Naruto Portugal RPG
Sê bem-vindo ao Naruto Portugal RPG! Para teres acesso completo ao conteúdo do fórum, deves fazer Login ou Registar-te.



E o ciclo da vida repete-se! As pacíficas vilas voltam a unir-se para combater um mal em comum. Vem conhecer o melhor e mais antigo role play de Naruto, totalmente em português.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Missão de rank A - Escolta

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Tio Tsu

Administrador | Kumo
Administrador | Kumo
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Nárnia, where unicorns tend to live!
Número de Mensagens : 5768

Registo Ninja
Nome: Shikaku Kinkotsu
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Missão de rank A - Escolta   Sab 10 Nov 2012 - 19:11

Rank da missão: A
Titulo da missão: Escolta
Descrição: Alguns membros de uma família bastante importante de Kirigakure tem que fazer uma viagem até Konoha. Os ninjas devem escoltar e proteger a carruagem a todo o custo, visto que seria uma perda enorme para a vila.
Recompensa: 2400 + 2 Scroll`s + 1 ponto de cumprimento
Número de Ninjas: 3 Jounins ou 3 Chunins acompanhados de 1 Jounin
Pessoas Inscritas: Katsu Imagawa (Tio Russo)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.narutoportugalrpg.com/rpg_sheet_edit.forum?tid=12c1c6
Tio Tsu

Administrador | Kumo
Administrador | Kumo
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Nárnia, where unicorns tend to live!
Número de Mensagens : 5768

Registo Ninja
Nome: Shikaku Kinkotsu
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: Missão de rank A - Escolta   Sab 10 Nov 2012 - 19:11

Inscrevo-me ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.narutoportugalrpg.com/rpg_sheet_edit.forum?tid=12c1c6
killer999

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : In your head
Número de Mensagens : 12265

Registo Ninja
Nome: Angelus
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 31866
Total de Habilitações: 693,75

MensagemAssunto: Re: Missão de rank A - Escolta   Dom 11 Nov 2012 - 13:49

Inscrevo-me!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.dragonball-pt.info
killer999

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : In your head
Número de Mensagens : 12265

Registo Ninja
Nome: Angelus
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 31866
Total de Habilitações: 693,75

MensagemAssunto: Re: Missão de rank A - Escolta   Seg 12 Nov 2012 - 16:08

Se ninguem se inscrever hoje, levamos um personagem secundario.

PS: Começas tu Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.dragonball-pt.info
Tio Tsu

Administrador | Kumo
Administrador | Kumo
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Nárnia, where unicorns tend to live!
Número de Mensagens : 5768

Registo Ninja
Nome: Shikaku Kinkotsu
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: Missão de rank A - Escolta   Qua 14 Nov 2012 - 16:29

A névoa afastou-se quando os portões de Kirigakure se abriam lentamente, deixando marcas pesadas sobre o solo por eles arrastado. O frio depressa invadiu os corpos das cinco sombras que por eles passavam, caminhando para o País de Fogo a um passo despreocupado.
A missão consistia na escolta, e defesa, de uma importante família do país até Konoha. O ninja assinalado para esta missão, Katsu Imagawa, não fazia a mínima ideia do motivo de tal viagem. Puras mordomias ou assuntos importantes, de nada importava, unicamente o rank, A, de uma missão que facilmente se lhe atribuiria menos. Lembrou-se das palavras do Mizukage, tentando não esquecer-se que, chegando à fronteira com o País de Fogo, se encontraria com Angelus, o segundo Jounnin que ajudaria na travessia do seu próprio país, servindo também como guia.
A viagem, em si, seria particularmente fácil até à fronteira. A família é demasiado importante, e com muitas influências, para que qualquer pessoa de Kiri se atreva a ataca-las, além disso, guardadas por um Jounnin. Katsu achou que a verdadeira missão começaria quando se reunisse com Angelus. A partir desse ponto, a viagem poderia vir a ser complicada, com muitos obstáculos e contratempos.

Citação :
Desculpa, não tenho tempo e disposição para mais xd. Depois compenso no próximo post ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.narutoportugalrpg.com/rpg_sheet_edit.forum?tid=12c1c6
killer999

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : In your head
Número de Mensagens : 12265

Registo Ninja
Nome: Angelus
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 31866
Total de Habilitações: 693,75

MensagemAssunto: Re: Missão de rank A - Escolta   Dom 18 Nov 2012 - 16:10

A carruagem entrava no País do Fogo, com Katsu a frente. Ao longe o jovem jounin de Kirigakure via um dos seus conhecidos de Konohagakure, Angelus rodeado de outros shinobis da vila da folha assim como mais duas carruagens.

-Bem-vindos ao País do Fogo, espero que a viagem aqui tenha corrido bem e esperemos que assim continue. – Disse Angelus, cumprimentando pessoal Katsu.
-É possível que sejamos atacados agora que saímos de Kirigakure, mas estou a ver que já tens medidas extra - falou o jovem Imagawa ao olhar para as carruagens e o resto dos shinobis.

As três carruagens partiram para Konoha por caminhos opostos, duas delas eram engodos, mas estavam bem protegidas e muito dificilmente seriam perdidas vidas. Angelus ao concentrar chakra libertou partículas especiais de diamante (sensoriais) por todo o terreno, à medida que iam avançando acontecia o mesmo as mesmas, avisando para qualquer inimigo que fosse na direcção da carruagem que Angelus e Katsu estavam a guardar. A viagem estava a correr muito bem e com a distância para a vila de Angelus estar quase reduzida a metade, acontecendo o mesmo com as outras duas carruagens. A missão de rank A, parecia mais uma missão de Rank D, mas tudo estava prestes a mudar, depois do Nakhishi Ryuushi no Jutsu de Angelus detectar presenças inimigas.
O jovem loiro fez sinal para Katsu que de imediato mandou parar a carruagem. O ataque era frontal, Katsu saltava para a primeira fila de ataque, enquanto Angelus perto da carruagem, juntando as suas mãos com uma concentração de chakra para criar diamante a partir do chão, criando pilares de diamante que rapidamente formaram uma cúpula a carruagem no centro. Criando de seguida uma parede de diamante para tapar o resto da abertura para o exterior. Os shinobis não queriam correr qualquer perigo, porém o condutor da carruagem, um chuunin de kirigakure, ficara junto da mesma, dentro da cúpula, para proteger a mesma se a defesa sofresse uma falha.
Os inimigos começavam a aparecer, eram nada mais que uns homens armados com algumas armas ninjas, muito provavelmente seriam seguidores de alguém e este primeiro ataque seria para identificar a verdadeira carruagem, para que os líderes avançassem.
Essas amostras de shinobi corriam em direcção de Katsu, enquanto Angelus acaba de criar a parede de diamante. Mostrando grande poder físico o Imagawa correu na direcção de alguns desses oponentes, com o seu braço em forma de gancho, rodando cabeças pelo ar. Angelus juntava-se ao jounin de Kiri, atacando os inimigos com poderosos palmadas afastando-os do abrigo da carruagem, os homens iam caindo e não se conseguiam levantar, cada toque que o jounin dava, com uma pequeníssima quantidade de chakra implementava o seu famoso Suji Haji Fuuin.

Duas bolas de fogo foram lançadas na direcção de Katsu, que se livrava de dois inimigos, com uma rotação no ar, atingindo de seguida os mesmos com duas poderosas cotoveladas no pescoço, levando-os directamente para o outro mundo. Ao ver as bolas de fogo a irem na sua direcção, o Imagawa deixou escapar um pequeno sorriso – Finalmente alguma acção a sério – proferiu o shinobi concentrando chakra no seu corpo, expeliu da sua boca uma grande dose de água. Surfando nessas ondas criadas, Katsu avançou para os inimigos, passando pelo meio das bolas de fogo, deixando-as apenas como vapor de água.
Sacando das costas duas katanas, os dois homens avançaram sem medo para o surfista, saltando para escapar as ondas, as lâminas perfuraram o jounin, mas para azar dos seus oponentes o mesmo não estava ferido e estes não conseguiam puxar as lâminas do corpo do jounin, que havia ser convertido em água, agarrando os braços dos mesmos puxou-os para si, enquanto dava balanço a sua cabeça, investindo duas poderosas cabeçadas, deixando-os estendidos no chão, enquanto tirava as lâminas do seu corpo.
Alguns homens juntaram-se e lançaram para o ar uma espécie de luz indicadora, para os seus chefes, das três lançadas em cada caminho percorrido pelas três carruagens, uma delas era de cor diferente, indicando aos chefes que seria aquela a verdadeira. Os shinobis de Konoha rapidamente neutralizavam os inimigos, partindo para auxiliar a carruagem principal de um verdadeiro ataque, mas a distância era muito longa e iriam demorar quase um dia para chegarem a carruagem.
Um grupo de inimigos avançava para a cúpula, Angelus proferia - Juukenhou - Hakke Hyakunijuuhachi Shou – avançando para os inimigos, distribuindo cento e vento e oito golpes entre eles, deixando-os caídos com hemorragias internas.
Aqueles que ainda se aguentavam, fugiam do local, Angelus tirando uma kunais de três pontas da sua bolsa, atirou-a com bastante força, passado a frente dos inimigos e com uma pequena concentração de chakra apareceu a frente dos mesmos graças ao seu Hiraishin no Jutsu.
Os inimigos pararam de se movimentar, assim que o Jounin apareceu a sua frente, enquanto angelus sorriam, depois de prender todos aqueles inimigos no seu Genjutsu Shibari, impedindo os mesmos de se movimentarem. Levantando o braço, fazendo sinal para Katsu, o jovem de Kirigakure, cuspiu uma pequena quantidade de ácido para cima dos inimigos.
Todos tinham sido derrotados e Angelus desfazia as paredes de diamante através do seu Naiya shou, enquanto Katsu, fazia uma monte com os inimigos que ainda poderiam falar, para sacar informações.

