadaria até ao primeiro andar porém foi surpreendido pela porta do seu quarto ainda fechada.

- Credo mulheres são bem lentas! - falava alto provocando a rapariga que estava dentro do quarto. 

- Cala-te! Já me estou a despachar, porra apressado. - reclamava Ivy batendo com a gaveta que tinha aberto. 

No piso inferior a porta abrira-se entrando Patch e a sua mulher também exaustos. Parecia que naquela casa só Zehel e Gisle estavam com energia para fazer alguma coisa. Quase empurrando Ivy para fora do seu quarto o rapaz vestiu-se completo quase com um salto enfiando uma camisola negra simples, roupa interior e umas calças negras completando o set. Desceu as escadas a correr, ainda atropelando a sua companheira que molengava a mover-se e chegou junto de Patch pedindo-lhe que fossem ter uma reunião rápida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
tsumi-chan

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Feminino
Idade : 21
Localização : Mafra
Número de Mensagens : 25

Registo Ninja
Nome: Ivy Tsumi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 600
Total de Habilitações: 36

MensagemAssunto: Re: Missão rank C - Disputa entre Pescadores   Ter 14 Jan 2014 - 22:10

-Patch! Ainda bem que chegou! Precisamos de falar consigo! - Chamou o rapaz de cabelo negro, mal o pescador pôs o pé à porta.
-De certeza que pode esperar por depois de jantar, rapaz - o tom de cansaço na sua voz era notável apesar do seu esforço para manter a postura. Pousou a mão no ombro do rapaz e seguiu para o quarto de banho.
Ivy aprontou-se para ajudar Richild no jantar, mas depressa foram destituídas dessa função por Gisla que não aguentava ver o zomby-mood das duas. Ivy chegou a partir algumas tigelas no processo, o que chamou a atenção de Zehel e o chamou também para a cozinha.
-Isto da meia-idade chega rápido, ahn? - diz um kendoca numa provocação à sua companheira de missão que estava sentado no sofá a trocar histórias dos sobrinhos com os pescadores.
-'Tá calado! - a resposta foi simples, o seu cansaço não dava mesmo para mais.
-Está muito bem. O jantar está na mesa - ao ver que não tinha troco o shinobi sentiu-se desmotivado para continuar a provocação.
O jantar foi como o anterior, apesar da atmosfera tensa causada pelo cansaço. Desta vez Richild e Ivy sentiam-se mais soltas e à vontade, e foram elas que contribuiram para aliviar o ambiente. Zehel estava espantado por ver um lado tão bem disposto da companheira de missão, e por perceber que este não era fingido. Percebeu que falar da sua familía lhe dava uma boa disposição genuína. No final, Richild tratou da cozinha enquanto que a filha Gilsa tentava ficar com os shinobis, mais próximo a Zehel possivel.
-Vão tratar de coisas importantes, anda ajudar-me aqui, agora! - ralhou a mulher, que não teve uma resposta. Viu apenas a filha seguir amuada, à sua frente para a cozinha.
-Muito bem. Agora assuntos sérios - Patch estava confortavelmente sentado na sua cadeira à frente dos dois shinobis.
Zehel mostrou-lhe umas miniaturas de barcos para exemplificar o ataque, 7 pretos, 14 brancos. Coloca os barcos brancos numa linha e passa a explicar:
