Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 F12 - Kinen

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
BigBoss

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Número de Mensagens : 1654

Registo Ninja
Nome: Kride Uchiha
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 296,5
Total de Habilitações: 291,25

MensagemAssunto: F12 - Kinen   Qui 16 Maio 2013 - 17:38

Os sentidos voltavam-me, lenta e suavemente, à medida que a luz me despertava. Abri os olhos. Estava imerso num branco eterno, sem fim aparente no horizonte. Recuperei completamente o controlo do meu corpo e comecei a andar em frente. Aquilo não poderia ser real, mas parecia ser. Os meus olhos veriam através de qualquer ilusão. Não era um genjutsu.
- Onde estou? - perguntei àquele vazio. Para minha surpresa, ele respondeu.
- Uchiha Kride, este lugar chama-se Kinen - Respondeu uma voz.
- O que é isto? Como é que vim aqui parar? Como saio daqui? - indaguei.
- Sobreviveste à toxicidade do Mako, em que estás submerso - informou a voz - Mas as memórias contidas na energia começam a entrar em contacto contigo.
- Então estou em ligação com o Jinsei Nagare? É isso?
- Hai, exactamente - retorquiu a voz que ecoava pelo branco sem fim - O Kinen vai tentar absorver as tuas memórias. E talvez te mostre as de outrem. É uma incógnita - pausou por breves momentos - E se falhares, perderás o teu ser para o Fluxo da Vida.
Olhei em volta, tudo continuava na mesma. Pelo som era me impossível descobrir a localização da voz que falava comigo. E se o que dizia era verdade, estava prestes a reviver acontecimentos que tentava a todo o custo afastar da minha mente.
- Devemos começar? - questionou a voz, interrompendo os meus pensamentos.
- Espera... Ainda não respondeste como saio daqui! E eu tenho mais uma pergunta.
- Vence o Kinen e estarás livre. Falha e sê parte dele para sempre - respondeu, serenamente - Qual a outra pergunta?
- Quem és tu? - disse por fim - Kinju? O próprio Kinen? - Ouvi uma gargalhada leve, quase de troça.
- Nenhum deles... Eu sou outro... ser - afirmou - Descobrirás a minha identidade se venceres o desafio que te é proposto.
- E o Fujin, como é que ele está? - indaguei.
- Queres dizer... Roatsu?
- Hai, hai!
- Ele sobreviveu também e encontra-se no seu próprio Kinen... Não te preocupes, ele está com o meu irmão.
- O teu... - antes que conseguisse acabar fui interrompido.
- Fazes demasiadas perguntas. Hajime! - gritou.
Fui sugado para trás, rodopiando a uma velocidade estonteante. Perdi um solo para me suportar e a noção, que já era pouca, de um horizonte. Várias imagens voaram e passaram, por mim e algumas através do meu corpo, deixando-me na dúvida se eram elas intangíveis ou eu próprio. A rapidez com que tudo acontecia parecia estar cada mais mais elevada e subitamente, tudo parou...
As minhas pálpebras agarravam-se uma à outra, com bastante afinco, e eu sentia-me de alguma forma diminuído. Forcei os meus membros e consegui algum tipo, ainda que reduzido, de movimento do meus membros superiores. Um esforço mais, e consegui um ligeiro deslocamento dos inferiores. Enquanto abraçava esta realidade, talvez nova, talvez não, folguei a primeira lufada de ar. Estava vivo, estava a nascer. Pela primeira experiência ficara dependente e uma e outra vez, tantas outras, respirei e do frágil bebé surgiu uma criança menos débil. A criança corria e saltava, e eventualmente começou a aprender as habilidades de um ninja, mesmo em tenra idade. Uma vez mais, as memórias avançaram para outro ponto, mais uma vez, e este não seria tão agradável ou fácil como os outros.
Agora segurava uma kunai, abrindo uma porta, revelando duas sombras em contraluz com a tonalidade alaranjada do por-do-sol que pintava aquela cena, tantas vezes em pesadelos. O homem segurava uma arma idêntica próxima da garganta da rapariga, que chorava, mas desta vez seria diferente. Antes que a fria lâmina fina cortasse e deixasse o sangue correr e acabasse por ir tornar a rapariga gelada, atirei a kunai na sua direcção. Só que não era o eu criança daquela altura que o fizera, era o meu eu actual e crescido com um fio atado, prendendo o braço e afastando-o, parando a sua tentativa de homicídio.
- Isto... não estava... planeado... - disse o homem, enquanto outras três kunais voaram e se lhe prenderam à volta do pescoço e da perna, com os fios a que seguravam.
- Pois não - puxando as várias cordas, com bastante força - Isto é a minha mente, eu faço o planeamento, eu faço as regras! - O seu corpo voou na minha direcção e eu rodopiei, sobre mim próprio, retirando a minha Kusanagi e fi-la entrar-lhe pela barriga a dentro, trespassando-lhe as entranhas, deixando a espetada na parede, com a ajuda de outras algumas kunais nos membros da mesma. De súbito, dois braços agarram-se à minha perna e uma cara sorridente, com o rasto de lágrimas recentes no rosto.
- Harigato, nii-chan.
- Eu não falharia uma segunda vez, Miyuki.