A família estava a salvo até agora, mas os chefes deste grupo sabiam agora que caminho a carruagem estava a levar e as restantes equipas estavam a um dia de distância da mesma para qualquer ajuda. Os dois jounins sabiam que estavam por sua conta e que rapidamente iriam ser atacados, antes que ficassem muito perto da vila para qualquer ataque.


Citação :
desculpa a demora, mas isto tem andado complicado!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.dragonball-pt.info
Tio Tsu

Administrador | Kumo
Administrador | Kumo
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Nárnia, where unicorns tend to live!
Número de Mensagens : 5768

Registo Ninja
Nome: Shikaku Kinkotsu
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: Missão de rank A - Escolta   Seg 26 Nov 2012 - 19:57

- Eu posso teletransportar-me para a carruagem da família com o Hiraishin, mas assim iriamos separarmo-nos… - Refutou o loiro para Katsu, que discutiam entre si um plano para poderem defender a carruagem principal mediante o tempo urgia.
O Imagawa suspirou, olhando para o horizonte da estrada. Não desejava separar-se do companheiro de equipa, mas a situação induzia para que tal acontecesse.
- Então vais e defendes a carruagem até Konoha, eu trato de eliminar qualquer inimigo que tente seguir-vos. - Propôs o Jounnin de Kiri com um novo plano em mente e sem retirar os olhares do horizonte - Eles não vão atacar só a família.
- Sim, também sinto que muitas das forças vem atacar esta e, provavelmente, a outra. Também vais tentar defender a terceira?
Katsu soltou uma gargalhada sarcástica - Não consigo e acho que não vais ter disponibilidade para os ajudar. Vamos esperar que eles sobrevivam a tempo dos nossos reforços. - Olhou e viu três Nukkenins a aproximarem-se - Agora vai, já tenho com que me entreter.
Angelus consentiu, olhando também para a nova equipa de inimigos que se aproximava. Desejou boa sorte ao companheiro de equipa e depressa se teletransportou para a carruagem principal, onde já o esperavam as forças principais da pequena armada Nukkenin.
O Imagawa, sem desviar o olhar, permitiu que os três novos oponentes se aproximassem calmamente, também eles sem desviarem os respetivos olhares. Instalou-se um momento de silêncio, onde se fitavam e analisavam o adversário, sem se mexerem ou revelar um pingo de ansiedade ou medo.
- Deixaram-nos uma única cria? - Perguntou-se uma mulher de cabelos vermelhos com uma voz fina. Vestia trajes extremamente curtos, uma única saia a cobrir-lhe até metade dos fémures e um biquíni a deixar sobressaltar-se os vastos seios. Não trazia consigo uma bandana, impossibilitando a descoberta de qual vila pertencia, mas isso pouca importância fazia para o Jounnin.
- Não te preocupes com isso Kaede - Gargalhou um homem ao seu lado com um corpulento casaco sobre o dorso, onde escondia os seus braços, e umas calças justas e azuis-escuros - Capturamos este e depois vamos atrás da família, quanto mais crias mais dinheiro ganhamos, certo?
A mulher deu consigo a gargalhar, acenando afirmativamente com a cabeça e deixando que os seios saltassem, soltando um sorriso ao homem que acompanhou na gargalhada. Num diálogo entre eles, que faziam o Jounnin e o terceiro Nukkenin sentirem-se excluídos, deu para descobrir que o nome dele era Shigeru.
- Não vos avisei para não revelarem o vosso nome ao inimigo? - Ralhou, secamente, o terceiro homem que se escondia atrás de um grosso manto negro que, ao invés de se estender desde o pescoço, começava no topo da cabeça e cobria todo o corpo como roupa normal até aos pés. Não se notava nenhuma parte do corpo dele, só se podendo saber que era de sexo masculino pela grossa voz dele.
- Tera! Ele não vai sobreviver para espalhar por aí o nosso nome, não te preocupes! - Gritou Shigeru batendo com a palma nas costas do seu companheiro, fitando, por fim, o jovem de Kirigakure - Muito bem, vamos começar?
- Já o devíamos de ter feito… - Retorquiu Katsu, aborrecido, vendo que a mulher de biquíni revelara algum desconforto perante o seu tom seco.
- Criança insolente! - Gritou unindo as suas mãos e começando a descrever algumas figuras - Pirralhos como tu tem de mostrar respeito aos adultos! - Contorceu o seu tronco para trás à medida que engolia uma grotesca quantidade de oxigénio - Katon: Karyū Endan!
Um grande fluxo de fogo foi cuspido da sua boca, incinerando de imediato o ar à sua volta e partindo, com grande impulso, para cima do Jounnin, este que decidiu não se mexer. O impacto foi iminente, causando uma certa dor a Katsu, mas o campo de visão fora facilmente obstruído com a entrada de uma nuvem de vapor. Esse novo fator era inesperado, principalmente por Kaede, levando a que o inimigo hesitasse antes de continuar o ataque.
- Raigen Raikochu! - Proferiu o Imagawa após a dose de chakra certa e os rápidos selos, emanando um intenso clarão de luz que cegara os três oponentes, dando-lhe a abertura para se aproximar, de um salto, para o meio deles, ainda com água do Suika a refazer o seu peito - Suiton: Ryuuchou Yaiba! - Duas lâminas de água moldavam em torno do chakra concentrado nos braços do Imagawa. Ambas sacudiam-se, deixando pingos de água caírem sobre a relva, e olhar dele intensificou-se.
Ainda sobre o efeito dos Genjutsus, Katsu depressa atingiu, de raspão, com uma das lâminas num dos flancos de Kaede, levando-a a soltar um fino gemido. Afastou-a com um rápido pontapé nos seios e depressa se virou para cortar a cabeça de Shigeru fora que, com grande espanto, não soltara nem uma gota de sangue. Tal não distraíra o Imaga, que se encontrava tão entretido com a luta, levando-o a virar-se para Tera.
- Acaba com ele, Tera! - Gritou a voz calorosa da mulher que se erguia com a mão no peito doloroso e passava a outra pelo corte ao lado da barriga, que insistia a soltar sangue.
Uma das lâminas depressa rasgou o ar, visando rasgar também o corpo do bandido. Como defesa, este limitou-se a abrir a sua capa negra, revelando nada no seu interior. Contudo, segundos depois, um monstro, de aparência indiscritível devido à rápida aparição, surgiu e cravou as suas unhas na cara do Jounnin que, sem tempo de fuga ou de concentrar chakra para que o Suika absorvesse o dano, jorrou incontroláveis quantidades de sangue para o solo, ajoelhando-se e apalpando a deformada cara.
Piscou os olhos e percebeu que saíra do Genjutsu. O renegado da capa negra afastara-se, dissolvendo-se nela, dando espaço para que, da cabeça arrancada de Shigeru, se afastassem tentáculos e se unissem outra vez ao pescoço, unindo-os como se fosse massa. O vómito veio-lhe a boca, mas Katsu conteve-se, não escapando dos tentáculos, outrora dedos de Shigeru, que se amealhavam à sua volta e lhe apertavam fortemente o corpo. Atrás, Kaede já estava pronta.
- Shigeru, cuidado! - Gritou antes de voltar a inspirar outra grotesca quantidade de ar - Katon: Gōryūka no Jutsu! - Um gigante dragão de fogo disparou-se da boca da Nukkenin, aproximando-se em grande velocidade do Kirinin e do inimigo que o agarrava.
Estupefacto pelo trabalho de equipa dos mercenários, o Imagawa, por momentos, sentiu-se incapaz de defender-se. Limitou, porém, a espalhar o chakra ao longo do corpo, permitindo que o seu corpo se transformasse em água e se dissolvesse pelos tentáculos, consoantes estes retornavam para Shigeru para ele poder escapar. O impacto contra o dragão de fogo fora facilitada, pois a poça de água sobre a relva era demasiado fina para ser afetada. Com mais uma adição de chakra, a poça de água moldava-se, surgindo de novo o Jounnin.
- Tera, ele escapou de novo! - Exclamou Kaede, claramente frustrada pelos dois erros seguidos - Vou ter de aumentar o tamanho do fogo?
- Não deve de ser necessário - A voz de Tera acompanhava a formação de uma capa negra, aparecendo depois o seu corpo totalmente coberto - Somos capazes de derrota-lo, mesmo que este pareça invencível.
Katsu, por seu lado, percebeu que a equipa que lutava não poderia ser derrotada sem algumas medidas de precaução. Pensou em simplesmente matá-los com uma chuva de ácido e persegui-los caso escapassem, mas não podia afetar a carruagem ao seu lado que tinha de proteger.
Viu-se, então, a correr para dentro da floresta à procura de alguma fonte de água que pudesse usar para seu benefício. Ainda não estavam muito afastados do País das Ondas, portanto parecia perfeitamente natural a existência de rios ou cascatas ali perto, algo que lhe desse uma vantagem numa luta de um contra três.
- Ele vai fugir? - Perguntou Shigeru deixando que os tentáculos voltassem a formar dedos - Anda Kaede, não quero que ele fuja!
A mulher gritou em consenso, acompanhando o parceiro na rápida corrida atrás do fugitivo Jounnin. Tera, por seu lado, decidira não seguir os companheiros, consciente de que eles eram capazes de derrotar o adversário, sozinhos, permitindo-se olhar para a carruagem com curiosidade.
- Preciso de saber a localização deles… - Pensou o Jounnin deixando-se gastar mais chakra - Ukojizai no Jutsu!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.narutoportugalrpg.com/rpg_sheet_edit.forum?tid=12c1c6
killer999