-Muito bem, estes serão a frota principal, que irá passar mesmo onde eles querem que passemos, às 7 da manhã como habitual.
-Enquanto isso, - continuou Ivy posicionando os 7 barcos brancos, 3 à frente, 4 na lateral - as nossas frotas estarão assim posicionados. O Zehel fica na frente, e eu com os barcos na latera, onde nos vou esconder na névoa.
-Para isso precisariamos que a frota da Ivy saía uma horas mais cedo - ele olha para a kiri-nin em busca de aprovação neste ponto, ao vê-la assentir com a cabeça continuou. - Enquanto ela se prepara para nos ocultar eu vou tratar de apanhar o espião. O castigo que ele merece, deixo-o consigo, Patch.
- Não posso acreditar que um dos meus homens realmente tenha feito uma coisa dessas... - responde o pescador com uma notável desilusão na voz.
-Infelizmente, às vezes há situações destas que estão fora do nosso alcance - Ivy tenta explicar ao pescador para o fazer sentir melhor.
-Bom, a nossa ideia de estratégia é esta. Iriamos precisar que os seus homens estivessem prontos pelas 4 da manhã. - Zehel tenta desconversar.
-Muito bem! - Patch levanta-se vagarosamente e põe as mãos nos ombros de cada um dos shinobis - combinado. Obrigado por tudo.
Vendo que o pescador se dirigia para o seu quarto, os dois shinobis seguiram o exemplo. Ivy ainda não tinha conseguido ultrapassar a vergonha que se tinha feito passar na noite anterior por causa daquele medo infantil que tem do escuro. Zehel deitou-se na cama, mas Ivy tomou o pouco que tinha do seu orgulho e pegou nas almofadas dela para voltar para o quarto que lhe tinha sido designado.
-Onde vais? - pergunta o rapaz de cabelos negros já deitado.
-Para o meu quarto, nunca devia ter saído de lá - responde Ivy entre os dentes.
-Para depois voltares para aqui a tremer e a chorar?
-Foi só daquela vez. Não volta a acontecer. - Ivy estava a tentar manter a paciência. Era um ponto sensivel para ela.
-Anda lá, rapariga. Para quê tanto orgulho quando todos aqui já sabem como és na verdade? Menininha que tem medo do escuro.
-Tu disseste-lhes?!
-Bem, que outra justificação querias que eu desse para o facto de termos dormido juntos? - respondeu descontraídamente o shinobi.
-ÉS UM IDIOTA! - Gritou ao atirar as almofadas na cara de Zehel
-'TÁS PARVA?!
Aí e por apenas motivos infantis começaram numa luta igualmente infantil. Murros, pontapés, arranhões, dentadas tudo contou para a pequena briga. No andar de baixo, Richild e Gisla acabavam de arrumar a cozinha e só ouviam o barulho de coisas a bater.
-Que se passará ali em cima? - indagava Richild com um sorriso um tanto perverso nos lábios
-Nem quero saber - Gilsa respondeu entre os dentes. - com licença. - e foi para o seu quarto.
De volta ao quarto, os kiri-nins estavam descabelados e exaustos do pequeno arrufo. Até que Ivy decidiu ceder por fim.
-ESTÁ BEM! Só porque tenho que acordar mesmo cedo amanhã! - deitou-se na cama e tapou-se de costas para o rapaz.
-Não consegues é ir para longe de mim - diz o rapaz com um sorriso vitorioso. - Boa sorte para amanhã.
-Como queiras.

