Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 [A Flor e o Tigre de Konoha] 15 - O Espelho (Última Parte)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Hana

Conselheiro | Konoha
Conselheiro | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 22
Localização : In your mind ;)
Número de Mensagens : 3255

Registo Ninja
Nome: Hana Yamanaka
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 7945
Total de Habilitações: 362,5

MensagemAssunto: [A Flor e o Tigre de Konoha] 15 - O Espelho (Última Parte)   Seg 8 Abr 2013 - 21:51

Filler
Título com Link
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
[url=]Hanami High School (Parte Final)[/url]
11
12
13
14
15


A Flor e o Tigre de Konoha
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------
Saga Conjunta - Yamanaka Hana e Nara Tora

Filler 15 - O Espelho (Última Parte)

Citação :
Hana = Hana Original
HanaF = Hana Falsa
Tora = Tora Original
ToraF = Tora Falsa


Hana acordara um pouco zonza e se lembra do que acontecera, sua cópia havia morrido para salva-la e feito a Yamanaka dormir para não tentar cura-la.

_ Hana-chan? – diz Hana ao ver sua cópia morta ao seu lado. _ Hana...-chan? – murmurou ela com os olhos cheios de lágrimas. ”Quanto tempo deve ter passado? Será que foram menos de seis horas?”, pensou a Yamanaka com uma ideia em mente. Rapidamente ela pega sua cópia no colo e corre na direção do chakra de Tora.

Nara Tora estava muito ferida e desacordada, próximo à ela estava a cópia morta. Muito sangue e destruição demonstrava que a luta entre as garotas Nara não havia sido tão pacífica quanto das Yamanaka.

_ Tora-san? – falou Hana após colocar o corpo de HanaF ao lado de ToraF. _ Tora-san, estás bem? – perguntou de novo agora a checar os sinais vitais da amiga. _ Tenho que ser rápida, preciso curar Tora-san o mais rápido possível. – diz a loira a criar o escudo rosa sobre a amiga e após pouquíssimos minutos cancelá-lo.

_ Hana-chan? – falou Tora com uma voz baixa. _ Estou com muita dor, não podes me curar mais? – e sentou-se com dificuldade, logo observa Hana atrás da árvore caída próxima ao corpo de ToraF. _ Ela está morta, não há o que fazer. – completou Tora.

_ Silêncio, preciso de concentração. – pediu Hana a prender o cabelo em um longuíssimo rabo de cavalo a mostrar sua tatuagem de borboleta na nuca proveniente da kuchiyose. _ Souten Kisshun (Escudo Sagrado da Dupla Celestial)! – fala a loira a criar um escudo rosa que envolve ambas cópias.

_ Hana-chan, o que estás a fazer? – perguntou Tora a usar a árvore para se levantar. _ Trouxe sua cópia também? Que diabos estás a fazer? – indaga novamente a jovem de cabelos azuis.

_ Vou ressuscitá-las. – diz Hana naturalmente com o rosto iluminado pelo reflexo do escudo que brilhava intensamente.

_ Re... re... ressuscitar??? – assustou-se Tora. ” Hana-chan prendeu o cabelo, isso é muito raro. Acho que significa que está a falar sério, mas como?”, pensava Tora a esquecer das dores e pensar na técnica da amiga.

(...)[/b]

[b]_ Pronto.
– falou Hana após algum tempo. Ela estava visivelmente exausta e o suor descia por seu rosto.

_ Hana... –chan? – dizia a cópia e logo observa o sorriso no rosto de Hana. _ Espere, era para eu estar morta? Como você me curou? Eu não posso estar viva senão serei controlada para mata-la. – desesperou-se HanaF a levantar-se e logo observa ToraF a acordar.

_ O que houve? – diz a cópia de Tora.

_ Hana-chan, porque ressuscitou nossas inimigas? – falou a garota Nara a se levantar e pegar seu leque.