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : In your head
Número de Mensagens : 12265

Registo Ninja
Nome: Angelus
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 31866
Total de Habilitações: 693,75

MensagemAssunto: Re: Missão de rank A - Escolta   Qua 28 Nov 2012 - 20:04

Angelus estava junto da carruagem principal e de alguns membros encarregues de a proteger. Muito perto da mesma estavam as principais forças inimigas… O jovem shinobi ainda agora tinha chegado, mas a sua concentração era perfeita, um ataque era esperado e poderia acontecer a qualquer altura, mas os olhos do bravo shinobi estavam postos no ambiente que o rodeava.

A certa altura, ouvia-se algo forte a partir os grossos ramos das árvores do País do Fogo, caindo na direcção do grupo. – Angelus, eles começaram o ataque! – exclamou um chuunin de Konohagakure que aumentando os seus níveis de chakra atirou fortes rajadas de vento pela sua boca em direcção ao enorme objecto que caia sobre os mesmos.

Apesar de ser feito de pedra, o seu tamanho era enorme e o vendo atirado pelo chuunin não tinha sido o suficiente para a partir, continuando a mesma a cair sobre o grupo. O grupo mal percebera que o objecto era demasiado grande para ser destruído sem grande uso de força que seria necessário para parar o inimigo, avisaram Angelus que estava dentro do mesmo campo que estes e da carruagem que transportava uma família de Kiri. O loiro juntou as suas mãos, enquanto concentrava chakra criando diamante a partir do chão, vários pilares surgiram dos dois lados do shinobi, que se juntaram em forma de cúpula com todo o grupo lá dentro, enquanto a cúpula de diamante era fortemente atingida.

Graças a sua estrutura, o objecto acabou por se partir em vários bocados que caíram pelo terreno, enquanto a defesa criada por Angelus se mantinha intacta sem qualquer arranhão. Tanto o loiro como um chuunin saíram da cúpula, vendo os inimigos a chegarem, deixando Angelus um bocado preocupado, deixando o resto da sua equipa notar a sua preocupação.

Eram cinco inimigos, mas não era pelo número deles, mas sim homem que se encontrava no centro rodeado pelos outros quatro. – Conheces alguém? – questionou um dos elementos ao olhar para o loiro.
- Aquele do meio é Akio Dan, está na lista do bingo book no Rank S de todas as vilas, as suas habilidades são extraordinárias, teremos de nos juntar se o queremos derrotar – respondeu Angelus enquanto retirava um kunais de três pontas.
- E tu és Angelus , mais conhecido por Dragão Dourado e o rapaz que deixaste com três dos meus homens é um recente membro de Kiri, conhecido actualmente por Katsu Imagawa. – falou Akio. A longos metros de distância, as orelhas de Katsu ficaram vermelhas deixando o rapaz de Kiri com a sensação que alguém falava sobre si.
-Talvez seja, talvez não, o melhor será retirares-te e deixares que passemos. – declarou Angelus num tom sério, levando um sorriso a cara de Akio que levantara o braço, fazendo com que três dos seus homens fossem de imediato para o ataque, enquanto o outro lançava várias bolas de fogo na direcção do grupo.

Um dos membros de konoha expelia uma boa dose de água, criando duas grandes bolhas de água que apararam as bolas de fogo, enquanto Angelus saltava por cima destas inspirando uma grande quantidade de ar, criando de seguida enorme lamina de vento, fazendo um corte oblíquo tentando acertar nos três que avançavam, acabando por acertar só no chão, criando uma pequena cratera e muita poeira que era levada para os dois inimigos que ficaram para atrás.
Um dos oponente tentava um ataque directo ao chuunin que ficara de fora, que num ágil movimento se agachou e enfiou um murro na barriga do mesmo, que acabou por se desfazer em lama, aparecendo por detrás do mesmo dando-lhe um forte pontapé nas costas atirando-o para chão.

Com a adrenalina aos saltos pelo corpo, o chuunin respondeu de imediato, concentrando chakra nas suas mãos, no momento da queda, deu um forte impulso ao coloca-las no chão, elevando o seu corpo. Já no ar, o shinobi cuspiu uma pequena bola de fogo na direcção do oponente, ao ver aquela habilidade, o oponente bateu com as mãos no chão criando uma parede de terra que o protegia da bola de fogo, apesar da mesma estar a ser derretida. –Muito previsível, utilizador de Doton! – exclamou o chuunin ao aparecer ao lado do oponente, dando-lhe uma forte cabeçada, agarrando de imediato o peito do mesmo puxando-o contra a sua Katana.

Ao mesmo tempo Angelus era atacado pelos dois lados, pegando na sua kunai atirou-a na direcção de um dos oponentes, enquanto bloqueava o pontapé rotativo do outro, com os seus braços em forma de cruz, sendo arrastado para trás com a força exercida. O inimigo da esquerda, desviou-se da kunai e assim que a mesma se encontrava já depois dele, um clone de sombras de Angelus apareceu invocado por uma das marcas presentes na mesma, acertando com um poderoso Hakke Kūshō nas costas dos mesmo, deixando-o estendido de imediato.

Akio e o seu outro companheiro nessa altura corriam para a cúpula de diamante que havia protegido a família daquele primeiro ataque vindo do ar. Os chuunins e o clone de sombras colocaram-se a frente dos dois oponentes.

O chuunin que havia ficado de fora corria na direcção de Akio, tentando aplicar uma placagem, enquanto o Nukenin ficara no seu sítio a espera do golpe do ninja. No momento do contacto, o shinobi estava confiante que Akio iria ao chão, mas algo de estranho acontecera, com o mesmo a sentir as suas forças a baixaram e Akio nem tinha sequer sido arrastado. Levando de imediato o seu joelho a barriga do chuunin, levando-o a cuspir sangue, sendo de seguida atirado para o chão como se fosse um trapo velho.

-Akira! – gritou o clone de sombras de Angelus, que ao ver o seu companheiro ferido, desviou um pouco a atenção do importante e já tinha Akio a agarrar-lhe o pescoço e sem qualquer força visível, o mesmo desaparecera numa num de fumo. Os restantes membros de konoha tentavam combater os dois nukenins…

O verdadeiro Angelus continuava a bloquear as investidas rotativas do seu oponente, que o iam arrastando para trás. Recebendo informações por causa do seu clone, sabia que as coisas não estavam a correr bem e que tinha de ir proteger de imediato. Num acto de libertação daquela pressão toda, o jovem jounin converteu os seus braços em diamante, tornando essa parte invulnerável a qualquer tipo de armas e golpes.

Mal a perna do seu oponente atingiu de novo o braço do jounin, o seu osso fracturou-se, levando-o a gritar de horríveis dores. Uma vez que a sua força estava duplicada graças ao Mukankaku Yoroi, Angelus atingiu em cheio com um gancho de diamante no pescoço do seu inimigo. Movendo-se velozmente graças a sua força de pernas, o jounin de Konohagakure, colocava-se na abertura da cúpula, juntamente com um chuunin de Kirigakure, enquanto os dois inimigos avançavam lentamente para a mesma, deixando um rasto de shinobis caídos no chão.