E dormiram.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dark_Akira

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Mafra
Número de Mensagens : 1493

Registo Ninja
Nome: Zehel Matsuri
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5225
Total de Habilitações: 359

MensagemAssunto: Re: Missão rank C - Disputa entre Pescadores   Qua 15 Jan 2014 - 21:43

Os dois shinobis acordaram quase em simultâneo abrindo os seus olhos para a escuridão do quarto. Um relógio irritante tocava freneticamente irritando profundamente os dois que partilhavam o quarto.

- Já percebemos que é para levantar! - grita o rapaz de cabelos negros cobrindo as suas orelhas com a sua almofada.
- Então levanta a bunda para desligar aquela porcaria. - riposta Ivy empurrando o corpo molengão do kendoca que estava mais perto do despertador.

Colocando a mão por cima do objecto fazia com que o barulho que os incomodava se cala-se de uma vez. Os dois vestiram as suas roupas bastante rápido descendo ao piso inferior para se dirigirem às suas posições.

- Hey Zehel! As tuas armas. - fala a rapariga apontando para as duas impact guns e a Senshi no ken encostadas a um canto.
- Hoje não vou precisar delas, agora mexe-te, temos trabalho a fazer. - respondia o Zetsubõ continuando a descer as escadas.

Ao chegarem ao piso inferior já Patch se encontrava pronto para também partir com Ivy, indicando sem perder um segundo a direção da casa do homem que andava a passar informações Zehel partiu para a sua missão deixando os preparativos nas mãos deles os dois.
Apressaram-se os dois a chegar ao estaleiro já estando lá uma boa quantidade de homens a preparar os barcos, Patch confiava em cada um deles muito pessoalmente e ali não haveria qualquer tipo de traição. Querendo apressar todo o demorado processo, também eles os dois meteram as mãos à obra. Ivy estava livre agora, já podia usufruir do seu chakra pelo que não hesitou em concentrar uma grande quantidade da sua energia ao levantar dois sacos de material pesado, colocando-os aos seus ombros fazendo os seus músculos trabalharem a força deslocou-se até ao barco para deixar o material. Voltava ao sitio inicial onde ia buscar dois sacos e os acartava de novo, recorrendo à sua força, até aos barcos repetindo o movimento inúmeras vezes.

Enquanto os 4 barcos iniciais eram preparados, uma sombra vestida de negro deslocava-se furtivamente por entre a erva de uma montanha. Moldando o seu chakra nos seus pés certificava-se de que não perdia a tração sobre a erva húmida que ele pisava. No sopé da colina uma cabana de madeira negra aguardava imóvel, avançando em velocidade o rapaz dava um salto para a parede da cabana subindo pela parede até ao telhado sem fazer um barulho. Focando o seu chakra e fechando os seus olhos segurava um selo procurando por vestígios de chakra nos seus arredores, o chakra chie ainda não era totalmente dominado por ele mas pelo menos na zona da cabana conseguia fazê-lo. Descendo do telhado para avançar sobre a porta, o shinobi foi surpreendido por uma pá de metal a ser direcionada contra a cara dele, apanhado de surpresa ele não se conseguiu desviar da ferramenta sendo atingido em cheio na sua cabeça fazendo-o cair ao chão.

Uma onda de dor atravessou o seu crânio todo, mas logo ele se abstraiu dela ao receber um forte pontapé em cheio no toráx fazendo outra onda de dor cobrir o corpo do jovem antes que ele pudesse reagir. Aguardando o próximo ataque o kiri-nin já estava preparado e ao ver a perna do homem a aproximar-se perigosamente dele de novo deixou-se atingir de propósito aguentando o novo impacto e virando-se para cima. Com uma quantidade considerável de chakra na boca expeliu um katon Endan para a cara do homem dando-lhe a oportunidade perfeita para um contra-ataque. Apoiando as mãos no chão elevava o seu corpo de barriga para cima num movimento atlético e em simultâneo conduzia o seu pé em cheio no estômago do homem, continuando apenas com as mãos no chão subia até um pino e rodando o seu corpo dava uma patada na bochecha do homem com o seu outro pé terminando num salto com a repulsão dos braços. Caído no chão o homem ficava inconsciente, pegando nele como um saco de batatas o shinobi apressou-se a voltar ao estaleiro com o "Traidor".
----------------------------------------------------------------------

Já Ivy se deslocava em alto mar falando alegremente com o capitão destacado para a frota de 4 barcos fortemente armados.

- É imperativo que vocês se mantenham o mais próximo possível e que fiquem bastante imóveis, não vamos conseguir ver muita coisa pelo que precisamos de nos guiar muito bem pelas bússolas. - referia a rapariga olhando o mapa como se percebesse realmente onde estavam.

- Capitão! Estamos a chegar à posição desejada! - gritava um dos homens na proa do navio.

Ivy não perdia sequer tempo, saindo a correr para a ponta do navio começava a fazer uma série de selos e a focar a maior quantidade de chakra que conseguia, existia imensa água no local pelo que o problema seria ela ter chakra suficiente para fazer o manto denso e grande de névoa.
- Kirigakure no Jutsu! - exclama a rapariga abrindo os seus olhos e deixando o seu chakra cobrir o meio envolvente.

Com o jutsu a rapariga fazia a névoa levantar-se de modo a cobrir os navios que se juntavam o mais possível ficando eles todos colados uns aos outros e com as suas ancoras baixas, deixando-se cair para trás sentia a humidade do ar a adensar-se imenso na sua face dormente. Sentindo-se a desmaiar devido ao uso da grande quantidade de chakra dois marinheiros vieram logo pegar na rapariga pelos braços levando-a para um sitio mais seguro. Totalmente abrigados no meio da névoa restava apenas aguardarem pelos sons dos canhões.
----------------------------------------------------------------------------------------

Já dentro de um barco, a tríade de embarcações que Zehel liderava a formação destes enquanto se iam deslocando para a posição. Correndo de um lado para o outro ajudava os tripulantes a empurrarem os canhões para ficarem voltados para a frente, utilizando toda a sua força de braços focava o seu chakra nos seus bíceps fazendo com que a arma de fogo se movesse. Estavam armados com canhões e arpões que não hesitariam em utilizar para devastar os barcos dos inimigos, já para não falar do shinobi.