_ Deixe-me explicar, usei o Souten Kisshun (Escudo Sagrado da Dupla Celestial) em vocês, eu estive a treina-lo intensamente sempre que tinha tempo livre, descobri que consigo trazer os seres de volta à vida. – falava ela, mas logo seu rosto adquiria uma feição triste. _ Porém, essa nova vida dura no máximo 24h e vocês não tem muito chakra nem força, ninguém as controlará. Não gosto de utilizar isso, me sinto como se estivesse indo contra a vontade divina, ou como se eu brincasse de deus, não gosto disso. – disse ela a olhar para baixo.

_ Sobre as 24h, basta sempre usarmos essa técnica. – sorriu ToraF a pensar somente em viver.

_ Não dá, só é possível ressuscitar uma vez, depois disso meu Souten Kisshun não tem mais efeito. – completou a Yamanaka.

_ Entendo... – sussurrou HanaF. _ Rin, ainda estás aí? – pergunta HanaF a sorrir.

_ Jin, estou sim, irmão. – respondeu ToraF a sorrir e ir até o irmão.

_ Até agora que tenho a mente de Hana vejo você, Tora, como uma irmã. Fico feliz por esse sentimento não ter mudado. – diz HanaF a abraçar a outra cópia.

_ É, acho que aqueles gêmeos tristes se foram, agora somos Nara Tora e Yamanaka Hana de Konoha, amigas e irmãs. – sorriu ToraF.

_ Por que entraram para Nikko? – pergunta Hana ainda exausta, mas a criar um escudo sobre Tora original para terminar de cura-la.

_ Sempre fomos muito brancos e fracos, não tínhamos cabelo, sempre nos parecemos como pequenos monstros. Nossos pais eram pessoas importantes no País do Demônio, seria inaceitável membros da alta sociedade terem filhos tão feios quanto nós éramos. – falava HanaF interrompida pela outra cópia.

_ Nossos pais nos mantiveram presos em um porão por 7 anos, éramos ainda mais fracos por sequer ver a luz do sol, nem animais são tratados tão mal, mas algo em nosso corpo permitia que permanecêssemos vivos. Jin e eu encontramos um pergaminho escondido num fundo falso de uma gaveta, era aquele genjutsu do sono que utilizamos em vocês, ficamos meses a treinar e após muito tempo aprendemos sozinhos. – falava Rin, ou melhor, ToraF.

_ Utilizamos o genjutsu em alguns guardas que iam nos alimentar, roubamos a chave e fugimos no meio da noite. Até hoje me lembro da sensação ao ver o amanhecer, aquela luz feria meus olhos, queimava minha pele, era horrível, pensei que ia morrer. Permanecíamos escondidos em uma caverna durante o dia e só saíamos a noite. Após alguns meses nos adaptamos à luminosidade e podíamos sair pelo dia, mas sempre escondidos na floresta. – dizia HanaF com os olhos cheios de lágrimas.

_ Foi quando surgiu seu pai, ele estava a pesquisar algumas técnicas do País do Demônio e nos encontrou, ofereceu uma família, um lugar onde não tínhamos que nos esconder, um lugar onde seríamos iguais. Claro que aceitamos. Após anos naquela floresta qualquer mão amiga poderia nos enganar. – falou ToraF.

_ Papai então fez muitas experiências, algumas dolorosas, na verdade muito dolorosas, mas nada se comparava à dor de todos anos trancados naquele porão.Toda noite, após as experiências ele se sentava e nos contava uma história, todas envolviam duas kunoichis em suas aventuras, elas eram fortes e defendiam os mais fracos, se tornaram nossas heroínas. – dizia HanaF com um sorriso no rosto por lembrar dessa parte.