Angelus achava estranho como o inimigo tinha avançado e até destruído o seu clone de sombras sem esforço aparente, levando o jounin a activar o seu famoso doujutsu para analisar os chakras, umas vez que o seu clone havia desaparecido por falta dele… -Katon: Goka Mekkyaku! – exclamou Angelus depois de converter o chakra no seu corpo em fogo cuspindo uma enorme parede massissa de chamas muito intensas, cobrindo uma vasta área, era impossível os inimigos esquivarem-se aquela distância…

Noutro lado Katsu, encontrava um belo de um lago, levando o jounin a saltar de imediato para dentro do mesmo…
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.dragonball-pt.info
Tio Tsu

Administrador | Kumo
Administrador | Kumo
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Nárnia, where unicorns tend to live!
Número de Mensagens : 5768

Registo Ninja
Nome: Shikaku Kinkotsu
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: Missão de rank A - Escolta   Dom 2 Dez 2012 - 1:00

Cada gota de água derramada sobre as suas peles permitia-me descobrir as respetivas localizações deles. Sabia a posição de cada um dos três Nukkenin`s, que ainda não haviam desistido da louca perseguição pela minha cabeça. A equipa deles era unida e, mesmo que os três sejam aparentes criminosos, tinha uma coordenação exemplar e táticas de combate bem definidas. Preocupei-me pela minha desvantagem e se Angelus, o meu companheiro de missão, estava numa situação igual à minha.
Tudo se desvaneceu quando o meu corpo adentrou na água, sentindo a pele a gelar com a temperatura invernal que afetava o lago quase congelado. Graças à minha chuva, descobria que três corpos se encontravam frente ao lago, sem moverem as suas posições. Calculei que sabiam que eu havia mergulhado, mas que não sabiam como é que me haveriam e tirar dali.
Juntei as mãos e sorri pela vitória que este monte de água à minha volta me havia dado…
- Suiton: Amesuikoha! - Pensei, focalizando chakra e batendo com a palma sobre a água à minha frente, fazendo borbulhar à minha volta devido ao rápido movimento.
Uma onda de água elevou-se da minha posição, disparando-se com grande frenesim de fora da superfície do lago. Segui-lhe, rapidamente, o movimento, retirando a cabeça para fora e vendo a equipa oponente a tentar desviar-se da chuva de pequenos tubarões que lhes rasgava a pele em diversas áreas.
Reparei que Kaede tentara defender-se, devido à relva queimada à sua frente, mas fora em vão pois a sua pele nua apresentava algumas feridas. Shigeru conseguia aniquilar os tubarões que se lhe dirigiam ao movimentar os longos tentáculos dos seus dedos, mas depressa via que os projéteis atingidos se dividiam em outros ainda mais pequenos que atingiam a sua pele com grande impacto. Não havia sinal de Tera.
Sai de imediato de água, apoiado com chakra nos pés, e depressa focalizei mais desta essência azul para formar duas lâminas de água em torno dos meus braços. Kaede viu-me e depressa inspirou uma grotesca quantidade de ar, livre pois o Amesuikoha já havia terminado.
- Katon: Karyū Endan!
O intenso fluxo de chamas cortou caminho em altas velocidades, levando-me a misturar chakra com a água a minha volta para levantá-la e formar uma temporária barreira de água que me protegeu com grande eficácia. Sorri ao ver-lhe, entre o vapor da colisão entre a barreira e o seu Katon, que ela finalmente percebera que se encontrava em desvantagem, movendo-me na sua direção com as duas lâminas de água em riste.
Paralisei-a com o meu Genjutsu Shibari, não querendo que aquele fraco incómodo me incomodasse enquanto atacava os seus companheiros. Senti, e certifiquei-me ao olhar de soslaio, que dois tentáculos avançavam em alta velocidade na minha direção. Fechei os olhos e deixei que estes trespassassem a minha garganta, soltando água vindo dela e causando-me uma enorme dor que aguentei ao apertar os dentes. Movi, custosamente, as lâminas para trás e ouvi uma interjeição de espanto por parte de Kaede que não acreditava que ainda me encontrava vivo. Terminei rapidamente com ela num singelo e fatal golpe, atirando-a para o solo a transbordar de sangue vindo do ventre.
- Kaede! - Vociferou Shigeru, contraindo os seus tentáculos para perto de si e olhando penosamente para a sua companheira. Percebi aí que, mesmo sendo um criminoso, que ela fora realmente a sua amiga e que eu lhe causara mais sofrimento do que esperara causar. Desfiz as lâminas, sangrentas, e olhei-o indiferente - És um monstro, como porra é que sobrevivestes aos meus tentáculos?
Decidi ficar calado quando ele me chamara monstro, vendo que, mesmo sem resposta, que o homem deixava que todos os dedos se desenvolvessem em dez longos tentáculos. O seu olhar, molhado, quase a chorar, apresentava uma enorme dor e mágoa, combinada por uma deliciosa raiva que me fazia feliz de enfrentá-lo. Lembrei-me de Tera, que preferia lutar com emboscadas ou invulgares Genjutsus, despreocupando-me com ele devido ao seu método “cobarde” e lutar. Além demais, a minha chuva não detetava o seu chakra.
- Defende isto cabrão! - Gritou, projetando todos os tentáculos da sua mão direita ante mim, enquanto os da mão esquerda se aproximavam do solo e começavam a roçar na relva molhada pela chuva.
Esquivei-me agilmente dos primeiros três tentáculos, tendo o quarto a trespassar dolorosamente no meu estômago, mas sem me impedir de evitar o quinto. Corri contra o meu oponente, visando apanhá-lo antes que contra-atacasse, sentindo que o tentáculo que me havia trespassado o estômago já saíra e que os restantes também se haviam contraído para junto da sua mão.
Estranhei o facto de este não continuar a luta, limitando-se a olhar para mim. Após uma cuidada análise antes de um ataque despreparado, percebi que os tentáculos da sua mão esquerda se encontravam a escavar na terra molhada da relva. Entendi o seu plano.
- És feito de água, mas dá para perceber que sentes dor! - Shigeru gargalhou, fazendo que um dos tentáculos se projetasse do esconderijo do subsolo e se agarrasse à minha mão direita, impedindo-me de escapar até que outro surgisse e se cravasse ao meu pé. Grunhi de dor e deixei que o pé e a mão se moldassem em água para escapar da prisão formada pelos tentáculos - Ainda melhor, quanta mais dor te causar melhor para mim!
Rangi os dentes e saltei para trás, desviando-me de outro tentáculo que se desenterrara e tentara agarrar a minha cabeça. Frustrado, colidi de costas com o solo que amparara a queda. Devido a água na relva, deslizei um pouco até parar quase dentro do lago. Ajoelhei-me e olhei para Shigeru, já com consideráveis dores ao longo do corpo.
Foi aí que senti uma pesada respiração sobre mim mediante uma capa se formava à minha direita e a voz pesada de Tera se fazia ouvir, substancialmente ao lado do meu ouvido direito.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.narutoportugalrpg.com/rpg_sheet_edit.forum?tid=12c1c6
killer999

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : In your head
Número de Mensagens : 12265

Registo Ninja
Nome: Angelus
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 31866
Total de Habilitações: 693,75

MensagemAssunto: Re: Missão de rank A - Escolta   Dom 9 Dez 2012 - 21:42

As poderosas chamas de Angelus desapareciam, deixando uma enorme marca naquele terreno cheio de vida. Akio aparentemente o líder deste ataque não se havia mexido e à medida que o fumo desaparecia o seu corpo era cada vez mais visível deixando todos inquietos. Aquele poderoso jutsu de fogo atirado pelo jounin de Konoha apenas tinha conseguido queimar a roupa do inimigo, que agora se encontrava sem camisola, mostrando uma enorme tatuagem que parecia cobrir todo o seu corpo.

Os shinobis que haviam sido derrotados, apareciam por detrás do jounin e do chuunin. O jovem membro de Kiri havia enviado os seu companheiros shinobis para de baixo do solo, antes das poderosas chamas de Angelus terem sido lançadas, sendo assistidos pelo mesmo.

O outro nukenin saia detrás do seu chefe, que aparentemente o havia protegido. As coisas estavam a ficar muito más para o grupo. – Incrível como ele não sofreu qualquer dano, analisando todos os momentos desde que o enfrentamos, acho que já percebi qual o seu verdadeiro poder, este ataque será para o confirmar – pensava Angelus enquanto criava uma esfera de chakra na sua mão

Agachando-se utilizou toda a sua força de pernas para alcançar Akio em segundos, deixando uma pequena cratera onde os seus pés estavam assentes. –Rasengan! – gritou o jounin aparecendo no ar a frente de Akio, atingindo-o em cheio no peito com uma bela e brilhante esfera de chakra que não surtia efeito no nukenin, o chakra concentrado no jutsu desaprecia rapidamente, deixando Angelus sem defesa. Akio num rápido movimentou levantou a sua mão e com a palma aberta em perfeita sincronia com o peito do jounin proferiu – Boom! – criando uma pequena explosão de chakra vinda da sua mão atirando Angelus ferozmente para longe, acabando por entrar dentro da carruagem que estavam a proteger, levando a família que era transportada a gritar com o horror que lhes poderia acontecer.