- Ás vossas posições! - gritava um dos homens fazendo os 3 barcos ficarem em posições de combate com o aproximar do local de encontro com os oponentes, em pano de fundo podia ser vista uma linha de embarcações que aguardava calmamente a chegada da pequena frota restante a Patch. Deslocando-se para a ponta do navio o kiri-nin sentou-se de pernas cruzadas começando a aglomerar uma enorme quantidade de chakra e desenhando uma longa série de selos com as suas mãos, fazia as coisas com calma abstraindo-se do meio envolvente para que o jutsu fosse o mais eficaz possível.

O confronto começara com o avanço dos cerca de 10 barcos do inimigo que iniciaram o seu movimento em direção à frota inimiga disparando bolas de canhão. No momento do estrondo das armas oponentes Zehel completava o seu jutsu fazendo um imenso dragão aquático surgir a proteger o barco, mantendo a sua concentração no ninjutsu o rapaz fazia o dragão erguer-se no ar e abrir a boca caindo como um projéctil contra uma das embarcações dos oponentes rachando-a ao meio. Nesse momento saindo do nevoeiro os outros 4 barcos da frota de Patch iniciaram a sua marcha colocando-se na retaguarda da linha de embarcações da frota inimiga. Focando o chakra de novo o kiri-nin protegia as 3 embarcações com o seu dragão de água ao fazê-lo interceptar as balas, sentado na proa e tentando invocar ao máximo o seu chakra o jovem Zetsubõ sentia as suas forças a serem sugadas muito rapidamente, pelo que viu-se obrigado a recorrer ao seu doujutsu para procurar obter o chakra necessário para manter durante mais uns momentos o ninjutsu de grande porte. 

Do outro lado da fileira inimiga Ivy corria juntamente com todos os marinheiros levando nos seus braços uma das bolas de canhão para carregar a sua arma, os tiros voavam  na sua maioria contra os barcos dos oponentes que eram apanhados na excepcional estratégia concebida pela dupla de shinobis, um a um os barcos inimigos iam sendo aniquilados pelas balas e pelas investidas do dragão aquático de Zehel...
Voltar ao Topo Ir em baixo
tsumi-chan

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Feminino
Idade : 21
Localização : Mafra
Número de Mensagens : 25

Registo Ninja
Nome: Ivy Tsumi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 600
Total de Habilitações: 36

MensagemAssunto: Re: Missão rank C - Disputa entre Pescadores   Sex 17 Jan 2014 - 0:17