Antes que pudesse dizer qualquer outra coisa, todas essas memórias desvaneceram e avançaram, e em letras bem grandes de poeira feita de memórias, surgiu " Bem-vindo ao Kinen", escrito em Kanji. Com rápidos movimentos, dilacerei a mensagem, com a lâmina da minha espada e como resposta recebi durante horas sem fim, memórias, minhas e alheias, e por horas imensas lutei, cortei, matei. Mas não havia fim e o Kinen não parecia ceder. Poderia ser infinito?, as questões começavam a inundar-me a mente, estaria já morto? Seria este o meu castigo pelos meus actos?.
Tanto tempo passou, ou assim pareceu, e lentamente eu me perdia. Golpe após golpe, um pouco se ia e no fim, era tudo tão deturpado e incerto. Uma vasta montanha se oponha ao meu caminho. A sua altura era colossal e o seu relevo íngreme. Estava cansado e confuso, enquanto observava a grande elevação rochosa perante os meus olhos. Não me lembrava do meu próprio nome e respirava forçadamente, quase como se me tivesse esquecido de como o fazer. Um homem, de vestes tradicionais, de cor vermelha, com cabelos brancos e grisalhos e com a pele enrugada, aproximou-se.
- Podes me dizer que dia é hoje, jovem? - pediu.
- Gomen, eu não sei - dei resposta.
- E em que estação estamos?
- Eu... não sei... - proferi, devolvendo a mesma respondendo.
- Porque seguras essa espada? - fez uma pergunta mais, o velho - Não te vou magoar.
- Eu... não... sei! - repeti.
- Não pareces saber muita coisa...
O homem pareceu crescer um bocado, e os cabelos voltaram-lhe a ser castanhos e também a barba, que ao contrário do corpo perdeu tamanho, deixando uma camada visível de pelos aparados, bem curtos.
- Finalmente - disse o homem rejuvenescido - Consegui recuperar a minha antiga forma! Não gosto de ser velho. Bem, não será por muito tempo, visto que eu não pretendo fugir do Fluxo. Diz-me, jovem, quem és?
- Eu... não sei! - gritei, farto de perguntas e da mesma resposta, que era a única que conseguia dar.
- Ergues uma espada, no Kinen, hmm... Lutas, portanto... Mas, porque lutas? Ah, com certeza não o saberás - disse o homem, em monólogo. Depois virou-se e olhou-me - Eu estive aqui, uma vez. Eu sei a maioria das respostas, mas não tas posso dar... - o seu corpo começou a desfazer-se em pó, lentamente, começando pelos membros inferiores - Oh, chamam-me de volta. Tu! - chamou-me - O que te foi tirado encontra-se no topo da montanha, mas para lá chegares tens de te lembrar. Lembra-te quem és, porque lutas, sempre. Não te esqueças... Conhece a verdade na montanha... - disse antes do seu corpo formar um monte de pó, no chão.
Com apenas um caminho por onde seguir, corri montanha acima. Da primeira vez, escorreguei e caí. Da segunda, alguns fragmentos menos coesos soltaram-se, arrastando-me consigo. Tantas outras tentei e caí sempre. Em mais que uma vez, quase pisara o cume, mas a montanha forçara-me para baixo com alguma força desconhecida ou uma parede invisível. Trepei e saltei e corri, e sempre embatia contra a barreira. No meio de tantas tentativas falhadas, vi, ainda que apenas num vislumbre, vi o meu reflexo. Os meus olhos viram mais que isso, viram o outro lado. Enquanto caía, atirei uma corda contra o grande rochedo e voltei a propulsionar-me num salto. Desta vez, choquei com a testa na parede invisível, colocando os meus olhos o mais perto dela possível. A montanha inverteu-se surgiu na mente de um homem, que se encontraram do lado oposto da barreira durante todo este tempo. Com um raio a parede quebrou-se em milhares de pequenos pedaços menores, com o ruído de vidro a quebrar-se. O raio saíra do meu braço, mas eu não controlava tal alinhamento...
Estava agora, de volta ao branco sem fim, com o homem que mantivera o genjutsu até agora, este quebrara-o em pouco tempo, depois de eu o ter invertido com o meu doujutsu. Era extremamente parecido comigo, ainda que fosse loiro e o seu cabelo fosse mais comprido, e aparentasse ser mais velho.
- Estás quase a vencer o Kinen... mas antes, quem és tu e qual o teu motivo? - indagou o homem.
- O meu nome é Kride Uchiha e o meu motivo é vingança. Não... - interrompi-me a mim mesmo - É mais que isso, mais que vingança, é justiça!
- Muito bem, então vence-me!
Corremos um na direcção do outro e quanto estávamos ao mero esticar de um braço, ambos libertamos um raio pelas mãos. Estes tocaram-se e lutaram-se por um pouco, e então ambos cederam e uma explosão ocorreu, resultando num enorme flash.
Ouviu-se vidro a partir-se mais uma vez, mas desta vez eu caí em cima dos pedaços do mesmo, juntamente com uma enorme quantidade de Mako líquido espalhando-se pelo chão. Isto era real... Suportei-me sobre um joelho e depois sobre ambos os pés. Arremessei mais um trovão em direcção à cápsula que prendia Fujin, quebrando-a e libertando-o. Olhei em volta, todos os outros nove membros da Kitsune encontravam-se em cápsulas. No centro ligado a todas as outras cápsulas, estava Kinju. Arremessei várias kunais com papéis explosivos contra os cabos que ligavam à cápsula central e de seguida, aproximei-me de Fujin e ajudei-o a levantar-se e comecei a arrastá-lo através do local. Um pouco depois, formando um selo com as mãos, fiz os papeis explodirem. Uma forte luz vermelha surgiu, acompanhada de um alarme, bastante irritante. Isto era a Shinra e nós estávamos longe de estar livres daquele lugar...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rich