_ Eu adorava quando Yamamoto-sama (Yashin, pai de Hana) nos contava histórias para dormir, era tão tranqüilizante, até me esquecia de toda dor das experiências, aquilo foi o mais próximo de amor que nós recebemos de outra pessoa. Era todo dia assim, algumas vezes recebíamos injeções que só causavam vômito e tontura, mas também tinham dias que passávamos por transfusões, exames, choques eram dados no cérebro, alguns órgãos abertos para estudo... enfim, passávamos por tudo aquilo felizes, pois sabíamos que Yamamoto-sama se deitaria conosco e contaria mais uma história das kunoichis. – falava ToraF, nesse momento Hana já estava em prantos e Tora também não podia se conter, as lágrimas escorriam no rosto de todos.

_ Um dia ele chegou e perguntou se queríamos ser as heroínas da história, se queríamos ser amadas por todos, ser fortes, inteligentes, lindas, mas ele sempre destacava ser amada, ter amigos... Era nosso sonho, apesar de sermos felizes com papai, queríamos mais, queríamos ser normais, queríamos ter amigos, ter uma família grande e feliz, sem necessidade de nos esconder. Queríamos ser felizes. – diz HanaF e logo continua. _ Daí treinamos as técnicas para usar em vocês, vocês eram nossa esperança, roubar o lugar de vocês era tudo o que sempre quisemos, ser vocês era nosso sonho. – sorriu HanaF.

_ Pois agora vocês tem um dia para serem como nós. – falou Tora a pedir Hana que cancelasse o escudo e ir até as duas cópias.

_ Tora-san... – sussurou Hana emocionada.

_ Vocês não podem perder tempo, tem um vilarejo aqui perto, corram para lá, aqui tem algum dinheiro, comam o que quiserem, conversem o quanto quiserem, sejam como quiserem. – dizia Tora a entregar dinheiro e estimular as cópias.

_ Tora-san está certa, vocês não tem muito tempo, vivam. – e os olhos de Hana se enchiam mais e mais de lágrimas.

_ Arigatou... arigatou... – chorava ToraF a guardar o dinheiro.

_ Vocês são exatamente como imaginamos, vocês são realmente nossas heroínas. – chorava HanaF a abraçar Tora e em seguida abraçar Hana.

_ Imagina, vocês são as heroínas agora. Sentirei saudades. – chorava Hana a abraçar sua cópia enquanto Tora abraçava a outra.

_ Sayonara... – murmurou Tora.

_ Vamos, Hana-chan, temos muita vida para viver em pouco tempo. – sorriu ToraF a enxugar as lágrimas e pegar a mão de sua amiga/irmã.

_ Ok, Tora-san, acho que vou cortar meu cabelo aqui no ombro, vai ficar bem legal. – dizia HanaF e a dupla sumia no horizonte.

_ Não acredito que ela vai cortar o cabelo... eu nunca cortaria o cabelo curto assim? – falava Hana incrédula com sua cópia.

_ Ai, gata, só você mesmo para cortar todo o clima com um comentário desse, hahaha. – ria Tora a enxugar as lágrimas. _ Vamos, Hana-chan, temos muita vida para viver. – sorri Tora com os olhos inchados a estender sua mão para a amiga/irmã.

_ Ok, Tora-san, acho que quando chegarmos no País do Rio vou colocar silicone. – dizia Hana enquanto ambas caminhavam.

_ AAAAHHHH! – assustou-se Tora e a dupla sumia no horizonte.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jow

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 32
Localização : Hall of Valhalla
Número de Mensagens : 866

Registo Ninja
Nome: Jow Yagami
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 6515
Total de Habilitações: 446,5

MensagemAssunto: Re: [A Flor e o Tigre de Konoha] 15 - O Espelho (Última Parte)   Seg 8 Abr 2013 - 23:51

Acredito que se Hana colocar silicone, o Jow irá gostar muito. Imagina o "balançar" dos seios fartos ao som do Gangnam Style!
Excelente filler senpai, fiquei com lágrimas nos olhos, mas foi por causa de um cisco que caiu enquanto eu lia XD.

Maldita net troll me fez postas duas vezes a mesma mensagem....
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[A Flor e o Tigre de Konoha] 15 - O Espelho (Última Parte)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Konohagakure :: Fillers :: Fillers Arquivados-
'); }