Os companheiros de Angelus ficaram surpreendidos com a violência da explosão no peito de Angelus, deixando-os extremamente preocupados

-Pensava que o Dragão Dourado daria mais luta, mas parece que a sua reputação e poder era um puro conto de fadas – afirmava Akio pensando que Angelus já era mais uma das suas vítimas
-Isto ainda agora começou – proferiu Angelus saindo inteiro dos destroços cuspindo sangue, o jounin havia convertido o seu peito em diamante, bloqueando grande parte do poder da explosão no seu corpo
-Pelos vistos este combate será mais interessante do que estava a dizer – respondeu Akio surpreendido por Angelus ainda estar de pé
-A tua habilidade é fantástica, não me admira que estejas no rank S do bingo book, mas não és o único – comentou Angelus
-A minha habilidade? Que sabes tu disso? – questionou o líder da organização mudando a sua postura
-Resumidamente, absorves chakra com qualquer parte do teu corpo e consegues criar ondas de chakra, como a que utilizaste em mim. Se formos a analisar todos os teus movimentos desde que nos encontrarmos, temos esta resposta. Derrotaste o meu clone e vários shinobis sem sequer os atacares, qualquer contacto contigo significa que o nosso chakra vai ser sugado e depois absorveste o impacto dos meus jutsus, além de libertares um pouco desse chakra absorvido contra mim. Estou errado? – Questionou Angelus pondo a sua teoria em cima da mesa levando a cara de Akio a mudar, o nukenin parecia estar chateado com o que o jovem jounin dizia. –Estás errado meu jovem shinobi – respondeu Akio
-A tua postura corporal mudou enquanto ia falando, isso diz muito. Além de que com estes olhos consigo ver chakra, por isso tenho a certeza do que estou a dizer, os meus companheiros, assim como o meu clone de sombras, ficaram com as suas reservas muito baixas, além de que o meu último jutsu foi para confirmar toda a minha teoria. Posso afirmar que essa tatuagem ou marca que está agora no teu corpo todo, aumenta cada vez que absorves chakra, uma vez que no início não possuías a mesma nas tuas mãos e agora sim e talvez seja ela a responsável pela a tua habilidade – expôs Angelus levando Akio a bater palmas e a admitir que o mesmo estava certo – Foste o primeiro a perceber a minha maior habilidade, mas serás o último.

Akio saltou na direcção de Angelus, enquanto o seu companheiro iniciava uma dura luta contra o chuunin de Kirigakure. O loiro sabia que ninjutsus e genjutsus eram inúteis contra o nukenin. Colocando os braços em forma de cruz, Angelus bloqueou o murro do oponente que o ia arrastando para trás, num rápido movimento descruzou os braços e baixou o seu corpo rodopiando-o para trás atingindo com um pontapé no queixo do oponente, levando-o a cair.
-Que merda, qualquer contacto existente entre nós ele absorver o meu chakra, isto assim será difícil. - comentava o jovem para si, pensando no que iria fazer

O nukenin levantou-se esticando as mãos para o jounin, libertando de imediato uma poderosa onda de chakra, obrigando Angelus a concentrar chakra e formar uma cúpula de diamante para se proteger da força da onda, fazendo toda aquela estrutura de sólido diamante estremecer. Com o efeito do ataque de Akio a passar, Angelus dentro da cúpula, juntou as suas mãos, enquanto proferia Naiton: Su-pa Daiyamondo Shou Shou, fazendo com que toda aquela fonte pré-existente de diamante rebenta-se e envia-se milhares de pequenas partículas de diamante extremamente afiadas a alta velocidade.

Akio não se apercebera e era atingido por pequenas partículas de diamante do tamanho de senbous, mas não seria por muito tempo. O nukenin fazia uma pequena explosão de chakra a volta do seu corpo evitando o resto dos golpes. –Nada mau. – comentou o nukenin com vários cortes no seu corpo robusto, começando de imediato a disparar pequenas bolas de chakra contra Angelus, obrigando o jounin a mover-se agilmente de um lado para outro, através da sua força de pernas.

Apesar de estar a escapar-se das investidas de Akio, Angelus ganhava terreno aproximando-se do poderoso inimigo, numa libertação de força moveu-se velozmente e directamente para o inimigo, transformando a sua mão em diamante, atingindo em cheio Akio na cara, querendo aproveitar esta oportunidade, graças ao shukuchi, movimentava-se ao redor do nukenin, atingindo-o com fortes murros e pontapés, fortalecidos com o diamante que cobria as partes que atacavam o oponente. A rapidez e intensidade eram tão grandes, que o Akio, não conseguia absorver tanto chakra, deixando Angelus em vantagem, ou assim pensava o jounin. Numa libertação de chakra, Akio criou outra pequena explosão vinda do seu corpo, atingindo em cheio Angelus atirando o poderoso shinobi para longe.

Angelus estava no chão, já com algum chakra absorvido pelo oponente e com vários ferimentos depois de ter sido atingindo em cheio com uma poderosa explosão de chakra, por outro lado Akio estava em pé, mas Angelus havia magoado o oponente, deixando marcas da sua investida no exterior e interior do corpo do nukenin, deixando alguns dos seus ossos quase partidos.
No chão, o jounin pegou numa kunai e atirou-a contra Akio, com uns selos de mão, a kunai multiplicou-se em vária, mas numa libertação de energia Akio parou as mesmas de avançar contra si. Ao mesmo tempo que isto acontecia, o chuunin de kirigakure, ganhava vantagem sobre o seu oponente, introduzindo a sua katana no peito do mesmo, deixando Akio irritado ao ouvir o grito de dor do seu companheiro.
-Vais pagar caro! – gritou Akio concentrando uma quantidade anormal de chakra na sua mão, libertando-a contra o chuunin, enquanto o seu oponente com o resto das suas forças o prendia, impedindo que fugisse.

Angelus ao ver o seu companheiro em perigo, não hesitou e atirando uma kunais de três pontas para junto do chuunin, teletransportou-se, empurrando o mesmo para longe, acabando por ser atingindo na parte esquerda do corpo pela poderosa onda de chakra do inimigo.

A poeira estava a levantar, e o chuunin via Angelus ferido em cima do seu corpo, levantando-se de imediato para o ajudar. Com alguma sorte Angelus havia conseguido converter um pouco do corpo em diamante, enfraquecendo o golpe, mas não fora o suficientemente rápido para evitar tanto dano. Com a enorme força do justsu do inimigo, o corpo do seu companheiro tinha voado, levando o nukenin para junto dele, apesar de gravemente ferido, ainda estava com vida.
Sem qualquer tipo de palavra, colocou a sua mão no peito do mesmo e sugou toda a energia que o mesmo tinha, levando-o a morrer de imediato.

-Vou terminar isto de uma vez por todas. – Proferiu Akio olhando para a carruagem que se encontrava dentro de uma cúpula rodeada de alguns shinobis em fraqueza. O nukenin juntara as suas mãos enquanto falava – Esta energia, é toda aquela que absorvi desde que vos encontrei, irão morrer com a vossa força. – Concentrando todo o chakra sugado, para as suas mãos, as ondas de chakra que saiam do seu corpo em direcção as mãos



Desculpa, pensava que já tinha postado isto :S Se calhar termino na minha proxima vez.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.dragonball-pt.info
Tio Tsu

Administrador | Kumo
Administrador | Kumo
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Nárnia, where unicorns tend to live!
Número de Mensagens : 5768

Registo Ninja
Nome: Shikaku Kinkotsu
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: Missão de rank A - Escolta   Ter 11 Dez 2012 - 3:39