A vantagem numérica do inimigo não era muito grande, mais ainda assim, num combate deste tipo, podia fazer bastante diferença. Ao sinal de Zehel, que seguia na embarcação da frente, as embarcações de Patch começaram o seu contra-ataque. A acompanhar o dragão aquantico do kiri-nin estava dezenas de bolas de canhão a ser arremessadas.
Ivy corria de um lado para o outro no barco onde seguia, ajudando os homens a carregar as munições para os canhões e a armar os mesmo. Enquanto isso, nos bracos que seguiam na frente, Zehel continuava a concentrar o seu chakra para mantar o ninjutsu. A vantagem inimiga então começou a desvanecer-se até a vantagem ficar para o lado de Patch e dos shinobis.
No meio da batalha Ivy viu um dos barcos da frente ser derrubados, e o seu coração deu um pulo, só se acalmou quando viu que o ninjutsu continuava ativo, o que significava que o seu companheiro de missão continuava bem.
A chuva de pólvora continuou até só sobrar um barco inimigo. Sem ter como retaliar, aceitaram a derrota. Já no porto adverário, Patch pediu para falar com o lider dos inimigos, que lhes explicou a sua história.
Tinham vindo de outras vilas buscando ter na pesca algum sustento para as suas famílias, encontrando apenas o conflito e a discórdia, e bastante prejuizo inútil no armamento. Comovido pela história, e percebendo que afinal ambas as partes tiveram a sua cota parte de culpa por terem recorrido imediatamente ao conflito armado, sem antes tentarem uma abordagem mais pacífica, Patch ofereceu-lhes uma parceria e a partir daí, as duas empresas começaram a pescar em conjunto.
-Afinal, tudo se poderia te resolvido a falar - suspirou a herdeira dos Tsumi.
-Como muitas outras coisas se poderiam resolver a falar, em vez de ser à catanada. - responde Zehel com um sorriso provocador.
-Isso foi alguma indireta, Matsuri?
-Não, nada.... - ainda assim, manteve o mesmo sorriso.
Patch agradeceu aos dois oferecendo-lhes um peixe enorme, feio, que eles nunca antes tinham visto, e que duvidavam que teriam estomago para o comer depois de o verem assim.
-Não se preocupe, Patch... o caminho é muito longo - explicava Ivy - estamos já bastante cansados, o ideal seria viajar com o menor peso possivel - mantinha o sorriso educado de sempre.
-Eu entendo... mas sempre que precisarem de alguma coisa, na hesitem em aparecer por aqui. - dizia grato o pescador.
Depois de todas as despedidas, seguiram o seu caminho. Acabaram por encontrar uma carroça de vendedores ambulantes que seguia para a vila a qual não hesitou em dar-lhes boleia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dark_Akira

Membro | Kiri
Membro | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Mafra
Número de Mensagens : 1493

Registo Ninja
Nome: Zehel Matsuri
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 5225
Total de Habilitações: 359

MensagemAssunto: Re: Missão rank C - Disputa entre Pescadores   Sex 17 Jan 2014 - 10:12

A missao terminou, podem reservar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dorou

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Belem/ Pa - Brasil
Número de Mensagens : 2883

Registo Ninja
Nome: Azura Inugami
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 16915
Total de Habilitações: 349,5

MensagemAssunto: Re: Missão rank C - Disputa entre Pescadores   Sex 17 Jan 2014 - 12:12

reservo... e.e
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dorou

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Belem/ Pa - Brasil
Número de Mensagens : 2883

Registo Ninja
Nome: Azura Inugami
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 16915
Total de Habilitações: 349,5

MensagemAssunto: Re: Missão rank C - Disputa entre Pescadores   Dom 19 Jan 2014 - 17:18

Tsumi-chan

HN
Ninjutsu: 1,75 + 0,75 = 2,5
Taijutsu: 3,25 + 0,25 = 3,5
Kenjutsu: 3,5 + 0,25 = 3,75
Genjutsu: 3
Selos: 1,25 + 0,25 = 1,5
Trabalho de Equipa: 2 + 1 = 3


HC
Força: 2 + 0,5 = 2,5
Agilidade: 2,25
Controlo de Chakra: 4,5 + 0,75 = 5,25
Raciocínio: 5,25 + 0,25 = 5,5
Constituição: 2,25

3 + 1 TE/7

Total: 32 + 4 = 36



Zehel festeiro

HN
Ninjutsu: 26,75 + 0,75 = 27,5
Taijutsu: 15 + 0,25 = 15,25
Kenjutsu: 19,75 + 0,25 = 20
Genjutsu: 7
Selos: 13,25 + 0,5 = 13,75
Trabalho de Equipa: 5 + 1 = 6

HC
Força: 16 + 0,5 = 16,5
Agilidade: 25,25 
Controlo de Chakra: 35,25 + 1,25 = 36,5
Raciocínio: 8,25 + 0,5 = 8,75
Constituição: 23 + 0,75 = 23,75

4,75 + 1 TE/6

Total: 190 + 5,75 = 195,75


Comentários:
Missão fofinha, romântica e boa de se ler (apesar de ser intemrinável -.-) xd Só acho que o fim foi muito rápido e que o ganho de habs da Tsumi foi muuuito inferior xd


Atualizado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado





MensagemAssunto: Re: Missão rank C - Disputa entre Pescadores   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Missão rank C - Disputa entre Pescadores
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Kirigakure :: Missões :: Missões Arquivadas-
'); }