Moderador | Konoha
Moderador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 19
Localização : Não olhes para trás neste momento...
Número de Mensagens : 1766

Registo Ninja
Nome: Uchiha Takeshi
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 630
Total de Habilitações: 257,5

MensagemAssunto: Re: F12 - Kinen   Qui 16 Maio 2013 - 18:17

Iloooooove it! Congrats bro. Este teu novo filler está muito bom. Fiquei um pouco confuso na parte da parede invísivel e a montanha feita na mente do homem e não percebi nada disso, mas o antes e depois disso ficou muito bom mesmo. Mais uma vez, congrats!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://senpai-k.tk
BigBoss

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Número de Mensagens : 1654

Registo Ninja
Nome: Kride Uchiha
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 296,5
Total de Habilitações: 291,25

MensagemAssunto: Re: F12 - Kinen   Qui 16 Maio 2013 - 19:36

Arigato, Rich. A montanha apareceu na mente do homem, porque o Kride inverteu o genjutsu com o Sharingan. A cena da parede será explicada futuramente, mas tu já devias saber o que era u.u
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sennin

Administrador | Suna
Administrador | Suna
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 23
Localização : Your mom's rear
Número de Mensagens : 7042

Registo Ninja
Nome: Kaito
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 500
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: F12 - Kinen   Dom 19 Maio 2013 - 3:25

Tinhas tantas coisas incríveis para explorar neste filler e acabaste por não explorar nenhuma :< Continuas a andar a correr, o que é pena, dadas as excelentes ideias que tens. Com um bocadinho mais de descrição, tinhas um filler brutal.
Anyway, estou a gostar da tua história, continua ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
F12 - Kinen
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Konohagakure :: Fillers :: Fillers Arquivados-
'); }