A primeira sensação após ouvir pesada respiração de Tera poderia ser classificada como pânico. As pernas falharão e sabia, desde que o senti tão perto, que ele acabaria comigo ali e agora.
Todavia, o pânico também faz com que as pessoas ajam por instinto em forma de autoproteção e eu não sou exceção. Numa rápida união de selos, deixei que o chakra do meu braço direito se dissolvesse numa bolha de água, tal bolha que se agarrou ao pescoço do oponente e lha envolveu até o privar do oxigénio.
- Dekisui Mizu! - Vociferei, encurralando-o o suficiente para poder me afastar e ver a sua capa a cobrir-lhe o corpo, desaparecendo sem deixar rasto enquanto a água do meu Ninjutsu, sem uma base sólida, se desfazia em pequenas gotículas para cima da relva - Ele vai ser pior do que eu pensava…
A minha chuva continuava a cair tenuemente ao longo do campo, mas, nem mesmo com esse Ninjutsu, me senti capaz de detetar a presença de Tera. Shigeru era um oponente fácil, os seus ataques baseavam-se no uso de tentáculos e estes não são particularmente complicados de evitar. O problema era mesmo o homem da capa negra, que decidia surgir nos momentos mias inoportunos e aproveitar-se de um momento de fraqueza para me derrotar imediatamente.
- Resumindo, não posso mostrar um único sinal de fraqueza… - Suspirei, consciente que raramente o deixava fazer - Basta me desleixar um pouco ou relaxar que ele aparece e tenta matar-me… Primeiro derroto o que usa tentáculos…
Shigeru ainda estava meio insano com o que se sucedera a Kaede. Havia-a morto sem a maior das dificuldades, na verdade nem desejava fazê-lo mas acabou por acontecer, e isso colocara o seu companheiro num estado de total fúria e desejo de morte ante a minha pessoa. Ele já nem pensava corretamente, atacando-me ilogicamente com longas estocadas com os seus tentáculos, mas eu simplesmente esquivava-me a meio de Sunshin´s ou movimentos precisos que me faziam poupar tempo e que não me desequilibravam.
Fartei-me de tanta esquiva quando um dos tentáculos raspara ao lado da minha orelha, fazendo-a brilhar violentamente com o estalo criado nela e ficando imediatamente vermelha. Rangi os dentes pelo incómodo e ajoelhei-me de imediato. Shigeru olhou, um pouco surpreso, e nada fez, permitindo-me aglomerar a quantidade de chakra suficiente e desenhar os selos certos.
- Nehan Shoja no Jutsu! - Pronunciei baixinho, induzindo o meu adversário para um mundo de escuridão onde a sua visão seria inexistente.
Shigeru encontrava- se imobilizado. A sua fúria levava-o a agir descontroladamente, mas agora que estava privado da visão eu duvidava que ele se movimentasse. Porém, os meus cálculos saíram algo errados. Os seus tentáculos começaram a atacar em múltiplas direções, visando atingir alguém em sucessivas e fúteis tentativas.
Pensei para comigo mesmo que Shigeru agora só se preocupava em amansar aquela raiva que sentia dentro de si e decidi ajudá-lo nisso. Invoquei uma única estrela-ninja e, com uma precisão de mestre, arremessei-a contra a testa dele. Esta passou a rasar por muitos dos tentáculos e, com influência da sorte, o pequeno projétil acabou por atingir na sua testa, no exato local que eu havia mirado, deixando sangue espirrar até que o seu corpo tombou para trás. Ainda não estava certo da morte dele, afinal há pessoas que são capazes de resistir a estes ataques, mas também não tivera tempo de ir ver. A respiração pesada…
- És impressionante Kirinin! - A voz grossa de Tera ecoava no meu ouvido direito. Tentei responder com uma cotovelada para o lado de onde provinha a voz, mas só restara lá uma longa capa que me enrolara fortemente e me impedia de mover - Mas eu, como segundo líder deste ataque, tenho de avisar que o meu poder está num patamar demasiado elevado! - A força dos meus braços e pernas tentavam impor-se, afastando a capa ao máximo enquanto eu, outra vez medido por aquele sentimento estranho de pânico, queria livrar-me da prisão - Acho que nem tu és capaz de me derrotar!
Este abriu a palma e começou a movê-la na minha direção, lentamente. Não sabia o que aconteceria se aquela palma me atingisse ou se ficasse muito tempo preso à asfixia que a capa me dava e, portanto, desfiz-me de imediato numa poça de água. Nessa fase, deslizei pela relva até ir de encontro ao lago e lá deixei-me abraçar pela minha “parente”. Pela primeira vez, a chuva estava a sentir o chakra de Tera e isso, de alguma forma, fez-me sentir seguro.
A água ganhou, num instante, uma tonalidade negra que depressa me engoliu, qual tela de fumo. Senti-me preso em algo imaginário, pois fisicamente encontrava-me bem solto, e um vulto formava-se atrás de toda aquela escuridão. Achei estranho conseguir distinguir um vulto do resto da escuridão, mas isso não era importante pois a sombra ganhava a forma de um tubarão gigante e negro, que abriu a boca, revelando um interior vermelho, e apressou-se a engolir-me.
Acordei de rompante, a suar, e olhei confuso à minha volta. Ainda estava preso na capa dele e parece que nunca havia entrado no lago como anteriormente. Jurei para mim mesmo que pude sentir a nova camada de água a envolver-me em conjunto com a sua frieza, mas agora encontrava-me ali, como se tivesse recuado no tempo, com o mesmo Tera a aproximar a palma de mim. Debrucei-me e com a mesma violência de à pouco tentei rasgar a capa, e esta assim o fez, fazendo-me tombar no chão. Olhei em frente e senti a sua mão a agarrar-me a cara fortemente, os dedos e empurrarem-me os olhos para dentro, o nariz a ser brutalmente esmagado, os lábios a serem violentamente cortados por algo inexistente. Senti a morte e achei, pelos últimos momentos de consciência, que não aguentaria tanta dor como a que estava a sentir...

- O teu corpo aquoso faz de ti invulnerável a ataques físicos, mas a tua mente permanece igual. És tão mortal, tão mentalmente fraco como qualquer outro ser humano - Comentou Tera, afastando a palma da cara do meu clone e deixando-a bater contra a relva - Agora o teu cérebro deve de ser só pasta. Submetido a tantas ilusões, tanta informação, que não passa agora de cinzas, algo existente de algo inexistente.
Pressionei o tronco da árvore onde me apoiava com os dedos. De alguma forma, pude sentir a dor que submeti ao meu clone. Tempos atrás, antes de derrotar Shigeru e depois do Genjutsu, havia criado um Suppai Bunshin e deixei-o substituir-me. Este derrotou o usuário de tentáculos e depois foi facilmente derrotado por Tera com um único golpe. Facilmente embrulhado numa capa e, apenas com a palma, facilmente morto.
- Que raios de oponente é este? - A aura que ele emanava sentia-me ter algum medo quando o defrontava, mas isso não impedia de manter-me perseverante. A fraqueza dele seria, como a fraqueza de qualquer um, o meu Futton…
O clone começou a ganhar uma tonalidade verde e vi o olhar de Tera a ficar menos gracioso que o de há pouco. A pasta verde explodiu e colou-se à capa dele, na área do peito e facial, corroendo o seu tecido rapidamente. Vi o vapor criado pela reação e como o ácido destruía aquela peça com a maior das facilidades. Também reparei como Tera se debatia, tirando a capa de cima de si e arremessando-a para o lago, deixando-a entregue à morte que lhe era destinado.
- Esse é só o começo… - Murmurei quando vi a confusão no seu olhar e pude distinguir um pouco de receio.
Vi, finalmente, o corpo do verdadeiro Tera. Sem a capa, o homem continuava a cobrir o seu corpo, mas agora mais casualmente. Incontáveis ligaduras negras enrolavam-no, impedindo de ver uma única porção de pele, só deixando as negras órbitas e o cabelo grisalho espigado para a frente. Vi que ele era relativamente alto, porém bastante magro. Assumi de imediato que pecava em músculos, ganhando vantagem no uso de ilusões macabras, e que a fraqueza do seu corpo era compensada com o uso da capa, que lhe permitia bloquear ataques corpo-a-corpo e ainda cobria a sua magreza. Percebi de imediato a sua dependência pela capa e como sem ela a luta lhe seria mais complicada. Entretanto, mais fácil para mim…
Deslizei pelo tronco da árvore e permiti que ele visse a minha posição. Decidi cessar o Ninjutsu da chuva, pois não era mais necessário, e deixei-o fitar-me, com aquele seu olhar negro.
- Afinal, Kirinin, também tens um poder que desconheço - Falou, com um tom impressionado - Sabes, os nossos companheiros, Akio-san e o loiro teu amigo, também devem de estar neste momento a terem um violento embate. Uma luta épica, dizem alguns. Mas essas, todavia, encontram-se muito curtas, algo raras confesso.
Não percebi o que ele queria dizer, nem sabia quem raios era o “Akio-san” e então decidi conter qualquer resposta. Reparei como a sua maneira de falar tentava, em certas frases, parecer algo floreado, mas o seu tom grave não o permitia aflorar tanto como provavelmente desejava.
- A nossa luta não será tão épica. Sou um ninja fisicamente fraco e excelente em ilusões. Tu és bom em quase todas as áreas e reconheço que o teu poder abrange mais do que eu sou capaz de acarretar. Pergunto-me como é que ainda não és famoso…
- Se calhar não gosto de fama. - Não contive de responder mas a verdade é que a última coisa que queria neste momento era fama.
O homem soltou uma grave gargalhada, mas apressou-se a continuar:
- Já deves de ter calculado que a nossa luta termina aqui. Este ataque às carruagens é demasiado bárbaro para eu demonstrar tanto interesse, ilógico. - Preparava-se para fugir e deixei que o meu chakra se começasse a moldar, não planeava que ele fugisse - Na verdade, nenhum destes Nukkenin me conhecem. Só lhes modifiquei um pouco o cérebro e os fiz pensar que era amigo deles, companheiro de longa data.
- Por que estás contar-me tudo isto? - Perguntei com uma esfera de água já moldada na mão - Somos inimigos, cada um com objetivos diferentes! Eu luto para que as pessoas nas carruagens cheguem ao destino e tu lutas por, nem sei pelo quê, mas devemos de manter este objetivo firme até ao fim!
Deixei que a esfera de água se partisse em diferentes gotículas de água que esvoaçaram velozmente na direção do meu oponente.
- Uma luta não resolve tudo, Kirinin. Não deposites em mim a raiva que tens vindo a acumular. - As gotículas demoravam a atingi-lo e as suas palavras conseguiam ser mais rápidas, ferindo-me o coração como setas - Se o teu objetivo é proteger aquelas pessoas então pecas em ambição. Um homem como tu devia de almejar muito mais! - As gotículas de água perfuraram-no em diferentes partes do corpo, mas este não transmitia sinal algum de dor. Continuava firme, impassível ante qualquer perigo, com os olhos negros a julgarem-me, tenebrosos, intensos - Uma despedida temporária, Kirinin. Esta não será a última vez que tu, aquele loiro e todos os outros me verão. Adeus…
E desapareceu, engolido pela própria sombra. Ajoelhei-me sobre a relva húmida e algum do cabelo descaiu-me para o ombro, deixando que gotas de água, ou suor, escorressem.
Minutos mais tarde já estava reunido com a carruagem e os seus protetores. Havia derrotado este lado da invasão, mas Tera não me saía da cabeça. Quis afastá-lo, porém era como se este me houvesse deixado uma marca na mente, algo permanente que nunca sairia.
Não importava, troquei algumas palavras com os meus companheiros e apressamo-nos a dirigir ante o ponto de encontro, onde nos reuniríamos com Angelus e a terceira carruagem.


Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.narutoportugalrpg.com/rpg_sheet_edit.forum?tid=12c1c6
killer999

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : In your head
Número de Mensagens : 12265

Registo Ninja
Nome: Angelus
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 31866
Total de Habilitações: 693,75

MensagemAssunto: Re: Missão de rank A - Escolta   Qui 20 Dez 2012 - 22:29

As ondas de chakra estavam a ficar cada vez mais visíveis, Akio parecia um imenso centro de energia pronta para ser libertada. Se todo aquele poder atingisse os bons da fita, tudo estaria terminado. Akio apontava as suas mãos em direcção da carruagem proferindo que o seu objectivo estaria completo.
A concentração de chakra era imensa, Angelus conseguia perceber isso melhor que ninguém graças ao seu Ryuugan.

-KABOOM! – gritou loucamente Akio libertando um poderoso jacto de chakra na direcção dos shinobis que protegiam a carruagem, que ao verem toda aquela libertação de energia baixavam a cabeça sem esperança, até que num rápido movimento Angelus aparecera, apesar de ferido, a frente dos mesmos incentivando-os a não baixarem os braços por aquilo que acreditam.

Sacando de uma kunai de três pontas, colocou a mesma numa posição vertical enquanto esticava os braços proferindo – Jikukan Kekkai. – Fazendo várias inscrições saírem da kunai assim que a onda de chakra chegou perto do grupo começou a ser absorvida pela barreira de Angelus, acabando por enviar o jutsu para um zona por onde haviam passado e o loiro havia deixado o selo do Hiraishin no Jutsu. Dando-se uma enorme explosão nesse mesmo local de imediato, devastando a área, podendo-se ver a explosão a alguns quilómetros de distância.
O consumo de chakra havia sido muito, levando o jovem loiro a cair de joelhos no chão, juntando ao facto de estar ferido e ter muito do seu chakra sugado pelo o inimigo, deixando o shinobi com uma respiração ofegante.

-És realmente incrível, seres capaz de desviar um golpe deste nível para outro local, contudo tiveste de gastar bastante energia coisa que eu ainda tenho e nada me vai impedir de completar a minha missão! Morre!! – gritou Akio atirando uma espécie de bala de chakra contra Angelus
Sangue era jorrado em cima de Angelus, um dos shinobis havia-se colocado a frente do loiro, protegendo-o de um possível golpe fatal, levando a queda do mesmo com um sorriso na cara… Todos os outros shinobis como todas as suas restantes forças, colocavam-se a frente de Angelus, deixando Akio pasmado com aquela situação…

-Porque se metem a frente? Deviam ter aproveitado essas forças para fugir – proferiu Akio comentando a situação em que os shinobis se estavam a colocar
-A bocado baixamos a cabeça e estamos a aceitar o nosso falhanço, mas o Angelus mesmo no seu estado, protegeu todos do teu golpe, colocando-se em risco e isso fez-nos lembrar da Vontade de Fogo, que naquele momento havíamos esquecido. – respondeu um dos shinobis que mal se conseguia manter em pé
-Ahahah, que treta é essa? – perguntou Akio curioso com as palavras do inimigo
-A Vontade do Fogo é o que dá força para o shinobi continuar a lutar, com a força da sua vontade e de carácter. E é por essa mesma que estamos todos de pé – respondeu o shinobi apontando para o seu companheiro que fora anteriormente atingido que se levantava apesar dos seus ferimentos

-Vamos ver se essa vontade se irá manter depois de vos dizimar – Proferiu o Nukenin enterrando os seus dedos no chão, enquanto focava chakra para o mesmo, uma espécie de feixe de luz cobriu todos os shinobis e a carruagem com a família de kirigakure, numa espécie de círculo, com as partículas do solo a evaporarem-se já perto do feixe de luz, enquanto o jovem loiro de konoha, deixava o seu chakra fluir por todo o corpo. Concentrando-se naquela situação, deixou o seu chakra começar a fluir pelo corpo todo, começando a cobrir externamente o jovem shinobi num tom verde. - Rozan Sho Ryu Ha Ken – proferiu Angelus libertando uma poderosa energia pelo seu corpo, explodindo com a parede prisão criada pelo seu sensei.

Todo aquele círculo parecia estar a caminho de uma dizimação, mas num breve momento, o chão começou a tremer e fortes ventos começaram a surgir, dificultando a permanência dos shinobis em pé. Ao sentir isto Akio, olhou em frente e acabou por ficar pasmado com o que via. Angelus desapareceu e reapareceu instantaneamente a frente de Akio, que já se preparava para absorver a energia de Angelus, o chão pelo qual Angelus se tinha movido, abria pequenas fendas segundos depois da sua passagem.
No ar Angelus projectou o seu braço, tentando infligir um murro em Akio que criando uma pequena barreira que absorvia toda aquela energia de Angelus. A cara de Akio era de felicidade ao sentir todo o seu poder a aumentar drasticamente, enquanto Angelus continuava a tentar quebrar a barreira para acertar no Nukenin.

Angelus estava de pé e a imitir uma poderosa energia através do seu corpo. - Rozan Sho Ryu Ha Ken – vucerfirou Angelus coberto por um chakra de tons verdes, completamente visível. A libertação do poder era tanta, que alterara o percurso e a força do vento, a força era tanta que os shinobis já feridos mal se conseguiam manter em pé, fixos naquele lugar. - Rozan Sho Ha Ken hatsu! – exclamou Angelus ao multiplicar oito vezes o seu poder, criando de imediato uma cratera com a explosão de poder, deixando apenas os dois shinobis lá dentro, ao mesmo tempo os reforços da Anbu chegavam, assim como Katsu e os restantes shinobis que o acompanhavam, indo de imediato ajudar os seus companheiros na protecção da família.
-Mais, mais – pedia Akio sentindo cada vez mais poder dentro de si, parecia não conseguir parar de absorver toda aquela energia.
Num movimento de libertação de chakra, Angelus concentrou toda aquela energia e enviou-a de uma só vez para Akio que acabou por a absorver, ficando com a mesma aura que cobria anteriormente o jovem de konoha.
-O teu desespero de me derrotar, acabou por me dar todo o teu poder para te matar de uma vez por todas – disse Akio pronto para experimentar a sua nova fonte de energia, mas quando deu um passo em frente, viu que algo estava mal.

O nukenin ficou de joelhos, apesar de estar cheio de energia no seu corpo, a sua respiração ficara muito ofegante, o seu ritmo cardíaco aumentara bastante, além de todo o seu corpo sentir uma enorme pressão, deixando-o num total stress.

-Apresento-te os riscos da minha técnica - respondeu Angelus activando de novo aquela aura verde a sua volta. Akio não conseguia perceber a razão de todo aquele poder lhe fazer mal, além de não aguentar com ele, enquanto que segundo Angelus, os riscos eram os mesmos para os dois, sendo que o jovem de konoha não apresentava qualquer desses sintomas, pelo menos tão nitidamente.
-És demasiado perigoso para te deixar vivo, este golpe será o último – proferiu Angelus ao concentrando chakra raiton na sua mão, formando o famoso Raikiri do seu sensei, porém este estava com tons esverdeados devido ao Rozan Sho Ryu Ha Ken. Num rápido movimento, Angelus espetou a sua mão dentro do peito de Akio, perfurando o seu coração com o cortador de raios, ficando de imediato coberto de sangue, ao retirar a mão do peito do nukenin, o seu corpo caia para o lado, mas Angelus agarrou a cabeça do nukenin e num movimento horizontal com o seu braço e o raikiri cortou a cabeça do seu já inimigo já morto, deixando-a cair no chão, como uma bola saltitona.

Angelus baixou-se e colocando a sua mão com chakra concentrado sobre o corpo de Akio, utilizando o seu Naishō Rō no Jutsu, prendeu o corpo de Akio em diamante. Aplicando de seguida o Naiya shou para destruir o diamante, levando ao corpo do nukenin a desintegrar-se juntamente com as partículas de diamante.

Angelus saiu do buraco onde estava com a cabeça de Akio na sua mão, para que pudesse reportar a Anbu a morte de um nukenin do Bingo Book. Angelus havia achado que era demasiado perigoso entregar o corpo do mesmo, devido a sua poderosa habilidade, preferindo destruir por completo toda a existência daquela técnica, antes que caísse nas mãos erradas.

Agora com o apoio da Anbu e de alguns ninjas médicos a darem assistência a todos os envolvidos. A viagem continuou até Konoha, sem qualquer problema, com Angelus a reportar a um dos líderes daquele esquadrão da Anbu tudo o que tinha acontecido, enquanto Katsu sentado na carruagem bastante pensativo sobre a Tera .


Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.dragonball-pt.info
killer999

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : In your head
Número de Mensagens : 12265

Registo Ninja
Nome: Angelus
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 31866
Total de Habilitações: 693,75

MensagemAssunto: Re: Missão de rank A - Escolta   Sab 22 Dez 2012 - 1:22

*FIM* (esqueci-me )
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.dragonball-pt.info
Eve

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri
avatar

Sexo : Feminino
Idade : 25
Localização : Hellcife
Número de Mensagens : 3285

Registo Ninja
Nome: Harima
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 3350
Total de Habilitações: 106,25

MensagemAssunto: Re: Missão de rank A - Escolta   Sab 22 Dez 2012 - 1:24

auhsuahsuahsuhaushauhsuahsuahs e lá vou eu voltando em grande estilo *yaoming*

Reservo xd
Voltar ao Topo Ir em baixo
Eve

Administrador | Kiri
Administrador | Kiri
avatar

Sexo : Feminino
Idade : 25
Localização : Hellcife
Número de Mensagens : 3285

Registo Ninja
Nome: Harima
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 3350
Total de Habilitações: 106,25

MensagemAssunto: Re: Missão de rank A - Escolta   Sab 22 Dez 2012 - 5:02

Katsu

Ninjutsu: 60,25 + 1,75 = 62
Taijutsu: 19,75 + 0,75 = 20,5
Kenjutsu: 36,75 + 0,25 = 37
Genjutsu: 30,5 + 0,5 = 31
Selos: 35,5 + 0,5 = 36
Trabalho de Equipa: 10,5 + 0,5 = 11

Força: 17,5
Agilidade: 31,75 + 0,5 = 32,25
Controlo de Chakra: 63,25 + 1,75 = 65
Raciocínio: 15,75 + 0,25 = 16
Constituição: 33,25 + 0,75 = 34

Total avaliado: 7/7 + 0,5 T.E
Total das habilitações: 354,75 + 7,5 = 362,25


~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Angelus


Ninjutsu: 69,25 + 2 = 71,25
Taijutsu: 50,25 + 1 = 51,25
Kenjutsu: 22 + 0,25 = 22,25
Genjutsu: 61,5 + 0,25 = 61,75
Selos: 29,75
Trabalho de Equipa: 19,25 + 0,5 = 19,75

Força: 18,25
Agilidade: 54,25 + 0,5 = 54,75
Controlo de Chakra: 68 + 2 = 70
Raciocínio: 21,25 + 0,25 = 21,5
Constituição: 29,5 + 0,75 = 30,25

Total avaliado: 7/7 + 0,5
Total das habilitações: 443,25 + 7,5 = 450,75

Citação :
- Nehan Shoja no Jutsu! - Pronunciei baixinho, induzindo o meu adversário para um mundo de escuridão onde a sua visão seria inexistente
A sério? Acho que confundiste os genjutsus, fofito Razz

Citação :
Angelus espetou a sua mão dentro do peito de Akio, perfurando o seu coração com o cortador de raios, ficando de imediato coberto de sangue, ao retirar a mão do peito do nukenin, o seu corpo caia para o lado, mas Angelus agarrou a cabeça do nukenin e num movimento horizontal com o seu braço e o raikiri cortou a cabeça do seu já inimigo já morto, deixando-a cair no chão, como uma bola saltitona.

Angelus baixou-se e colocando a sua mão com chakra concentrado sobre o corpo de Akio, utilizando o seu Naishō Rō no Jutsu, prendeu o corpo de Akio em diamante. Aplicando de seguida o Naiya shou para destruir o diamante, levando ao corpo do nukenin a desintegrar-se juntamente com as partículas de diamante.

Angelus saiu do buraco onde estava com a cabeça de Akio na sua mão, para que pudesse reportar a Anbu a morte de um nukenin do Bingo Book.

Geeeeeeente, fiquei chocada com a violência do Angelus... Na minha cabeça, ele é um moço calmo e gentil que odeia matar '-'

Mas bem, a missão foi boa, meninos xd Houve algumas partes em que eu tive de reler, certamente escreveram apressadamente e esqueceram de revisar umas cositas, nada relevante na avaliação, mas tenham uma maior atenção. Tsu, não tenho preconceitos acerca de tipos de narrador; tudo bem trocares o tipo de narrativa entre um treino e outro, mesmo entre uma missão e outra, mas realmente numa única missão achei um tantinho estranho. Well, fiquei curiosa acerca do Tera, é claro, espero vê-lo novamente em teus fillers *yaoming*
Recompensa completa, sem sombra de dúvidas xd Tudinho atualizado Cool
Voltar ao Topo Ir em baixo
killer999

Administrador | Konoha
Administrador | Konoha
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 26
Localização : In your head
Número de Mensagens : 12265

Registo Ninja
Nome: Angelus
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 31866
Total de Habilitações: 693,75

MensagemAssunto: Re: Missão de rank A - Escolta   Sab 22 Dez 2012 - 12:06

É verdade que o Angelus é assim 90% das vezes, normalmente deixa os seus inimigos apenas incapacitados.

Mas quando acha que deixa-los vivos é demasiado para o mundo shinobi que tanto tenta proteger, o melhor é acabar por matar, antes que inocentes morram Smile , mas é mesmo em último caso.

Obrigado pela rápida avaliação.
Até eu próprio tive que reler coisas minhas ao ler a missao completa Smile è o tempo, alias a falta dele, para despachar Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.dragonball-pt.info
Tio Tsu

Administrador | Kumo
Administrador | Kumo
avatar

Sexo : Masculino
Idade : 21
Localização : Nárnia, where unicorns tend to live!
Número de Mensagens : 5768

Registo Ninja
Nome: Shikaku Kinkotsu
Ryo (dinheiro) Ryo (dinheiro): 0
Total de Habilitações: 24

MensagemAssunto: Re: Missão de rank A - Escolta   Sab 22 Dez 2012 - 12:21

*Le mim a ir à ficha a ver os Genjutsus... Le mim a fazer pokerface* Tens razão D:

Oh bem, a missão foi, de facto, feita a correr. Esta será, provavelmente, a última missão que faço, portanto nem lhe dei muita atenção. Tive de trocar de narradores porque já estava super-farto de escrever na terceira pessoa, sorry xd

Obrigado pela rápida avaliação, entraste no forúm em grande a postar em quase tudo o que é sitio xd
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.narutoportugalrpg.com/rpg_sheet_edit.forum?tid=12c1c6
Conteúdo patrocinado





MensagemAssunto: Re: Missão de rank A - Escolta   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Missão de rank A - Escolta
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
A tua mensagem foi automaticamente gravada. Poderás recuperá-la caso aconteça algum problema
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Portugal RPG :: Kirigakure :: Missões :: Missões Arquivadas-
'); }